A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Subcontratação PP (Processamento externo) SAP Best Practices.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Subcontratação PP (Processamento externo) SAP Best Practices."— Transcrição da apresentação:

1 Subcontratação PP (Processamento externo) SAP Best Practices

2 ©2011 SAP AG. All rights reserved.2 Objetivo, benefícios e processos-chave abordados Objetivo Durante o processo de produção, quando uma Ordem planejada para produção é convertida em uma Ordem de produção, o sistema verifica se há operações de centro de trabalho ou roteiro que requeiram processamento externo. O processamento externo ocorre quando existem etapas de produção individuais, que são operações ou suboperações executadas fora da empresa por um fornecedor. Esse tipo de processamento é particularmente importante para a subcontratação. Ele também pode fornecer à empresa uma alternativa viável ao processamento interno, se houver gargalos de capacidade. Benefícios Um contrato básico pode especificar que uma certa operação da ordem de produção seja executada por subcontratado externo regularmente Caso haja gargalos de capacidade, o procedimento de montagem do produto final pode ser atribuído a um subcontratado Principais fluxos de processo abordados Criar pedido para processamento externo Entrada de mercadorias para pedido de subcontratação Entrar fatura Pagamento periódico

3 ©2011 SAP AG. All rights reserved.3 Aplicações SAP necessárias e Funções da empresa Necessário SAP enhancement package 5 for SAP ERP 6.0 Funções da empresa Supervisor de produção Encarregado do depósito Comprador Contabilidade de fornecedores

4 ©2011 SAP AG. All rights reserved.4 Descrição detalhada do process Subcontratação PP (Processamento externo) Quando uma ordem de produção é programada, operações externas devem ser levadas em conta. A duração de uma operação externa é calculada utilizando o prazo de entrega planejado ou os valores standard. O sistema automaticamente cria uma requisição de compra para a operação ou suboperação que requer processamento externo. O supervisor de produção deve informar ao comprador que ele deve verificar a carga de trabalho das requisições que requerem processamento externo. Quando os dados são atualizados para uma atividade externa, uma classe de custo é especificada. A classe de custo determina como a atividade externa será avaliada. Uma operação ou suboperação pode ou não ser processada externamente. Essa decisão deve ser tomada por meio de sua chave de controle. A chave de controle determina se as operações processadas externamente são programadas com base em seus valores standard ou no prazo de entrega planejado. Essas informações são necessárias para liquidar operações e suboperações processadas externamente que tenham sido marcadas como relevantes para custo nas chaves de controle. A compra não deve converter a requisição de compra até que o processamento externo seja necessário. Isso ocorre porque qualquer modificação da quantidade na ordem de produção atualizará a requisição automaticamente. Após a criação do pedido, ele é impresso e enviado ao fornecedor. O pedido informa ao fornecedor sobre o serviço necessário. O comprador/ planejador/ escalonador cria um documento de envio manual e fornece as informações ao departamento de expedição sobre quais componentes precisam ser coletados para processamento externo e envia os documentos ao fornecedor. Quando o fornecedor concluir o processamento externo, o material será enviado de volta. O encarregado do depósito receberá as mercadorias processadas externamente no depósito. O serviço do fornecedor é refletido na ordem de produção por meio de uma confirmação da operação. O pedido e a ordem de produção mostram a quantidade recebida. A entrada de mercadorias de um material processado externamente atualiza o status da operação: para um fornecimento parcial de uma operação de processamento externo, o status é: EOPD (Operação externa - fornecimento parcial) e para a entrega final de uma operação de processamento externo, o status é: EOFD (operação externa - entrega final).

5 ©2011 SAP AG. All rights reserved.5 Diagrama do fluxo do processo Subcontratação PP (Processamento externo) Comprador Forne-cedor Encarregado do depósito Criar pedido da requisição de compras (atribuído ao fornecedor por registro info) O fornecedor recebe o material e executa os serviços externos Enviar material ao fornecedor Imprimir pedido Subcontratar serviços EM/EF Enviar material externo de volta ao centro Fatura recebida do fornecedor Confirmação da ordem de produção A ordem de produção gera requisição de compra de serviços externos Entrada de mercadorias para pedido Devolver material ao chão- de-fábrica Contabilidad e de fornecedores Evento Entrada de faturas Fornecedor PPV EM/EF Pagamento periódico: Contabilidade financeira externa (158) Executar serviços externos Supervisor de produção Verifica as operações da ordem PP = Planejamento de produção, RFQ = Solicitação de cotação, PO = Pedido, EM/EF= Entrada de mercadorias/Entrada de faturas, PPV = Desvio do preço de compra

