A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

ANSIOLÍTICOS E HIPNÓTICOS. ANSIEDADE PATOLÓGICA Reclamações verbais e queixas freqüentes Efeitos somáticos com taquicardia, sudorese distúrbios gastrintestinais,

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "ANSIOLÍTICOS E HIPNÓTICOS. ANSIEDADE PATOLÓGICA Reclamações verbais e queixas freqüentes Efeitos somáticos com taquicardia, sudorese distúrbios gastrintestinais,"— Transcrição da apresentação:

1 ANSIOLÍTICOS E HIPNÓTICOS

2 ANSIEDADE PATOLÓGICA Reclamações verbais e queixas freqüentes Efeitos somáticos com taquicardia, sudorese distúrbios gastrintestinais, tensão muscular Interferência com a atividade normal, com freqüentes interrupções nas tarefas, e precipitações nas atitudes.

3 ANSIEDADE PATOLÓGICA Medo excessivo e irracional de desastre iminente Perda de controle Nervosismo Depressão: comum em distúrbios de ansiedade

4 Transtorno da Ansiedade Generalizada (TAG) – Ex 1 - NIMH Siempre pensé que me preocupaba por todo. Me sentía alarmado e incapaz de relajarme. En ocasiones, la sensación aparecía y desaparecía y en otras ocasiones era constante. Podía durar varios días. Me preocupaba acerca de qué iba a preparar para una cena o qué sería un buen regalo para alguien. Simplemente no podía despreocuparme de ningún detalle.

5 Transtorno da Ansiedade Generalizada (TAG) – Ex 2 - NIMH Cuando mis problemas tocaban fondo, faltaba al trabajo y me sentía terriblemente mal por tal situación. Entonces, me preocupaba perder el trabajo. Mi vida era deprimente hasta que obtuve tratamiento.

6 Transtorno da Ansiedade Generalizada (TAG) – Ex 3 - NIMH Sufría serios problemas para dormir. Había ocasiones en que me levantaba alarmado en la mitad de la noche. Tenía problemas para concentrarme, incluso para leer el periódico o una novela. En ocasiones me sentía un poco mareado. Mi corazón se aceleraba o latía fuertemente. Y eso me preocupaba aun más. Siempre me imaginaba cosas peores que la realidad. Si tenía un dolor de estómago, pensaba que era una úlcera.

7 OUTRAS MANIFESTAÇÕES CORRELATAS FOBIAS ( altura, insetos, clausura) PÂNICO (p.ex, agorafobia que é a ansiedade de estar em locais ou situações onde é difícil escapar)

8 SONO Estado de inconsciência, em que o indivíduo pode ser despertado. Sua necessidade fisiológica não está ainda entendida.

9 SONO Sua falta prejudica a saúde: sistema imunológico, funcionamento do SNC, aprendizado, e crescimento celular.

10 INSÔNIA Não é uma doença e sim um sintoma Pode ocorrer em diferentes fases do sono: Início Final Interrupções

11 INSÔNIA SINTOMAS: fadiga, irritabilidade, perda da memória Insônia Crônica : > 6 semanas SONO SATISFATÓRIO : independe do número de horas dormidas (6 a 9 horas)

12 INSÔNIA: PRINCIPAIS CAUSAS estresse, depressão, ansiedade, dores ocasionais ou crônicas, efeitos colaterais de fármacos, uso de cafeína e álcool, alterações no ciclo circadiano, alterações comportamentais, alterações fisiológicas e patológicas.

13 INSÔNIA – COMO EVITAR Ter horário constante : dormir/acordar, Estar relaxado e tranqüilo ao deitar, Dormir no mesmo local e Tomar banho quente antes de deitar, Praticar exercícios regulares,

14 INSÔNIA PARA DORMIR MELHOR - EVITAR Dormir excessivamente Sonecas diurnas, Consumir café, álcool, fumo, Fazer refeições pesadas.

