A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Como melhorar os recursos e facilitar o gerenciamento de TI de suas filiais.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Como melhorar os recursos e facilitar o gerenciamento de TI de suas filiais."— Transcrição da apresentação:

1 Como melhorar os recursos e facilitar o gerenciamento de TI de suas filiais

2 Filiais – Um Pouco de História Filiais – Visão Tecnologias Cenários de Utilização Resumo

3 Filiais – Um Pouco de História Visão Geral Filiais… – 30% das empresas tem escritórios remotos – 55% dos empregados das maiores empresas ficam nas filiais – Filiais consome quase 33% dos orçamentos de TI – Grandes empresas consumiram US$25B em WANs em 2003 Conseguindo Ganhos de TCO… – Consolidação: Precisamos de servidores nas filiais? – Produtividade vs. Performance? Fonte: Microsoft Research WAN é o maior custo recorrente depois de pessoas nas Organizações.. Gartner WAN é o maior custo recorrente depois de pessoas nas Organizações.. Gartner

4 Filiais – Um Pouco de História Consolidação A maioria das empresas consolidaram os seu servidores centrais Caminhos claros – Escalabilidade do Windows Server 2003 O foco esta alterando para consolidação dos servidores das filiais O caminho é menos óbvio. Os ganhos vem com alguma troca Servidores nas filiais? Servidores na matriz? Baixos custos com gerenciamento WANs diminuem a produtividade nas filiais Largura de banda, latência, disponibilidade ou Aumenta produtividade/autonomia das filiais Altos custos com gerenciamento de servidores Backup, recuperação, reparos, etc.

5 Filiais – Um Pouco de História Desafios de Uma WAN Baixa largura de banda e alta latência Performance da filial produtividade IP tuning ajuda, limitar as viagens é vital Protocolos otimizados para cliente/servidor A velocidade das LANs mascara protocolos ineficientes File (CIFS and NFS), Print, Authentication Protocolos estão em desenvolvimento (Extensões R2) HTTP, BITS, Cached Exchange Mode estão protos para WAN Servidores nas filiais resolvem estes problemas mas dificultam o gerenciamento Difíceis de gerenciar, criam Mini Data-Centers

6 Filiais – Um Pouco de História Desafios de Gerenciamento Nas Filiais – admins on-site são raridade Remédio caro: Médicos Viajantes ~$300/hr – Proteção de dados cara/não confiável – Consolidando multiplos papéis de servidores Fronteiras difíceis de manter ex. DCs Na Matriz Administradores centrais, gerenciando as filiais remotamente Administradores Offshore para filiais grandes, 24/7 Ferramentas de gerenciamento Falta algumas funcionalidades para um número maior de sites (Políticas, Delegação) São necessários varias ferramentas para servidores multi-função

7 Opicional Substituível Opicional Substituível Continuidade dos Serviços Acelerador de Serviços Filiais – Visão Servidor Gerenciado como um Cache O cliente vai para um servidor central Cache de serviço: Sem informação de estado Facilmente substituido Boa Compressão Cache: Limita a utlização de banda Cache: Mitiga a latência de WANs Cache: Tratamento local Armazena e envia para o servidor central Um servidor simples, com pouca necessidade de adiministração

8 Filiais – Visão Roadmap Para a Visão Replicação de arquivos para WAN Monitoração Escalável Gerenciamento centralizado de impressoras R2 Longhorn Server Core DC Somente Leitura Active Directory Proteção de Dados Melhoria de Protocolos Fazendo os Principais Papés do Servidor Prontos para Filiais

9 Tecnologias Windows Server 2003 R2 Funcionalidades para Filiais no R2 Servidor de Arquivos Compressão Remota Diferencial (RDC) Sistema de Arquivos Distribuídos Replicação (File Replication Services 2 – FRS2) Melhorias nos Namespaces Console de Gerenciamento Servidor de Impressão Console de Gerenciamento de Impressão

