A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

A Internet Material baseado nas transparências disponibilizadas para professores por Pearson Education Livro Introdução à Informática. H. L. Capron e J.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "A Internet Material baseado nas transparências disponibilizadas para professores por Pearson Education Livro Introdução à Informática. H. L. Capron e J."— Transcrição da apresentação:

1 A Internet Material baseado nas transparências disponibilizadas para professores por Pearson Education Livro Introdução à Informática. H. L. Capron e J. A. Johnson.

2 Crescimento da Internet Crescimento dos computadores host (conectados a uma rede): 72 milhões em milhões em 2002 Crescimento dos usuários, mundialmente: 567 milhões em milhões projetados para

3 Linha do Tempo Evolução computacional (dos Main Frames – década de 50 – aos computadores de menor porte – década de 60) Departamento de Defesa Americano - agência DARPA (Defense Advanced Reserch Projects Agency), em 1966, investiu em projetos de interligação de computadores em centros militares e de pesquisa, visando criar sistema de comunicação e controle para fins militares. 3

4 Linha do Tempo DARPA cria a ARPANET A ARPANET foi desenvolvida em Projetada para conectar computadores em quatro localizações. Projetada para ser resistente a disrupção. Capacidade de adicionada em A Arpanet subsistiu, com finalidade militar – conexão de pontos militares apenas, nos USA - até 1980). 4

5 Linha do Tempo Em 1980, iniciativas civis-universitárias transportaram a iniciativa militar para o meio acadêmico-universitário norteamericano, o que gerou a conexão de computadores das Universidades da Califórnia/LA, Sta. Bárbara, Utah, Stanford. Em 1977, investiu-se na criação de um protocolo lógico-comum, que permitisse às redes corporativas se comunicarem umas com as outras, isto é, permitisse que informações fossem trocadas à partir de um parâmetro unificado de tráfego e direcionamento. 5

6 Linha do Tempo Em 1986, em formato equiparável ao do ARPANET/militar, surgia, para o meio acadêmico americano, a NSFNet (Network Science Foundation) Seguiram-se, nos USA, outras redes universitárias, como a CSNET (Computer Science Net), HEPNet (High Energy Physics Net), SPAN (Nasa Space Physics Network). A NSFNet progressivamente incorporou – e interconectou – as demais redes universitárias americanas. 6

7 Linha do Tempo A National Science Foundation conectou sua grande rede, à ARPANET. Esta progressiva conexão de redes ganhou outras regiões do mundo – Europa, Ásia, América do Sul, e, em 1988, uma ampla e jamais havida rede pública – uma WAN universal – acabara de ser criada. A rede resultante tornou-se conhecida como Internet. 7

8 Linha do Tempo Curiosidade: 8

9 Navegador (browser) Aplicativo que recebe ou envia dados para um outro computador. Esse outro computador conhecido como servidor, é acessado através de um endereço, envia os dados (texto, imagens, animações, sons, etc…) ou as recebe quando preenchemos algo na página exibida no navegador. 9

10 Navegador (browser) Software de interface usado para explorar a Internet: Os primeiros navegadores eram somente em texto. O Mosaic foi o primeiro navegador gráfico. Evolução. 10

11 Tecnologia Uma mensagem enviada por meio da Internet é dividida em pacotes de tamanho uniforme: Cada pacote é rotulado com seu endereço de destino. Pacotes são encaminhados ao seu destino. Para que diferentes redes e computadores possam comunicar entre si é necessário que o software que utilizam respeite regras comuns designadas por protocolos. 11

12 Protocolo A Internet utiliza o protocolo TCP/IP Transmission Control Protocol/Internet Protocol (TCP/IP): O TCP cria e remonta pacotes. O IP cuida do endereçamento: Ele assegura que os pacotes sejam encaminhados ao seu destino final. 12

13 WWW WWW (World Wide Web) ou Web Parte da Internet associada a interfaces gráficos, hipertexto e multimédia (imagens, som, texto, vídeo) Os recursos são disponibilizados por servidores que permitem conjugar texto, imagem e sons em documentos únicos. O conjunto de páginas são ligadas entre si: links. 13

14 POP3 (Post Office Protocol ) (permite o recebimento de mensagens de correio eletrônico) SMTP (Simple Mail Transfer Protocol) (permite o envio de mensagens de correio eletrônico) Telnet (Emulação de Terminal) (permite a ligação a um computador distante) FTP (File Transfer Protocol) (permite a transferência de arquivos) HTTP (Hyper Text Transfer Protocol) (permite a navegação através dos hiperlinks) Protocolos das aplicações 14

15 Exemplo: Difícil de memorizar Identificação Um endereço IP é constituído por quatro campos, separados por pontos Um endereço IP é constituído por quatro campos, separados por pontos: o DNS (Domain Name System), permite a identificação de computadores através de nomes, relacionando-os com os respectivos endereços IP. o DNS (Domain Name System), permite a identificação de computadores através de nomes, relacionando-os com os respectivos endereços IP. 15

