A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

1.Mostrar o que é um dom espiritual e com que objetivos os dons são concedidos. 2.Mostrar as diferenças e necessidades dos dons espirituais mencionados.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "1.Mostrar o que é um dom espiritual e com que objetivos os dons são concedidos. 2.Mostrar as diferenças e necessidades dos dons espirituais mencionados."— Transcrição da apresentação:

1

2 1.Mostrar o que é um dom espiritual e com que objetivos os dons são concedidos. 2.Mostrar as diferenças e necessidades dos dons espirituais mencionados na lição da semana. 1.Mostrar o que é um dom espiritual e com que objetivos os dons são concedidos. 2.Mostrar as diferenças e necessidades dos dons espirituais mencionados na lição da semana.

3 Os dons espirituais são concedidos para o crescimento espiritual e a pregação do evangelho. Ninguém recebe todos os dons e isto gera cooperação mútua.

4 Paulo diz que a Igreja é o corpo de Cristo. O corpo é constituído de diferentes membros, que trabalham harmoniosamente e para um objetivo comum. Assim também, os membros da Igreja munidos de diferentes dons, devem trabalhar harmoniosamente para o bem de todos. Os dons são ferramentas à disposição dos ministérios da Igreja. Paulo diz que a Igreja é o corpo de Cristo. O corpo é constituído de diferentes membros, que trabalham harmoniosamente e para um objetivo comum. Assim também, os membros da Igreja munidos de diferentes dons, devem trabalhar harmoniosamente para o bem de todos. Os dons são ferramentas à disposição dos ministérios da Igreja. I Cor. 12: 7-25

5 O Espírito é o Dom por excelência, e com Ele os demais dons são concedidos. Se unirmos as listas de Romanos 12; I Coríntios 12-14; Éfésios 4 e I Pedro veremos cerca de 27 dons. Como Igreja acreditamos que esses mesmos dons continuam em atuação hoje e ainda outros mais. O Espírito é o Dom por excelência, e com Ele os demais dons são concedidos. Se unirmos as listas de Romanos 12; I Coríntios 12-14; Éfésios 4 e I Pedro veremos cerca de 27 dons. Como Igreja acreditamos que esses mesmos dons continuam em atuação hoje e ainda outros mais.

6 Reflexão: O que é um dom espiritual e qual o seu objetivo? 1.É a capacidade especial concedida pelo Espírito Santo de realizar algum ministério. 2.Os dons só são concedidos à pessoas convertidas. 3.O objetivo é atender à necessidade da Igreja na pregação do evangelho e gerar maturidade espiritual. Reflexão: O que é um dom espiritual e qual o seu objetivo? 1.É a capacidade especial concedida pelo Espírito Santo de realizar algum ministério. 2.Os dons só são concedidos à pessoas convertidas. 3.O objetivo é atender à necessidade da Igreja na pregação do evangelho e gerar maturidade espiritual.

7 4.Diferentes dons atendem a diferentes necessidades. 5.O Espírito faz essa distribuição como Lhe apraz, pois é soberano instrumento de Deus. 6.Os dons não geram disputas entre os membros, mas, mútua cooperação. 7.Em uma igreja nenhum dom ou pessoa é mais importante que outro. 4.Diferentes dons atendem a diferentes necessidades. 5.O Espírito faz essa distribuição como Lhe apraz, pois é soberano instrumento de Deus. 6.Os dons não geram disputas entre os membros, mas, mútua cooperação. 7.Em uma igreja nenhum dom ou pessoa é mais importante que outro.

8 8.Paulo diz que os dons visam a um fim proveitoso. 9.Temos que valorizar a diversidade de dons. Precisamos de pessoas diferentes, que façam coisas diferentes. 10.Todos devem estar conectados com Cristo e com a Igreja, com o objetivo comum de pregar o evangelho. A Igreja é o instrumento apontado por Deus, para a salvação dos homens. AA, 9 8.Paulo diz que os dons visam a um fim proveitoso. 9.Temos que valorizar a diversidade de dons. Precisamos de pessoas diferentes, que façam coisas diferentes. 10.Todos devem estar conectados com Cristo e com a Igreja, com o objetivo comum de pregar o evangelho. A Igreja é o instrumento apontado por Deus, para a salvação dos homens. AA, 9 A lição escolheu analisar sete dons espirituais.

9 Só o Espírito pode nos dar sabedoria e conhecimento conforme a Bíblia. É essa sabedoria que nos traz conhecimento de Deus. E quanto mais conhecermos a Deus, mais sábios nos tornaremos. Só o Espírito pode nos dar sabedoria e conhecimento conforme a Bíblia. É essa sabedoria que nos traz conhecimento de Deus. E quanto mais conhecermos a Deus, mais sábios nos tornaremos. Porque a um é dada, mediante o Espírito, a palavra da sabedoria; e a outro, segundo o mesmo Espírito, a palavra do conhecimento... I Cor. 12:8 e 9.

