A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

ENADE. SINAES - ENADE O QUE É ? É um dos procedimentos de avaliação do SINAES ( Sistema Nacional de Avaliação da Educação Superior )

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "ENADE. SINAES - ENADE O QUE É ? É um dos procedimentos de avaliação do SINAES ( Sistema Nacional de Avaliação da Educação Superior )"— Transcrição da apresentação:

1 ENADE

2 SINAES - ENADE

3 O QUE É ? É um dos procedimentos de avaliação do SINAES ( Sistema Nacional de Avaliação da Educação Superior )

4 SINAES AVALIAÇÃO INSTITUCIONAL AVALIAÇÃO DE CURSO AVALIAÇÃO DO ESTUDANTE AUTO-AVALIAÇÃO AVALIAÇÃO EXTERNA in loco PELOS PARES AVALIAÇÃO in loco PELOS ESTUDANTES ATRAVÉS DO ADES PELOS COORDENADORES ATRAVÉS DO QC PROFESSORES DO CURSO E CPA EXAME NACIONAL DE DESEMPENHO DOS ESTUDANTES (ENADE)

5 OBJETIVOS DO SINAES Avaliação de curso articulada à avaliação institucional. Avaliação da formação acadêmica e profissional entendida como uma atividade estruturada que permite a apreensão da qualidade do curso no contexto da realidade institucional.

6 OBJETIVOS DO ENADE VERIFICAR: Habilidades acadêmicas e competências profissionais básicas das áreas; Conhecimento sobre conteúdos básicos e profissionalizantes; Questões transdisciplinares.

7 FUNDAMENTOS DO ENADE DIRETRIZES CURRICULARES NACIONAIS PROJETO POLÍTICO PEDAGÓGICO DO CURSO ENADE – FORMAÇÃO GERAL ENADE – COMPONENTE ESPCÍFICO

8 O ENADE é realizado por amostragem, e a participação no Exame constará no histórico escolar do estudante ou, quando for o caso, sua dispensa pelo MEC. O Inep/MEC seleciona a amostra dos participantes a partir da inscrição, na própria instituição de ensino superior, dos alunos habilitados a fazer a prova. COMO É REALIZADO

9 LEGISLAÇÃO ESPECÍFICA Lei N o de 14 de abril de 2004 (Criação do Sistema Nacional de Avaliação do Ensino Superior - SINAES ) Portaria nº 2.051, de 9 de julho de 2004 (Regulamentação do SINAES) Portaria nº 107, de 22 de julho de 2004 (Regulamentação do Enade) Portaria N o 556 de 25/02/2005 (regulamenta o ENADE e define os padrões mínimos para o Exame) Diretrizes do ENADE 2005: Diretrizes Curriculares (podem ser consultadas no site Portaria Normativa nº 1, de 29 de janeiro de 2009 (determina cursos e áreas que serão avaliados em 2009)

10 O ENADE É OBRIGATÓRIO ? É componente curricular obrigatória dos cursos de graduação, conforme artigo. 5 0, parágrafo 5 0, da Lei no de 14 de abril de 2004, sendo o registro de participação condição indispensável para a emissão do histórico escolar, independentemente de o estudante ter sido selecionado ou não no processo de amostragem do Inep.

11 ESTUDANTES

12 QUEM INSCREVE O ESTUDANTE PARA O ENADE ? A Inscrição de todo estudante habilitado ao ENADE é de responsabilidade da Instituição de Educação Superior conforme artigo 5 o, parágrafo 6 o, da Lei de 14 de abril de 2004, que envia ao Inep o cadastro dos ingressantes e concluintes e depois divulga a lista dos inscritos a todo o Corpo Discente

13 Quem está habilitado a fazer o ENADE ? INGRESSANTES Qualquer estudante que, até o dia 1 o de agosto de 2009, tiver cumprido entre 7% e 22% da grade curricular mínima do curso, independentemente do período letivo que estiver cursando. CONCLUINTES Qualquer estudante que, até o dia 1 o de agosto de 2009, tiver Cumprido pelo menos 80% da grade curricular mínima do curso independentemente do período letivo que estiver cursando e o aluno que possa concluiro curso durante o ano letivo de 2009.

14 O QUE ACONTECE COM O ALUNO SELECIONADO PARA O ENADE ? A PARTICIPAÇÃO DO ESTUDANTE É CONDIÇÃO INDISPENSÁVEL PARA A EMISSÃO DO SEU HISTÓRICO ESCOLAR, QUE TERÁ COMO REGISTRO A DATA EM QUE REALIZOU O EXAME.

