A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

REALISMO- NATURALISMO EM PORTUGAL REAL+ISMO =REAL (do Latim res)=Fato + ISMO = crença, doutrina = REALISMO.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "REALISMO- NATURALISMO EM PORTUGAL REAL+ISMO =REAL (do Latim res)=Fato + ISMO = crença, doutrina = REALISMO."— Transcrição da apresentação:

1 REALISMO- NATURALISMO EM PORTUGAL REAL+ISMO =REAL (do Latim res)=Fato + ISMO = crença, doutrina = REALISMO

2 ... a tendência agora é manter-se dentro do campo dos fatos e de nada mais do que fatos. Gustave Flaubert Assim,Realismo é a doutrina do fato, é o movimento literário pautado na realidade. O Realismo é considerado a estética de reação aos ideais românticos, principalmente contrária ao seu idealismo e subjetivismo exagerados. Como pregava um de seus principais autores:

3 I - CONTEXTO HISTÓRICO A Revolução Industrial, iniciada no século anterior, entra numa segunda fase,marcada pelo crescente aumento das fábricas e da mão-de-obra assalariada, do proletariado. É o período da utilização do petróleo, da eletricidade, do aço, da construção das estradas de ferro, da invenção do telégrafo, entre outras transformações. É o início da estruturação do capitalismo

4 O Realismo também reflete uma série de doutrinas filosóficas que eram muito difundidas na época. Entre elas, destacam-se: Positivismo de Augusto Comte, que rejeitava interpretações metafísicas da vida e defendia o pensamento científico; Socialismo de Marx, através de seu Manifesto Comunista; Evolucionismo de Charles Darwim, através da teoria da origem das espécies que punha em cheque as verdades pregadas pela igreja; Deteminismo de H.Tayne, defendia que o comportamento humano é determinado pela hereditariedade, pelo meio e pelo momento.

5 II – PRINCIPAIS CARACTERÍSTICAS DO REALISMO OBJETIVISMO UNIVERSALISMO PERSONAGENS ESFÉRICAS CONTEMPORANEIDADE DETALHISMO VERACIDADE DENÚNCIA DAS INJUSTIÇAS SOCIAIS

6 III- PRINCIPAIS CARACTERÍSTICAS DO NATURALISMO CLASSES SOCIAIS INFERIORES DETERMINISMO CIENTIFICÍSMO PERSONAGENS PATOLÓGICAS CRÍTICA SOCIAL E REFORMISMO ANÁLISE EXTERIOR

7 Realismo em Portugal ( ) Realismo em Portugal tem como marco inicial a famosa Questão Coimbrã

8 A PROSA DE EÇA DE QUEIRÓS Sua obra é dividida em três fases : -1a. Fase - iniciação literária: resíduos românticos. Obra: O Mistério da Estrada de Sintra -2a. Fase - adesão às ideias realistas: Obras: O Crime do Padre Amaro,O Primo Basílio,Os Maias -3a. Fase - maturidade intelectual:período otimista, de esperança e fé. Obras: A Ilustre Casa de Ramires e A Cidade e as Serras

9 A POESIA DE ANTERO DE QUENTAL liderou a Questão Coimbrã, também chamada Questão do Bom Senso e Bom Gosto. Obras: Sonetos, Beatrice, Odes Modernas, Raios de extinta luz.

10 Poesia: A um poeta Tu que dormes, espírito sereno Posto à sombra dos cedros seculares, Como um levita à sombra dos altares, Longe da luta e do fragor terreno. Acorda! é tempo! O sol já alto e pleno, afugentou as larvas tumulares... Para surgir do seio desses mares, Um mundo novo espera só um aceno... Escuta! é a grande voz das multidões! São teus irmãos que se erguem! são canções... Mas de guerra... e são vozes de rebate! Ergue-te, pois, soldado do Futuro! E dos raios de luz do sonho puro, Sonhador, faze espada de combate!

11 O REALISMO- NATURALISMO NO BRASIL ( ) Realismo no Brasil teve seu início,oficialmente,em 1881, com a publicação de Memórias Póstumas de Brás Cubas, de seu mais célebre autor,Machado de Assis. Esta escola só entra em declínio com o surgimento do Parnasianismo,por volta de 1890 No Brasil, as primeiras obras naturalistas são publicadas em1880. O primeiro romance é O mulato(1881) do maranhense Aluísio de Azevedo,o escritor que melhor representa a corrente literária do naturalismo entre nós.

12 CONTEXTO HISTÓRICO-SOCIAL teorias de nova interpretação da realidade - Positivismo, Socialismo Científico e Evolucionismo no Brasil, campanha abolicionista a partir de 1850 que culmina com a Lei Áurea em 1888 fundação do Partido Republicano nacional após a Guerra do Paraguai decadência da monarquia brasileira fim da mão-de-obra escrava e sua substituição por trabalho assalariado imigrantes europeus para a lavoura cafeeira economia mais voltada para o mercado externo, sem colonialismo

13 Aluísio Azevedo foi o grande representante do Naturalismo brasileiro. Para esse autor o homem era fruto dos elementos biológicos(raça) e das circunstâncias do tempo e do meio em que vivia. Veja sua imagem Obras Principais: Uma Lágrima de Mulher (1879), O Mulato (1881), Memórias de um Condenado (1882), Mistério da Tijuca (1882), Casa de Pensão (1884), Filomena Borges (1884), O Coruja (1885), O Homem (1887), O Cortiço (1890), A Mortalha de Alzira (1894), Livro de uma Sogra (1895) - romances

14 Os cortiços são habitações coletivas e foram muito comuns no final do século XIX, habitados principalmente pelos trabalhadores não- qualificados que vinham para as cidades em busca de melhores empregos.