10 Reflexão: Qual a diferença entre a sabedoria do mundo e a de Deus? Sabedoria do mundo 1.Confia no homem 2.É enganosa 3.Valoriza o ter 4.Depende do que vê 5.Se reduz a nada Sabedoria do mundo 1.Confia no homem 2.É enganosa 3.Valoriza o ter 4.Depende do que vê 5.Se reduz a nada Sabedoria de Deus 1.Confia em Deus 2.É verdadeira 3.Valoriza o ser 4.É movida pela fé 5.Tem valor eterno Sabedoria de Deus 1.Confia em Deus 2.É verdadeira 3.Valoriza o ser 4.É movida pela fé 5.Tem valor eterno

11 O dom da sabedoria coloca a pessoa em contato íntimo com a mente de Deus. A sabedoria de Deus traz poder e mudança à vida e vem unicamente pela obra do Espírito em nós. A sabedoria e o conhecimento dados pelo Espírito são essenciais para entendermos como servir a Deus e como conhecer e rejeitar os enganos de Satanás. O dom da sabedoria coloca a pessoa em contato íntimo com a mente de Deus. A sabedoria de Deus traz poder e mudança à vida e vem unicamente pela obra do Espírito em nós. A sabedoria e o conhecimento dados pelo Espírito são essenciais para entendermos como servir a Deus e como conhecer e rejeitar os enganos de Satanás.

12 Por que a um é dado, mediante o Espírito,... Dons de curar; a outro, operações de milagres I Cor. 12: 8-10 Os dons do Espírito permanecerão na Igreja até Jesus voltar. Em todas as eras, Deus tem operado milagres para superar enormes obstáculos ou compensar a falta de recursos. Devemos acreditar que verdadeiros milagres e curas ainda são realizados hoje. Os dons do Espírito permanecerão na Igreja até Jesus voltar. Em todas as eras, Deus tem operado milagres para superar enormes obstáculos ou compensar a falta de recursos. Devemos acreditar que verdadeiros milagres e curas ainda são realizados hoje.

13 A grande obra do evangelho não deverá encerrar-se com menor manifestação de poder de Deus do que a que assinalou o seu início.... Operar-se-ão prodígios, os doentes serão curados, e sinais e maravilhas seguirão os crentes GC, 611 e 612. Falando do fim dos tempos EGW diz:

14 1.O cristão não deve recusar a ajuda médica, esperando que Deus o cure, sem antes fazer a parte humana. O que o poder humano pode fazer, o divino não é solicitado a realizar DTN, Os enfermos também necessitam saber que precisam confessar e abandonar os seus pecados para receber a bênção Divina (CBV,228). 1.O cristão não deve recusar a ajuda médica, esperando que Deus o cure, sem antes fazer a parte humana. O que o poder humano pode fazer, o divino não é solicitado a realizar DTN, Os enfermos também necessitam saber que precisam confessar e abandonar os seus pecados para receber a bênção Divina (CBV,228). Reflexão: Que cuidados devemos ter ao nos relacionarmos com manifestações milagrosas?

15 3.Se por um lado os milagres fortalecem a nossa fé, uma fé que dependa deles não é uma fé verdadeira. Luc. 16:31 4.A operação de milagres em si, não é prova de que é Deus que está atuando. 5.O maior milagre que pode ocorrer são as mudanças em nossa própria vida pela operação do poder de Deus. 3.Se por um lado os milagres fortalecem a nossa fé, uma fé que dependa deles não é uma fé verdadeira. Luc. 16:31 4.A operação de milagres em si, não é prova de que é Deus que está atuando. 5.O maior milagre que pode ocorrer são as mudanças em nossa própria vida pela operação do poder de Deus.

16 O dom de profecia é um dos mais citados na Bíblia e está entre os mais importantes. Rom. 12:6-8; I Cor. 12:10 e 28; Efés. 4:11 Profeta é um porta-voz de Deus para o povo. O conteúdo de sua mensagem não é essencialmente preditivo. O dom de profecia é um dos mais citados na Bíblia e está entre os mais importantes. Rom. 12:6-8; I Cor. 12:10 e 28; Efés. 4:11 Profeta é um porta-voz de Deus para o povo. O conteúdo de sua mensagem não é essencialmente preditivo.

