A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Citações, Referências e Nota de Rodapé Tânia Maria Santana Botêlho.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Citações, Referências e Nota de Rodapé Tânia Maria Santana Botêlho."— Transcrição da apresentação:

1 Citações, Referências e Nota de Rodapé Tânia Maria Santana Botêlho

2 ELEMENTOS DE APOIO AO TEXTO Consideram-se como Elementos de apoio ao texto todo e qualquer material que possa vir complementar a lisura e a veracidade das informações colocadas no trabalho. Como exemplos, temos as citações de livros, artigos científicos, fotos, documentos e relatórios oficiais. Enfim, tudo que contribua para a compreensão do tema e que confirme os dados que estão sendo apresentados e analisados. Os elementos de apoio do texto são: tabelas, quadros ilustrativos, fluxogramas, fotos, poemas, citações de outros autores e;ou obras, notas de rodapé, etc.

3 Então,como se caracterizam os diversos tipos de citações: CITAÇÕES DIRETAS: A citação é direta quando é ipsis litteris (pelas mesmas letras – idêntica) à obra de onde foi retirada. CITAÇÃO INDIRETAS: O autor do trabalho em construção reproduz a idéia/teoria do outro autor, sem, no entanto, usar as mesmas palavras.

4 É importante que se reitere sobre a importância de referenciar o texto, pois demonstra tanto probidade do autor, como adequação do trabalho aos propósitos da graduação, qualidades que interligam. A probidade significa atribuir as elaborações aos autores que as criaram, i é, não plagiar. A extensão-quantitativa- se manifesta naturalmente na profundidade das análises e relações contidas no texto, pos a intensidade das leituras realizadas resulta em elaborações competentes. Convém ressaltar que todos os autores indicados no corpo do texto devem constar na listagem de referências, e vice-versa. No texto, esse registro deve mostrar o sobrenome do autor, o ano da edição de seu texto e, em caso de citação – transcrição das palavras do autor, o número da página.

5 Paráfrase, citação curta e citação longa encontram-se exemplificadas: PÁRAFRASE: HANSEN (2000) relata haver a assembléia determinado a todos os sacerdotes de que tinham cura das almas a obrigação de conhecer seu rebanho e com ele celebrar a liturgia, fornecendo a palavra divina por ocasião dos ritos, bem como nas boas obras. Como pregar vinculava-se à formação eclesiástica, o Concílio houve por bem iniciar a forma de realizá-la na fundação de seminários diocesanos.

6 CITAÇÃO CURTA (MENOS DE 5 LINHAS) A escolha pragmática acima referida é tratada por HANSEN (2000, p. 25) analisando que...os jesuítas tinham optado por um humanismo de cultura e de formação, opondo-se nitidamente ao humanismo de erudição.

7 CITAÇÃO LONGA (MAIS DE 5 LINHAS) Por isso definiu-se a representação em geral com teatro sacro, no qual encenavam os conceitos e conhecimentos que desejavam ensinar. No entendimento do autor: Lembrando que recua-se 4cm.

8 EXEMPLO: Lembrando que recua-se 4cm. A escolha da via oral para transmitir a verdade canônica confirmada no Concílio de Trento resultou em uma extraordinária reativação da Retórica antiga. A conjunção, nos decretos tridentinos, de uma reforma do sacerdócio e do episcopado, de um lado, e de uma reforma da eloqüência, de outro, teve por conseqüência dotar o ideal do Orator ciceroniano de uma autoridade, de uma substância e de um campo de ação sem medida comum (HANSEN, 2000, p. 28).

9 REFERÊNCIA A referência bibliográfica relativa aos exemplos anteriores é a seguinte: HANSEN, J.A. A civilização pela palavra. In: LOPES, E.M.T.; MENDES FILHO, L. VEIGA, C.G. 500 anos de educação no Brasil. 2 ed. Belo Horizonte: Autêntica, 2000.

