A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

1. Ruptura na continuidade do osso. É definida de acordo com o tipo e a extensão. Ocorre quando o osso é submetido ao estresse maior do que pode absorver.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "1. Ruptura na continuidade do osso. É definida de acordo com o tipo e a extensão. Ocorre quando o osso é submetido ao estresse maior do que pode absorver."— Transcrição da apresentação:

1 1

2 Ruptura na continuidade do osso. É definida de acordo com o tipo e a extensão. Ocorre quando o osso é submetido ao estresse maior do que pode absorver. 2

3 Pode ser causada por impacto direto, força do esmagamento, movimento súbito de torção e contração muscular extrema. Há o comprometimento,tb, das estruturas adjacentes ao osso afetado: edema, hemorragia, luxação articular,rompimento tendões, nervos e vasos lacerados, órgãos lesados pela força que gerou a fratura ou por fragmentos da fratura 3

4 Fratura fechada (simples): não produz uma descontinuidade na pele. Fratura exposta (composta): a lesão da pele ou mucosa se estende até o osso fraturado. Grau I : lesão limpa < 1 cm de comprimento Grau II : lesão média do tecido mole Grau III ; lesão altamente contaminada, extensa e grave 4

5 Fratura completa : quebra de todo o perímetro do osso e é frequentemente removido da posição normal. Fratura incompleta : quebra de parte do perímetro do osso (ex. fratura em galho verde). Fratura cominutiva : osso é quebrado em vários fragmentos. 5

6 FRATURA – RAIO X 6

7 7

8 FRATURA EXPOSTA 8

9 FRATURA EXPOSTA 9

10 10

11 TIPOS DE FRATURAS 11

12 Dor contínua e crescente Perda da função Deformidade Crepitação Edema Mudança cor local Encurtamento do membro 12

13 FRATURA FECHADA 13

14 DEPENDEM: Dos sintomas do paciente Dos sinais físicos Exame radiológico 14

15 Choque hipovolêmico Embolia gordurosa Síndrome compartimental Trombose venosa profunda Não união 15

16 Redução (aberta ou fechada) Imobilização Recuperação da função e força através da reabilitação Analgésicos, antibióticos 16

17 REDUÇÃO FRATURA CLAVÍCULA 17

18 18

19 19

20 20

21 21

22 Orientações : para retomada das atividades rotineiras dentro do possível Para controle do edema e dor Para modificar ambiente doméstico Para auto cuidado Sobre medicamentos 22

23 Supervisão : Complicações potenciais Estado emocional 23

24 Podem levar semanas ou meses. É influenciada por vários fatores: Redução bem feita e mantida Suprimento sanguíneo adequado ao osso afetado Tipo de fratura Tipo de osso afetado Não presença de infecção Não presença de problemas metabólicos 24

25 Imobilizar a parte afetada do corpo com talas antes que o paciente seja afetado Em caso de ter que remover o paciente de um veículo antes da aplicação de talas: suportar o membro acima e abaixo do local da fratura. Ossos longos podem ser imobilizados com enfaixamento dos membros em conjunto. Em MsSs -> junto ao tórax qdo braço e com tipóia qdo antebraço. Sempre avaliar função neurovascular. 25

26 IMOBILIZAÇÃO 26

27 27


Carregar ppt "1. Ruptura na continuidade do osso. É definida de acordo com o tipo e a extensão. Ocorre quando o osso é submetido ao estresse maior do que pode absorver."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google