A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Padrão de Segurança de Rede Sem Fio. Segurança de Sistemas Alan Cássio de Souza RGM:51753 Professor: Luciano Gonçalves de Carvalho.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Padrão de Segurança de Rede Sem Fio. Segurança de Sistemas Alan Cássio de Souza RGM:51753 Professor: Luciano Gonçalves de Carvalho."— Transcrição da apresentação:

1 Padrão de Segurança de Rede Sem Fio

2 Segurança de Sistemas Alan Cássio de Souza RGM:51753 Professor: Luciano Gonçalves de Carvalho

3 Em 2003 a WiFi Alliance aprovou e disponibilizou outra solução para a segurança das redes sem fio, o Wired Protected Access, tabem conhecido como WPA. Como começou ?

4 Assim como o WEP, o WPA utiliza também a autenticação e cifragem dos dados da rede, mas de um modo muito mais seguro. Ele utiliza um protocolo chamado Temporal Key Integrity Protocol (TKIP), também conhecido como WEP2. Que combina uma senha de 128 bits com o MAC Address (código hexadecimal existente em cada dispositivo de rede) de cada equipamento. Como cada equipamento tem um MAC Address diferente do outro, tem-se uma seqüência específica para cada equipamento. A senha é trocada periodicamente (ao contrário do WEP, que é fixo), e a sua seqüência definida na configuração da rede (o passphrase, que pode ser entendido como uma espécie de senha) é usada basicamente para o estabelecimento da conexão. Com isso, é recomendável usar WPA, ao invés de WEP. Como funciona o WPA?

5 A intenção da Wi-Fi Alliance foi criar um esquema de segurança ainda mais seguro. Foi quando surge o i, que ao invés de ser um padrão de rede, é um conjunto de especificações de segurança, também conhecido como WPA2. Ele utiliza um protocolo chamado de Advanced Encryption Standard (AES), que é bastante seguro e eficiente, mas sua desvantagem é exigir bastante processamento. O seu uso é recomendável para quem deseja uma segurança muito forte, mas pode acabar prejudicando os equipamento da rede que não são tam modernos. É possível que equipamentos mais antigos não sejam compatíveis com o WPA2, por isso deve-se testar antes de implementado definitiva. WPA2

6 O WPA2 utiliza diversos padrões, protocolos e cifradores que foram definidos dentro ou fora do desenho i, ou seja, alguns desses foram definidos dentro de seus próprios documentos e outros foram oficialmente criados dentro do documento i (EARLE, 2006). RADIUS, 802.1x, EAP. TKIP, AES (Advanced Encryption System) e RSN (Sobust Security Network) são alguns exemplos de protocolos e padrões utilizados no WPA2. Oferece ambos os modos de operação Enterprise (Infra-estrutura) e Personal (Preshared Key). O WPA2 também suporta a mistura de dispositivos clientes, que utiliza WPA, WPA ou WEP e operam no mesmo ambiente. O WPA2 utiliza o AES (Advanced Encryptation Standart) junto com o TKIP com chave de 256 bits, um método mais poderoso que o WPA que utilizava o TKIP com o RC4. O AES permite ser utilizada chave de 128, 192 e 256 bits, o padrão no WPA2 é 256 bits, sendo assim, uma ferramenta muito poderosa de criptografia. Utilizando o AES surgiu a necessidade de novo hardware para processamento criptográfico, devido a isso, os dispositivos WPA2 tem um co-processamento para realizar os cálculos criptográficos (EARLE, 2006). Outros Protocolos

7 MORAZ, Eduardo., Treinamento profissional anti-hacker.-São Paulo: Digerati Books RUFINO, Nelson M.de O., Segurança em Redes Sem Fio. 2.ed.São Paulo: Novatec Bibliografia


Carregar ppt "Padrão de Segurança de Rede Sem Fio. Segurança de Sistemas Alan Cássio de Souza RGM:51753 Professor: Luciano Gonçalves de Carvalho."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google