10 REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS (OU DOCUMENTOS CONSULTADOS) Trata-se da listagem, em ordem alfabética rigorosa, das obras e documentos pesquisados. LIVROS: As referências de livros devem ser da seguinte forma: sobrenome do autor/ nome/título da obra/ edição/ cidade/ editora/data. Quando houver mais de um autor, deve-se separá-los por ponto e vírgula. No caso de livro traduzido, após seu título deverá constar o nome do tradutor.

11 EXEMPLOS: LIVROS COM UM AUTOR: FREIRE, G. A propósito de frades. Bahia:Publicações Universidade da Bahia, LIVROS COM MAIS DE UM AUTOR LOPES,E.M.T.; MENDES FILHO, L.; VEIGA, C.G. 500 anos de educação no Brasil. 2 ed. Belo Horizonte: Autêntica, LIVRO TRADUZIDO LAS CASAS, F.B. O paraíso destruído: brevíssima relação da destruição das Índias. Trad. Heraldo Barbuy. Porto Alegre: L&PM, 1996.

12 Periódicos e artigos de periódicos Periódicos considerados no todo. TÍTULO DO PERIÓDICO. Local: Editor, ano de início da publicação. ANUÁRIO DE ANTROPOLOGIA 78 Rio de Janeiro: Tempo Brasileiro, Periódicos considerados em partes ( um único volume ou fascículo) NOME DO PERIÓDICO: Título do periódico. Título do fascículo, suplemento ou número especial (quando houver) Local: Editora, número do volume, número do fascículo, data. Número total de páginas do fascículo (se for edição especial). Nota indicativa do tipo de fascículo. PHYSIS: Revista de Saúde Coletiva. A representação na saúde coletiva. V.I, Nº 2, Rio de Janeiro-RJ: IMS/UERJ/Relume- Dumará. 158 p.

13 REVISTAS Sobrenome do autor/nome/título do artigo/ nome da revista/ cidade/edição ou número/data/página: FONTANELLA, F. C. O corpo no limiar da subjetividade. Revista Comunicações da UNIMEP. Piracicaba, n.6, nov./dez. 1999, p

14 JORNAIS Sobrenome do autor/nome/título do artigo/ nome do jornal/cidade/ data/ano/página: SILVA,P. Educação contemporânea. Caderno Mais. Folha de São Paulo, 25 de fev.1999, p.7

15 LEIS NOME DO PAÍS, ESTADO ou MUNICÍPIO ( ou instituição federal) Título e número da Lei ou decreto, data. Ementa. Dados da publicação que divulgou o documento. BRASIL. Ministério da criança/Ministério da Saúde/ Projeto Minha Gente. Estatuto da Criança e do Adolescente, Lei nº 8.069, de 13 de julho de Livro I, Título I das disposições Preliminares, art. 2º - Brasília: Ministério da Saúde/Ministério da Criança/ Projeto Minha Gente, 1991.

16 1. LEGISLAÇÕES CONSTITUIÇÃO EM PAPEL IMPRESSO BRASIL. Constituição (1988). Constituição da República Federativa do Brasil. Brasília, DF: Senado,1988. CÓDIGOS EM PAPEL IMPRESSO Brasil. Código civil. 46.ed. São Paulo: Saraiva, DECRETO ESTADUAL EM PAPEL SÃO PAULO (Estado). Decreto nº 42822, de 20 de janeiro de Lex: coletânea de legislação e jurisprudência, São Paulo, v. 62, n.3, p , 1998.

17 DECRETO FEDERAL EM PAPEL Brasil. Decreto-lei nº 5.452, de 1 de maio de Lex: coletânea de legislação: edição federal, São Paulo, v. 7, Suplemento. EMENDA CONSTITUCIONAL EM PAPEL IMPRESSO BRASIL. Constituição (1988). Emenda Constitucional nº 9, de 9 de novembro de Lex: legislação federal e marginália, São Paulo, v. 59, p. 1966, out/dez.1995 MEDIDA PROVISÓRIA EM PAPEL IMPRESSO BRASIL. Medida provisória nº , de 11 de dezembro de Diário Oficial [da] República federativa do Brasil, Poder Executivo, Brasília, DF, 14 dez seção 1, p