15 O QUE ACONTECE COM O ALUNO QUE NÃO FOI SELECIONADO PARA O ENADE ? O ESTUDANTE QUE NÃO FOI SELECIONADO NO PROCESSO DE AMOSTRAGEM NÃO É OBRIGADO A FAZER O ENADE E TERÁ COMO REGISTRO NO SEU HISTÓRICO ESCOLAR OS SEGUINTES DIZERES: DISPENSADO DO ENADE PELO MEC NOS TERMOS DO ARTIGO 5º DA LEI Nº /2004.

16 O QUE ACONTECE COM O ALUNO QUE FALTOU À PROVA ? O ESTUDANTE SELECIONADO NÃO RECEBERÁ O SEU DIPLOMA ENQUANTO NÃO REGULARIZAR A SUA SITUAÇÃO JUNTO AO ENADE.

17 Quais os estudantes dispensados do Enade 2009? os estudantes das áreas e cursos superiores de tecnologia que serão avaliados pelo Enade 2009 que colarem grau até o dia 31 de agosto de 2009; os estudantes que estiverem oficialmente matriculados e cursando atividades curriculares fora do Brasil, na data de realização do Enade 2009, em instituição conveniada com a IES de origem do estudante; os estudantes inscritos que não forem selecionados pelo plano amostral do INEP. Os estudantes enquadrados nas alíneas (a) e (b) acima não devem ser inscritos pela IES, haja vista a dispensa prévia assegurada pela Portaria Normativa nº. 1/2009.

18 QUEM IRÁ EFETIVAMENTE FAZER O ENADE ? O INEP SELECIONARÁ, POR SORTEIO, OS ALUNOS INGRESSANTES E CONCLUINTES QUE IRÃO FAZER A PROVA E, PARA ESTES ELA SERÁ OBRIGATÓRIA.

19 QUAL A RESPONSABILIDADE DO ESTUDANTE PARA O ENADE ? ATUALIZAR SEUS DADOS CADASTRAIS, JUNTO À INSTITUIÇÃO DE ENSINO, PRINCIPALMENTE CPF E ENDEREÇO

20 COMO O RESULTADO DO ENADE É DIVULGADO ? OS RESULTADOS INDIVIDUAIS OU BOLETIM DE DESEMPENHO INDIVIDUAL SÃO ENCAMINHADOS EXCLUSIVAMENTE AO CONCLUINTE OU INGRESSANTE.

21 O QUE É O CARTÃO DE INFORMAÇÃO AO ESTUDANTE ? É o cartão que o estudante receberá no endereço cadastrado contendo todas as informações sobre a realização do Exame. Caso o estudante não o receba poderá consultar a página : ou pelo telefone Fala Brasil: para conhecer o próprio local da prova.http://inep.gov.br

22 O QUE É QUESTIONÁRIO SÓCIOECONÔMICO ? É um questionário enviado para o endereço cadastral do estudante que visa compor o perfil dos ingressantes e concluintes e de preenchimento voluntário e cujo cartão de respostas deverá ser entregue no dia do Exame ao fiscal da prova.

23 IMPORTANTE O estudante que não receber o seu cartão deve apresentar-se no dia, horário e local estabelecido para a prova, munido apenas da Carteira de Identidade.

24 COMO SÃO AVALIADAS AS INSTITUIÇÕES DE ENSINO SUPERIOR ? A avaliação dos cursos de graduação tem por objetivo identificar as condições de ensino oferecidas aos estudantes, em especial as relativas ao perfil do Corpo Docente, às instalações físicas e à organização didático- pedagógica. Esta avaliação é feita através de visitas de comissões de especialista designados pelo próprio Ministério da Educação e Cultura, que atribuem conceito ao curso e que são divulgados no portal do MEC.

25 Os alunos dos cursos de Administração, Ciências Contábeis, Comunicação Social, Direito e Psicologia vão se submeter ao ENADE no 2º Semestre de

26

27 A PROVA

28 INSTRUMENTOS DO ENADE Prova; Avaliação Discente da Educação superior (ADES); Questionário de Impressões sobre a Prova; Questionário aos Coordenadores de Curso.

29 PROGRESSO DO ESTUDANTE O objetivo do ENADE não é verificar quanto conhecimento o estudante acumulou ao longo do curso, mas sim o progresso do estudante no item (item é entendido aqui como os tópicos ou temas listados nas diretrizes curriculares).

30 CARACTERÍSTICAS DO ENADE Análise de mudança Situação de teste – intervenção – reteste Avalia o processo e não o produto. O estado vai prover dois exames oficiais e as IES podem complementar com avaliações intermediárias nos mesmos moldes do ENADE.

