A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Disciplina: Sistema Operacional Professor: Luciano Ricardi Scorsin.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Disciplina: Sistema Operacional Professor: Luciano Ricardi Scorsin."— Transcrição da apresentação:

1 Disciplina: Sistema Operacional Professor: Luciano Ricardi Scorsin

2 Sumário 1 – Sistemas de Arquivos

3 Sistemas de Arquivos

4 Sistema Operacional Armas: Escalonamento SysCalls (Chamadas de Sistema) Gerenciamento de Memória Entrada e Saída Diagrama Hardware Processos Gerenciamento de Recursos Maquina Estendida Threads IPC

5 Sistema Operacional Diagrama Escalonamento Gerenciamento de Memória IPC Processos e Threads Entrada e Saída Sistemas de Arquivos

6 Dados dos Processos Nome:Maria Idade:30 Sexo:F Sistema de Cadastro Equipamento LIGADO

7 Sistemas de Arquivos Dados dos Processos Nome:Maria Idade:30 Sexo:F Sistema de Cadastro Equipamento DESLIGADO

8 Sistemas de Arquivos Dados dos Processos Nome:Maria Idade:30 Sexo:F Sistema de Cadastro Equipamento DESLIGADO Informação não é Persistente!!!

9 Sistemas de Arquivos Dados dos Processos Sistema de Cadastro Armazena poucos GB de Dados

10 Sistemas de Arquivos Dados dos Processos Sistema de Cadastro Armazena poucos GB de Dados Armazena Pouca quantidade de Informação.

11 Revisão Geral Sistema de Cadastro Acesso Exclusivo à memória Sistema de Cadastro Nome:Maria Idade:30 Sexo:F

12 Sistemas de Arquivos Sistema de Cadastro Acesso Exclusivo à memória Sistema de Cadastro Nome:Maria Idade:30 Sexo:F Acesso exclusivo à informação cadastrada.

13 Logo, 3 requisitos essenciais para o armazenamento de informação por longo prazo. 1 – Deve ser possível armazenar uma grande quantidade de informação 2 – A informação deve sobreviver ao término do processo que a usa 3 – Multiplos processos tem de ser capazes de acessar a informação concorrentemente. Sistemas de Arquivos

14 A solução usual para todos estes problemas é armazenar a informação em discos e em outros meios externos em unidades chamadas: Arquivos. Sistemas de Arquivos

15 Os Arquivos são gerenciados pelo SO. O modo como são estruturados, nomeados, acessados, usados, protegidos e implementados é tratado pelo Sistema de Arquivos do S.O. Sistemas de Arquivos

16 Vamos Analisar Algumas Características dos Arquivos Sistemas de Arquivos

17 Nomeação dos Arquivos -Quantidade de Caracteres -Diferenciação entre maiúsculas e minúsculas -Extensões Sistemas de Arquivos

18 Estrutura dos Arquivos - Sequencia de Bytes - Sequencia de Registros - Árvore Sistemas de Arquivos

19 Estrutura dos Arquivos Sistemas de Arquivos

20 Tipos de Arquivos - Arquivos Regulares (ASCII ou Binário) - Arquivos de caractere - Arquivos de bloco Sistemas de Arquivos

21 Acesso aos Arquivos - Acesso Sequencial - Acesso Aleatório Sistemas de Arquivos

22 Atributos de Arquivos - As propriedades do arquivo que podem auxiliar na identificação de datas de alteração, segurança, tamanho dos arquivos e etc. Ex: Data de modificação, flags de proteção, tamanho máximo, tamanho atual e etc. Sistemas de Arquivos

23 Vamos analisar as principais operações com arquivos Sistemas de Arquivos

24 -Create – Cria um arquivo -Delete – Remove um arquivo -Open – Abre um arquivo -Close – Fecha um arquivo -Read – Lê bytes/registros de um arquivo -Write – Escreve bytes/registros em um arquivo -Append – Escreve bytes ao final de um arquivo -Seek – Ponteiro para posições em um arquivo -Get Attributes – Obtem os atributos de um arquivo -Set Attributes – Altera atributos de um arquivo -Rename – Renomeia um arquivo Sistemas de Arquivos

25 Diretórios Sistemas de Arquivos

26 Diretórios Para controlar os arquivos, os sistemas de arquivos têm, em geral, diretórios ou pastas, que em muitos sistemas são também arquivos. Wikipedia: Diretório é um arquivo que contém referências a outros arquivos. Sistemas de Arquivos