18 ENTREVISTAS Não publicadas AUTORIA (entrevistado). Ementa da Entrevista. Local, data. SOUZA, José de. Entrevista concedida a Ricardo Tomasini sobre o folclore de Guaraqueçaba –PR – Fandango. Guaraqueçaba –PR, 20/05/2003. Publicada AUTORIA (entrevistado). Título da Entrevista. Referenciação do documento. Nota indicativa de Entrevista. SILVA, fulano da. A educação de Jovens e adultos hoje. Revista Renascer, Curitiba –PR, n. 02, 30/mar Entrevista concedida a João de Souza.

19 MONOGRAFIAS, DISSERTAÇÕES E TESES Sobrenome do autor/nome/título da monografia, dissertação ou tese/ curso/ instituição/local/ano. ARRUDA, L. Literatura e poesia. Monografia apresentada ao Curso de Especialização em Curso de Pós-Graduação em Interdisciplinaridade na Educação Básica. Curitiba, realizado pelo Instituto Brasileiro de Pós-Graduação e Extensão. Curitiba,2000.

20 DOCUMENTOS OFICIAIS, PUBLICAÇÕES DE ENTIDADES COLETIVAS E ÓRGÃOS PÚBLICOS País(ou estado ou município)/órgão/ repartição/ título do documento/local de publicação/editora/ano. BRASÍLIA, Secretaria de Educação Fundamental. Parâmetros Curriculares Nacionais. Brasília: MEC; SEF, 1997.

21 INTERNET Sobrenome do autor/ nome/ título/URL, data. GÂNDAVO, P.M. História da Província de Santa Cruz. Disponível em: //www.cce.ufsc.br./~alckmar/literat.html;bibvir Acesso em: 20 abr.2000.bibvir URL: Uniform Resource Locator, ou seja o endereço da página

22 APOSTILAS Sobrenome do autor/nome/título/local da apresentação. SILVA, E. A Questão da Didática. Curitiba, UFPR, Disciplina de Didática. Curso de Pedagogia, Setor de Educação da Universidade Federal do Paraná. Mimeografado.

23 BÍBLIA No texto: (BÍBLIA, 1 Coríntios 13,1-4) Logo após a citação (mais de 5 linhas) Em destaque – recuo. 1 Coríntios 13,1-13. Uma linha abaixo da citação à direita. No texto antes da citação: Como está escrito na primeira epístola de Paulo aos Coríntios (13,1-13) Nas Referências: Consideradas na totalidade: BÍBLIA,LÍNGUA. Título. Tradução ou versão. Edição.Local: editora, ano. BÍBLIA. Português. Bíblia Sagrada. Traduzida por: João Ferreira de Almeida. Ed. Ver. Atual. Brasília: Sociedade Bíblica do Brasil, Considerando-se apenas parte da obra: BÍBLIA. Português. Bíblia Sagrada. Traduzida por: João Ferreira de Almeida. Ed. Ver. Atual. Brasília: Sociedade Bíblica do Brasil, Cap. 13, vers.1-13

24 OBRAS-DE-ARTE – FOTOS, QUADROS, GRAVURAS. FOTOS: AUTORIA (fotógrafo). Título da obra. Local (cidade e estado). Ano. Número de unidades físicas: indicação da cor; dimensões. Exemplo: TOMASINI, Ricardo. Baía de Guaraqueçaba. Guaraqueçaba - PR fot. Color.; 16x30cm. Se esta for retirada de um álbum publicado, fazer referência ao álbum. Exemplo: TOMASINI, Ricardo. Baía de Guaraqueçaba. Guaraqueçaba - PR fot. Color.; 16x30cm. In: TOMASINI, Ricardo. Lembranças de Guaraqueçaba em fotos e textos. Curitiba:Ed. QKG, 1993

25 GRAVURAS E QUADROS AUTORIA (artista). Título da obra. Ano. 1 óleo sobre madeira: color, 77x53 cm. Museu do Louvre, Paris – Fr. Indicação da técnica utilizada: indicação de cor; dimensões. Nome da instituição ou do proprietário. Exemplo: DA VINCI, Leonardo. Mona Lisa fot. Color.; 16x30cm.

