A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

ROTATIVIDADE DE PESSOAL & ABSENTEÍSMO Administração de Recursos Humanos I Prof. Orfeo Garcia Scarinci - 4º período.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "ROTATIVIDADE DE PESSOAL & ABSENTEÍSMO Administração de Recursos Humanos I Prof. Orfeo Garcia Scarinci - 4º período."— Transcrição da apresentação:

1 ROTATIVIDADE DE PESSOAL & ABSENTEÍSMO Administração de Recursos Humanos I Prof. Orfeo Garcia Scarinci - 4º período

2 ROTATIVIDADE DE PESSOAL (TURNOVER) Indica a flutuação de pessoal entre uma organização e seu ambiente Indica a flutuação de pessoal entre uma organização e seu ambiente Em geral é expressa em índices mensais ou anuais Em geral é expressa em índices mensais ou anuais Ajuda a realização de diagnósticos e o estabelecimento de planos de ação Ajuda a realização de diagnósticos e o estabelecimento de planos de ação Permite identificar áreas/setores que exigem ações mais efetivas de RH Permite identificar áreas/setores que exigem ações mais efetivas de RH É uma relação percentual entre as admissões e demissões em relação ao número médio de empregados É uma relação percentual entre as admissões e demissões em relação ao número médio de empregados

3 ÍNDICE DE ROTATIVIDADE (geral da empresa) A = admissões de pessoal no período considerado A = admissões de pessoal no período considerado D = desligamentos de pessoal D = desligamentos de pessoal EM = efetivo médio no período considerado (obtido pela soma dos efetivos existentes no início e no final do período, dividido por dois) EM = efetivo médio no período considerado (obtido pela soma dos efetivos existentes no início e no final do período, dividido por dois)

4 ÍNDICE DE ROTATIVIDADE (apenas demissões) Análise apenas das perdas de pessoal e suas causas Análise apenas das perdas de pessoal e suas causas Não se consideram as admissões Não se consideram as admissões

5 ÍNDICE DE ROTATIVIDADE (por departamento/setor) R = recebimentos de pessoal por transferência de outros departamentos R = recebimentos de pessoal por transferência de outros departamentos T = transferência de pessoal para outros departamentos T = transferência de pessoal para outros departamentos

6 CAUSAS DA ROTATIVIDADE (Turnover) Fatores Externos: Fatores Externos: Oferta e procura de pessoas no mercado Oferta e procura de pessoas no mercado Conjuntura econômica Conjuntura econômica Oportunidades de emprego disponíveis Oportunidades de emprego disponíveis Fatores internos: Fatores internos: Política de recompensas da organização Política de recompensas da organização Relações entre lideranças e liderados Relações entre lideranças e liderados Oportunidades de crescimento e desenvolvimento Oportunidades de crescimento e desenvolvimento Clima e cultura organizacional Clima e cultura organizacional Condições do ambiente de trabalho Condições do ambiente de trabalho Políticas de R&S, T&D Políticas de R&S, T&D Política disciplinar e critérios de avaliação de desempenho Política disciplinar e critérios de avaliação de desempenho

7 CUSTOS DA ROTATIVIDADE CUSTOS PRIMÁRIOS: CUSTOS PRIMÁRIOS: Custo do Recrutamento & Seleção: Custo do Recrutamento & Seleção: Despesas de manutenção de recrutadores Despesas de manutenção de recrutadores Gastos com anúncios Gastos com anúncios Gastos com testes de seleção e avaliação Gastos com testes de seleção e avaliação Despesas com serviços médicos (admissão/demissão) Despesas com serviços médicos (admissão/demissão) Custo de Registro e Documentação: Custo de Registro e Documentação: Despesas com manutenção do pessoal da folha pagamento (departamento pessoal) Despesas com manutenção do pessoal da folha pagamento (departamento pessoal) Gastos com formulários, cadastros, registros, papéis, anotações, livros de registros Gastos com formulários, cadastros, registros, papéis, anotações, livros de registros

8 CUSTOS DA ROTATIVIDADE CUSTOS PRIMÁRIOS: CUSTOS PRIMÁRIOS: Custo de Integração: Custo de Integração: Despesas com pessoal de treinamento (integração) Despesas com pessoal de treinamento (integração) Custo do tempo do requisitante da vaga (tempo dedicado à ambientação do novo funcionário) Custo do tempo do requisitante da vaga (tempo dedicado à ambientação do novo funcionário) Custo de Desligamento: Custo de Desligamento: Despesas com manutenção do pessoal da folha pagamento (departamento pessoal) Despesas com manutenção do pessoal da folha pagamento (departamento pessoal) Custo com entrevistas de desligamento (se houver) Custo com entrevistas de desligamento (se houver) Gastos com formulários, cadastros, registros, papéis, anotações, livros de registros Gastos com formulários, cadastros, registros, papéis, anotações, livros de registros Custos com verbas indenizatórias (obrigatórias) Custos com verbas indenizatórias (obrigatórias)

