A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

You don't design your applications to cajo, it simply drops-in! ISEL – DEETC – SD.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "You don't design your applications to cajo, it simply drops-in! ISEL – DEETC – SD."— Transcrição da apresentação:

1 You don't design your applications to cajo, it simply drops-in! ISEL – DEETC – SD

2 Projecto Cajo Objectivos do projecto CAJO Principais Características Características da framework FundationSix Exemplos Recursos

3 Objectivos do projecto cajo Oferecer uma framework gratuita que facilite a utilização de aplicações distribuídas. Motivar a interoperabilidade entre aplicações e bibliotecas.

4 Principais Características Esta framework permite que várias máquinas virtuais JAVA funcionem como uma só. Fácil implementação de aplicações distribuídas. Apenas necessita da plataforma JRE 1.2 ou superior.

5 Características da framework Prioridades Tem de funcionar em todos os ambientes JAVA a partir da versão 1.2. Todas as framework Java podem tirar partido do projecto cajo.

6 Características da framework Performance O projecto cajo é uma framework pequena e eficiente. Assenta em RMI.

7 Características da framework Persistência O principal mecanismo de armazenamento é o zebmod (Zipped and Marshalled Object). O zebmob garante o tempo de vida dos objectos independentemente do tempo de vida da máquina virtual.

8 Características da framework Expansibilidade Estática: Migração de objectos em máquina virtuais. Dinâmica: Os objectos podem migrar e criar novas funcionalidades através de padrões de desenho e.g. Adpater.

9 Características da framework Segurança A segurança é implementada pelo critério do programador. A framework é compatível com vários mecanismos e/ou protocolos de segurança. E.g. SSL e cifras.

10 Características da framework Simplicidade A framework é pequena e de fácil compreensão. Apesar de ser pequena é bastante flexível, por permitir a sua integração noutras aplicações sem compromissos da framework. William of Ockham: Pluralitas non est ponenda sine necessitate. Faced with multiple similar options, the simplest is preferable. (aka Ockham's razor) Leonardo da Vinci: Simplicity is the ultimate sophistication

11 Características da framework Flexibilidade O projecto cajo permite a utilização de objectos remotos sem a partilha das suas interfaces no momento da compilação. Permite desenhos de aplicações mais dinâmicos. No caso extremo podemos desconhecer completamente o objecto e poder utiliza-lo.

12 Características da framework Limitações Como é baseado em RMI só funciona em ambientes Java.

13 FoundationSix Existem 6 classes fundamentais, divididas em 2 packages onde assenta o projecto: gnu.cajo.invoke Invoke - É uma interface que ao ser implementada define como é invocado um método de um objecto. RemoteInvoke - É uma interface sem corpo que é utilizada para verificar se o objecto é remoto ou local. Remote – Classe com implementação, onde o principal é tornar POJOs em objectos remotos.

14 FoundationSix gnu.cajo.utils ItemServer – Esta classe atribui a um objecto remoto um nome público. Multicast – Esta classe publica objecto remoto na rede, assim como, recebe anúncios de objecto remotos. CodebaseServer – Classe auxiliar com 2 funções principais: Fornece a definição das classes às Máquina Virtual. Disponibiliza uma aplicação servidor, onde mostra as definições das classes que disponibiliza.

15

16 Recursos https://cajo.dev.java.net/ ons/ThecajoProject ons/ThecajoProject https://cajo.dev.java.net/nonav/docs/inde x.html?gnu/cajo/Cajo.html https://cajo.dev.java.net/nonav/docs/inde x.html?gnu/cajo/Cajo.html


Carregar ppt "You don't design your applications to cajo, it simply drops-in! ISEL – DEETC – SD."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google