A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

TURISMO E LAZER AULA 1 – DEFINIÇÕES BÁSICAS SOBRE LAZER, TURISMO E ÁREAS CORRELATAS.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "TURISMO E LAZER AULA 1 – DEFINIÇÕES BÁSICAS SOBRE LAZER, TURISMO E ÁREAS CORRELATAS."— Transcrição da apresentação:

1 TURISMO E LAZER AULA 1 – DEFINIÇÕES BÁSICAS SOBRE LAZER, TURISMO E ÁREAS CORRELATAS

2 QUESTÕES INICIAIS A) Lazer e Turismo são sinônimos? – Não! Apesar de muitos pontos convergentes, lazer e turismo não significam a mesma coisa. B) Se não, o que os diferencia? – Lazer pode ser considerado qualquer tipo de experiência em que o indivíduo busca: Prazer, Gratuidade (vivenciar algo de modo espontâneo); E Liberdade (que traz uma sensação de desprendimento) IMPORTANTE: ESTES SÃO CONSIDERADOS OS ELEMENTOS ESSENCIAIS DO LAZER!!!!!

3 QUESTÕES INICIAIS Algumas reflexões ainda sobre a questão B (diferenciação entre Lazer e Turismo): O que caracteriza o turismo (qual a sua essência)? – Viagem (deslocamento) – Sair do entorno habitual (extra-doméstico: mais de 50km da residência, segundo a OMT) – Mudança de paisagem, ritmo e estilo de vida (visão sociológica) – Duração mínima: 24h – Consumo de serviços de transporte, alimentação e hospedagem (visão econômica)

4 QUESTÕES INICIAIS Tais elementos essenciais ao Lazer estarão mais presentes do que nos momentos de não-lazer, independente da duração, local, número de pessoas ou perfil psicológico ou sócio-econômico das mesmas. PORÉM, AO ESTUDAR LAZER, O QUE DEVE SER CONSIDERADO COMO VARIÁVEL PARA A ANÁLISE DA EXPERIÊNCIA: TEMPO, ESPAÇO, N.º DE PESSOAS, PERFIL PSICOLÓGICO (MOTIVAÇÃO, ATITUDE) E SÓCIO- ECONÔMICO (IDADE, GÊNERO, NÍVEL DE ESCOLARIDADE, LOCAL DE RESIDÊNCIA, NÍVEL DE RENDA, ETC).

5 QUESTÕES INICIAIS C) Existe relação entre lazer e turismo? Como ela ocorre? D) Toda experiência turística pode ser considerada uma experiência de lazer? E vice- versa? – TURISMO DE NEGÓCIOS – LAZER DOMÉSTICO E) Existem situações em que o turismo e o lazer não se relacionam?

6 QUESTÕES INICIAIS Áreas Relacionadas: -Sociologia - Psicologia- Antropologia -Cultura - Educação- Ecologia -Economia - Política- Filosofia -História - Geografia- Comunicação -Artes - Educação Física- Esportes -Terapia Ocupacional - Espiritualidade- Religião -Saúde - Segurança- Muitas Outras...

7 QUESTÕES INICIAIS F) EXERCÍCIO: Elenquem 10 palavras que são diretamente associadas a Lazer e ao Turismo. Algumas das palavras que podem ter surgido são: – RECREAÇÃO – LÚDICO – TEMPO LIVRE – ÓCIO – DIVERSÃO – ENTRETENIMENTO G) ENCONTRE NAS PUBLICAÇÕES DISTRIBUÍDAS AS PALAVRAS ACIMA CITADAS E PROCURE EXPLICAR SEU SIGNIFICADO.

