A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Nossa Senhora Aparecida ESCUTAI, MINHA FILHA, OLHAI, OUVI ISTO: QUE O REI SE ENCANTE COM VOSSA BELEZA!

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Nossa Senhora Aparecida ESCUTAI, MINHA FILHA, OLHAI, OUVI ISTO: QUE O REI SE ENCANTE COM VOSSA BELEZA!"— Transcrição da apresentação:

1

2 Nossa Senhora Aparecida

3

4 ESCUTAI, MINHA FILHA, OLHAI, OUVI ISTO: QUE O REI SE ENCANTE COM VOSSA BELEZA!

5 Em todos os tempos, a Igreja proclamou de mil modos a mediação e a

6 intercessão de Maria: constituiu-a padroeira de muitíssimas

7 obras, dedicou- lhe igrejas e santuários em todos os recantos do

8 mundo, produziu obras de alto valor no campo do

9 pensamento e da fé, destacou- a na liturgia ao lado do Filho.

10 O povo cristão não apenas aceitou este culto, mas

11 provocou-o, numa demonstração incontida de fé

12 e de afeto por aquela que nos deu o Cristo.

13

14 Canto de Abertura

15

16 Saudação

17 Em nome do Pai e do Filho e do Espírito Santo. Amém.

18 A graça e a paz de Deus, nosso Pai,

19 e de Jesus Cristo, nosso Senhor,

20 estejam convosco.

21 Bendito seja Deus que nos reuniu no amor de Cristo.

22

23 Ato Penitencial

24 Em Jesus Cristo, o Justo,

25 que intercede por nós e nos reconcilia com o Pai,

26 abramos o nosso espírito ao arrependimento

27 para sermos menos indignos

28 de aproximar- nos da mesa do Senhor. (Silêncio)

29 Confessemos os nossos pecados:

30 Confesso a Deus todo- poderoso

31 e a vós, irmãos e irmãs,

32 que pequei muitas vezes

33 por pensamentos e palavras,

34 atos e omissões,

35 por minha culpa, minha tão grande culpa.

36 E peço à Virgem Maria,

37 aos anjos e santos

38 e a vós, irmãos e irmãs,

39 que rogueis por mim a Deus, nosso Senhor.

40 Deus todo- poderoso tenha compaixão de nós,

41 perdoe os nossos pecados

42 e nos conduza à vida eterna. Amém.

43 Senhor, tende piedade de nós.

44

45 Cristo, tende piedade de nós.

46

47 Senhor, tende piedade de nós.

48

49

50 Hino de Louvor

51 Glória a Deus nas alturas e paz na terra aos homens por ele amados.

52 Senhor Deus, Rei dos céus, Deus Pai todo- poderoso.

53 Nós vos louvamos, nós vos bendizemos,

54 Nós vos adoramos, nós vos glorificamos,

55 Nós vos damos graças por vossa imensa glória.

56 Senhor Jesus Cristo, Filho unigênito,

57 Senhor Deus, Cordeiro de Deus, Filho de Deus Pai.

58 Vós, que tirais o pecado do mundo, tende piedade de nós.

59 Vós, que tirais o pecado do mundo, acolhei a nossa súplica.

60 Vós, que estais à direita do Pai, tende piedade de nós.

61 Só vós sois o Santo, só vós, o Senhor,

62 só vós, o Altíssimo, Jesus Cristo,

63 com o Espírito Santo, na glória de Deus Pai. Amém.

64

65 Oração da Coleta

66 Ó Deus todo- poderoso, ao rendermos culto à Imaculada

67 Conceição de Maria, Mãe de Deus e Senhora nossa, concedei que o

68 povo brasileiro, fiel à sua vocação e vivendo na paz

69 e na justiça, possa chegar um dia à pátria definitiva.

70 Por nosso Senhor Jesus Cristo,

71 vosso Filho, na unidade do Espírito Santo. Amém.