6 ©2011 SAP AG. All rights reserved.6 Legenda SímboloDescriçãoComentários da utilização Faixa: identifica uma função do usuário, como revisor de faturas ou representante de vendas. Esta faixa também pode identificar uma unidade organizacional ou grupo de empresas, em vez de uma função específica. Os outros símbolos de fluxo do processo nesta tabela aparecem nestas linhas. Você tem tantas linhas quantas forem necessárias para cobrir todas as funções no cenário. A faixa de função contém tarefas comuns àquela função. Eventos externos: contém eventos que começam ou terminam o cenário, ou influenciam o curso de eventos do cenário. Linha de fluxo (sólida): a linha indica a seqüência normal de etapas e direção do fluxo no cenário. Linha de fluxo (pontilhada): a linha indica o fluxo de tarefas utilizadas com pouca freqüência ou tarefas condicionais em um cenário. A linha também pode levar a documentos envolvidos no fluxo do processo. Conecta duas tarefas em um processo de cenário ou um evento sem etapas Atividade comercial/evento: identifica uma ação que leva para dentro ou para fora do cenário, ou um processo externo que ocorre durante o cenário Não corresponde a uma etapa da tarefa no documento Processo da unidade: identifica uma tarefa que é abordada etapa a etapa no cenário Corresponde a uma etapa da tarefa no documento Referência a processo: se o cenário fizer referência a um outro cenário no total, coloque o número e nome do cenário aqui. Corresponde a uma etapa da tarefa no documento Referência a sub-processo: se o cenário fizer referência a um outro cenário em parte, coloque aqui o número e o nome do cenário bem como os números das etapas daquele cenário Corresponde a uma etapa da tarefa no documento Decisão do processo: identifica um ponto de decisão/ramificação, significando uma escolha a ser feita pelo usuário final. As linhas representam escolhas diferentes que surgem de partes diferentes do losango. Em geral, não corresponde a uma etapa da tarefa no documento; reflete uma escolha a ser feita após a execução da etapa SímboloDescriçãoComentários da utilização Para o próximo/Do próximo diagrama: leva à página seguinte/anterior do diagrama O fluxograma continua na página seguinte/anterior Impressão/documento: identifica um documento, relatório ou formulário impresso Não corresponde a uma etapa da tarefa em um documento; é utilizado para refletir um documento gerado por uma etapa da tarefa; essa forma não tem nenhuma linha de fluxo de saída Dados reais financeiros: indica um documento de lançamento financeiro Não corresponde a uma etapa da tarefa em um documento; é utilizado para refletir um documento gerado por uma etapa da tarefa; essa forma não tem nenhuma linha de fluxo de saída Planejamento do orçamento: indica um documento de planejamento do orçamento Não corresponde a uma etapa da tarefa em um documento; é utilizado para refletir um documento gerado por uma etapa da tarefa; essa forma não tem nenhuma linha de fluxo de saída Processo manual: cobre uma tarefa que é feita manualmente Em geral, não corresponde a uma etapa da tarefa em um documento; utilizado para refletir uma tarefa que é executada manualmente, como descarregar um caminhão em um depósito, que afeta o fluxo do processo. Versão/dados existentes: este bloco cobre dados que são alimentados de um processo externo Em geral, não corresponde a uma etapa da tarefa em um documento; essa forma reflete os dados provenientes de uma fonte externa; esta etapa não tem linhas de fluxo de entrada Decisão aprovar/reprovar do sistema: este bloco cobre uma decisão automática feita pelo software Em geral, não corresponde uma etapa da tarefa no documento; é utilizado para refletir uma decisão automática feita pelo sistema após a execução de uma etapa. Externoao SAP Atividade comercial/ evento Processo da unidade Referência a processo Referência a sub- processo Decisã o do proces so Conexão do diagrama Impressão/ documento Dados reais financeiros Planejamento do orçamento Process o manual Versão/ dados existentes Decisão de aprovar/ reprovar do sistema