10 Tecnologias Visão Geral do RDC Novo algoritmo de compressão baseado em diferencial – Objetos existentes: Detecta eficientemente inserções, remoções e re-arranjo dos dados – Novos objetos: Descobre eficientemente e reconstrói utilizando informações importantes da máquina que recebe – Funciona em qualquer tipo de arquivo, aplicável a qualquer cliente/servidor Técnica Geral – Não requer acompanhamento da mudança – Superior ao na maioria dos casos (até 3X)

11 Tecnologias RDC – Exemplo Arquivo Original Arquivo Atualizado SHA 21 … SHA 25 Busca novos pedaços 3, 4 Arquivo Atualizado The quick fox jumped over the lazy brown dog. the fox jumping over him. The brown dog was so lazy that he … copy Cliente SHA 21 SHA 22 SHA 23 SHA 24 SHA 25 SHA 11 SHA 12 SHA 13 SHA 14 Requisição do arquvio The quick fox jumped over the lazy brown dog. The dog was so lazy that he didnt notice the fox jumping over him. The quick fox jumped over the lazy brown dog. The brown dog was the fox jumping over him. so lazy that he didnt notice The quick fox jumped over the lazy brown dog. The brown dog was the fox jumping over him. so lazy that he didnt notice [use recursion] Os arquivos são divididos em pedaços variável baseado em seus conteúdos Para cada pedaço no cliente e servidor, o RDC calcula um hash (strong hash - SHA). O servdor transmite uma lista de hashes para o cliente (O algoritimo é recursivo neste ponto para arquivos grandes) O cliente compara os hashes do servidor com os seus e pede para o servidor os dados somente daqueles que não batem Cliente monta o arquivo combinando os seus pedaçõs não modificados e os novos do servidor

12 Tecnologias RDC – Eficiências RDC aumenta significantemente as velocidade de transferências Superior ao rsync para arquivos grandes Grandes Transferências.VHD (11.28GB)* - Um dia de alterações para um DC.BKF (9.0GB) - Backup diário.VHD (2.6GB)* - Instalação de um pacote de 12 MB em um WS03 - Somente 7.6 MB de diferença (DLLs existentes).VHD (2.5GB)* - Adicionar um usuário a um Windows Server 2003 DC * VHDs are Virtual Server system images

13 Tecnologias DFS – Visão Geral Capacidades Replicação: Sincronismo eficiente entre servidores Namespace: Virtualiza Servidores de Arquivo Escala: Milhares de servidores, entre domínios Gerenciamento Novo console para DFS (MMC2.1) * Suporte a todas topologias Relatórios e diagnóstivos HTML * MOM Management Pack * Eficiencia WAN Replicação somente de partes dos arquivos (RDC) * Granularidade de até 15 min* Rotea clientes para o servidor mais próximo via DFSN Previne falhas entre filiais * Disponibilidade Algoritimo auto-recuperável * Fail-over e Fail-back multi-nível Trabalha com Shadow Copy para pastas compartilhadas Trabalho offline para sites desconectados Armazenamento de configuração para alta disponibilidade (AD) Definição de prioridade de link * Sistema Único – Muitos Cenários Distribuição de arquivos para filiais Aplicações, documentos e atualizações, etc. Coleções de arquivos das filiais para hubs Acabe com o backup em fitas nas filiais Sistema de compartilhamento distribuído Last-writer-wins Transferência eficiente de arquivos entre sites Usuário em Nova York Servidor em Nova York Usuários em Londres Servidor em Londres Replicação DFS Namespace

14 Tecnologias DFS Sistema de replicação multi-master – Totalmente re-escrito – Significativamente mais eficiente, escalável e robusto que o predecessor (File Replication Services) Novas Funcionalidades – Serviço Central Sincronismo simples e eficiente Utiliza o RDC Bandwidth Throttling Reconstrução automatica do banco de dados – Novo Console de Gerenciamento

