A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Prof. Dr. Paulo Sérgio Ferreira Barbosa

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Prof. Dr. Paulo Sérgio Ferreira Barbosa"— Transcrição da apresentação:

1 Prof. Dr. Paulo Sérgio Ferreira Barbosa

2 Ansiolíticos Os psicofármaco que aliviam seletivamente a ansiedade e os estados de tensão, sem induzirem acentuada depressão no SNC Hipnóticos São medicamento empregado primariamente na indução do sono e/ou sua manutenção Sedativos Medicamentos que são capazes de diminuir a excitabilidade do SNC aos diferentes estímulos externos e interno do organismo Acalmo e diminuem a atividade de um indivíduo excitado e ansioso

3 Histórico Até o século XIX Civilizações européia e orientais Opiáceo (caldo de láudano) Alcool etílico Século XIX Sais de brometos Paraldéido Hidrato de cloral Ácido barbitúrico 1930 Barbitúrico causavam dependência e usado para suicídio 1940 Mefenesina- curta ação e seu potente efeito miorrelaxante 1956 Mepobramato 1961 Recentemente os benzodiazepínicos – clordiazepóxido Ansiedade e insônia

4 Benzodiazepínico Medicamentos mais prescrito no mundo 1073 no estado unido foram feitas 100 milhões de prescrições de ansiolítico Anel benzeno Anel diazepínico de sete membro 5-aril 1,4-benzodiazepina

5 Midazolam Anel imidazólico

6

7 BZD Use Anxiolytic Hypnotic Amnesic Anticonvulsant Myorelaxant

8 Propriedade farmacológica Depressores seletivo do SNC Efeito ansiolítico até indução do sono Foram usado como ansiolítico, hipnótico, anticonvulsivante e relaxante muscular Efeito anticonvulsivante Efeito amnéstico Amígalas telencefálica Sistema cardiovascular pressão arterial força d contração cardíaca Causar aumento na amplitude e diminuição da taxa respiratória Aumento da freqüência cardíaca por mecanismo reflexo a vasodilatação Trato gastrintestinal Indicado no tratamento de disfunções psicosomática, como colite e úlcera péptica

9 Farmacocinética Rapidamente absorvidos por via oral e endovenosa Diazepam por via IM forma cristais inteferindo na absorção Distribuição Depende da perfusão tecidual e da ligação a proteína (95- 97,5%) È lipofílico Biotransformação Metabolizado pelo citocromo P 450 Conjugado com ácido glicurônico Excretado na urina

10 Efeitos adversos Tontura Incoordenação motora Ataxia Diminuição do tempo de reação ao estímulo Xerostomia Sensação de boca amarga Amnésia Aumento do peso corporal Estimulação do apetite Cefaléia prejuízo das funções sexuais Desagregação de pensamentos Flumazenil é antagonista benzodiazepínco específico

11 Agonistas de receptores 5 HT Buspirona No tratamento de distúrbio de ansiedade Agonistas parciais de receptor 5-HT1A Eficaz em paciente com ansiedade fraca a moderada Seu efeito demoram até duas semanas para aparecerem

12 Barbitúricos Depressores gerais SNC Deprimem inespecífica e reversivelmente as atividade de todos os tecidos excitáveis. 2,4,6-trioxoexaidropirimidina

13 Pentobarbital Fenobarbital Tiopental

14 Propriedade farmacológica Sistema nervoso central Provoca todos os graus de depressão Sedação leve até anestesia geral exibem atividade anticonvulsivante (fenobarbital) Alteram os estágios do sono em função das doses administradas Ocorre diminuição no período de latência para início do sono e aumento do complexo de ondas e dos movimentos corporais pouca eficácia como hipnótico Tem efeito euforizante Percepção de dor e a reação a ela permanecem inalterada até o momento da inconsciência

15 Efeito sobre o estágio do sono Em dose hipnótica aumentem o tempo total de sono e alteram os estágio do sono de acordo com a dose

16 Mecanismo de ação Competem com picrotoxina antagonista de GABAA, em um sítio localizado no ionóforo (canal de cloreto), o qual está acoplado aos receptores gabaérgicos Menos seletivo do que benzodiazepinico

17 Efeitos adverso Ressaca Tontura, náusea e vômitos Efeito paradoxal agitação em alguns pacientes Velhos e debilitados Interação medicamentosa São indutores de enzimas metabolizadoras dos microssomas hepático Anticoagulantes orais, corticoteroídes, digoxina, sulfadimetoxina, zoxazolamina Tolerância e dependência Na retirada o paciente apresenta convulsões

18 Farmacocinética Barbitúricos empregados com hipnóticos são administrado principalmente por via oral Via endovenosa é usada em emergência Cuidado apnéia respiratória, laringo espasmo e hipotensão São ácidos fracos Alta lipossolubilidade Distribuiçao Ligam-se às proteínas plasmática em grau variável e a lipossolubilidade é um fator determinante

19 Biotransformação Fígado Desmetilação que dá origem a metabolitotos ativos N-metil Fenobarbital dá origem ao barbital Oxidação na posição c5 pode resultar em alcoois, cetonas, ácidos carboxilicos os quais são liberado inalterados na urina ou conjugados ácido glucurônico A eliminação renal pode ser facilitada pela diurese osmótica e alcalinização da urina


Carregar ppt "Prof. Dr. Paulo Sérgio Ferreira Barbosa"

Apresentações semelhantes


Anúncios Google