16 Uniform Resource Locator (URL) O endereço completo, exclusivo, de uma página Web. O URL de uma página Web inicia-se com http: HyperText Transfer Protocol – possibilita comunicação usando links para transferir dados entre sites. Nome de domínio – endereço do computador host do site: A última parte do nome de domínio chama-se domínio de nível máximo Identifica o país e o propósito da organização. 16

17 Domínio É o nome utilizado para identificar sites na Internet. O domínio foi criado com o objetivo de facilitar a vida do utilizador da Internet quanto à memorização dos endereços como Sem ele teríamos de memorizar sequências de números de IPs, coisa que não seria muito fácil. 17

18 Domínio ICANN (The Internet Corporation for Assigned Names and Numbers - Designação de Nomes e Números da Internet) foi criado em outubro de 1998, e é quem coordena o funcionamento de domínios na internet, centralizando e organizando do serviço DNS. Empresa sem fins lucrativos e de âmbito internacional, vem implementando um modelo de governança corporativa que envolve os setores privados e públicos, como os responsáveis pela manutenção da Internet. O ICANN também credencia todas as empresas que prestam o serviço de registro no mundo. 18

19 DomíniosPaísesDomíniosEntidades brBrasilcomComerciais esEspanhaeduEducacionais frFrançagovGovernamentais itItáliamilMilitares ptPortugalnetDa Internet ukInglaterraorgOrganizações sem fins lucrativos usEstados Unidos Domínio 19 Por razões históricas a maioria dos endereços dos EUA não aparecem com indicativo do país.

20 www Identifica o tipo de serviço prestado pelo servidor ligado à Internet comgoogle Nome do servidor Identifica o domínio do servidor 20

21 Plug-ins Software que aumenta a funcionalidade do navegador. A maioria é descarregada de de seus próprios sites da Web. Assim que eles são baixados e instalados, o navegador pode manipular os novos recursos. A maioria melhora a capacidade de apresentação de áudio e vídeo do site. O Shockwave permite visualizar sites que incluem animação de qualidade. O Adobe Acrobat Reader exibe e imprime documentos criados no formato Portable Document Format (PDF). 21

22 Programas de Páginas Web Pequenos programas podem ser baixados para rodar em seu navegador: Permitem que páginas Web executem muitas tarefas. Permitem interação dinâmica. Eles vêm em diversas formas: Linguagens de scripting: Produzem instruções para ser interpretadas e executadas por seu navegador. JavaScript e VBScript, por exemplo. Programas incorporados a páginas Web: Como Applets Java e controles ActiveX. 22

23 Acesso Sem Fio à Internet Use dispositivos manuais, como telefones celulares, pagers, PDAs ou computadores de bolso para acessar a Internet. Precisa de protocolo próprio. Wireless Application Protocol (WAP) – converte páginas Web para um formato mais compatível com as capacidades dos dispositivos manuais. 23

24 Acesso Sem Fio à Internet Para visualizar informações e serviços através da rede wireless, o dispositivo WAP necessita ter instalado um browser WAP. Usa linguagem WML (Wireless Markup Language ou Linguagem de Marcação Wireless). A WML é semelhante à HTML, mas foi criada para atender às necessidades dos dispositivos e redes wireless. Em princípio, qualquer conteúdo no formato HTML pode ser visualizado no dispositivo WAP, com limitações. 24

25 WAP O dispositivo WAP envia uma solicitação através da rede wireless para um Gateway WAP. O gateway converte a requisição para um protocolo da Web e a envia para o servidor Web. O servidor Web envia a resposta para o gateway onde a mesma é convertida e codificada, sendo enviada através da rede wireless até o dispositivo que originou a solicitação, onde é exibida. 25

26 Pesquisando na Internet Mecanismo de busca – permite ao usuário especificar termos de busca. O mecanismo de busca constrói um banco de dados de sites que coincidem com esses termos. Selecionam partes da Internet, com base em termos importantes. Mantêm um índice dos termos que encontram e onde foram encontrados. Permitem que os usuários procurem termos ou combinações desses termos localizados nesse índice. 26

27 Pesquisando na Internet O mecanismo de busca usa técnicas de inteligência artificial para realizar as buscas. Os mecanismo de busca empregam software inteligentes (motor de busca ou aranha) para construir listas com palavras encontradas nos sites da Web. O processo de construção é constante e precisa visitar várias páginas buscando palavras e armazenando onde foram encontradas. As buscas dão preferência a sites populares, indexando as palavras em suas páginas e seguindo os link encontrado no site. Nesse formato as buscas se alastram pelas páginas mais visitadas. 27

28 Pesquisando na Internet Mecanismos de buscas mais inteligentes ordenam as palavras armazenadas por ocorrência, por exemplo, palavras que ocorrem no título, subtítulos e outras posições de relativa importância são classificadas primeiro. 28

29 Serviços Newsgroups FTP Telnet 29

30 Newsgroups Fóruns de discussão: os textos postados nos newsgroups são retransmitidos através de uma extensa rede de servidores interligados. Usenet - Unix User Network: Permite postar e ler mensagens. Tipicamente, concentra-se em tópicos específicos. Requer um newsreader. Alguns têm moderador: As mensagens são enviadas a um moderador, que determina se a mensagem é apropriada. Impede que usuários agridam outros membros e, ainda, que material impróprio seja postado. 30

