A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

COMO VOCÊ VÊ A LÍNGUA INGLESA?. ENSINO FUNDAMENTAL EJA.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "COMO VOCÊ VÊ A LÍNGUA INGLESA?. ENSINO FUNDAMENTAL EJA."— Transcrição da apresentação:

1 COMO VOCÊ VÊ A LÍNGUA INGLESA?

2 ENSINO FUNDAMENTAL EJA

3 ENSINO FUNDAMENTAL 5ª.556ª.677ª.468ª.46EJA42 Falar1301 Conhecer outras culturas Comunicação com o mundo Mercado de trabalho Aprender língua diferente Futuro melhor Legal/ divertido Interessante Sem interesse 0401

4 Visão do aluno em relação à língua inglesa 5ª. e 6ª. – vontade de aprender a falar, acham divertido e almejam a comunicação com outras pessoas. 5ª. e 6ª. – vontade de aprender a falar, acham divertido e almejam a comunicação com outras pessoas. 6ª. – começa a manifestar o interesse com foco no mercado de trabalho 6ª. – começa a manifestar o interesse com foco no mercado de trabalho 7ª. e 8ª.– prevalece o intuito de investir na língua visando o mercado de trabalho 7ª. e 8ª.– prevalece o intuito de investir na língua visando o mercado de trabalho

5 Visão do aluno em relação à língua inglesa EJA – também demonstra a vontade de aprender com alvo no mercado de trabalho; além da comunicação com o mundo e a possibilidade de conhecer outras culturas. EJA – também demonstra a vontade de aprender com alvo no mercado de trabalho; além da comunicação com o mundo e a possibilidade de conhecer outras culturas.

6 ENSINO FUNDAMENTAL 5ª556ª677ª468ª46EJA42 É muito importante É importante É pouco importante Não é importante 0201 A importância das aulas de inglês na escola

7 Diante destes resultados, podemos concluir que os alunos do Ensino Fundamental consideram muito importante/ importante o ensino/ aprendizagem da Língua Inglesa. Diante destes resultados, podemos concluir que os alunos do Ensino Fundamental consideram muito importante/ importante o ensino/ aprendizagem da Língua Inglesa. Apenas na 7ª. há uma manifestação mais negativa; no entanto, equilibrada ao aspecto positivo dos resultados. Apenas na 7ª. há uma manifestação mais negativa; no entanto, equilibrada ao aspecto positivo dos resultados.

8 As aulas de inglês auxiliam em... Grande número de alunos manifestaram que a língua inglesa os auxilia no uso de jogos, músicas, filmes. Grande número de alunos manifestaram que a língua inglesa os auxilia no uso de jogos, músicas, filmes. Da mesma forma, na 7ª., 8ª. E EJA – revelam a importância na vida profissional. Da mesma forma, na 7ª., 8ª. E EJA – revelam a importância na vida profissional.

9 As aulas de inglês auxiliam em... A comunicação oral tem destaque na 6ª e na 8ª. Séries. A comunicação oral tem destaque na 6ª e na 8ª. Séries. O uso da língua favorece o conhecimento de outras culturas (segundo resultados obtidos em todas as séries) O uso da língua favorece o conhecimento de outras culturas (segundo resultados obtidos em todas as séries)

10 Contribuindo para o aprendizado de inglês Muitos alunos estudam, fazem tarefas e participam das aulas. Muitos alunos estudam, fazem tarefas e participam das aulas. A música é parte integrante do aprendizado, segundo a maioria dos alunos. A música é parte integrante do aprendizado, segundo a maioria dos alunos. Alguns assistem a filmes legendados e alguns outros acessam sites ou fazem uso de jogos em inglês. Alguns assistem a filmes legendados e alguns outros acessam sites ou fazem uso de jogos em inglês.

11 Contribuindo para o aprendizado de inglês A representatividade do ensino de língua inglesa abrange diferentes possibilidades que envolvem aspectos variados do cotidiano dos nossos alunos. A representatividade do ensino de língua inglesa abrange diferentes possibilidades que envolvem aspectos variados do cotidiano dos nossos alunos.