7 ©2011 SAP AG. All rights reserved.7 No part of this publication may be reproduced or transmitted in any form or for any purpose without the express permission of SAP AG. The information contained herein may be changed without prior notice. Some software products marketed by SAP AG and its distributors contain proprietary software components of other software vendors. Microsoft, Windows, Excel, Outlook, and PowerPoint are registered trademarks of Microsoft Corporation. IBM, DB2, DB2 Universal Database, System i, System i5, System p, System p5, System x, System z, System z10, System z9, z10, z9, iSeries, pSeries, xSeries, zSeries, eServer, z/VM, z/OS, i5/OS, S/390, OS/390, OS/400, AS/400, S/390 Parallel Enterprise Server, PowerVM, Power Architecture, POWER6+, POWER6, POWER5+, POWER5, POWER, OpenPower, PowerPC, BatchPipes, BladeCenter, System Storage, GPFS, HACMP, RETAIN, DB2 Connect, RACF, Redbooks, OS/2, Parallel Sysplex, MVS/ESA, AIX, Intelligent Miner, WebSphere, Netfinity, Tivoli and Informix are trademarks or registered trademarks of IBM Corporation. Linux is the registered trademark of Linus Torvalds in the U.S. and other countries. Adobe, the Adobe logo, Acrobat, PostScript, and Reader are either trademarks or registered trademarks of Adobe Systems Incorporated in the United States and/or other countries. Oracle is a registered trademark of Oracle Corporation. UNIX, X/Open, OSF/1, and Motif are registered trademarks of the Open Group. Citrix, ICA, Program Neighborhood, MetaFrame, WinFrame, VideoFrame, and MultiWin are trademarks or registered trademarks of Citrix Systems, Inc. HTML, XML, XHTML and W3C are trademarks or registered trademarks of W3C®, World Wide Web Consortium, Massachusetts Institute of Technology. Java is a registered trademark of Sun Microsystems, Inc. JavaScript is a registered trademark of Sun Microsystems, Inc., used under license for technology invented and implemented by Netscape. SAP, R/3, SAP NetWeaver, Duet, PartnerEdge, ByDesign, SAP BusinessObjects Explorer, StreamWork, and other SAP products and services mentioned herein as well as their respective logos are trademarks or registered trademarks of SAP AG in Germany and other countries. © 2011 SAP AG. All rights reserved Business Objects and the Business Objects logo, BusinessObjects, Crystal Reports, Crystal Decisions, Web Intelligence, Xcelsius, and other Business Objects products and services mentioned herein as well as their respective logos are trademarks or registered trademarks of Business Objects Software Ltd. Business Objects is an SAP company. Sybase and Adaptive Server, iAnywhere, Sybase 365, SQL Anywhere, and other Sybase products and services mentioned herein as well as their respective logos are trademarks or registered trademarks of Sybase, Inc. Sybase is an SAP company. All other product and service names mentioned are the trademarks of their respective companies. Data contained in this document serves informational purposes only. National product specifications may vary. The information in this document is proprietary to SAP. No part of this document may be reproduced, copied, or transmitted in any form or for any purpose without the express prior written permission of SAP AG. This document is a preliminary version and not subject to your license agreement or any other agreement with SAP. This document contains only intended strategies, developments, and functionalities of the SAP® product and is not intended to be binding upon SAP to any particular course of business, product strategy, and/or development. Please note that this document is subject to change and may be changed by SAP at any time without notice. SAP assumes no responsibility for errors or omissions in this document. SAP does not warrant the accuracy or completeness of the information, text, graphics, links, or other items contained within this material. This document is provided without a warranty of any kind, either express or implied, including but not limited to the implied warranties of merchantability, fitness for a particular purpose, or non-infringement. SAP shall have no liability for damages of any kind including without limitation direct, special, indirect, or consequential damages that may result from the use of these materials. This limitation shall not apply in cases of intent or gross negligence. The statutory liability for personal injury and defective products is not affected. SAP has no control over the information that you may access through the use of hot links contained in these materials and does not endorse your use of third-party Web pages nor provide any warranty whatsoever relating to third-party Web pages.


Carregar ppt "Subcontratação PP (Processamento externo) SAP Best Practices."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google