A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

1. Conceito Medida terapêutica e ou de conforto que consiste no uso de calor e ou frio em aplicação cutânea, para auxiliar nas funções fisiológicas (Vasoconstrição.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "1. Conceito Medida terapêutica e ou de conforto que consiste no uso de calor e ou frio em aplicação cutânea, para auxiliar nas funções fisiológicas (Vasoconstrição."— Transcrição da apresentação:

1

2 1. Conceito Medida terapêutica e ou de conforto que consiste no uso de calor e ou frio em aplicação cutânea, para auxiliar nas funções fisiológicas (Vasoconstrição e vasodilatação).

3 2. Fisiologia e Finalidades de aplicações O calor age estimulando ou acalmando de acordo com a intensidade, tempo, local de aplicação 2.1. Relaxa a musculatura reduzindo a dor e aumentando o conforto; 2.2. Aumenta o aporte de oxigênio e nutrientes das células;

4 2. Fisiologia e Finalidades de aplicações 2.3. Promove a vasodilatação numa determinada área; * Fluxo Sanguíneo * Edemas * Favorece a cicatrização * Dilatação dos vasos sanguíneos tornando a função venosa um procedimento mais fácil

5 3- Favorece o reaquecimento de pacientes hipotérmicos ou de determinada região afetada por congelamento; 4. Alivia a congestão; 5. Facilita e acelera a supuração; 6. Fluidifica os exsudatos ex: Compressas sobre crostas para amolecimento e remoção

6 3.Formas de Aplicação de calor Radiação Condução Conversão – Ondas primárias de energia como ultra som, ondas curtas, micro ondas, visa transferir o calor para tecidos profundos.

7 4.1. O calor seco inclui o emprego de: * Raios infra – vermelhos * Ultra som, ondas curtas * Almofadas elétricas * Cobertores elétricos * Bolsas de água quente, etc. 4. A aplicação do calor pode ser Úmida ou Seca

8 4.2. O Calor úmido em aplicação de: * Compressas quentes * Cataplasmas * Banhos * Semicúpio (banhos de assento ) * Pedilúvio (imersão dos pés )

9 5. A aplicação de calor localizado é contra indicado em: Feridas cirúrgicas Hemorragias Lesões abertas (como escaras) Luxações e trações, antes de 24 horas Presença de fenômenos trombo-embólicos nos MMII (necrose) Pacientes hemofílicos Pacientes com fragilidade capilar

10 6. Assistência de Enfermagem 6.1. TERMOTERAPIA * Material: Bolsa de borracha. Fronha ou similar. Jarro com água quente. - Procedimento: 1. Explicar ao paciente o procedimento 2. Lavar as mãos 3. Reunir o material 4. Colocar água quente até a metade da capacidade da bolsa 5. Retirar o ar da bolsa apoiando-a numa superfície plana 6. Fechar a tampa da bolsa e virá-la observando se não há vazamento 7. Envolver a bolsa com a fronha ou similar

11 8. Testar, colocando a bolsa sobre o dorso da mão, o tempo suficiente para sentir a temperatura da mesma 9. Colocar o paciente em posição adequada à aplicação 10. Expor a área. Colocar a bolsa no local indicado e proteger o paciente, se necessário 11. Observar constantemente a área de aplicação durante 30 minutos 12. Remover a bolsa ao término da aplicação, deixar o paciente confortável e a unidade em ordem.

12 13. Esvaziar, lavar e enxugar extremamente a bolsa 14. Deixar escorrer a água da bolsa enchendo-a de ar e guarda-lá 15. Lavar as mãos 16. Anotar na prescrição do paciente: horário, local de aplicação, tempo de aplicação, reação do paciente.

13 6.2. SEMICÚPIO (Banho de assento) * Material: Bacia esterilizada. Solução prescrita. Toalha de banho - Procedimento: 1. Orientar o paciente sobre o procedimento 2. Lavar as mãos 3. Preparar o material: aquecer a solução prescrita na temperatura em torno de 38º C. 4. Encaminhar o paciente ao banheiro 5. Colocar na bacia 1/3 da solução prescrita e adaptá-la sobre o local adequado. 6. Solicitar o paciente que exponha a região e sente-se sobre a bacia.