15 FARMACOTERAPIA BENZODIAZEPÍNICOS- Principal AGONISTAS SEROTONÉRGICOS BARBITÚRICOS- Obsoleto

16 BENZODIAZEPÍNICOS Diazepam: Tensil® Triazolam: Halcion® Lorazepam: Lorium®, Lorax® Nitrazepam: Sonebom®, Sonetrat® Midazolam: Dormonid® Alprazolam : Frontal® Clonazepam : Rivotril®

17 EFEITOS FARMACOTERAPÊUTICOS Redução da ansiedade Redução da agressividade Sedação Indução do sono (manutenção) Redução do tônus muscular Efeito anticonvulsivante

18 Outros efeitos RESPIRAÇÃO: doses hipnóticas sem efeito significativo. Cuidados em crianças e hepatopatas. CARDIOVASCULAR:doses pré- anestésicas diminuem PA.

19 Outros efeitos TRATO DIGESTIVO: diminuem secreção.

20 FARMACOCINÉTICA X CLASSIFICAÇÃO Bem absorvidos por via oral, pico de concentração plasmática : 1 hora Duração do efeito depende do metabólito formado: longa duração : (60 horas) - diazepam média duração :( 20 horas) - alprazolam curta duração : ( 6 horas) - midazolam

21 MECANISMO DE AÇÃO Atuam em sítios alostéricos ( unidade alfa ) dos receptores GABA- A no SNC, facilitando abertura de canais de ions Cl - (inibitórios) Não atuam na ausência de GABA

22 MECANISMO DE AÇÃO Variantes(BZ1;BZ2;BZ6) da unidade alfa do receptor seriam responsáveis pelos diferentes efeitos dos BDZ (ansiolítico, anticonvulsivante).

23 ANTAGONISTAS DE RECEPTORES BDZ FLUMAZENIL: antagoniza a ligação do BDZ no sítio alostérico do receptor GABA A útil na reversão da superdosagem em pequenas doses contínuas.

24 GABA Cl - GABA Extra-celular Intra-celular Receptor GABAérgico benzodiazepínicos

25

26 Agonistas de receptores serotonérgicos Buspirona (Buspar®) tem grande afinidade por receptores 5 HT-1A localizados em regiões do cérebro que recebem projeções dos núcleos da rafe. Atuam em receptores pré- sinápticos, inibindo a liberação de 5HT.

27 Agonistas de receptores serotonérgicos Buspirona: Efeitos ansiolíticos demoram alguns dias. Não produzem sedação ou incoordenação motora.

28 BARBITÚRICOS Até 1960 eram os sedativos-hipnóticos mais utilizados, Depressores potentes do SNC inclusive do Centro Respiratório. Pentobarbital meia vida de aprox. 6hs. raramente utilizado como hipnótico. Tiopental meia vida de aprox. 3hs utilizado como anestésico.

29 INDICAÇÕES TERAPÊUTICAS DOS ANSIOLÍTICOS Pré-anestésico : BZD de curta duração Tratamento da ansiedade : BZD de longa duração Indutor do sono: BZD de curta duração Síndrome de abstinência : BZD longa duração

30 INDICAÇÕES TERAPÊUTICAS DOS ANSIOLÍTICOS INSÔNIA: triazolam ( Halcion ® ) medazolam ( Dormonid ® ) flurazepam ( Dalmadorm ® )

31 PRINCIPAIS EFEITOS ADVERSOS BENZODIAZEPÍNICOS: tolerância e dependência, sedação, sensação de ressaca, amnésia. BUSPIRONA: náusea, dores de cabeça e tontura. A instalação do efeito é lenta.

32 PRINCIPAIS EFEITOS ADVERSOS BARBITÚRICOS: tolerância e dependência, depressão respiratória, sedação, ressaca, privação de sono REM.

33 Aula baseada nos livros Farmacologia – Penildon Silva Farmacologia Humana – Minneman & Wecker


Carregar ppt "ANSIOLÍTICOS E HIPNÓTICOS. ANSIEDADE PATOLÓGICA Reclamações verbais e queixas freqüentes Efeitos somáticos com taquicardia, sudorese distúrbios gastrintestinais,"

Apresentações semelhantes


Anúncios Google