15 Tecnologias DFS

16 Tecnologias DFS Namespaces Nova interface de gerenciamento Visão hierarquica do namespace Novas funcionalidades: Renomear Links, drag n drop Incorpora funcionalidades antes disponível somentre através de CLI Novas funcionalidades adicionadas ao DFS Namespace Service Fail-back Priorização de Servidores Definição de servidores com prioridade alta/baixa

17 Tecnologias DFS Namespaces

18 Printers Node Servers Node Tecnologias Console de Gerenciamento de Impressoras Com PMC, servidores de filiais podem facilmente ser servidores de impressão porque eles são gerenciaveis remotamente

19 Tecnologias Distribuição de Conteúdo Objetivo: Consolidar dados de filial para backup centralizado através de replicação Requisitos Dados replicados para as filiais Fail-over para o hub se o servidor não estiver disponível Recuperação fácil do servidor cache da filial Fail-back para o servidor da filial, quando recuperado

20 Tecnologias Longhorn Active Directory Role Separation AD Restart Read Only Domain Controllers Proteção de Dados Server Backup (Volume Shadow Copy, Remote Administration) Bit Locker Driver Encryption

21 Tecnologias Longhorn SMB 20 Mais usuários, mais arquivos abertos, mais compartilhamentos Packet compounding Durable handles File I/O Transacional Server Core Secure Easy to Manage

22 Cenários de Utilização Coleta de Dados Objetivo: Consolidar os dados de filiais para backup centralizado e redundância através de replicação Requisitos Dados de filiais replicados eficientemente para o hub Fail-over através do hub se o servidor da filial ficar indisponível Recuperação fácil do servidor do cahe na filia Fail-back para o servidor da filial, quando recuperado

23 Cenários de Utilização Coleta de Dados - Configurações Configuração de um grupo de replicação DFS entre os servidores das filiais e do hub Configuração de um namespace Abstrai o servidor da filial e o hub Utiliza domínios DFS com raiz no hub e filial que assegura o acesso quando o link WAN esta com problemas Armazena dados de usuário nos servidores das filiais Redirecionamento de pastas (Objetos de Group) Diretório de Usuários Solução de backup no hub

24 Cenários de Utilização Coleta de Dados - Layout Conexões de replicação tem agenda e bandwidth throttling configuráveis Backup dos dados replicados no hub Acesso a dados em condições normais Acesso a dados se o servidor falhar X

25 Cenários de Utilização Publicação de Conteúdo Objetivo: Distribuir arquivos para um número de filiais Requisitos Dados nas filiais servem como caches para dados criados no hub Fail-over para o hub Fail-back para o servidores da filial, quando o problema é corrigido

26 Cenários de Utilização Publicação de Conteúdo - Configuração Configure um namespace DFS Abstrai os servidores de filiais e o hub Permite que os clientes façam fail-over a replica mais próxima se o servidor falha Configure um grupo de replicação Inclua o hub e todos os servidores das filiais Utilize ACLs para garantir o acesso correto se necessário Agrupe as informações por grupos de conteúdo Separa o conteúdo de acordo com as fronteiras de replicação

27 Cenários de Utilização Distribuição de Conteúdo Objetivo: Consolidar dados de filial para backup centralizado através de replicação Requisitos Dados replicados para as filiais Fail-over para o hub se o servidor não estiver disponível Recuperação fácil do servidor cache da filial Fail-back para o servidor da filial, quando recuperado

28 Filiais – Visão Roadmap Para a Visão Replicação de arquivos para WAN Monitoração Escalável Gerenciamento centralizado de impressoras R2 Longhorn Server Core DC Somente Leitura Active Directory Proteção de Dados Melhoria de Protocolos Fazendo os Principais Papés do Servidor Prontos para Filiais

29

30


Carregar ppt "Como melhorar os recursos e facilitar o gerenciamento de TI de suas filiais."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google