72

73 O papel de Ester no Antigo Testamento é interceder por seu povo, a parte fraca, junto ao rei, a parte forte, para

74 salvá-lo do extermínio que a iniquidade dos inimigos havia planejado. Eis a bela figura de Maria

75 que surge do Velho Testamento: revestida de graça, que o Anjo reconhece, ela se apresenta a Deus,

76 constantemente, na missão de interceder pelo povo peregrino e por cada um em particular.

77

78 PRIMEIRA LEITURA Est 5,1b-2; 7,2b-3

79 Leitura do Livro de Ester

80 1b Ester revestiu-se com vestes de rainha e foi colocar-se no

81 vestíbulo interno do palácio real, frente à residência do

82 rei. O rei estava sentado no trono real, na sala do trono, frente à

83 entrada. 2 Ao ver a rainha Ester parada no vestíbulo, olhou para ela com

84 agrado e estendeu-lhe o cetro de ouro que tinha na

85 mão, e Ester aproximou-se para tocar a ponta do cetro.

86 7,2b Então, o rei lhe disse: O que me pedes, Ester; o que

87 queres que eu faça? Ainda que me pedisses a metade do meu

88 reino, ela te seria concedida.

89 3 Ester respondeu-lhe: Se ganhei as tuas boas graças, ó rei, e

90 se for de teu agrado, concede-me a vida – eis o meu

91 pedido! – e a vida do meu povo – eis o meu desejo!

92 Palavra do Senhor. Graças a Deus!

93

94 SALMO RESPONSORIAL Sl 44

95 Escutai, minha filha, olhai, ouvi isto:

96 que o Rei se encante com vossa beleza!

97 Escutai, minha filha, olhai, ouvi isto:

98 que o Rei se encante com vossa beleza!

99 1. Escutai, minha filha, olhai, ouvi isto:

100 Esquecei vosso povo e a casa paterna!

101 Que o rei se encante com vossa beleza!

102 Prestai-lhe homenagem: é vosso Senhor!

103 Escutai, minha filha, olhai, ouvi isto:

104 que o Rei se encante com vossa beleza!

105 2. O povo de Tiro vos traz seus presentes,

106 os grandes do povo vos pedem favores.

107 Majestosa, a princesa real vem chegando,

108 vestida de ricos brocados de ouro.

109 Escutai, minha filha, olhai, ouvi isto:

110 que o Rei se encante com vossa beleza!

111 3. Em vestes vistosas ao Rei se dirige,

112 e as virgens amigas lhe formam cortejo;

113 entre cantos de festa e com grande alegria,

114 ingressam, então, no palácio real.

115 Escutai, minha filha, olhai, ouvi isto:

116 que o Rei se encante com vossa beleza!

117

118 SEGUNDA LEITURA Ap 12,1.5.13a a

119 Leitura do Livro Apocalipse de São João:

120 1 Apareceu no céu um grande sinal: uma

121 mulher vestida de sol, tendo a lua debaixo dos pés e sobre a

122 cabeça uma coroa de doze estrelas.

123 5 E ela deu à luz um filho homem, que veio para

124 governar todas as nações com cetro de ferro. Mas o Filho foi

125 levado para junto de Deus e do seu trono.

126 13a Quando viu que tinha sido expulso da terra, o dragão começou a

127 perseguir a mulher que tinha dado à luz o menino.

128 15 A serpente, então, vomitou como um rio de água atrás da mulher, a fim de

129 a submergir. 16a A terra, porém, veio em socorro da mulher.

130 Palavra do Senhor. Graças a Deus.

131

132 Aclamação ao Evangelho

133

134 EVANGELHO Jo 2,1-11

135 O Senhor esteja convosco.

136 Ele está no meio de nós!

137 PROCLAMAÇÃO do Evangelho de Jesus Cristo segundo João

138 Glória a vós, Senhor.

139 Naquele tempo, 1 houve um casamento em Caná da Galileia. A mãe

140 de Jesus estava presente. 2 Também Jesus e seus discípulos

141 tinham sido convidados para o casamento. 3 Como o vinho

142 veio a faltar, a mãe de Jesus lhe disse: Eles não têm mais vinho.