31 Qual o formato da prova? A prova é composta de 40 questões no total, sendo 10 questões da parte de formação geral e 30 da parte de formação específica da área, contendo as duas partes questões discursivas e de múltipla escolha.

32 PARTESNÚMERO DAS QUESTÕES NÚMERO DAS PÁGINAS NESTE CADERNO PESO DE CADA PARTE Formação geral/Múltipla escolha 1 a 82 a 560 % Formação geral/Discursivas 9 e 106 e 740 % Componente específico/Múltipla escolha 11a 368 a 1680 % Componente específico/Discursiva s 37a4017 a 2320 % Percepção sobre a prova 41 a

33 PROVA Parte I (10 questões) Formação geral: Avalia o desenvolvimento de conhecimentos úteis para se atingir objetivos valorizados pelo sujeito ou pela cultura, mas cuja aquisição independe de uma (algumas) disciplinas específicas. Parte II (30 questões) Avalia a formação específica na área.

34 Além do domínio de conhecimentos e de níveis diversificados de habilidades e competências para perfis profissionais específicos, espera-se que os graduandos das IES evidenciem a compreensão de temas que transcendam ao seu ambiente próprio de formação e importantes para a realidade contemporânea. Essa compreensão vincula-se a perspectivas críticas, integradoras e à construção de sínteses contextualizadas. FORMAÇÃO GERAL

35 TEMAS: FORMAÇÃO GERAL 1. Sociodiversidade: multiculturalismo e inclusão; 2. Exclusão e minorias; 3. Biodiversidade; 4. Ecologia; 5. Mapas sócio e geopolítico; 6. Globalização; 7. Arte e Filosofia; 8. Políticas públicas: Educação, Habitação, Saneamento, Saúde e Segurança; 9. Redes sociais e responsabilidade: setor público, privado, (terceiro setor); 10. Relações interpessoais (respeitar, cuidar, considerar e conviver); 11. Vida urbana e rural; 12. Inclusão/exclusão digital; 13. Cidadania; 14. Violência; 15. Terrorismo; 16. Avanços tecnológicos, 17. Relações de trabalho; 18. Tecnociência; 19. Propriedade intelectual; 20. Diferentes mídias e tratamento da informação.

36 Habilidades e competências no componente de Formação Geral do ENADE

37 O ENADE 2009, no componente de Formação Geral buscará verificar as capacidades de: 1. Leitura e interpretação de texto; 2. Análise crítica das informações; 3. Extrair conclusões por indução e/ou dedução; 4. Estabelecer relações, comparações e contrastes em diferentes situações; 5. Detectar contradições; 6. Fazer escolhas valorativas avaliando conseqüências; 7. Questionar a realidade; e, 8. Argumentar coerentemente.

38 No ENADE 2009, no componente de Formação Geral, os estudantes deverão demonstrar competências para: 1. Projetar ações de intervenção; 2. Propor soluções para situações-problema; 3. Construir perspectivas integradoras; 4. Elaborar sínteses; 5. Administrar conflitos.

39 ENADE 2006 QUESTÃO 9 – FORMAÇÃO GERAL - DISCURSIVA Sobre a implantação de políticas afirmativas relacionadas à adoção de sistemas de cotas por meio de Projetos de Lei em tramitação no Congresso Nacional, leia os dois textos a seguir. Texto I Representantes do Movimento Negro Socialista entregaram ontem no Congresso um manifesto contra a votação dos projetos que propõem o estabelecimento de cotas para negros em Universidades Federais e a criação do Estatuto de Igualdade Racial. As duas propostas estão prontas para serem votadas na Câmara, mas o movimento quer que os projetos sejam retirados da pauta. (...) Entre os integrantes do movimento estava a professora titular de Antropologia da Universidade Federal do Rio de Janeiro, Yvonne Maggie. É preciso fazer o debate. Por isso ter vindo aqui já foi um avanço, disse. (Folha de S.Paulo – Cotidiano, 30 jun com adaptação.) Texto II Desde a última quinta-feira, quando um grupo de intelectuais entregou ao Congresso Nacional um manifesto contrário à adoção de cotas raciais no Brasil, a polêmica foi reacesa. (...) O diretor executivo da Educação e Cidadania de Afrodescendentes e Carentes (Educafro), frei David Raimundo dos Santos, acredita que hoje o quadro do país é injusto com os negros e defende a adoção do sistema de cotas. (Agência Estado-Brasil, 03 jul ) Ampliando ainda mais o debate sobre todas essas políticas afirmativas, há também os que adotam a posição de que o critério para cotas nas Universidades Públicas não deva ser restritivo, mas que considere também a condição social dos candidatos ao ingresso. Analisando a polêmica sobre o sistema de cotas raciais, identifique, no atual debate social, a) um argumento coerente utilizado por aqueles que o criticam; (valor: 5,0 pontos) b) um argumento coerente utilizado por aqueles que o defendem. (valor: 5,0 pontos)