12 Como gostariam que fossem as aulas de inglês na escola Predomina a sugestão de maior número de aulas semanais. Predomina a sugestão de maior número de aulas semanais. As séries finais e EJA se destaca por sugerirem aulas mais dinâmicas e interativas. As séries finais e EJA se destaca por sugerirem aulas mais dinâmicas e interativas.

13 ENSINO MÉDIO

14 COMO VOCÊ VÊ A LÍNGUA INGLESA?

15 Ensino Médio 1º.2º.3º. Vida pessoal 1343 Conhecer outras culturas 1014 Comunicação com o mundo 1343 Mercado de trabalho Importante/ globalização 45 Importante para tudo 13 Futuro melhor 07

16 Visão do aluno em relação à língua inglesa Nos 1º.s anos percebemos que ainda não há maturidade e definição de objetivos. Nos 1º.s anos percebemos que ainda não há maturidade e definição de objetivos. Nos 2os. anos o foco se caracteriza no mercado de trabalho e na globalização. Nos 2os. anos o foco se caracteriza no mercado de trabalho e na globalização.

17 Visão do aluno em relação à língua inglesa Particularmente nos 3os. anos, há uma visão nitidamente profissional e consciente da necessidade do inglês na vida pessoal, na comunicabilidade humana no mundo. Particularmente nos 3os. anos, há uma visão nitidamente profissional e consciente da necessidade do inglês na vida pessoal, na comunicabilidade humana no mundo.

18 ENSINO FUNDAMENTAL 1º. 2º. 3º. É muito importante É importante É pouco importante Não é importante 0301 A importância das aulas de inglês na escola

19 Um número bastante representativo aponta o inglês como muito importante. Um número bastante representativo aponta o inglês como muito importante. Um número pouco superior indica como importante. Um número pouco superior indica como importante. É mínima a parcela de alunos que consideram pouco ou não importante. É mínima a parcela de alunos que consideram pouco ou não importante.

20 As aulas de inglês auxiliam em... Grande número de alunos de todas as séries manifestaram que a língua inglesa os auxilia no uso de jogos, músicas, filmes. Grande número de alunos de todas as séries manifestaram que a língua inglesa os auxilia no uso de jogos, músicas, filmes. Destaca- se a consciência da necessidade do conhecimento da língua na vida profissional e na aquisição de conhecimentos com outras culturas. Destaca- se a consciência da necessidade do conhecimento da língua na vida profissional e na aquisição de conhecimentos com outras culturas.

21 As aulas de inglês auxiliam em... Consideramos bastante significativo a importância do inglês na realização pessoal; bem como no desenvolvimento da leitura. Consideramos bastante significativo a importância do inglês na realização pessoal; bem como no desenvolvimento da leitura. Os alunos têm perfeita consciência do quanto o inglês lhes é útil e necessário na vida pessoal e profissional. Os alunos têm perfeita consciência do quanto o inglês lhes é útil e necessário na vida pessoal e profissional.

22 Contribuindo para o aprendizado de inglês Muitos alunos estudam, fazem tarefas e participam das aulas. Muitos alunos estudam, fazem tarefas e participam das aulas. A música e filmes contribuem para o aprendizado, segundo a maioria dos alunos. A música e filmes contribuem para o aprendizado, segundo a maioria dos alunos. Alguns acessam sites ou fazem uso de jogos em inglês. Alguns acessam sites ou fazem uso de jogos em inglês.

23 Como gostariam que fossem as aulas de inglês na escola Predomina a sugestão de maior número de aulas semanais. Predomina a sugestão de maior número de aulas semanais. Destaca-se esta solicitação nos 3º.s anos que têm apenas uma aula semanal. Destaca-se esta solicitação nos 3º.s anos que têm apenas uma aula semanal. Em todas as séries há a solicitação de aulas mais dinâmicas e interativas. Em todas as séries há a solicitação de aulas mais dinâmicas e interativas.

