A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

COMO REALIZAR A AUTOVISTORIA PREDIAL NA ÁREA DE SEGURANÇA Jaques Sherique Eng. Mecânico e de Segurança do Trabalho 5º SEMINÁRIO DE.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "COMO REALIZAR A AUTOVISTORIA PREDIAL NA ÁREA DE SEGURANÇA Jaques Sherique Eng. Mecânico e de Segurança do Trabalho 5º SEMINÁRIO DE."— Transcrição da apresentação:

1

2 COMO REALIZAR A AUTOVISTORIA PREDIAL NA ÁREA DE SEGURANÇA Jaques Sherique Eng. Mecânico e de Segurança do Trabalho 5º SEMINÁRIO DE AUTOVISTORIA – CREA-RJ

3 Autovistoria, decenal, pelos condomínios ou proprietários dos prédios residenciais, comerciais, nos prédios públicos com menos de 25 (vinte e cinco) anos de vida útil, a contar do "habite-se”. Mais de 25 (vinte e cinco) anos de vida útil, tem a obrigatoriedade de realizar autoinspeções quinquenais. Incluindo estruturas, subsolos, fachadas, esquadrias, empenas, marquises e telhados, e em suas instalações elétricas, hidráulicas, sanitárias, eletromecânicas, de gás e de prevenção a fogo e escape e obras de contenção de encostas. 3º SEMINÁRIO DE AUTOVISTORIA – CREA-RJ Lei Estadual nº de março de 2013

4 Vistorias técnicas periódicas, com intervalo máximo de cinco anos, nas edificações existentes no Município do Rio de Janeiro, para verificar as suas condições de conservação, estabilidade e segurança e garantir, quando necessário, a execução das medidas reparadoras. Excluem-se da obrigação prevista acima: I - as edificações residenciais unifamiliares e bifamiliares; II - nos primeiros cinco anos após a concessão do "habite- se", todas as demais edificações. 3º SEMINÁRIO DE AUTOVISTORIA – CREA-RJ Lei Complementar Municipal nº 126, de 26 de março de 2013

5 Vistorias técnicas periódicas, com intervalo máximo de cinco anos, para verificar as condições de conservação, estabilidade e segurança e garantir, quando necessário, a execução das medidas reparadoras. Estão desobrigadas a realizar a vistoria técnica periódica prevista na Lei Complementar nº 126/2013: I – As edificações residenciais unifamiliares e bifamiliares; II – Todas as edificações nos primeiros cinco anos após a concessão do “habite-se”; III – As edificações com até dois pavimentos e área total construída inferior a m2; IV – As edificações situadas em Áreas de Especial Interesse Social. 3º SEMINÁRIO DE AUTOVISTORIA – CREA-RJ Decreto Municipal nº , de 11 de julho de 2013

6 A vistoria periódica é obrigatória, independentemente do número de pavimentos e de área total construída, em todas as fachadas de qualquer prédio com projeção de marquise ou varanda sobre o passeio público. As edificações situadas em Áreas de Especial Interesse Social serão objeto de programas específicos através de convênios com a finalidade de garantir condições adequadas de conservação, estabilidade e segurança. 3º SEMINÁRIO DE AUTOVISTORIA – CREA-RJ Decreto Municipal nº , de 11 de julho de 2013

7 1- ABRIGO DE MANGUEIRAS E ACESSÓRIOS. Os andares típicos possuem 2 (dois) abrigos por andar, próximo às escadas de emergência, equipados com 2 lances de mangueiras de diâmetro de 1 ½ Polegadas com 15 metros de comprimento e um esguicho de jato sólido. O heliponto possui apenas 1 (um) abrigo e a casa das máquinas não possui nenhum. 2- ALARME MANUAL DE INCÊNDIO. Existe botoeiras em todos os andares, com alarme no próprio andar. Quando o alarme é acionado o bombeiro tem 5 (cinco) minutos para verificar o ocorrido, e após este período a sirene dos andares de baixo e de cima é acionada e após mais 5 minutos é dado o alarme geral. Diversos alarmes encontravam-se com lacre violado. 3º SEMINÁRIO DE AUTOVISTORIA – CREA-RJ ITENS A SEREM VISTORIADOS

8 3- BRIGADA DE INCÊNCIO VOLUNTÁRIA. Não existe. Atualmente apenas 1 (um) vigilante está sendo treinado além de dar apoio na supervisão do painel sinótico 4- BRIGADA DE INCENDIO PROFISSIONAL. Existem 2 (dois) bombeiros diurnos e 1 (um) noturno. 1 (um) atende ao teatro e o outro atende todo o prédio. 5- COMISSÃO INTERNA DE PREVENÇÃO DE ACIDENTES – CIPA. Não existe. 3º SEMINÁRIO DE AUTOVISTORIA – CREA-RJ

9 6- CORRIMÃO CONTÍNUO NA ESCADA DE INCÊNDIO. Existe apenas corrimãos localizados no lado direito da escada, revestidos de madeira e instalados de maneira descontínua. 7- DETECTORES AUTOMÁTICOS DE INCÊNDIO ( TERMOVELOCIMÉTRICOS) Existem em todos os andares de garagem. 8- DETECTORES AUTOMÁTICOS DE INCÊNDIO (IÔNICOS) Existem em todos os demais pavimentos. 3º SEMINÁRIO DE AUTOVISTORIA – CREA-RJ

