A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

TEOLOGIA NA IGREJA ANTIGA Sidney Cavalcante da Costa SETEBES.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "TEOLOGIA NA IGREJA ANTIGA Sidney Cavalcante da Costa SETEBES."— Transcrição da apresentação:

1 TEOLOGIA NA IGREJA ANTIGA Sidney Cavalcante da Costa SETEBES

2 OS PAIS APOSTÓLICOS

3 Já haviam desaparecido as grandes visões do primeiro movimento estático, ficando em seu lugar um conjunto de idéias produtoras de certo conformismo eclesiástico. Perseverou o que era necessário para a vida das congregações. MOVIMENTO E INSTITUIÇÃO

4 Originalmente, os verdadeiros mediadores da mensagem eram os portadores do Espírito, os pneumáticos, os que possuíam o pneuma. Sabemos porém que, segundo a carta de Paulo aos Coríntios, capítulo 12 em especial, que ele já encontrara dificuldades com os portadores do Espírito porque produziam desordem. Nós agora temos normas e autoridades bem definidas. Quais eram essas normas e autoridades? DESCÊNCIA E ORDEM

5 A primeira e básica autoridade era o Antigo Testamento. Em seguida a mais antiga coleção de escritos que mais tarde se incorporou no Novo Testamento. A levou mais de duzentos anos para decidir sobre os livros que entrariam no cânon do Novo testamento.A primeira e básica autoridade era o Antigo Testamento. Em seguida a mais antiga coleção de escritos que mais tarde se incorporou no Novo Testamento. A levou mais de duzentos anos para decidir sobre os livros que entrariam no cânon do Novo testamento. CÂNON E CRISTOLOGIA

6 Ao lado desses escritos já havia um complexo de doutrinas éticas e dogmáticas consideradas tradicionais. O Cânon de nossa tradição. Verdade, evangelho, doutrina e mandamento. Criou-se então um credo para ser confessado pelos novos membros da igreja. Girava em torno da cristologia. Distinguia tanto do judaísmo como do paganismo. Ao lado desses escritos já havia um complexo de doutrinas éticas e dogmáticas consideradas tradicionais. O Cânon de nossa tradição. Verdade, evangelho, doutrina e mandamento. Criou-se então um credo para ser confessado pelos novos membros da igreja. Girava em torno da cristologia. Distinguia tanto do judaísmo como do paganismo.

7 AUTORIDADE DO BISPO SUCESSÃO APOSTÓLICA O bispo representava o Espírito supostamente presente no interior da vida da congregação. O bispo foi se tornando cada vez mais importante nas lutas dos cristãos contra os pagãos, os judeus, os bárbaros e os hereges. Inácio escreveu na carta aos esmirnianos: Onde está o bispo aí deveria estar à congregação. Encontramos em Clemente de Roma traços da idéia de sucessão apostólica, os bispos representam os apóstolos.

8 DEUS UNO E CRIADOR Em face do mundo pagão no qual viviam os cristãos, importava ressaltar acima de tudo a idéia monoteísta de Deus. Lê-se no Pastor de Hermas: Em primeiro lugar crê que Deus é uno, e que fez todas as coisas, a partir do nada

9 DEUS UNO E CRIADOR Clemente exclama: Ó grande demiurgo!. Esses conceitos que nos parecem tão naturais hoje em dia eram importantes porque serviam de proteção contra o paganismo. A palavra demiurgo era usada por Platão e pelos gnósticos para designar um ser inferior ao Deus altíssimo.

10 IDÉIA DE DEUS CRIADOR E O CREDO APOSTÓLICO Clemente afirmava que o grande demiurgo era o próprio Deus. É o que quer dizer o primeiro artigo do credo apostólico: Creio em Deus Pai Todo Poderoso, criador do céu e da terra. O Primeiro artigo do Credo é a grande muralha contra o paganismo.

11 DEUS SALVADOR E O LOGOS Governando todas as coisas, Deus tem um plano de Salvação. Inácio diz: pois há um único Deus que se manifestou por meio de Jesus Cristo, seu Filho, que é seu logos, procedente do seu silêncio.

12 Inácio, na sua carta aos efésios fala da economia para o novo homem. Há uma economia no pensamento trinitário: Pai, Filho e Espírito Santo. O problema cristológico faz parte do problema soteriológico. Os pais apostólicos não acreditavam na imortalidade da alma. Os pais apostólicos com o advento de Cristo restabelecia a situação paradisíaca. Aí Ceia do Senhor e Batismo se tornam sacramentos. DEUS SALVADOR, O LOGOS E A TRINDADE


Carregar ppt "TEOLOGIA NA IGREJA ANTIGA Sidney Cavalcante da Costa SETEBES."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google