143 4 Jesus respondeu: Mulher, por que dizes isto a

144 mim? Minha hora ainda não chegou.

145 5 Sua mãe disse aos que estavam

146 servindo: Fazei o que ele vos disser.

147 6 Estavam seis talhas de pedra colocadas aí para a purificação que

148 os judeus costumavam fazer. Em cada uma delas

149 cabiam mais ou menos cem litros.

150 7 Jesus disse aos que estavam servindo: Enchei as

151 talhas de água. Encheram-nas até a boca. 8 Jesus disse:

152 Agora tirai e levai ao mestre- sala. E eles levaram. 9 O mestre-sala

153 experimentou a água que se tinha transformado em vinho. Ele

154 não sabia de onde vinha, mas os que estavam servindo

155 sabiam, pois eram eles que tinham tirado a água.

156 10 O mestre-sala chamou então o noivo e lhe disse: Todo mundo serve

157 primeiro o vinho melhor e, quando os convidados já estão

158 embriagados, serve o vinho menos bom. Mas tu

159 guardaste o vinho melhor até agora!

160 11 Este foi o início dos sinais de Jesus. Ele o realizou em Caná da

161 Galileia e manifestou a sua glória, e seus discípulos creram nele.

162 Palavra da Salvação.

163 Glória a vós, Senhor.

164 O SENHOR FAZ JUSTIÇA AOS PEQUENOS!

165

166 Profissão de Fé (Símbolo Niceno- constantinopolitano)

167 Creio em um só Deus, Pai todo- poderoso,

168 criador do céu e da terra,

169 de todas as coisas visíveis e invisíveis.

170 Creio em um só Senhor, Jesus Cristo,

171 Filho Unigênito de Deus,

172 nascido do Pai antes de todos os séculos:

173 Deus de Deus, luz da luz,

174 Deus verdadeiro de Deus verdadeiro,

175 gerado, não criado,

176 consubstancial ao Pai.

177 Por ele todas as coisas foram feitas.

178 E por nós, homens, e para nossa salvação,

179 desceu dos céus:

180 (inclinar-se) e se encarnou pelo Espírito Santo,

181 no seio da virgem Maria, e se fez homem.

182 Também por nós foi crucificado

183 sob Pôncio Pilatos;

184 padeceu e foi sepultado.

185 Ressuscitou ao terceiro dia,

186 conforme as Escrituras,

187 e subiu aos céus,

188 onde está sentado à direita do Pai.

189 E de novo há de vir, em sua glória,

190 para julgar os vivos e os mortos;

191 e o seu reino não terá fim.

192 Creio no Espírito Santo,

193 Senhor que dá a vida,

194 e procede do Pai e do Filho;

195 e com o Pai e o Filho é adorado e glorificado:

196 ele que falou pelos profetas.

197 Creio na Igreja, una, santa, católica e apostólica.

198 Professo um só batismo

199 para remissão dos pecados.

200 E espero a ressurreição dos mortos

201 e a vida do mundo que há de vir. Amém.

202

203 Oração da Comunidade

204 Proclamemos a grandeza de Deus Pai Todo- Poderoso: Ele quis que Maria,

205 Mãe de seu Filho, fosse celebrada por todas as gerações.

206 Peçamos humildemente:

207 Nossa Senhora Aparecida, rogai a Deus por nós!

208 1. Vós, que fizeste de Maria a Mãe da misericórdia – concedei a

209 todos os que estão em perigo sentirem o seu amor materno, rezemos...

210 Nossa Senhora Aparecida, rogai a Deus por nós!

211 2. Vós, que confiaste à Maria a missão de mãe de família no lar de

212 Jesus e José – fazei que, por sua intercessão, todas as mães

213 vivam em família o amor e a santidade, rezemos...

214 Nossa Senhora Aparecida, rogai a Deus por nós!

215 3. Vós, que destes à Maria a força para ficar de pé junto à cruz e a

216 enchestes de alegria com a ressurreição de vosso Filho – socorrei os

217 atribulados e confortai-os na esperança, rezemos...