31 Protocolo de Transferência de Arquivos – File Transfer Protocol (FTP) Um protocolo para transferir arquivos entre computadores. Servidores FTP mantêm coleções de arquivos que podem ser baixados. Com freqüência, é possível fazer downloads anonimamente, sem digitar dados de login. Muitos servidores FTP podem ser acessados por meio do navegador Web. 31

32 Telnet Um protocolo que possibilita a usuários remotos acessarem um computador host: Os usuários usam seus próprios PCs. Os usuários efetuam login através da Internet. A experiência do usuário é a mesma que ele teria se estivesse sentado diante do terminal local do computador host. O usuário remoto tipicamente precisa ter uma ID e uma senha. 32

33 O recurso mais comumente usado da Internet. A rede fornece o servidor de correio. Software cliente de em seu computador. 33

34 VoIP VoIP = Voice over IP = Voz Sobre IP Tecnologias que permitem uso das redes IP (Internet) para comunicações de voz. Substitui ou complementa sistemas de telefonia convencionais. VoIP – Tecnologia para transformar voz em transmissão de pacotes IP em redes. Telefonia IP – usa VoIP e fornece diversos serviços agregados 34

35 VoIP Necessita de gateway com a rede; Peer-to-peer até o gateway; Serviços pagos: SkypeOut, Net2Phone e outros; O gateway faz sinalização e controle das chamadas. Computador a telefone convencional Peer-to-peer; Serviços gratuitos: Skype, MSN, Yahoo Messenger, X-Lite e outros Os PCs fazem a sinalização e controle das chamadas. Computador a computador CaracterísticasComunicação 35

36 Vantagens Menor custo das chamadas. Simplificação e consolidação da infra-estrutura de rede: aproveitamento de recursos existentes da rede IP já instalada. Mobilidade – Chamadas são roteadas automaticamente para seu telefone VoIP, quando conectado à Internet. Variedade de rotas das redes IP. Possibilidade de rápido retorno do investimento. 36

37 Arquitetura VoIP 37

38 Definições: Qualquer forma de transação de negócio na qual as partes interagem eletronicamente, ao invés de compras físicas ou contato físico direto. (Colm Ryan) É a produção, promoção, venda, e distribuição de produtos por meio de redes de telecomunicação. (OMC) Comércio Eletrônico 38

39 Portais na Internet Site na internet que aglomera conteúdo e o distribui para subsites dentro, e também fora do portal. Oferece personalização aos usuários: O site é customizado baseando-se nas informações que você apresenta. Estimula-o a visitar o site freqüentemente. Oferece recomendações de outros negócios: O site contém links para sites afiliados. Se você der um clique em um site afiliado e fizer por exemplo uma compra, o portal receberá uma porcentagem da venda. 39

40 Publicidade na Web Publicidade é uma tentativa de disseminar informação para afetar uma transação de compra/venda. Porque Publicidade na Internet? Usuários de Internet tem maior grau de instrução, maiores salários. Anúncios podem ser atualizados rapidamente a custo baixo. São muito precisos em relação a tempo. Publicidade Direcionada. 40

41 Web 2.0 O conceito fundamental da Web 2.0 é desenvolver aplicativos que aproveitem a capacidade da Internet para se tornarem melhores conforme são utilizados pelas pessoas, usando para isso a inteligência coletiva. Exemplos de aplicativos: blogs (como o Novo na Rede, o GF Soluções), wikis (como a Wikipédia) redes sociais (como o Orkut, facebook, twitter e mais recentemente o Google Buzz). 41

42 Web 2.0 A web 2.0 alcançou sucesso por constatar que na internet o usuário tem uma experiência totalmente diferente da obtida com a televisão ou qualquer outro meio de comunicação. Enquanto a televisão transmite o seu conteúdo para o usuário, com pouca ou nenhuma interação, a internet possibilita ao usuário criar seu próprio conteúdo, participando dele ativamente por intermédio de blogs, wikis e redes sociais, acrescentando, modificando, transformando essa notícia e gerenciando o que deseja ou não receber, ler e comentar diariamente. 42

43 Web 2.0 A web 2.0 tem sua base na participação, na colaboração online e na certeza de que as pessoas querem criar conteúdo em vez de apenas consumir, uma visão totalmente diferente do início da web quando só podíamos nos sentar a frente do computador e ler as matérias que nos eram apresentadas. 43

44 Web 2.0 Alguns exemplos de aplicativos web 2.0: Wikipedia – Meebo – Brasil wiki – Wikimapia – Flickr – Orkut – last.fm – Twitter – diHITT – Youtube – Google Docs – 44

45 WEB 3.0 ? Web auto-organizável e customizável Aprendizado de acordo com o usuário Mecanismos de busca sensíveis ao contexto Maior portabilidade Novas interfaces Nova versão HTML CSS 45


Carregar ppt "A Internet Material baseado nas transparências disponibilizadas para professores por Pearson Education Livro Introdução à Informática. H. L. Capron e J."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google