A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Origem e Evolução do Dinheiro. Trocas Escambo: Simples troca de mercadoria por mercadoria, sem equivalência de valor. Escambo: Simples troca de mercadoria.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Origem e Evolução do Dinheiro. Trocas Escambo: Simples troca de mercadoria por mercadoria, sem equivalência de valor. Escambo: Simples troca de mercadoria."— Transcrição da apresentação:

1 Origem e Evolução do Dinheiro

2 Trocas Escambo: Simples troca de mercadoria por mercadoria, sem equivalência de valor. Escambo: Simples troca de mercadoria por mercadoria, sem equivalência de valor. início da civilização início da civilização podendo ser encontrada entre povos de economia primitiva, podendo ser encontrada entre povos de economia primitiva, em regiões onde, pelo difícil acesso, há escassez de meio circulante, em regiões onde, pelo difícil acesso, há escassez de meio circulante, em situações especiais, em que as pessoas envolvidas efetuam permuta de objetos sem a preocupação de sua equivalência de valor. em situações especiais, em que as pessoas envolvidas efetuam permuta de objetos sem a preocupação de sua equivalência de valor.

3

4 Trocas Problemas: Problemas: –Dificuldade em compatibilizar os bens. –Demora para efetuar as trocas. x

5 Moeda - Mercadoria Mercadorias que eram aceitas por todos passaram a ser usadas como meio de troca. Mercadorias que eram aceitas por todos passaram a ser usadas como meio de troca.

6 Pedra de YAP

7 Moeda - Mercadoria Problemas: Problemas: –Indivisibilidade. –Oscilação no valor. –Perecíveis.

8 Moeda - Metal Por apresentar vantagens como: Por apresentar vantagens como: – a possibilidade de entesouramento, – divisibilidade, – raridade, –facilidade de transporte e beleza, O metal se elegeu como principal padrão de valor.

9

10

11 Ouro, Prata e Cobre O emprego destes metais se impôs, não só pela sua raridade, beleza, imunidade à corrosão e valor econômico, mas também por antigos costumes religiosos. O emprego destes metais se impôs, não só pela sua raridade, beleza, imunidade à corrosão e valor econômico, mas também por antigos costumes religiosos.

12 Ouro, Prata e Cobre Valor intrínseco – valor em si. Valor intrínseco – valor em si. Com o advento do papel-moeda a cunhagem de moedas metálicas ficou restrita a valores inferiores, necessários para troco Com o advento do papel-moeda a cunhagem de moedas metálicas ficou restrita a valores inferiores, necessários para troco

13 Moeda - Papel Recibo de depósito de moeda. Recibo de depósito de moeda.

14 Papel - Moeda A moeda passa a representar o valor estampado na face. A moeda passa a representar o valor estampado na face. Não tem valor intrínseco. Não tem valor intrínseco. É divisível. É divisível. Apresenta reserva de valor. Apresenta reserva de valor.

15 (Padrão Real /1888) IMPÉRIO DO BRASIL

16 REPÚBLICA MIL-REIS /1942

17 O Cruzeiro foi criado dia 5 de Outubro de 1942, mas só passou a valer como unidade monetária a partir da meia-noite do dia 31 de Outubro de Outro objetivo dessa mudança foi unificar o meio circulante, já que na época existiam 56 tipos diferentes de cédulas, sendo 35 do tesouro nacional, 14 do Banco do Brasil e 7 da extinta Caixa de Estabilização. Foram usadas aproximadamente 8 notas do padrão Mil-Réis, carimbadas para o novo valor. $ 1000 = Cr$ 1,00 Mil-Réis

18

19

20

21 Cruzeiro Novo foi implantado no dia 13 de fevereiro de O Cruzeiro, padrão monetário desde 1942, perdia três zeros e se transformava em Cruzeiro Novo. O Cruzeiro Novo foi o único padrão monetário que não teve cédulas próprias. Banco Central reaproveitou cédulas do Cruzeiro, carimbando-as para o Cruzeiro Novo. O carimbo utilizado era formado por 2 círculos concêntricos, com o valor expresso no centro e as palavras BANCO CENTRAL e CENTAVOS ou CRUZEIROS NOVOS no espaço entre os círculos. Cr$ = NCr$ 1,00 Cruzeiro

22

23 O Cruzeiro substituiu o Cruzeiro Novo em 15 de Maio de 1970, sendo que um Cruzeiro valia um Cruzeiro Novo. Durou até 27 de fevereiro de NCr$ 1,00 = Cr$ 1,00.

24

25

26

27

28 O Cruzado é proveniente do Plano Cruzado, implantado pelo governo Sarney. O Plano tinha como objetivo combater a inflação e aumentar o poder aquisitivo da população. A partir do dia 28 de Fevereiro de 1986, mil cruzeiros passaram a valer um cruzado. Para implantar o Cruzado o governo aproveitou as cédulas de 10 mil, 50 mil e 100 mil cruzeiros, carimbando-as para o novo padrão. O Carimbo era circular com as palavras "Banco Central do Brasil" e "Cruzado", com o valor no centro. Cr$ = Cz$ 1,00 cruzeiros

29

30

31

32 Cruzado Novo entrou em circulação no dia 15 de janeiro de 1989, na segunda reforma monetária do presidente José Sarney. A nova moeda substituía o Cruzado, sendo que um Cruzado Novo valia 1000 Cruzados. Foram aproveitadas as cédulas de mil, 5 mil e 10 mil Cruzados, que receberam um carimbo para o novo padrão monetário. O carimbo adotado era um triangulo com as palavras "cruzado novo" em duas linhas próximas à base do triângulo. Cz$ 1.000,00 = NCz$ 1,00 CruzadoCruzados CruzadoCruzados

33

34

35 O Cruzeiro foi reintroduzido como padrão monetário em substituição ao "Cruzado Novo", como parte do "Plano Collor", sem ocorrer a perda de três zeros. NCz$ 1,00 = Cr$ 1,00 Cruzado NovoCruzado Novo

36

37

38

39 O Cruzeiro Real foi implantado no 1o de Agosto de 1993, substituindo o Cruzeiro, por excesso de zeros. Foram aproveitadas as notas de 50 mil, 100 mil e 500 mil Cruzeiros, devidamente carimbadas para o novo padrão. Cr$ 1.000,00 = CR$ 1,00 CruzeiroCruzeirosCruzeiroCruzeiros

40

41

42 O Real foi lançado em 01/07/1994 pelo Plano Real no governo Itamar Franco, com o objetivo de criar uma moeda forte e acabar com a inflação. Primeiramente foi estabelecido um índice paralelo para efeito de transição, a Unidade Real de Valor (URV). A Conversão de Cruzeiros Reais para Reais foi feita mediante a divisão do valor em Cruzeiros Reais pelo valor da URV de CR$2.750,00. CR$ 2.750,00 = R$ 1,00 Cruzeiros ReaisCruzeiros Reais

43

44


Carregar ppt "Origem e Evolução do Dinheiro. Trocas Escambo: Simples troca de mercadoria por mercadoria, sem equivalência de valor. Escambo: Simples troca de mercadoria."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google