218 Nossa Senhora Aparecida, rogai a Deus por nós!

219 4. Vós, que fizeste de Maria a serva fiel e atenta à vossa

220 Palavra – fazei de nós, por sua intercessão, servos e

221 discípulos de vosso Filho, rezemos...

222 Nossa Senhora Aparecida, rogai a Deus por nós!

223

224 Apresentação das Oferendas

225

226 Orai, irmãos e irmãs

227 para que o nosso sacrifício

228 seja aceito por Deus Pai todo- poderoso.

229 Receba o Senhor por tuas mãos este sacrifício,

230 para glória do seu nome,

231 para nosso bem e de toda a santa Igreja.

232

233 Oração sobre as Oferendas

234 Acolhei, ó Deus, as preces em honra de Maria, Mãe de Jesus Cristo, vosso

235 Filho; concedei que elas vos sejam agradáveis e

236 nos tragam a graça da vossa proteção.

237 Por Cristo, nosso Senhor. Amém.

238

239 Prefácio: Maria e a Igreja

240 O Senhor esteja convosco!

241 Ele está no meio de nós.

242 Corações ao alto!

243 O nosso coração está em Deus.

244 Demos graças ao Senhor, nosso Deus!

245 É nosso dever e nossa salvação.

246 Na verdade, é justo e necessário,

247 é nosso dever e salvação

248 dar-vos graças, sempre e em todo o lugar,

249 Senhor, Pai santo,

250 Deus eterno e todo-poderoso.

251 A fim de preparar para o vosso Filho mãe que fosse digna dele,

252 preservastes a Virgem Maria da mancha do pecado original,

253 enriquecendo-a com a plenitude da vossa graça. Nela, nos destes as

254 primícias da Igreja, esposa de Cristo, sem ruga e sem mancha,

255 resplandecente de beleza. Puríssima, na verdade, devia ser a Virgem

256 que nos daria o Salvador, o Cordeiro sem mancha, que tira os nossos

257 pecados. Escolhida, entre todas as mulheres, modelo de

258 santidade e advogada nossa, ela intervém

259 constantemen- te em favor de vosso povo.

260 Unidos à multidão dos anjos e dos santos, proclamamos a

261 vossa bondade, cantando (dizendo) a uma só voz:

262 Santo, Santo, Santo,

263 Senhor, Deus do universo!

264 O céu e a terra proclamam a vossa glória.

265 Hosana nas alturas!

266 Bendito o que vem

267 em nome do Senhor!

268 Hosana nas alturas!

269

270 Oração Eucarística III

271 Na verdade, vós sois santo, ó Deus do universo,

272 e tudo o que criastes proclama o vosso louvor,

273 porque, por Jesus Cristo,

274 vosso Filho e Senhor nosso,

275 e pela força do Espírito Santo,

276 dais vida e santidade a todas as coisas

277 e não cessais de reunir o vosso povo,

278 para que vos ofereça em toda parte,

279 do nascer ao pôr-do-sol,

280 um sacrifício perfeito.

281 Santificai e reuni o vosso povo!

282 Por isso, nós vos suplicamos:

283 santificai pelo Espírito Santo

284 as oferendas que vos apresentamos

285 para serem consagradas,

286 a fim de que se tornem

287 o Corpo e o Sangue de Jesus Cristo,

288 vosso Filho e Senhor nosso,

289 que nos mandou celebrar este mistério.

290 Santificai nossa oferenda, ó Senhor!

291 Na noite em que ia ser entregue,

292 ele tomou o pão,

293 deu graças, e o partiu

294 e deu a seus discípulos, dizendo:

295 TOMAI, TODOS, E COMEI:

296 ISTO É O MEU CORPO,

297 QUE SERÁ ENTREGUE POR VÓS.

298

299 Do mesmo modo,

300 ao fim da ceia, ele tomou o cálice em suas mãos,

301 deu graças novamente,

302 e o deu a seus discípulos, dizendo:

303 TOMAI, TODOS, E BEBEI:

304 ESTE É O CÁLICE DO MEU SANGUE,

305 O SANGUE DA NOVA E ETERNA ALIANÇA,

306 QUE SERÁ DERRAMADO POR VÓS E POR TODOS

307 PARA REMISSÃO DOS PECADOS.

308 FAZEI ISTO EM MEMÓRIA DE MIM.

309

310 Eis o mistério da fé!

311 Todas as vezes que comemos deste pão

312 e bebemos deste cálice,

313 anunciamos, Senhor, a vossa morte,

314 enquanto esperamos a vossa vinda!

