A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

1 UNIDADE 4 A MEDIUNIDADE E O MÉDIUM AULA 19a De graça recebestes, de graça dai.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "1 UNIDADE 4 A MEDIUNIDADE E O MÉDIUM AULA 19a De graça recebestes, de graça dai."— Transcrição da apresentação:

1 1 UNIDADE 4 A MEDIUNIDADE E O MÉDIUM AULA 19a De graça recebestes, de graça dai

2 2

3 3 De graça recebestes, de graça dai. Jesus (Mateus 10)

4 4 O mestre não somente recomendou o exercício gratuito da mediunidade, ele o exemplificou. Therezinha de Oliveira

5 5 Por que o exercício mediúnico não pode ser cobrado?

6 6 O trabalho com a mediunidade é diferente...

7 7 Enseja um trabalho que é espiritual e só se realiza com o concurso dos Espíritos desencarnados. Therezinha Oliveira

8 8 Tem a finalidade (...) de promover o esclarecimento, a ajuda mútua e a fraternidade entre encarnados e desencarnados. Therezinha Oliveira

9 9 E se a mediunidade fosse comercializada?

10 10 Os pobres poderão ter dificultado ou impedido o acesso ao esclarecimento, conforto e ajuda espiritual. Therezinha Oliveira

11 11 O médium estará recebendo a paga pelo trabalho dos Espíritos, o que é imoral. Therezinha Oliveira

12 12 Teremos de assegurar resultados, mas não poderemos fazer. Therezinha Oliveira

13 13 Atrairá para junto do médium Espíritos inferiores. Therezinha Oliveira

14 14 Lançaremos descrédito sobre a mediunidade. Therezinha Oliveira

15 15 O pagamento não é somente o dinheiro, mas também o prestígio, vantagens, presentes etc.

16 16 Quem não tiver com que viver, procure recurso fora da mediunidade. O Evangelho Segundo o Espiritismo, cap. 26

17 17 A mediunidade é coisa santa, que deve ser praticada santamente, religiosamente. O Evangelho Segundo o Espiritismo, cap. 26

18 18 A remuneração espiritual

19 19 Todo bem que fazemos sempre tem uma recompensa espiritual

20 20 A lei de causa e efeito sempre nos dá conforme a obra

21 21 Pagaremos dívidas espirituais anteriores

22 22 Adquirimos méritos para novas realizações

23 23 Acelera o nosso progresso espiritual pelo aprendizado adquirido e pela prática no bem e amor ao próximo

24 24 Convívio e proteção dos bons Espíritos com os quais trabalhamos em virtude da mediunidade

25 25 UNIDADE 4 A MEDIUNIDADE E O MÉDIUM AULA 19b Mediunidade é missão?

26 26 Missionário é o Espírito que, sem nada dever à humanidade, nem ter mais nada a aprender neste mundo, aceita nascer na Terra com um encargo, uma tarefa espiritual, para ajudar o progresso dos que aqui vivem. Therezinha Oliveira

27 27 Lembremos que a Terra ainda é um planeta de Provas e expiações

28 28 Qualquer pessoa que recebe um encargo, uma tarefa para realizar, pode dizer que está incumbido de uma missão. Therezinha Oliveira

29 29 Todo médium, (...), tem sua missão, isto é, um trabalho a fazer, um papel a desempenhar. Therezinha Oliveira

30 30 Infelizmente algumas pessoas com mediunidade não entendem o seu papel e, assim, não a exercem devidamente

31 31 O organismo do médium foi preparado durante a sua formação embrionária para o exercício mediúnico planejado

32 32 O médium não se livra da presença e atuação dos Espíritos se não exercer a mediunidade

33 33 A mediunidade é abençoada oportunidade de serviço, por meio do qual o médium resgata dívidas do passado, aprende sobre a vida espiritual e pode progredir mais depressa moralmente. Therezinha Oliveira

34 34 O médium necessita renunciar aos excessos, à indisciplina, à rebeldia e aos vícios

35 35 É importante o médium aceitar a sua mediunidade e colocá-la a serviço na Seara de Jesus

36 36

37 37 3ª FASE CONTATO

38 38 Objetivo

39 39 Fase em que o guia mediúnico atua mais diretamente sobre o médium, estabelecendo-se entre eles uma interpenetração áurica. Therezinha Oliveira

40 40 O exercício dessa fase representa uma experiência agradável. Therezinha Oliveira

41 41 Como ocorre

42 42 O guia mediúnico promove uma ligação áurica com o médium, quando solicitado pelo expositor

43 43 O guia mediúnico age indiretamente sobre os centros de força (períspirito)

44 44 O médium sentirá uma momentânea impressão de que vai entrar em transe. Therezinha Oliveira

45 45 O guia mediúnico age diretamente sobre os plexos (corpo físico)

46 46 Causando sensações físicas, como repuxamentos, tremores, quenturas, pressões. Therezinha Oliveira

47 47 Quando tiver dúvidas, o médium pode pedir uma confirmação mental. Therezinha Oliveira

48 48 O que posso sentir?

49 49 As sensações embora físicas, são mais intensas e nítidas do que nas fases anteriores

50 50 Há relatos de participantes dizendo que os sintomas fora do centro espírita aumentaram, mas isto é natural, é fruto do trabalho realizado

51 51 Impressões visuais desfocadas, contornos Movimentos involuntários dos olhos Audição se dilatando ou estampido nos ouvidos

52 52 Formigamento ou choque nos braços, correndo dos ombros até as mãos

53 53 Mãos inchando Vazio no estômago Garganta engasgada Toques Distanciamento do corpo

54 54 Corpo inchar por causa da expansão perispiritual (ballonnement)

55 55 PREPARANDO-SE PARA O EXERCÍCIO

56 56 BIBLIOGRAFIA Kardec, Allan: O Evangelho Segundo o Espiritismo, cap. 26. Oliveira, Therezinha: Mediunidade. 13.ed.Campinas, SP: Allan Kardec, Nilson, Teddy e Oliveira, Therezinha: Orientação Mediúnica. Campinas, SP: Centro Espírita Allan Kardec - Dep. Editorial, CRÉDITOS Pesquisa e Elaboração: Aníbal Jorge Oliveira Albuquerque Direção de Arte: Weyne Vasconcelos Revisão: José Roberto Alves de Albuquerque Colaboradores: Antônio Alfredo de Sousa Monteiro, Antônio Lisboa Teles da Rosa, Regina Célia Mesquita Gondim, Sônia Ponte


Carregar ppt "1 UNIDADE 4 A MEDIUNIDADE E O MÉDIUM AULA 19a De graça recebestes, de graça dai."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google