17 Ele transmite a mensagem de Deus ao povo como Seu representante, seja de predição, orientação ou correção. Na IASD cremos que o dom profético foi exercido no ministério de EGW. Ele transmite a mensagem de Deus ao povo como Seu representante, seja de predição, orientação ou correção. Na IASD cremos que o dom profético foi exercido no ministério de EGW.

18 Outro dom concedido pelo Espírito é o de governo ou administração. I Cor. 12:28 São os agentes humanos capacitados por Deus para dirigirem Sua obra aqui na terra. Deus opera mediante designados instrumentos em Sua Igreja organizada. Outro dom concedido pelo Espírito é o de governo ou administração. I Cor. 12:28 São os agentes humanos capacitados por Deus para dirigirem Sua obra aqui na terra. Deus opera mediante designados instrumentos em Sua Igreja organizada.

19 Deus valoriza uma Igreja organizada e opera por meio de seus líderes: Usou Ananias para curar a Saulo. Atos 9:10-17 Separou Paulo e Barnabé para serem seus mensageiros. Atos 17:1-3 Deus estabeleceu líderes para a Igreja do deserto. Atos 7:38 Usou Ananias para curar a Saulo. Atos 9:10-17 Separou Paulo e Barnabé para serem seus mensageiros. Atos 17:1-3 Deus estabeleceu líderes para a Igreja do deserto. Atos 7:38

20 Cristo estabeleceu os apóstolos como os líderes da Igreja Cristã. Deus hoje também chama e capacita homens e mulheres com o dom da administração para liderarem Sua Igreja remanescente. Cristo estabeleceu os apóstolos como os líderes da Igreja Cristã. Deus hoje também chama e capacita homens e mulheres com o dom da administração para liderarem Sua Igreja remanescente.

21 O dom de línguas é legítimo, mas está rodeado de controvérsia hoje. O dom original no dia de Pentecostes consistia em idiomas humanos perfeitamente falados. Línguas aqui significam idiomas estrangeiros. A maioria dos cristãos era gente simples, com a incumbência de pregar ao mundo inteiro, para todas as línguas. (Mat. 28:19; Mar. 16:15; Rom. 1:8). O dom de línguas é legítimo, mas está rodeado de controvérsia hoje. O dom original no dia de Pentecostes consistia em idiomas humanos perfeitamente falados. Línguas aqui significam idiomas estrangeiros. A maioria dos cristãos era gente simples, com a incumbência de pregar ao mundo inteiro, para todas as línguas. (Mat. 28:19; Mar. 16:15; Rom. 1:8). Atos 2; 10:44-46; 11:15; 19;6

22 Por isso, havia a necessidade do dom de línguas, para dotá- los com os idiomas estrangeiros. Com a incumbência de pregar aos gentios, Paulo era o que mais línguas falava. I Cor. 14:18 O objetivo do dom era cruzar a barreira da língua na proclamação do evangelho. Por isso, havia a necessidade do dom de línguas, para dotá- los com os idiomas estrangeiros. Com a incumbência de pregar aos gentios, Paulo era o que mais línguas falava. I Cor. 14:18 O objetivo do dom era cruzar a barreira da língua na proclamação do evangelho.

23 Qualquer utilização desse dom alheia a esse propósito é uma caricatura, um abuso e combustível para a vaidade. Se hoje o dom de línguas for uma necessidade Deus o concederá à Sua igreja também. Qualquer utilização desse dom alheia a esse propósito é uma caricatura, um abuso e combustível para a vaidade. Se hoje o dom de línguas for uma necessidade Deus o concederá à Sua igreja também.

24 1.Os dons espirituais são uma dotação de Cristo concedida pelo Espírito Santo. 2.Os dons são dados com dois objetivos: trazer crescimento espiritual e capacitar a Igreja, como corpo, para a pregação do evangelho. 3.Ninguém recebe todos os dons, isto gera mútua dependência. 4.Dentre os vários dons descritos na Bíblia estudamos o da sabedoria e conhecimento, Milagres e curas, profecia e governo e o dom de línguas. 1.Os dons espirituais são uma dotação de Cristo concedida pelo Espírito Santo. 2.Os dons são dados com dois objetivos: trazer crescimento espiritual e capacitar a Igreja, como corpo, para a pregação do evangelho. 3.Ninguém recebe todos os dons, isto gera mútua dependência. 4.Dentre os vários dons descritos na Bíblia estudamos o da sabedoria e conhecimento, Milagres e curas, profecia e governo e o dom de línguas.

25


Carregar ppt "1.Mostrar o que é um dom espiritual e com que objetivos os dons são concedidos. 2.Mostrar as diferenças e necessidades dos dons espirituais mencionados."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google