315 Celebrando agora, ó Pai,

316 a memória do vosso Filho,

317 da sua paixão que nos salva,

318 da sua gloriosa ressurreição

319 e da sua ascensão ao céu,

320 e enquanto esperamos a sua nova vinda,

321 nós vos oferecemos em ação de graças

322 este sacrifício de vida e santidade.

323 Recebei, ó Senhor, a nossa oferta!

324 Olhai com bondade a oferenda da vossa Igreja,

325 reconhecei o sacrifício

326 que nos reconcilia convosco

327 e concedei que, alimentando- nos

328 com o Corpo e o Sangue do vosso Filho,

329 sejamos repletos do Espírito Santo

330 e nos tornemos em Cristo

331 um só corpo e um só espírito.

332 Fazei de nós um só corpo e um só espírito!

333 Que ele faça de nós uma oferenda perfeita

334 para alcançarmos a vida eterna

335 com os vossos santos:

336 a Virgem Maria, Mãe de Deus,

337 os vossos Apóstolos e Mártires, N. (o santo do dia ou o padroeiro)

338 e todos os santos,

339 que não cessam de interceder por nós

340 na vossa presença.

341 Fazei de nós uma perfeita oferenda!

342 E agora, nós vos suplicamos, ó Pai,

343 que este sacrifício da nossa reconciliação

344 estenda a paz e a salvação ao mundo inteiro.

345 Confirmai na fé e na caridade a vossa Igreja,

346 enquanto caminha neste mundo:

347 o vosso servo o papa N.,

348 o nosso bispo N.,

349 com os bispos do mundo inteiro,

350 o clero e todo o povo que conquistastes.

351 Lembrai-vos, ó Pai, da vossa Igreja!

352 Atendei às preces da vossa família,

353 que está aqui, na vossa presença.

354 Reuni em vós, Pai de misericórdia,

355 todos os vossos filhos e filhas

356 dispersos pelo mundo inteiro.

357 Lembrai-vos, ó Pai, dos vossos filhos!

358 Acolhei com bondade no vosso reino

359 os nossos irmãos e irmãs que partiram desta vida

360 e todos os que morreram na vossa amizade.

361 Unidos a eles, esperamos também nós

362 saciar-nos eternamente da vossa glória,

363 por Cristo, Senhor nosso.

364 A todos saciai com vossa glória!

365 Por ele dais ao mundo

366 todo bem e toda graça.

367 Por Cristo, com Cristo, em Cristo,

368 a vós, Deus Pai todo-poderoso,

369 na unidade do Espírito Santo,

370 toda a honra e toda a glória,

371 agora e para sempre. Amém.

372

373 Rito da Comunhão

374 Rezemos, com amor e confiança,

375 a oração que o Senhor Jesus nos ensinou:

376 Pai nosso que estais nos céus,

377 santificado seja o vosso nome;

378 venha a nós o vosso reino,

379 seja feita a vossa vontade,

380 assim na terra como no céu;

381 o pão nosso de cada dia nos dai hoje;

382 perdoai-nos as nossas ofensas,

383 assim como nós perdoamos

384 a quem nos tem ofendido;

385 e não nos deixeis cair em tentação,

386 mas livrai-nos do mal.

387 Livrai-nos de todos os males, ó Pai,

388 e dai-nos hoje a vossa paz.

389 Ajudados pela vossa misericórdia,

390 sejamos sempre livres do pecado

391 e protegidos de todos os perigos,

392 enquanto, vivendo a esperança,

393 aguardamos a vinda do Cristo Salvador.

