A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

5ª REUNIÃO ANUAL DA REDE BRASILEIRA DE MONITORAMENTO E AVALIAÇÃO Rio de Janeiro, agosto de 2012.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "5ª REUNIÃO ANUAL DA REDE BRASILEIRA DE MONITORAMENTO E AVALIAÇÃO Rio de Janeiro, agosto de 2012."— Transcrição da apresentação:

1 5ª REUNIÃO ANUAL DA REDE BRASILEIRA DE MONITORAMENTO E AVALIAÇÃO Rio de Janeiro, agosto de 2012

2 AGENDA Rede e seus avanços Perspectivas: um plano estratégico Proposta de um modelo de governança Definição do Comitê Gestor para o período Idéias para o próximo evento – Tema norteador – Local – Possíveis parceiros

3 A Rede e Seus Avanços: filiações Em julho/2013 – projeção de 6340 membros

4 Perfil dos membros

5 Acessos – evolução no mundo

6 PUBLICAÇÕES RBMA 406 BLOGS270 EVENTOS 134 OPORTUN DE TRAB 37 OPORTUN DE FORMACAO 81 DICAS DE LEITURA

7 4 SEMINÁRIOS ANUAIS

8 REVISTA BRASILEIRA DE MONITORAMENTO E AVALIAÇÃO

9 Rede Brasileira de Monitoramento e Avaliação Construção da Agenda Estratégica Comitê Gestor

10 Missão (1ª oficina) Promover interação, aprendizado e profissionalização de agentes públicos e privados, por meio da disseminação e multiplicação de conhecimento e informação em M&A, para melhorar o desempenho de organizações, políticas, programas e projetos com transparência e responsabilização social.

11 Visão Ser referência nacional no diálogo sobre Monitoramento e Avaliação

12 MAPA ESTRATÉGICO RBMA

13 Objetivos: Perspectiva Sociedade Pergunta Norteadora: que impactos a Rede quer gerar para a sociedade? Ampliar a participação da sociedade nos processos de formulação das políticas, planos, programas e projetos e seu M&A Incorporar M&A nos processos de formulação e planejamento de políticas, programas e projetos Melhorar a qualidade das ações de M&A Melhorar a comunicação dos resultados de M&A Contribuir para a efetividade das políticas

14 Objetivos: Perspectiva clientes Pergunta Norteadora: que resultados a Rede deve entregar de forma a satisfazer as expectativas de pessoas e organizações interessadas em M&A? Ampliar a utilização e a interação com a plataforma Equilibrar a representatividade da rede (atores-chave; adesão regional, internacional, setorial) A rticular e promover formação para diferentes atores (gestores, avaliadores, conselheiros, membros ou não da Rede) (*) Melhorar a qualidade dos avaliadores (**) (*) capacidades para: entender avaliações, especificar e contratar avaliações, executar avaliações, analisar informações, formular indicadores, comissionar, disseminar (**) perfis e competências profissionais, domínio do conceito e da prática, código de posturas e ética, formação

15 Objetivos: Perspectiva Processos Pergunta Norteadora: O que aprimorar nos processos atuais da Rede para que alcance os resultados já propostos? Aprimorar a Identificação e disseminação de conteúdo (***) Melhorar a comunicação da plataforma com os membros no sentido de facilitar e despersonificar a participação Promover ambiente de interação presencial (nacional e/ou regional) Gerenciar ambiente de interação virtual entre membros Apoiar publicações especializadas Articular-se com outros atores e redes nacionais e internacionais (***) conhecimentos, notícias, eventos, oportunidades de trabalho e formação

16 Objetivos: Aprendizado e Competências Pergunta Norteadora: Que aprendizados e competências precisam ser desenvolvidos pelo Comitê Gestor da Rede para melhorar seus processos, atender melhor seus clientes e causar os efeitos pretendidos na sociedade ? Aprimorar capacidade de gestão: Modelo de Governança, planejamento estratégico, distribuição de tarefas, grupos de trabalho, critérios para captação e aplicação de recursos Desenvolver capacidade para identificar demandas por conhecimento dos diversos stakeholders e ofertas desse conhecimento Desenvolver capacidade de animar a rede (4*) Aprimorar a liderança (5*) do processo de desenvolvimento do tema M&A, capacidade de comunicação, habilidades tecnológicas (4*) (atrair membros; Identificar e disseminar: conhecimentos, notícias, eventos, oportunidades de trabalho e formação; e sintetizar discussões e desenvolver produtos) (5*) pensamento estratégico, articular atores, ter representatividade, promover discussões, captar recursos...