27 Estruturação dos Diretórios -Diretório em um nível único -Diretório em dois níveis -Diretórios Hierárquicos Sistemas de Arquivos

28 Nível Único Dois Níveis Hierárquico

29 Nomes de Caminhos Absoluto ou Relativo (Se comecar com o caracter de separação dos componentes de caminho (geralmente / ou \), o caminho é absoluto.) -Windows: \usr\local\arquivo.txt -Unix: /usr/local/arquivo.txt -Multics: >usr>local>arquivo.txt Windows: local\arquivo.txt Unix: usr/local/arquivo.txt Multics: local>arquivo.txt Sistemas de Arquivos Absolutos Relativos

30 Vamos analisar as principais operações com diretórios Sistemas de Arquivos

31 -Create – Cria um diretório -Delete – Remove um diretório vazio -Opendir – Lê diretórios. -Closedir – Fecha um diretório -Readir – Lê as entradas de diretório em um diretório aberto -Rename – Renomeia um diretório -Link – Atalho para arquivos -Unlink – Remove um arquivo/entrada do diretório Sistemas de Arquivos

32 Até agora foi fácil, visão do usuário. A partir de agora vamos ter uma visão da implementação do Sistema de Arquivos. Sistemas de Arquivos

33 Esquema do Sistema de Arquivos Normalmente o disco é dividido em MBR e partições. A MBR contem o codigo de inicialização para o SO e também a tabela de partições. A partição por sua vez possui informações de bloco, superbloco, free-space, inodes, Diretório Raiz e os arquivos e diretórios. Sistemas de Arquivos

34 Esquema do Sistema de Arquivos Sistemas de Arquivos MBR Bloco de Boot SuperblocoFree-Spacei-nodesDiretorio- Raiz Arquivos e Diretorios Disco Inteiro Partições Tabela de Partição

35 Implementação dos Arquivos Sistemas de Arquivos

36 Alocação Contígua Sistemas de Arquivos Arquivo A Arquivo B Arquivo C Arquivo EArquivo G Arquivo D Arquivo F

37 Alocação Contígua Sistemas de Arquivos Arquivo A Arquivo B Arquivo C Arquivo EArquivo G Arquivo D Arquivo F

38 Alocação por Lista Encadeada Na Memória Sistemas de Arquivos 0 Bloco 0 do arquivo Bloco 1 do arquivo Bloco 2 do arquivo Bloco 3 do arquivo Bloco 4 do arquivo Bloco Físico Bloco 0 do arquivo Bloco 1 do arquivo Bloco 2 do arquivo Bloco 3 do arquivo Bloco Físico Arquivo A Arquivo B

39 Alocação por Lista Encadeada Na Memória Sistemas de Arquivos Bloco Fisico Arquivo A começa aqui Arquivo B começa aqui Bloco sem uso FAT File Allocation Table

40 i-nodes Sistemas de Arquivos inode Atributos do Arquivo Endereço do bloco 0 do arquivo Endereço do bloco 1 do arquivo Endereço do bloco 2 do arquivo Endereço do bloco 3 do arquivo Endereço do bloco 4 do arquivo Endereço do bloco 5 do arquivo Endereço do bloco 6 do arquivo Endereço do bloco 7 do arquivo Endereço do bloco de ponteiros

41 Gerenciamento do Espaço em Disco Tamanho do Bloco (Blocagem) Mapeamento dos Blocos livres (mapa de bits ou lista encadeada) Quotas de Disco Sistemas de Arquivos

42 Confiabilidade do Sistema de Arquivos Cópias de Segurança (Backup) Completos (Full) Incrementais (Diferencial) Versoes Ferramentas: Rsync, BCV e SRDF (EMC), StorageNetworking Sistemas de Arquivos

43 Confiabilidade do Sistema de Arquivos Consistência do Sistema de Arquivos Scandisk Fsck Sistemas de Arquivos

44 Desempenho do Sistema de Arquivos Cache de Blocos Leitura Antecipada de Blocos Redução do movimento do braço do disco Sistemas de Arquivos

45 Exemplos de Sistemas de Arquivos Sistemas de Arquivos

46 ISO CDROMs FAT16 e FAT32 – Windows 95, 98, XP, MSDOS NTFS – Windows NT, XP, 2000 e superiores EXT3, EXT4 – Linux ReiserFS – Linux NFS – Network File System Sistemas de Arquivos

47 Duvidas? Proxima Aula: SMP Segurança


Carregar ppt "Disciplina: Sistema Operacional Professor: Luciano Ricardi Scorsin."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google