24 Um novo olhar Os resultados nos apontam objetivos que calcados nas necessidades dos alunos possibilitam maior conquista do interesse no processo de ensino-aprendizagem. Os resultados nos apontam objetivos que calcados nas necessidades dos alunos possibilitam maior conquista do interesse no processo de ensino-aprendizagem.

25 Um novo olhar Se faz necessário, tanto no Ensino Fundamental quanto Médio, o planejamento de aulas mais dinâmicas e envolventes que levem o aluno a interagir com seu meio e com seus pares. Se faz necessário, tanto no Ensino Fundamental quanto Médio, o planejamento de aulas mais dinâmicas e envolventes que levem o aluno a interagir com seu meio e com seus pares.

26 Um novo olhar Isto se torna mais difícil nos 3os. anos, uma vez que contam com apenas 1 aula de inglês, na grade curricular. Isto se torna mais difícil nos 3os. anos, uma vez que contam com apenas 1 aula de inglês, na grade curricular.

27 Segundo Paulo Freire... Métodos significativos diante da contextualização e das necessidades dos alunos. Métodos significativos diante da contextualização e das necessidades dos alunos. Leitura e linguagem; a comunicação crítica do ser humano e o interagir no mundo no qual está inserido. Leitura e linguagem; a comunicação crítica do ser humano e o interagir no mundo no qual está inserido. Diálogo crítico: professor X aluno. Diálogo crítico: professor X aluno.

28 Segundo Paulo Freire... Professor em transformação, reinventando seu próprio eu. Professor em transformação, reinventando seu próprio eu. Identidades múltiplas e estratificadas: a difícil tarefa do oprimido não ser opressor. Identidades múltiplas e estratificadas: a difícil tarefa do oprimido não ser opressor. Contexto ético e social em parceira com a informação e o conhecimento. Coerência entre os valores e a prática. Contexto ético e social em parceira com a informação e o conhecimento. Coerência entre os valores e a prática.

29 Segundo Paulo Freire... O processo de ensino e aprendizagem da língua inglesa não envolve apenas o ler e o escrever, mas sim o significativo integrado à leitura de mundo do indivíduo; O processo de ensino e aprendizagem da língua inglesa não envolve apenas o ler e o escrever, mas sim o significativo integrado à leitura de mundo do indivíduo; Não há linguagem sem a comunicação, sem a compreensão crítica do ser humano no mundo no qual está inserido, de forma que possibilite aos jovens agir sobre o mundo, que pode fazer uso da língua inglesa para expressar seus conhecimentos. Não há linguagem sem a comunicação, sem a compreensão crítica do ser humano no mundo no qual está inserido, de forma que possibilite aos jovens agir sobre o mundo, que pode fazer uso da língua inglesa para expressar seus conhecimentos.

30 Segundo Paulo Freire... Ao professor cabe a humildade de saber ouvir, dar espaço à voz do outro; à imersão na experiência histórica e concreta do aluno, ao resgatar o aluno da sua linguagem padrão para um universo maior, ao aprender a partir com o aluno e com outros no meio de convívio. Ao professor cabe a humildade de saber ouvir, dar espaço à voz do outro; à imersão na experiência histórica e concreta do aluno, ao resgatar o aluno da sua linguagem padrão para um universo maior, ao aprender a partir com o aluno e com outros no meio de convívio.

31 Segundo Paulo Freire... È de fundamental importância o respeito à autonomia do educador e à identidade cultural do aluno. È de fundamental importância o respeito à autonomia do educador e à identidade cultural do aluno. Aluno e professor: seres com opção de escolhas e decisões, com possibilidade da ruptura com seu próprio pensamento e modo de agir. Aluno e professor: seres com opção de escolhas e decisões, com possibilidade da ruptura com seu próprio pensamento e modo de agir. Compromisso com a ética, com o buscar a coerência de ações e posturas. A educação é formação com ética e valorização dos sentimentos, que devem acompanhar a preparação profissional, científica e tecnológica. Compromisso com a ética, com o buscar a coerência de ações e posturas. A educação é formação com ética e valorização dos sentimentos, que devem acompanhar a preparação profissional, científica e tecnológica.