17 Próximos passos - encaminhamentos Identificar as iniciativas (projetos) para atingir os objetivos (o que fazer) Detalhar para cada iniciativa: metas, responsáveis, possíveis parceiros, recursos financeiros, quando for o caso

18 Proposta de Modelo de Governança Ago/2012

19 Órgãos gestores Assembleia Geral – instância deliberativa - composta por todos os membros da Rede (plural e rotativa) Comitê Gestor – instância deliberativa - composto por 13 membros, sendo (atualmente): – 5 membros - setor público – SAE / MDS / SEPLAN-BA / INMETRO / OBSERV TRAB MG – 1 membros - setor privado – RIZOMA – 2 membros - ONGs – Ag Brasileira de Av e Publix – 2 membros - agências financiadoras/fomento – BNDES E BNB – 1 membros - órgãos produtores de dados/estatísticos – SEADE – 2 membros - academia (universidades) ou fundações de ensino e pesquisa – MAPP/UFC - FJP Diretoria Executiva – implementação da estratégia e dos projetos da Rede – 3 membros

20 Critérios para candidatura a membro do Comitê Gestor Estar presente na Reunião Anual Ter real interesse e disponibilidade para trabalhar pelo desenvolvimento do campo do M&A no Brasil Ter algum envolvimento no campo do M&A, ou pela formação, ou pela atuação profissional ou pela natureza da instituição que representa Ter respaldo da instituição de origem para a candidatura Comprometer-se a aderir aos princípios do Comitê Gestor e assumir as obrigações e responsabilidades definidas para os membros Candidaturas não terão suplência, ou seja, o membro não poderá ser substituído por outro da mesma instituição em nenhuma situação

21 Processo de seleção de membros do Comitê Gestor Eleição: – 3 meses antes da reunião anual, é aberto um edital onde candidatos se inscrevem em cada uma das seis categorias (1 mês para se inscrever) – 2 meses antes abre-se o processo eleitoral (eletrônico), no qual todos os membros podem participar. – 1 mês antes: processamento dos resultados – No dia da reunião anual: anuncia-se os membros

22 Mandato do Comitê Gestor 2 anos, com possibilidade de reeleição por mais 2 anos Mandatos não coincidentes de metade das categorias

23 Escopo de Atuação do Comitê Gestor Atrair membros para a Rede constantemente Participar de reuniões de planejamento estratégico e suas revisões Participar, de acordo com sua disponibilidade e interesse, dos projetos da Rede Apoiar a captação de recursos para o financiamento dos projetos da Rede Participar do Comitê organizador do Seminário Anual Monitorar e Avaliar os projetos da Rede

24 Obrigações dos membros do Comitê Gestor Ser acessível aos demais membros, respondendo pessoalmente a mensagens e participando pessoalmente de reuniões presenciais Não utilizar a Rede para fins de promoção pessoal ou institucional, exceto quando contribuam para o desenvolvimento de capacidades e gestão do conhecimento Ter disponibilidade para participar da Comissão Organizadora do Seminário Anual Cumprir com os compromissos assumidos quando do planejamento dos projetos (em especial, do Seminário anual)

25 Processo de seleção de membros da Diretoria Executiva Escolha pelos membros do Comitê Gestor Mandato de 2 anos, renovável por mais 2

26 Papel da Diretoria Executiva Captar recursos para os projetos da rede Conduzir os projetos Apresentar resultados ao Comitê Gestor

27 Definição do Comitê Gestor para o período Ideia: rotatividade de parte dos membros Quem faz questão de continuar Quem deseja sair Quem deseja ingressar Critérios passam a vigorar em 2012 Processo de candidatura e eleição passa a vigorar a partir de 2013

28 Ideias para o próximo Seminário Tema norteador: mais ênfase ao compartilhamento de experiências, a partir de processo transparente de seleção, com poucas palestras magnas Local Possíveis parceiros Gestão: Necessidade de profissionalizar mais a gestão, investindo na preparação (captação de recursos); possível cobrança de inscrição


Carregar ppt "5ª REUNIÃO ANUAL DA REDE BRASILEIRA DE MONITORAMENTO E AVALIAÇÃO Rio de Janeiro, agosto de 2012."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google