26 5. DOCUMENTOS SONOROS Os documentos sonoros considerados no todo devem ser referenciados com os seguintes elementos essenciais: compositor(es) ou intérpretes, títulos, local, gravadora (ou equivalente), data e especificação do suporte. 1. Discos considerados no todo ALCIONE. Ouro e cobre. São Paulo: RCA Victor,p disco sonoro.

27 2. CDs considerado no todo SIMONE. Face a face.[S.i.]: Emi-Odeon Brasil, p CD. 3. Cassetes considerados no todo: músicas FAGNER, R. Revelação. Rio de Janeiro: CBS, cassete sonoro. 4. Cassetes considerado no todo: entrevistas SILVA, L.I.L da. Luiz Inácio Lula da Silva. São Paulo: SENAI-SP, cassetes sonoros.

28 PARTES DE CDS COSTA, S.; SILVA, A. Jura secreta. Intérprete: Simone. In: SIMONE. Face a face. [S.I]: Emi-Odeon Brasil, p CD. Faixa 7. Opcionalmente, elementos complementares podem, nos casos em que se aplicam, ser acrescentados, ao se referenciarem partes dos documentos sonoros. GINO, A. Toque macio. Intérprete: Alcione. In: ALCIONE. Ouro e cobre. Direção artística: Miguel Propschi. São Paulo: RCA Victor, p disco sonoro (45 min), 33 1/3 rpm, estereo., 12 pol Lado A faixa 1 (4min 3 s)

29 6. PROGRAMAS de CD-ROM MICROSOFT Project for Windows 95. Version 4.1 [S.I]: Microsoft Corporation, CD-ROM BASE DE DADOS ONLINE AVES do Amapá. Disponível em:. Acesso em: 30 de maio de s MARTINS, L. Os maléfícios da globalização [mensagem pessoal]. Mensagem recebida por 13 de set

30 FILMES Em cinema CENTRAL do Brasil. Direção: Walter Salles Júnior. Produção:Martire de Clermont-Tonnerre e Arthur Cohn. [S.I]: Le Studio Canal; Riofilme; MACT Productions, bobina cinematográfica Elementos complementares, opcionalmente, podem ser acrescentados: SEGURANÇA fruto da justiça. Produção: Jornal Mundo Jovem. Coordenação de Rui Antonio de Souza. Realização de Darci Thomassim. Porto Alegre, RS: fita de vídeo (34 min), son, color.

31 NOTA DE RODAPÉ As normas da ABNT apresentam várias possibilidades para que se ocupe o rodapé. Todavia, para simplificar, pode-se definir que este espaço será utilizado exclusivamente para notas explicativas do texto, denominadas notas de conteúdos. Isto quer dizer o seguinte: sempre que alguma explicação torne o texto pouco claro ou desvie o foco da análise, a mesma poderá ser alocada no rodapé. Com isso a escrita principal pode ser mais objetiva.

32 REFERÊNCIA BIBLIOGRÁFICA BARRAL, Welber Oliveira. Metodologia da Pesquisa Jurídica. Florianópolis: Fundação Boiteux, p. DIEZ, Camem Lúcia Fornari; HORN, Geraldo Balduino. Orientações para elaboração de projetos e monografias. Petrópolis, RJ: Vozes, GUSTIN, Miracy Barbosa de Sousa; DIAS, Maria Tereza Fonseca. (Re) Pensando a pesquisa jurídica: teoria e prática. 2 ed. ver. Ampl. e atual. Pelo BBR e atual. Pela ABNT 30/12/05. Belo Horizonte: Del Rey, p. SILVA, José Maria; SILVEIRA, Emerson Sena. Apresentação de Trabalhos Acadêmicos. 2. ed. Juiz de Fora. Juizforana, p.75-76; 77;82-84


Carregar ppt "Citações, Referências e Nota de Rodapé Tânia Maria Santana Botêlho."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google