A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Devaneio De: Lúcia Amaral Disseste quero amar e amaste Tanto e com tal ternura Que gostaria de ver o que deixaste Nesta tarde de amor e de loucura.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Devaneio De: Lúcia Amaral Disseste quero amar e amaste Tanto e com tal ternura Que gostaria de ver o que deixaste Nesta tarde de amor e de loucura."— Transcrição da apresentação:

1

2

3 Devaneio De: Lúcia Amaral

4 Disseste quero amar e amaste Tanto e com tal ternura Que gostaria de ver o que deixaste Nesta tarde de amor e de loucura.

5 Deixaste crescer um sonho e tua imagem linda. Como queria cair nos teus braços, Te sufocar com meus amassos.

6 Uma loucura consciente, Que fica só na mente, nada mais... Pois, falta a coragem E algo inexplicável...

7 São ganas de carências, Mente carregada de paixão. Tudo é passageiro, nada, leva a nada, Simplesmente, Um prazer de momento.

8 Tão longe dos meus braços Fico a procura de novos abraços. No além, quem sabe no mar Tem alguém a me esperar, Ou no céu, a voar!

9 Como alma somente, Pela vontade de amar. Como a neve, brisa suave e serena, Um pouco amena, vamos sonhar.

10 E quando mais nada restar, Lembraremos dos momentos, Que juntos estamos a passar, Lembraremos, que ainda cheios de amor, Só temos o que recordar.

11 Devaneio Autora: Lúcia Amaral Imagem da internet Criação: Tércio A. Pontes Contato: Esta mensagem é reprodução fiel do texto recebido. ReiniciarFinalizar


Carregar ppt "Devaneio De: Lúcia Amaral Disseste quero amar e amaste Tanto e com tal ternura Que gostaria de ver o que deixaste Nesta tarde de amor e de loucura."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google