394 Vosso é o reino, o poder e a glória para sempre!

395 Senhor Jesus Cristo,

396 dissestes aos vossos Apóstolos:

397 Eu vos deixo a paz, eu vos dou a minha paz.

398 Não olheis os nossos pecados,

399 mas a fé que anima vossa Igreja;

400 dai-lhe, segundo o vosso desejo,

401 a paz e a unidade.

402 Vós, que sois Deus, com o Pai e o Espírito Santo.

403 Amém.

404 A paz do Senhor esteja sempre convosco.

405 O amor de Cristo nos uniu.

406 Como filhos e filhas do Deus da paz,

407 saudai-vos com um gesto de comunhão fraterna.

408

409 Cordeiro de Deus,

410 que tirais o pecado do mundo,

411 tende piedade de nós.

412 Cordeiro de Deus,

413 que tirais o pecado do mundo,

414 tende piedade de nós.

415 Cordeiro de Deus,

416 que tirais o pecado do mundo, dai-nos a paz.

417 Provai e vede como o Senhor é bom;

418 feliz de quem nele encontra seu refúgio.

419 Eis o Cordeiro de Deus,

420 que tira o pecado do mundo.

421 Senhor, eu não sou digno(a)

422 de que entreis em minha morada,

423 mas dizei uma palavra e serei salvo(a).

424

425 Canto da comunhão

426

427 Oração depois da Comunhão

428 Alimentados com o Corpo e o Sangue de vosso Filho, nós vos suplicamos,

429 ó Deus: dai ao vosso povo, sob o olhar de Nossa Senhora

430 da Conceição Aparecida, irmanar-se nas tarefas de cada

431 dia para a construção do vosso reino.

432 Por Cristo, nosso Senhor. Amém.

433

434

435 Consagração a Nossa Senhora Aparecida

436 Ó Maria Santíssima, que em vossa querida imagem de Aparecida

437 espalhais inúmeros benefícios sobre todo o Brasil, eu,

438 embora indigno de pertencer ao número dos vossos filhos e filhas, mas

439 cheio do desejo de participar dos benefícios de vossa misericórdia,

440 prostrado a vossos pés, consagra-vos meu entendimento,

441 para que sempre pense no amor que mereceis. Consagro-vos

442 minha língua, para que sempre vos louve e propague a

443 vossa devoção. Consagro-vos o meu coração, para que,

444 depois de Deus, vos ame sobre todas as coisas.

445 Recebei-me, ó Rainha incomparável, no ditoso número de

446 vossos filhos e filhas. Acolhei- me debaixo de vossa proteção. Socorrei-me em

447 todas as minhas necessidades espirituais e temporais e,

448 sobretudo, na hora de minha morte. Abençoai-me, ó Mãe Celestial, e

449 com vossa poderosa intercessão fortalecei-me em minha

450 fraqueza, a fim de que, servindo-vos fielmente nesta

451 vida, possa louvar-vos, amar-vos e dar- vos graças no

452 céu, por toda a eternidade. Assim seja!

453

454 Bênção e Despedida

455 O Senhor esteja convosco!

456 Ele está no meio nós.

457 O Deus de bondade,

458 que pelo Filho da Virgem Maria

459 quis salvar a todos,

460 vos enriqueça com sua bênção.

461 Amém.

462 Seja-vos dado sentir sempre e por toda parte

463 a proteção da Virgem,

464 por quem recebestes o autor da vida.

465 Amém.

466 E vós, que vos reunistes hoje para celebrar sua solenidade,

467 possais colher a alegria espiritual e o prêmio eterno.

468 Amém.

469 Abençoe-vos Deus todo- poderoso,

470 Pai e Filho e Espírito Santo.

471 Amém.

472 Glorificai o Senhor com vossa vida;

473 ide em paz e o Senhor vos acompanhe.

474 Graças a Deus.

475

476 Canto Final

477


Carregar ppt "Nossa Senhora Aparecida ESCUTAI, MINHA FILHA, OLHAI, OUVI ISTO: QUE O REI SE ENCANTE COM VOSSA BELEZA!"

Apresentações semelhantes


Anúncios Google