9 CUSTOS DA ROTATIVIDADE CUSTOS SECUNDÁRIOS: CUSTOS SECUNDÁRIOS: Reflexos na produção: Reflexos na produção: Perda de produção pela vaga do funcionário desligado Perda de produção pela vaga do funcionário desligado Produção inferior no período de ambientação do novo funcionário Produção inferior no período de ambientação do novo funcionário Insegurança inicial do novo funcionário e a interferência no trabalho dos colegas Insegurança inicial do novo funcionário e a interferência no trabalho dos colegas Reflexos na atitude do pessoal: Reflexos na atitude do pessoal: Imagem e atitudes que o desligado transmite aos colegas Imagem e atitudes que o desligado transmite aos colegas Imagem e atitudes que o novo funcionário transmite Imagem e atitudes que o novo funcionário transmite Relações entre liderança e o novo funcionário X desligado Relações entre liderança e o novo funcionário X desligado

10 CUSTOS DA ROTATIVIDADE CUSTOS SECUNDÁRIOS: CUSTOS SECUNDÁRIOS: Custo extra laboral: Custo extra laboral: Despesas com temporários ou horas extras para cobrir a vaga deixada ou deficiência inicial do empregado Despesas com temporários ou horas extras para cobrir a vaga deixada ou deficiência inicial do empregado Tempo adicional na produção: deficiência inicial do novo empregado Tempo adicional na produção: deficiência inicial do novo empregado Elevação do custo unitário de produção pela queda da eficiência média na produção Elevação do custo unitário de produção pela queda da eficiência média na produção Tempo destinado ao treinamento e integração do novo funcionário no departamento Tempo destinado ao treinamento e integração do novo funcionário no departamento

11 CUSTOS DA ROTATIVIDADE CUSTOS SECUNDÁRIOS: CUSTOS SECUNDÁRIOS: Custo extra operacional Custo extra operacional Índice reduzido de produção: custo adicional de energia elétrica Índice reduzido de produção: custo adicional de energia elétrica Custo de materiais desperdiçados: inexperiência ou falta de segurança do novo empregado Custo de materiais desperdiçados: inexperiência ou falta de segurança do novo empregado Ocorrência de acidentes e paralisações: ambientação do novo empregado Ocorrência de acidentes e paralisações: ambientação do novo empregado Consequência: erros, refugos e baixa qualidade em virtude da inexperiência Consequência: erros, refugos e baixa qualidade em virtude da inexperiência

12 ABSENTEÍSMO Designa as faltas ou ausências ao trabalho Designa as faltas ou ausências ao trabalho Meia falta (trabalha apenas uma parte do período) Meia falta (trabalha apenas uma parte do período) Considera faltas e atrasos Considera faltas e atrasos Determina o índice de ausência no trabalho (perdas de produção) Determina o índice de ausência no trabalho (perdas de produção)

13 ABSENTEÍSMO Causas do absenteísmo: Causas do absenteísmo: Doenças efetivamente comprovadas (atestados) Doenças efetivamente comprovadas (atestados) Doenças não comprovadas (cólicas, gripes) Doenças não comprovadas (cólicas, gripes) Razões de caráter familiar (doenças, problemas financeiros) Razões de caráter familiar (doenças, problemas financeiros) Atrasos involuntários (trânsito, acidentes) Atrasos involuntários (trânsito, acidentes) Faltas voluntárias por motivos pessoais Faltas voluntárias por motivos pessoais Problemas de transporte Problemas de transporte Baixa motivação para o trabalho Baixa motivação para o trabalho Liderança ineficiente ou precária Liderança ineficiente ou precária Políticas inadequadas da organização Políticas inadequadas da organização

14 ÍNDICE DE ABSENTEÍSMO Cálculo horas trabalhadas: multiplica-se os dias da semana trabalhados pelo número de horas da carga horária Cálculo horas trabalhadas: multiplica-se os dias da semana trabalhados pelo número de horas da carga horária

15 ÍNDICE DE ABSENTEÍSMO SEM Afastados: SEM Afastados: Refere-se ao pessoal em atividade normal, considerando-se faltas e atrasos relacionados a: Refere-se ao pessoal em atividade normal, considerando-se faltas e atrasos relacionados a: Faltas justificadas por motivos médicos Faltas justificadas por motivos médicos Faltas por motivos de saúde não justificadas Faltas por motivos de saúde não justificadas Atrasos por motivos justificados ou não Atrasos por motivos justificados ou não COM Afastados: COM Afastados: Índice que mostra o pessoal afastado por tempo prolongado: Índice que mostra o pessoal afastado por tempo prolongado: Férias Férias Licença de saúde, doença, acidentes, maternidade Licença de saúde, doença, acidentes, maternidade


Carregar ppt "ROTATIVIDADE DE PESSOAL & ABSENTEÍSMO Administração de Recursos Humanos I Prof. Orfeo Garcia Scarinci - 4º período."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google