A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Mesa redonda: Medicamentos para idosos Das reações adversas ao uso razoado 5º Riopharma Rio de Janeiro, 21 de setembro, 2007 Albert Figueras.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Mesa redonda: Medicamentos para idosos Das reações adversas ao uso razoado 5º Riopharma Rio de Janeiro, 21 de setembro, 2007 Albert Figueras."— Transcrição da apresentação:

1 Mesa redonda: Medicamentos para idosos Das reações adversas ao uso razoado 5º Riopharma Rio de Janeiro, 21 de setembro, 2007 Albert Figueras

2 Já sabemos... - as mudanças no organismo do idoso e suas conseqüências sobre os medicamentos - a pluri-patologia - o envelhecimento da população

3 Nem todos os medicamentos são apropriados para idosos - de Beers: criterios de medicamentos potencialmente inapropriados x seleção inadequada x dosagem excessiva x interações com outros F

4 Referência: Rozenfeld, S. Cad Saúde Pública 2003;19: Cerca de um terço dos idosos consome cinco ou mais medicamentos simultaneamente. Esse uso irracional se traduz em: - consumo excessivo de produtos supérfluos ou não indicados, e - subutilização de outros, essenciais para o controle das doenças

5 Lau DT, et al. Health Services Res 2004;33: Análise medicação em idosos que moram em residências 50% medic. potencialmente inapropriados 2 1 >3

6 propoxifen tontura (33%) difenhidramine hidroxizine constipação e anticol. (25%) ciproheptadine amitriptilina constipação e anticol.

7 Goulding MR. Arch Intern Med 2004;164: Medicação inapropriada em idosos tratados em centros de saúde 8% das consultas 1 med. inapr. propoxifen hidroxicina diazepam58% dos med. inapr. amitriptilina oxibitunina

8 Elmer GW et al. Ann Pharmacother 2007; Sept. 4 (Epub) Interaçoes potenciais entre medic. alternativos e convenc idosos M alter 6,3%12,8%15,1% M alt + conv6,0%11,7%14,4%

9 Medicamentos alternativos + convencionais 6% combinações com risco significativo 7% combinações com risco hemorragia por: gingko, alho ou ginseng + aspirina, warfarina, ticlopidina ou pentoxifilina

10 Rozenfeld S, et al. Rev Panam Salud Publ 2003;13: Mulheres idosas: medic. como fator de risco de quedas 624 entrevistas (mulheres universidade da terceira idade) só 9,1% não tomava remédio uso diuréticos + doença articular: risco de 1 queda = 1,6 uso beta-bloq.: risco de 1 queda = 2,0 uso sedantes/ansiolíticos + hipotensão post.: risco = 4,9

11 The science of pharmacovigilance: monitoring and evaluating drug safety issues and comunicating them effectively The Erice Manifesto – Drug Safety 2007; 30:

12 Evolução: 1.A FV reativa (descubrimento do danho dos medicamento comercializados)

13 Evolução: 1.A FV reativa (descubrimento do danho dos medicamento comercializados) 2.A FV pro-ativa: estudo pro-ativo da segurança/toxicidade, da eficácia e dos fatores de risco na prática médica normal e no uso em doentes.

14 Primeiro conceito: TODO produto que reclama efeitos... além dos efeitos desejáveis tem efeitos não-desejáveis!

15

16

17 dosagem diária de leitura para se manter permanentemente atualizado na área de conhecimento própia: 19 artigos científicos cada dia M. Rawlins, NICE, 1999

18

19 Propostas de ação - pesquisa local (para identificar e caraterizar problemas) - FV local (avançando até a FV preventiva) - informação de qualidade e selecionada (boletins / internet / prescrição eletrônica) - capacitação / ensino na universidade e pos-graduação - educação da população

20


Carregar ppt "Mesa redonda: Medicamentos para idosos Das reações adversas ao uso razoado 5º Riopharma Rio de Janeiro, 21 de setembro, 2007 Albert Figueras."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google