8 A IMPORTÂNCIA DO LAZER O lazer é considerado algo SUPÉRFLUO por algumas sociedades e seus indivíduos? Por que? – POR QUE O LAZER É ESSENCIAL? Lazer na natureza: os animais mais evoluídos possuem ferramentas práticas para divertir-se, entreter-se. Muitas vezes, tais práticas ajudam na própria sobrevivência dos mesmos (ex. filhotes de leão brincando de correr, pular e se morder, desenvolve suas habilidades de caça e convívio social)

9 A IMPORTÂNCIA DO LAZER POR QUE O LAZER É ESSENCIAL? – Somos todos seres sociais: o ser humano, na sua essência, tem como necessidade básica a convivência com o próximo. Afinal, nossa sobrevivência depende da herança cultural, transmitida de geração a geração, que nos permite evoluir e perpetuar a espécie. – A base do sexo (perpetuação da espécie) é o prazer: conhecida como uma das ferramentas mais óbvias de obtenção do prazer, o ato sexual é a garantida da sobrevivência da espécies vivas. O ser humano, portanto, utiliza de forma instintiva e consciente a busca pelo sexo, uma vez que necessita procriar e também, obter prazer.

10 A IMPORTÂNCIA DO LAZER POR QUE O LAZER É ESSENCIAL? – É denominada Instituição Axial: a sociologia moderna considera o Lazer como um dos 05 pilares de sustentação da dinâmica social contemporânea, o que torna sua vivência um direito de todos. – As demais instituições axiais (principais) são: FAMÍLIA, TRABALHO, RELIGIÃO, ESCOLA E POLÍTICA.

11 OUTRAS REFLEXÕES... Por que estudar a relação entre lazer e turismo num Curso de Tecnologia em Gestão de Turismo? – A relação entre os dois assuntos é notória – Há pouco referencial teórico sobre o lazer – O lazer e o turismo são fenômenos modernos cada vez mais presente na vida das pessoas – Empreendimentos e técnicas de lazer são aplicáveis em turismo Recreação Tecnologias Técnicas Administrativas (inovação, criatividade, etc)

12 OUTRAS REFLEXÕES... POR QUE HÁ TANTO PRECONCEITO EM RELAÇÃO AO LAZER? – PRECONCEITOS PRINCIPAIS Supérfluo: – É possível viver sem lazer, mas não sem trabalho. – Eu tenho pouco dinheiro e só gasto com viagens e passeios em último caso, meus filhos precisam comer. – Se lazer fosse tão importante, haveria um ministério específico no governo só para tratar disso.

13 OUTRAS REFLEXÕES... Alienante: – Lazer é o ópio do povo, é só ver o BBB, não acrescenta nada, pelo contrário, só deixa as pessoas burras e fora da realidade. – Distrair é a forma mais fácil de controlar os outros, pois a pessoa deixa de dedicar seu tempo para pensar. – Desde os tempos antigos os governos oferecem migalhas de diversão, para, no fundo, controlar tudo. – A diversão hoje é só vista como um negócio, afinal todas as nossas experiências de lazer estão ligadas direta ou indiretamente ao consumo, e o que é pior, um consumo controlado pelas grandes empresas para nos manter escravos de certos tipos de comportamento.

14 CONCLUSÕES Porque há uma herança secular de marginalização do lazer, fazendo com que a sociedade de hoje não saiba aproveitar bem o chamado tempo livre, tampouco tenha conhecimento sobre a dimensão e as dinâmicas do fenômeno do lazer moderno. O que é lazer para uns, pode não ser para outros. O que para alguns é prazeroso, para outros pode ser desconfortante. Isto mostra que as CIRCUNSTÂNCIAS interferem de maneira decisiva na vivência de experiência de lazer.

15 CONCEITUAÇÃO - O QUE É LAZER Experiências vivenciadas com finalidades de descanso, diversão e desenvolvimento pessoal e social, no tempo liberado das obrigações profissionais, sociais, religiosas e políticas. (Adaptado de DUMAZEDIER, Joffre)

16 DOLCE FAR NIENTE ÓCIO CRIATIVO É impossível não fazer absolutamente nada. O devaneio é uma ação muito significativa. É um momento de rara inventividade no reencontro de si mesmo. Poucos conseguem na plenitude. Não existe tampouco lazer passivo. A assimilação de mensagem pelo receptor é mais relevante socialmente do que as intenções do emissor.

