A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

JARDIM DE CORPOS. No turbilhão da sorte de cada um Os que eram conosco se vão sem passaporte A morte é de levar– e leva!

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "JARDIM DE CORPOS. No turbilhão da sorte de cada um Os que eram conosco se vão sem passaporte A morte é de levar– e leva!"— Transcrição da apresentação:

1 JARDIM DE CORPOS

2 No turbilhão da sorte de cada um Os que eram conosco se vão sem passaporte A morte é de levar– e leva!

3 O jardim de corpos é semeado No mundo de tanta cobiça e pecado Ninguém deseja aquele pedaço de chão

4 Onde aos olhos do divino jardineiro Criador Gente em decomposição vira candeeiro de luz

5 Se não pelo milagre a que faz jus Pela certeza de que tudo se transforma

6 E de alguma outra forma perdura Sob a ótica religiosa e dos profetas Ou sob a prodigiosa candura dos poetas

7 Autor : Carlos Lúcio Gontijo Montagem: Imagens da Internet.


Carregar ppt "JARDIM DE CORPOS. No turbilhão da sorte de cada um Os que eram conosco se vão sem passaporte A morte é de levar– e leva!"

Apresentações semelhantes


Anúncios Google