14 7. Observar a reação do paciente durante 15 minutos de aplicação 8. Fornecer a toalha ao paciente após o término do tratamento 9. Encaminhar o paciente à unidade, deixando-o confortável 10. Proceder à desinfecção do material; 11. Lavar as mãos; 12. Anotar na prescrição do paciente: horário, tempo de aplicação, região, reação do paciente

15 6.3. PEDILÚVIO ( Banho medicamentoso nos pés) * Material: Bacia esterilizada. Toalha de banho. Solução prescrita. - Procedimentos: 1. Orientar o paciente sobre o procedimento 2. Lavar as mãos 3. Preparar material: aquecer a solução prescrita na temperatura em torno de 38º C 4. Posicionar o paciente confortavelmente e remover o curativo, se necessário 5. Colocar na bacia solução suficiente para cobrir a lesão

16 6. Pedir ao paciente para imergir os pés 7. Observar a reação do paciente durante 15 minutos de aplicação 8. Fazer o curativo, se necessário 9. Deixar o paciente confortável e a unidade em ordem 10. Proceder à desinfecção do material 11. Lavar as mãos 12. Anotar na prescrição do paciente: horário, tempo de aplicação, região, reação do paciente.

17 7. Cuidados Importantes Observar constantemente a área de aplicação, e queixas do paciente Medir a temperatura da aplicação para pacientes inconscientes, crianças, idosos e desnutridos Nunca colocar bolsa com água quente debaixo do paciente – vazamento – queimadura Na utilização de foco de luz, certificar-se de que a pele esteja bem seca Não expor o paciente

18 8. Aplicação de frio (Frigoterapia) 8.1. Seco- Bolsa de gelo 8.2. Úmido – Compressas frias A Frigoterapia tem a finalidade de: * Evitar edema * Reduzir temperaturas altas * Alívio da dor * Diminuir a inflamação * Retardar a supuração * Controlar Hemorragias

19 * Evitar agravamento de edema por um traumatismo * Diminuir a extensão de queimaduras * Preservar para possível reimplante uma parte do corpo amputada * Tratamento de alguns tumores malignos de pele

20 9. Assistência de Enfermagem 9.1. BOLSA COM GELO - Material: Bolsa de borracha Fronha Gelo picado - Procedimento: * Na aplicação de bolsa com gelo, seguir os mesmos procedimentos descritos para BOLSA DE ÁGUA QUENTE, alterando apenas o seguinte item: - Colocar o gelo na bolsa, sem arestas, até a metade de sua capacidade.

21 9.2. COMPRESSA FRIA - Material: Água morna Álcool Quatro compressas ou similar Bacia Cuba-rim ou similar Toalha Bolsa com gelo Bolsa com água quente

22 - Procedimentos: 1. Orientar o paciente sobre o procedimento 2. Cercar o leito com biombo e fechar as janelas 3. Lavar as mãos 4. Reunir o material 5. Posicionar o paciente em decúbito dorsal 6. Molhar a compressa ou similar. Torcê-la retirando o excesso 7. Colocar as compressas nas regiões axilar e inguinal. BOLSA COM GELO na região frontal e BOLSA COM ÁGUA QUENTE nos pés

23 8. Repetir o processo por um período de 15 a 20 minutos ou até a temperatura do paciente atingir 37º C 9. Enxugar o paciente e, se necessário, trocar as roupas de cama 10. Auxiliar o paciente a vestir-se, deixando-o confortável e a unidade em ordem 11. Proceder à desinfecção dos materiais 12. Lavar as mãos 13. Anotar na prescrição do paciente: horário do procedimento, tempo de duração do tratamento, tipo de aplicação.

24 10. Cuidado Importante Não fazer aplicação com bolsa de gelo além de 30 minutos devido ao risco de causar necrose Não expor o paciente


Carregar ppt "1. Conceito Medida terapêutica e ou de conforto que consiste no uso de calor e ou frio em aplicação cutânea, para auxiliar nas funções fisiológicas (Vasoconstrição."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google