17 PRÁTICA 60 SEGUNDOS EM SILÊNCIO, OLHOS FECHADOS E NÃO PENSANDO EM ABSOLUTAMENTE NADA!

18 ATIVIDADES DE LAZER RECREAÇÃO Podem ser: -Praticadas -Assistidas -Estudadas -6 TIPOS: FÍSICAS, MANUAIS, ARTÍSTICAS, INTELECTUAIS, ASSOCIATIVAS E TURÍSTICAS. -DESAFIO: Elencar pelo menos 10 atividades de lazer, sendo no máximo 5 que podem ser praticadas.

19 ATIVIDADES FÍSICAS Denominador Comum: exercitar-se. Interesse estético: do movimento no esporte e na ginástica-dança, ou na contemplação da natureza e das pessoas nas caminhadas. Interesse associativo. Interesse Introspectivo: solidão, prazer de estar consigo, desde que não seja socialmente imposto.

20 ATIVIDADES MANUAIS Ligadas ao prazer de manipular, explorar e transformar a natureza. O ato de criar com a mão é cheio de simbolismos. As mãos são fonte de expressão de transformação das coisas. Nostalgia dos elementos naturais primários (água, terra, madeira, etc.). Podem constituir um semilazer se incorporam ganhos financeiros. Na classe média inovadora a produção manual é uma crítica ao consumismo. Exemplos: lavar automóvel, tricô, desmontar e montar engenhocas, etc.

21 ATIVIDADES ARTÍSTICAS Interesse ligado à busca pelo imaginário, sonho, encantamento, belo, faz-de-conta. As formas de cultura erudita conceituadas como arte (cinema, teatro, literatura, artes plásticas, etc.) - fora do universo cultural da maioria. Todos precisam de sonho, aventura, encantamento, beleza. Desenvolve-se por outras atividades: decoração da casa, maquiagem e principalmente as festas (exercício do imaginário, são todos atores) A Festa é muitas vezes o reencontro com as raízes culturais. A expressão máxima de festa no país é o Carnaval. Não é + o principal momento de inversão social, ou seja, a expressão das necessidades reprimidas, quebra de tabus, que se diluiu em discotecas, forrós, gafieiras, etc.

22 ATIVIDADES INTELECTUAIS Tudo na vida é fonte de conhecimento, informação, aprendizagem. Dumazedier: a arte informa por encantamento e a ciência, por desencantamento. A arte pode informar, mas dirige-se basicamente à emoção dos indivíduos. O lazer é um tempo precioso para o exercício do conhecimento (conversa com amigos, difusão eletrônica, consulta especializada).

23 ATIVIDADES ASSOCIATIVAS Interesse cultural: contato com as pessoas. Desde semilazer doméstico (ex. jogos e passeios com os filhos, visitar parentes e amigos) até a freqüência a associações e movimentos culturais. Paradoxalmente a vida social no lazer pode assumir a busca pela privacidade. Misantropia. Não está em declínio pelo uso TV e da Internet. Aprofundamento e diversificação dos interesses, extrapolando os políticos e religiosos. Conseqüência: programação de lazer às Instituições sérias (ex. showmício, Pe. Marcelo).

24 ATIVIDADES TURÍSTICAS DO LAZER AO TURISMO O lazer engloba três grandes grupos de atividades: - DOMÉSTICO: Baseado na mídia e desenvolvido basicamente dentro de casa – audiência de rádio e TV, discos, leitura de livros, jornais e revistas e, mais recentemente, videogame, computador, Internet e DVD. - EXTRA-DOMÉSTICO: Baseado nas relações com outros e com o ambiente da própria cidade – parques, academias de ginástica, teatros, cinemas, bares, restaurantes e shopping centers. - EXTRA-DOMÉSTICO TURÍSTICO: Baseado na viagem e na hospedagem fora de casa. ATIVIDADES TURÍSTICAS: Principal interesse é a mudança de paisagem, ritmo e estilo de vida. Turismo não se reduz ao Lazer. Há interesses profissionais, familiares, religiosas e de saúde.


Carregar ppt "TURISMO E LAZER AULA 1 – DEFINIÇÕES BÁSICAS SOBRE LAZER, TURISMO E ÁREAS CORRELATAS."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google