A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Implementação de Linguagens Funcionais Eudes Raphael Thiago Arrais.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Implementação de Linguagens Funcionais Eudes Raphael Thiago Arrais."— Transcrição da apresentação:

1 Implementação de Linguagens Funcionais Eudes Raphael Thiago Arrais

2 Roteiro Arquitetura Lambda-calculus Lambda Lifting Redução de Grafos Máquina de Templates Referências

3 Arquitetura

4 Lambda-calculus Modelo teórico sob o qual se baseiam a semântica e a implementação de linguagens funcionais.  x. E : É uma função que assume um argumento x e retorna uma expressão E (que pode depender de x)

5 Lambda-calculus Bound X free variables Seja x.x ( z.x y z) (y z) x é bound da abstração mais externa y não é bound para ambas abstrações Z é bound apenas na abstração mais interna Uma abstração sem variáveis livres é um combinator

6 Lambda-calculus  – conversion: Operação de substituição bidirecional ( x.E) E’  E [ E’/x ] Reduz a aplicação de uma abstração

7 Lambda-calculus Redex: Reducible Expression ou um uma aplicação de uma abstração ou uma aplicação de uma função pre- definida Uma expressão está na forma normal se ela não possui nenhum redex

8 Lambda-calculus Avaliação: Seqüência de reduções Applicative-order reduction Eager Evaluation Normal-order reduction Lazy Evaluation Uma expressão está na WHNF Quando não mais é possível realizar reduções na Normal-order reduction

9 Lambda-calculus Strict functions: precisam de fato do valor de seus argumentos g é restrita ao segundo argumento se e somente se g x  z =  Lazy functions: Podem ser avaliadas na falta de algum argumento

10 Lambda-lifting Consiste em técnica de transformar programas funcionais com definições locais, em um programa contendo apenas definições globais Cada ocorrência de uma variável livre no corpo da função é substituída pela adição de um novo parâmetro formal

11 Lambda-lifting Permite full laziness, pela maximização do compartilhamento de definições Evita a criação de closures em tempo de execução

12 Super-combinadores Free expression é uma expressão que não contém nenhuma instância de uma bound variable Maximal free variables (mfv) são expressões livres que não contém nenhuma outra expressão livre. Super-combinadores são funções que abstraem suas mfvs como parâmetros

13 Super-combinadores Exemplo:

14 Redução de Grafos Núcleo da execução de um programa funcional Consiste em substituir uma expressão redutível (redex) por sua forma reduzida Lambda-Calculus e-conversão

15 Redução de Grafos Expressões representadas em forma de grafo Cada nó é fisicamente representado em células, que podem ter tamanho fixo ou variável Valores Boxed e Unboxed

16 Redução de Grafos - Algoritmo Até que não haja mais nenhum redex (forma normal) 1.Selecione o redex mais externo (Normal- order reduction) 2.Reduza-o (e-reduction) 3.Substitua o redex pelo resultado da redução Obs: Se uma função for restrita a algum argumento, ele pode ser avaliado antes

17 Redução de aplicações - Reduction 1.Função definida pelo usuário (supercombinador) Substituir o nó de aplicação pelo corpo da função, e os parâmetros formais por ponteiros para os argumentos 2.Função pré-definida (primitivas) Se os argumentos não estiverem reduzidos, reduzir Avaliar a função

18 Redução de Grafos - Compartilhamento de cópias  Se dois grafos são semelhantes, apenas uma cópia é preciso.  Aumenta o compartilhamento no grafo  Uma implementação que maximiza o compartilhamento é dita Fully Lazy  Garbage Collection se faz necessária

19 Redução de Grafos – Um exemplo square x = x * x ; main = square (square 3) / \ / \ square 3 1

20 Redução de Grafos – Um / \ / \ square / \ * / \ square 3 1

21 Redução de Grafos – Um / \ * / \ square / \ * / \ square 3 / \ * / \ / \__ 3 * 1

22 Redução de Grafos – Um / \ * / \ / \__ 3 / \ /\__ 9 *

23 Redução de Grafos - Função projetora: é uma função cujo corpo é apenas uma variável  Causam perda de compartilhamento  Seja head [f E]  Substituir o nó faz com que a aplicação (f E) seja duplicada  Solução: Nó de indireção (ponteiro para outro nó)

24 Redução de Grafos - Nós de indereção são ineficientes  Deve ser testada indireção toda vez que uma operação for realizada  Pode formar correntes de indireção  Solução: Boa parte dos argumentos pode ser avaliada antes da aplicação da função projetora

25 Máquina de Templates Máquina de estados Stack: Pilha de endereços, relativos ao heap Dump: Pilha de pilhas Heap: Lista de nós identificadas por endereços Globals: Lista os endereços dos supercombinadores

26 Máquina de Templates Transições de Estado Aplicação Instanciação T1 T2

27 Máquina de Templates Estrutura principal > runProg = showResults. eval. compile. Parse Compile Transforma um programa em um estado inicial

28 Máquina de Templates Estágio de Avaliação > apStep :: TiState -> Addr -> Addr -> TiState > apStep (stack, dump, heap, globals, stats) a1 a2 > = (a1 : stack, dump, heap, globals, stats) T1 > scStep :: TiState -> Name -> [Name] -> CoreExpr -> TiState > scStep (stack, dump, heap, globals, stats) sc_name arg_names body > = (new_stack, dump, new_heap, globals, stats) > where > new_stack = result_addr : (drop (length arg_names+1) stack) > > (new_heap, result_addr) = instantiate body heap env > env = arg_bindings ++ globals > arg_bindings = zip2 arg_names (getargs heap stack) T2

29 Máquina de Templates Instanciação de supercombinador Função instantiate Consiste em percorrer o nó do corpo do supercombinador, substituindo os parâmetros formais pelos argumentos

30 Máquina de Templates Atualização Para evitar avaliar uma expressão mais de uma vez, adiciona-se um novo tipo de nó: um nó de indireção > NInd a1 É preciso adicionar uma nova transição T3

31 Máquina de Templates Atualização Ao avaliar-se um supercombinador, substitui-se o nó no heap por um nó de indireção Avaliações subseqüentes só precisam seguir o nó de indireção T2

32 Garbage Collection Mark-scan collection Marcar os nós acessíveis Escanear todo o heap, eliminando nós não marcados

33 Referências Jones, S. e Lester, D. Implementing Functional Languages: a tutorial lester-book/ lester-book/ Functional Programming - UWA ureNotes/


Carregar ppt "Implementação de Linguagens Funcionais Eudes Raphael Thiago Arrais."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google