32 Segundo Paulo Freire... Coerência entre os valores e a prática. Contexto ético e social atrelados à informação e conhecimento – o indivíduo atuando sobre o mundo, transformando-o. Coerência entre os valores e a prática. Contexto ético e social atrelados à informação e conhecimento – o indivíduo atuando sobre o mundo, transformando-o. Professor: desafiar a liberdade criativa do aluno, tarefa libertadora que possibilita ao aluno tornar-se dono da própria história, indivíduo autônomo, livre e em desenvolvimento permanente. Professor: desafiar a liberdade criativa do aluno, tarefa libertadora que possibilita ao aluno tornar-se dono da própria história, indivíduo autônomo, livre e em desenvolvimento permanente.

33 Segundo Perrenoud... A complexidade envolve o educador e o aluno; ambos em constante aprendizado e transformação diante de um mundo complexo e eletrizante, em suas transformações e inovações. A complexidade envolve o educador e o aluno; ambos em constante aprendizado e transformação diante de um mundo complexo e eletrizante, em suas transformações e inovações.

34 Segundo Perrenoud... Faz- se necessário o pensar e agir constante, em busca de novas metodologias e teorias que tornem sustentáveis as práticas educacionais, amparando o aluno em seu crescimento e transformação resultados do processo educacional. Faz- se necessário o pensar e agir constante, em busca de novas metodologias e teorias que tornem sustentáveis as práticas educacionais, amparando o aluno em seu crescimento e transformação resultados do processo educacional.

35 Segundo Celani... A busca de novos caminhos e soluções para o desempenho moderno e efetivo no ambiente educacional. A busca de novos caminhos e soluções para o desempenho moderno e efetivo no ambiente educacional. Processo reflexivo e atuante no processo educativo que possibilite o avanço autônomo do educador e do educando. Processo reflexivo e atuante no processo educativo que possibilite o avanço autônomo do educador e do educando.

36 Segundo Celani... Traçar novos mapas, buscando caminhos diferentes. O avanço cientifico e tecnológico permeando o tracejo destes novos mapas. Traçar novos mapas, buscando caminhos diferentes. O avanço cientifico e tecnológico permeando o tracejo destes novos mapas. Modernidade que exige adaptabilidade, flexibilidade e permeabilidade. Modernidade que exige adaptabilidade, flexibilidade e permeabilidade. Necessidade de se correr riscos, com esperança e confiança diante do medo decorrentes do risco. Necessidade de se correr riscos, com esperança e confiança diante do medo decorrentes do risco.

37 Segundo Celani... Conforme Martin, cada época histórica constrói suas metáforas para o seu bem estar psicológico. Antes da modernidade: estabilidade, fortaleza particular, parede firme e estável. Na modernidade: adaptabilidade, flexibilidade, permeabilidade. Hoje, habilidade para se adaptar e mudar é vital. Conforme Martin, cada época histórica constrói suas metáforas para o seu bem estar psicológico. Antes da modernidade: estabilidade, fortaleza particular, parede firme e estável. Na modernidade: adaptabilidade, flexibilidade, permeabilidade. Hoje, habilidade para se adaptar e mudar é vital.

38 Segundo Celani... Para conquistarmos verdadeiramente as regiões incultas é necessário não apenas sobreviver nelas, mas fazer com que façam sentido para os outros Para conquistarmos verdadeiramente as regiões incultas é necessário não apenas sobreviver nelas, mas fazer com que façam sentido para os outros

39 Olhar reflexivo dos integrantes do PUC D Ouvir; Ouvir; Avaliar; Avaliar; Compartilhar; Compartilhar; Refletir; Refletir; Rever posturas e práticas; Rever posturas e práticas; Renovar, reconstuir; Renovar, reconstuir; Multiplicar. Multiplicar.


Carregar ppt "COMO VOCÊ VÊ A LÍNGUA INGLESA?. ENSINO FUNDAMENTAL EJA."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google