A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Lição 2 para o dia 11 de Outubro de 2008. Foi um ser criado Era o selo da perfeição Cheio de sabedoria Creado em formosura Vestido de pedras preciosas.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Lição 2 para o dia 11 de Outubro de 2008. Foi um ser criado Era o selo da perfeição Cheio de sabedoria Creado em formosura Vestido de pedras preciosas."— Transcrição da apresentação:

1 Lição 2 para o dia 11 de Outubro de 2008

2

3 Foi um ser criado Era o selo da perfeição Cheio de sabedoria Creado em formosura Vestido de pedras preciosas Foi um ser criado Era o selo da perfeição Cheio de sabedoria Creado em formosura Vestido de pedras preciosas

4 Era um querubim cobridor Estava no santo monte de Deus Passeava no meio das pedras de fogo Era perfeito em todos os seus caminhos Era um querubim cobridor Estava no santo monte de Deus Passeava no meio das pedras de fogo Era perfeito em todos os seus caminhos

5 Satanás dirigiu o coro celestial. Havia dado a nota; logo toda a hoste angélica se havia unido a ele, e então, todo o céu ressonou em acordes gloriosos em honra a Deus e a seu amado Filho.Satanás dirigiu o coro celestial. Havia dado a nota; logo toda a hoste angélica se havia unido a ele, e então, todo o céu ressonou em acordes gloriosos em honra a Deus e a seu amado Filho. E.G.W. (Historia de la Redención, capítulo 3, pg 26)

6

7 Pensou em seu coração, duvidou, e quis usurpar o poder de Deus Poco a poco Lúcifer chegou a abrigar o desejo de exaltação... Ainda que toda a sua glória procedia de Deus, este poderoso anjo chegou a considerar-la como sua. Insatisfeito com o posto que ocupava, apesar de ser o anjo que más honras recebia entre as hostes celestiais, se aventurou a cobiçar a homenagem que somente deve ser dada ao Criador... e Cobiçando a glória com que o Pai infinito havia investido a seu Filho, este príncipe dos anjos aspirava o poder que somente pertencia a Deus. E.G.W. (Patriarcas e Profetas, capítulo 1, pg )

8 Começou a compartir com outro suas dúvidas, tentando convencer- lhes com calúnias e difamações. Congregou as hostes angelicais, dissimulando seus verdadeiros propósitos, e lhes apresentou seu tema, que era ele mesmo. Como quem havia sido ofendido, se referiu a preferência que Deus havia manifestado para com Jesus deixando-lhe a ele. Lhes disse que apartir daquele momento toda a doce liberdade que haviam desfrutado os anjos chegaria ao fim… Acaso não era ele o seu governador, a quem apartir daquele momento deviam tributar honra e serviço? Lhes declarou que se havia reunido com eles para assegurar que não suportaria mais a invasão a seus direitos nem dos direitos deles: que nunca mais se inclinaria perante Cristo; que tomaria para si a honra que deveria haver sido conferida a ele, e seria o caudilho de todos os que estivesses dispostos a seguir e obedecer a sua voz. E.G.W. (História da Redenção, capítulo 1, pg )

9 Passou a uma ação violenta, provocando uma guerra no céu que acabou com sua expulsão Lhes prometeu um novo governo, melhor que o que tinham antes, no qual tudo seria liberdade... Lhes disse que tanto ele como eles haviam ido demasiado longe para voltar atrás, e que estava disposto a enfrentar as consequências, pois jamais se prostraria para adorar servilmente ao Filho de Deus; e que o Senhor não lhes perdoaria, por isso tinham que reafirmar sua liberdade e conquistar pela força o posto e a autoridade que não se lhes havia sido concedida voluntariamente. E.G.W. (História da Redenção, capítulo 1, pg )

10

11 Satanás se fortaleceu em sua rebelião e expressou seu desprezo pela lei do Criador. Não podia suportar. Afirmou que os anjos não necessitavam de lei e que deviam ser livres para seguir sua própria vontade, que sempre lhes guiaria con retidão; que a lei era uma restrição a sua liberdade; e que sua abolição era um dos grandes objetivos de sua subversão. A condição dos anjos, segundo ele, devia melhorar. Mas Deus que havia promulgado as leis e as fez iguais a si mesmo, não pensava assim. A felicidade da hoste angelical dependia de sua perfeita obediência a lei. E.G.W. (História da Redenção, capítulo 1, pg )

12 Satanás disse de Deus que: Tem favoritismos (para com Jesus, e para com Jó) É egoista Limita a liberdade de suas ciraturas com ameças de morte É mentiroso Não é amor, mas somente aparência … ESTÁ DESCREVENDO A SI MEMSO!

13 Satanás conseguiu que este mundo também se rebelasse contra Deus usando os mesmos argumentos que utilizou no céu.

14 e serão eliminados do universo no momento adequado… Satanás e seu cúmplices foram derrotados no céu Ángel Manuel Rodríguez e na cruz,

15 A solução para o problema do pecado não restaura somente a raça humana caída a uma união perfeita e permanenete com Deus, mas também restaurará uma harmonia moral e perfeita em toda a criação de Deus. Ángel Manuel Rodríguez

16


Carregar ppt "Lição 2 para o dia 11 de Outubro de 2008. Foi um ser criado Era o selo da perfeição Cheio de sabedoria Creado em formosura Vestido de pedras preciosas."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google