40

41 ENADE 2006 DIREITO - DISCURSIVA QUESTÃO 39 Eustáquio, com 14 anos de idade, é contratado como aprendiz pela empresa Sapatos & Cia. Ltda. para aprender o ofício de sapateiro. O Ministério Público do Trabalho, após verificar denúncia anônima de exploração do trabalho infantil alega violação da Convenção 138 da OIT (Organização Internacional do Trabalho), ratificada pelo Brasil, em Esta convenção proíbe o trabalho de menores de 15 anos. Alega, ainda, violação da Constituição Federal (art. 7o, inc. XXXIII)por considerar a atividade do aprendiz insalubre. Responda justificadamente: a) A função de aprendiz configura exploração do trabalho infantil?(valor: 3,0 pontos) b) Se Eustáquio contasse entre 16 e 18 anos de idade e fosse contratado pela empresa, mas não na função de aprendiz, para realizar atividade insalubre, esta situação violaria o ordenamento jurídico vigente?(valor: 4,0 pontos) c) A eventual violação da Convenção 138 da OIT, no caso narrado no enunciado, configura responsabilidadeinternacional do Estado brasileiro? (valor: 3,0 pontos)

42 COMPONENTE ESPECÍFICO O antigo modelo enfatizava a avaliação em o que e quanto o aluno aprendeu, enquanto o ENADE busca o entendimento sobre como o aluno trabalha o conteúdo aprendido. As questões do exame são elaboradas de forma a evidenciar o que o aluno é capaz de fazer com o conteúdo aprendido.

43 Relatórios do ENADE 1. Relatório do Aluno 2. Relatório do Curso 3. Relatório da Área 4. Relatório da Instituição 5. Resumo Técnico 6. Relatório de Conceitos 7. Relatório Técnico- Científico

44 SELEÇÃO DA AMOSTRA Feita pelo INEP. Amostragem probabilística (ou aleatória) onde todos os elementos da população têm probabilidade conhecida e não nula de pertencer à amostra. Quando um curso tem um número baixo de estudantes todos são incluídos.

45 INDICADORES E CONCEITOS POSSIBILIDADES DE ANÁLISE

46 INDICADORES São aspectos (quantitativos e qualitativos) que possibilitam obter evidências concretas que, de forma simples ou complexa, caracterizam e retratam a realidade dos múltiplos elementos institucionais.

47 ATRIBUIÇÃO DE CONCEITO Conceito ENADE NOTAS 10,0 a 0,9 21,0 a 1,9 32,0 a 2,9 43,0 a 3,9 54,0 a 5,0 Sem conceito

48 INDICADOR DE DIFERENÇA ENTRE O DESEMPENHO OBSERVADO E O ESPERADO (IDD) IDD Conceito Valor Padronizado 10,0 a 0,9 21,0 a 1,9 32,0 a 2,9 43,0 a 3,9 54,0 a 5,0 Sem conceito

49 ATIVIDADES PROPOSTAS ENADE

50 ATIVIDADESOBJETIVODATA Seminário sobre o ENADE para os alunos que farão a avaliação. Informar ao discente sobre o processo de avaliação do ENADE apresentar-lhe o formato das avaliações. 13/08/2009 Aplicação do Quiz para mensurar o grau de conhecimento do discente sobre o ENADE. Verificar os alunos conhecem o instrumento, seus objetivos e motivações. Cronograma especifico SESSÃO PRÓ-ENADEAuxiliar o aluno a refletir sobre temáticas que norteiam a sociedade contemporânea. Cronograma especifico WEBQUESTPropiciar ao discente a oportunidade de desenvolver atividade investigativa, que tem como principais características o raciocínio, a pesquisa e o trabalho em grupo. Cronograma especifico SIMULADOCada curso deverá montar um simulado com 30 questões, distribuídas da seguinte maneira: 1 questão sobre cada filme exibido para as respectivas turmas. As demais questões devem contemplar assuntos discutidos nas webquestes, além dos temas específicos de cada curso. Cronograma específico PALESTRA MOTIVACIONALDiscussão dos resultados com os docentes e discentes e demais participantes do processo. 03/11/2009

51 FONTE

52 MUITO OBRIGADA!!!


Carregar ppt "ENADE. SINAES - ENADE O QUE É ? É um dos procedimentos de avaliação do SINAES ( Sistema Nacional de Avaliação da Educação Superior )"

Apresentações semelhantes


Anúncios Google