A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Juliane B. Lehm e Vera Guizzo EMEIEF Prof. Nicolau de Moraes Barros.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Juliane B. Lehm e Vera Guizzo EMEIEF Prof. Nicolau de Moraes Barros."— Transcrição da apresentação:

1 Juliane B. Lehm e Vera Guizzo EMEIEF Prof. Nicolau de Moraes Barros

2 Temos um aluno deficiente visual no ciclo.

3 Como surgiu a ideia de contar uma História Sensorial? Surgiu após a “Rodada Pedagógica”. A formação sensibilizou e provocou reflexões.

4 O que pretendíamos? Propiciar aos alunos do ciclo as mesmas sensações que o aluno deficiente visual sente quando escuta uma história. Aconteceu na “Sessão Simultânea de Leitura” com o Projeto Leitura.

5 Finalidades da História Sensorial... Promover a leitura em todos os segmentos da escola e sensibilizar os alunos por meio dos órgãos dos sentidos. Oferecer uma viagem cheia de encanto, magia e surpresas durante a leitura. Provocar sensações de calor e frio, sentir aromas, ouvir sons e vozes, sentir texturas macias e ásperas. Imaginar de olhos vendados as personagens e o ambiente.

6 Objetivos... Propiciar aos alunos as mesmas sensações e o modo de vida das pessoas com deficiência visual. Provocar reflexões aos alunos que estudam na Unidade Escolar e no mesmo ciclo, para que possam entender e ajudar o seu amigo com maior legitimidade.

7 O que a História Sensorial propicia ao aluno? Estimula os sentidos, dá oportunidade da criança refletir de forma lúdica sobre questões ligadas às deficiências, além de compreender a conviver com as diferenças.

8 Quais os benefícios de contar uma História Sensorial? Os benefícios são incontáveis! Explora novas possibilidades de contar histórias e contribui para uma melhoria do trabalho docente. A leitura deve fazer parte da rotina escolar por fazer que os alunos tenham uma aula de qualidade.

9 Por que devemos usar a História Sensorial? A leitura enriquece as aulas tornando-as mais dinâmicas e motivadoras, favorecendo a construção do conhecimento e da aprendizagem. Ampliam o repertório dos alunos.

10 Como deve ser preparada a história Sensorial? O ambiente deve ser cuidadosamente elaborado, dando destaque a alguns elementos citados na história. Os materiais e recursos são selecionados pelo educador preocupando-se em provocar sensações que envolvam todos os orgãos dos sentidos.

11 Materiais Necessários... Venda para os olhos para limitar a visão. Para estimular a audição com sons da natureza ou objetos da história, ou mídias digitais com sons e as falas dos personagens. Para sensações táteis e sensoriais, pode-se remeter a sensações de frio, calor, ou úmidos da narrativa Tatéis: texturas macias e ásperas. Sensações olfativas: perfume, temperos, aromas.

12 O portador utilizado na leitura... “VIVIANA, a Rainha do Pijama” O livro faz parte do acervo do PNAIC e é citado como referência de atividade no livro APIS de Língua Portuguesa.

13 Obrigada !!! Professoras: Juliane B. Lehm e Vera Guizzo EMEIEF Prof. Nicolau de Moraes Barros jbarssalos@gmail.co m


Carregar ppt "Juliane B. Lehm e Vera Guizzo EMEIEF Prof. Nicolau de Moraes Barros."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google