15 DO DE ASSIS MACHADO DE ASSIS Joaquim Maria Machado de Assis é considerado um dos mais importantes escritores da literatura brasileira. Nasceu no Rio de Janeiro em 21/6/1839, filho de uma família muito pobre. Mulato e vítima de preconceito, perdeu na infância sua mãe e foi criado pela madrasta. Superou todas as dificuldades da época e torno-se um grande escritor. 1ª FASE (Tendências românticas) Obras: Ressurreição, A mão e a luva, Helena, Iaiá Garcia 2ª FASE (Tendências realistas) - Obras: Memórias Póstumas de Brás Cubas, Quincas Borba, Dom Casmurro, Esaú e Jacó e Memorial de Aires.

16 RAUL POMPÉIA Sua obra de maior importância é O Ateneu, que tem algum caráter autobiográfico e garantiu ao autor lugar entre os maiores romancistas brasileiros. Nas passagens a seguir, note a linguagem rebuscada que o autor usa.

17 PARNASIANISMO O Parnasianismo surgiu na França em oposição às escolas literárias Realismo e Naturalismo, opondo- se à prosa, já que foi um movimento essencialmente poético. A escola teve influência da doutrina arte pela arte apresentada por Théophile Gautier, poeta e crítico literário francês, ainda no período do Romantismo. A teoria da arte pela arte ressalta o belo e o refinamento através da autonomia da arte alheia à realidade.

18 PRINCIPAIS CARACTERÍSTICAS Arte pela arte: sem influências da realidade nas formas ou conteúdos. Objetividade: em oposição ao sentimentalismo exacerbado. Culto da forma: ao contrário do descuido formal dos românticos Impessoalidade: negação ao sentimentalismo romântico. Racionalismo: surge a poesia de meditação, filosófica. Visão carnal do amor: em oposição à visão espiritual dos românticos..

19 Alberto de Oliveira, Raimundo Correia e Olavo Bilac – a tríade brasileira do Parnasianismo.

20 poema Profissão de fé de Olavo Bilac E horas sem conta passo, mudo, O olhar atento, A trabalhar, longe de tudo O pensamento. Porque o escrever – tanta perícia Tanta requer, Que ofício tal... nem há notícia De outro qualquer. Assim procedo. Minha pena Segue esta norma, Por servir-te, Deusa serena, Serena Forma!

21 ALGUMAS OBRAS DE BILAC Poesias, 1888 Via Láctea, 1888 Sarças de Fogo, 1888 Crônicas e Novelas, 1894 O Caçador de Esmeraldas, poesia,1902

22 Veja a poesia As pombas, de Raimundo Correia, na qual há presença da exaltação das formas, da métrica perfeita e da natureza: Vai-se a primeira pomba despertada... Vai-se outra mais... mais outra... enfim dezenas De pombas vão-se dos pombais, apenas Raia sanguínea e fresca a madrugada... E à tarde, quando a rígida nortada Sopra, aos pombais de novo elas, serenas, Ruflando as asas, sacudindo as penas, Voltam todas em bando e em revoada... Também dos corações onde abotoam, Os sonhos, um por um, céleres voam, Como voam as pombas dos pombais; No azul da adolescência as asas soltam, Fogem... Mas aos pombais as pombas voltam, E eles aos corações não voltam mais...

23 SIMBOLISMO O simbolismo foi um movimento que se desenvolveu nas artes plásticas, teatro e literatura. Surgiu na França, no final do século XIX, em oposição ao Naturalismo e ao Realismo.

24 Simbolismo no Brasil No Brasil, o simbolismo teve início no ano de 1893, com a publicação de duas obras de Cruz e Souza: Missal (prosa) e Broquéis (poesia).

25 Principais características Ênfase em temas místicos, imaginários e subjetivos; Preocupação com a forma; Musicalidade; Linguagem indireta; Dubiedade de sentido; Linguagem indireta.

26 Principais artistas simbolistas No Brasil, dois grandes poetas destacaram-se dentro do movimento simbolista: Cruz e Sousa, e Alphonsus de Guimarães.

27 CRUZ E SOUSA é considerado o maior simbolista brasileiro Ah! Toda a Alma num cárcere anda presa, soluçando nas trevas, entre as grades do calabouço olhando imensidades, mares, estrelas, tardes, natureza. Tudo se veste de uma igual grandeza quando a alma entre grilhões as liberdades sonha e sonhando, as imortalidades rasga no etéreo Espaço da Pureza. Ó almas presas, mudas e fechadas nas prisões colossais e abandonadas, da Dor no calabouço, atroz, funéreo! Nesses silêncios solitários, graves, que chaveiro do Céu possui as chaves para abrir-vos as portas do Mistério?!


Carregar ppt "REALISMO- NATURALISMO EM PORTUGAL REAL+ISMO =REAL (do Latim res)=Fato + ISMO = crença, doutrina = REALISMO."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google