A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

3.1. Mudanças nos transportes, nas comunicações e no ensino Escola Básica dos 2º e 3º Ciclos Dr. Horácio Bento de Gouveia História e Geografia de Portugal.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "3.1. Mudanças nos transportes, nas comunicações e no ensino Escola Básica dos 2º e 3º Ciclos Dr. Horácio Bento de Gouveia História e Geografia de Portugal."— Transcrição da apresentação:

1 3.1. Mudanças nos transportes, nas comunicações e no ensino Escola Básica dos 2º e 3º Ciclos Dr. Horácio Bento de Gouveia História e Geografia de Portugal Prof. J. António Sousa Abril 2008

2 O atraso económico Portugal em meados do século XIX destruídoempobrecidoatrasado Invasões Francesas e luta entre liberais e absolutistas Gastos com as guerras e perda dos lucros vindos do Brasil Não tinham sido introduzidos os inventos técnicos registados noutros países

3 Transportes e comunicações Desenvolvimento do País: vias de comunicação - estradas e linhas férreas - instalação de redes de telégrafo Gastos muito elevados Governo liberal – Regeneração Um dos principais responsáveis por esta política de modernização foi Fontes Pereira de Melo, ministro de D. Maria II, D. Pedro V e D. Luís I.

4 Estradas - Em 1849, iniciou-se a construção de uma rede de estradas - Até ao início da 2.ª metade do séc. XIX, a rede de estradas era pequena e estava em muito mau estado - Em 40 anos, a rede de estradas teve um grande aumento

5 A mala-posta A mala-posta era um serviço de transporte de passageiros e de mala de correio que tinha, ao longo das estradas, pousadas para descanso das pessoas e muda dos cavalos.

6 caminhos de ferro - O comboio foi a grande invenção do séc. XIX, pois revolucionou os transportes - Uma só locomotiva puxava muitas carruagens, que transportavam muitas pessoas e mercadorias - Fez diminuir o preço do transporte A viagem inaugural de comboio em Portugal foi em 1856, entre Lisboa e o Carregado, numa extensão de 36 km.

7 caminhos de ferro Para o comboio circular, foi necessário construir vias férreas e também estações, pontes e túneis 1856: 50 km 1894: 2353 km

8 caminhos de ferro O comboio aumentou a mobilidade: facilidade de deslocação de pessoas O comboio facilitava o transporte de mercadorias de uma região para outra desenvolveu COMÉRCIOAGRICULTURA INDÚSTRIA

9 Portos e faróis O transporte por mar foi sempre muito importante no País Na 2.ª metade do séc. XIX, os barcos a vapor começaram a substituir os barcos à vela Para facilitar o embarque de pessoas e o carregamento de mercadorias, foi necessário fazer obras nos portos Em certos pontos da costa, construíram-se faróis para aumentar a segurança nas viagens marítimas

10 Alterações registadas Novos meios de transporte Novas vias de comunicação Outras construções - Diligência - Comboio a vapor - Barco a vapor - Estradas - Vias férreas - Pontes - Túneis - Estações e apeadeiros - Faróis - Portos

11 Meios de comunicação - Os correios foram modernizados: criaram-se os selos postais e colocaram-se marcos do correio. - Contrataram-se carteiros - Colocaram-se milhares quilómetros de fios telegráficos: - Telégrafo - Telefone Anos Número de telegramas nacionaisInternac. 1860 45 77616 224 1880 454 867139 051 1900 877 974410 447

12 Meios de comunicação Novos meios de comunicação Novos serviços TELEFONE TELÉGRAFO CORREIOS Mudanças que facilitaram Troca de ideias e de informação Desenvolvimento das atividades económicas

13 Censos Desde há muito tempo que se faziam contagem ou numeramentos, que permitiam conhecer o número aproximado de pessoas existentes no País, com o objetivo de lançar impostos ou recrutar homens para a guerra. O 1.º recenseamento da população portuguesa foi feito em 1864. Durou 2 anos e apurou-se que havia 3 829 619 habitantes em Portugal. A partir de 1890, passaram a ser feitos de 10 em 10 anos. Recenseamento: inquéritos periódicos que se destinam a recolher dados sobre a população.

14 Ensino Para realizar as mudanças que o desenvolvimento do País exigia, o Governo precisava de pessoas preparadas. Foi necessário reformar o ensino, desde as escolas primárias até às universidades. Neste período, os vários governos reformaram o ensino: - o ensino primário tornou-se obrigatório e gratuito - o ensino liceal alargou-se a todas as capitais de distrito - foram criadas as primeiras escolas de ensino técnico - foram criados cursos universitários


Carregar ppt "3.1. Mudanças nos transportes, nas comunicações e no ensino Escola Básica dos 2º e 3º Ciclos Dr. Horácio Bento de Gouveia História e Geografia de Portugal."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google