10 9- EQUIPE TREINADA PARA TRANSPORTE DE ACIDENTADOS Os bombeiros profissionais são treinados para exercer tal tarefa. 10- ESCADA DE EMERGÊNCIA Existem três escadas de emergência no prédio. A principal escada de emergência está localizada na direção da Av. XXXX, com acesso pelo refúgio aberto, existente em cada andar, ligando o 19º Andar ao Térreo Superior. A outra escada de emergência está na direção da Al. XXXXX, com acesso pelo hall de elevadores, ligando o 19º Andar ao 4º Subsolo. As escadas possuem iluminação natural, degraus em lance reto com patamar ambos sem fita ou friso antiderrapante, não tem sistema de pressurização e contam com apenas uma porta corta fogo sem antecâmara. Existe ainda uma escada do tipo marinheiro, que pode ser utilizada em casos de emergência, ligando as áreas de circulação e escape dos pavimentos que vai do 15º pavimento até o primeiro pavimento. 3º SEMINÁRIO DE AUTOVISTORIA – CREA-RJ

11 11- EXTINTORES DE INCÊNDIO. Possui o prédio, aproximadamente 325 extintores instalados e mais 50 extintores de reserva técnica para substituição, nos casos de recarga. No dia da vistoria alguns extintores se encontravam em processo de recarga. 12- IGNIFUGAÇÃO DE CARPETES E MATERIAIS COMBUSTÍVEIS. Os carpetes novos que foram colocados em aproximadamente 70% das salas do prédio tem certificado de aprovação do corpo de bombeiros. 13- INDICADOR LUMINOSO DE ACIONAMENTO DOS DETECTORES EM AMBIENTES FECHADOS. Não possui. 3º SEMINÁRIO DE AUTOVISTORIA – CREA-RJ

12 RISCO ÁREA MÁXIMA A SER PROTEGIDA POR UNIDADE EXTINTORA DISTÂNCIA MÁXIMA PARA O ALCANCE DO OPERADOR Pequeno250m² 20m (vinte metros) Médio150m² 15m (quinze metros) Grande 100m²10m (dez metros)

13 14- INTERCOMUNICADORES DE EMERGÊNCIA NOS ANDARES. Não possui. 15- INTERCOMUNICADORES DE EMERGÊNCIA NOS ELEVADORES. Todos os elevadores possuem intercomunicadores que falam com a sala de controle. 16- INTERFONES DE USO GERAL. Não possui. 3º SEMINÁRIO DE AUTOVISTORIA – CREA-RJ

14 17- LAY-OUT DO ANDAR COM INDICAÇÕES DAS ROTAS DE FUGAS Não possui. 18- MACAS DE EMERGÊNCIA Possui 4 (quatro) macas localizadas nos seguintes pavimentos: 16º, 10º, 4º subsolo (teatro) e Térreo Superior. 19- MAPA DE RISCOS. Não possui 3º SEMINÁRIO DE AUTOVISTORIA – CREA-RJ

15 20- MATERIAL DA BRIGADA DE INCÊNDIO. Os materiais estão distribuídos em diversos locais tais como: Heliponto; 3º subsolo e 4º subsolo. 21- NORMAS, PROCEDIMENTOS E AÇÕES PARA CASO DE EMERGÊNCIA. Não possui 22- PAINEL CENTRAL DE CONTROLE. Existe um painel sinóptico eletrônico localizado no pavimento térreo inferior, este painel é supervisionado permanentemente por um operador. O painel funciona da seguinte maneira: Quando um avisador manual ou um detector é alarmado o painel acusa o acionamento e após decorridos 5 minutos se não houver intervenção no mesmo, ele aciona os alarmes dos andares imediatamente acima e abaixo. Decorridos novamente mais 5 minutos se não houver resetagem do sistema, ocorre o alarme em todos aos andares do prédio. 3º SEMINÁRIO DE AUTOVISTORIA – CREA-RJ

16 23- PÁRA-RAIO. Na cobertura está instalado um sistema de proteção contra raios conhecido como “Gaiola de Faraday”. Este sistema recebe revisões anuais. 24- PLANO DE ESCAPE PARA EMERGÊNCIAS. Não possui 25- PLANO DE PREVENÇÃO E COMBATE À INCÊNDIOS. Não possui 3º SEMINÁRIO DE AUTOVISTORIA – CREA-RJ

17 26- PONTO DE REUNIÃO DEFINIDO. Não existe nenhum ponto definido. O local mais indicado para ser o ponto de reunião é o estacionamento localizado ao lado esquerdo do Prédio na AV. xxxxxxxx. 27- PORTAS CORTA FOGO. Todos os acessos as escadas de emergência estão protegidos por portas corta fogo, com resistência de aproximadamente 2 horas. As molas de fechamento automático estão requerendo uma revisão e será necessário providenciar a pintura das portas na cor vermelho. 3º SEMINÁRIO DE AUTOVISTORIA – CREA-RJ

18 28- PORTAS DE ESCAPE PARA ACESSO DIRETO AO PONTO DE REUNIÃO. Existe a porta que está localizada no pavimento térreo superior com saída para a AV. Paulista. 29- POSTO MÉDICO. Existe um ambulatório no 1.º andar com 2 médicos pela manhã, 2 médicos à tarde e 3 auxiliares de enfermagem. 30- PROCEDIMENTOS DE SEGURANÇA PARA CASOS DE EMERGÊNCIAS. Não possui 3º SEMINÁRIO DE AUTOVISTORIA – CREA-RJ

19 31- PROFISSIONAIS DE SEGURANÇA TRABALHO. Não possui. Existe apenas um Supervisor Patrimonial e 17 auxiliares. 32- PROGRAMA DE PREVENÇÃO DE RISCOS AMBIENTAIS. Não possui. 33- PROGRAMA DE CONTROLE MÉDICO E SAÚDE OCUPACIONAL. Existe apenas para o pessoal do SESI. 3º SEMINÁRIO DE AUTOVISTORIA – CREA-RJ

20 34- PROGRAMA DE TREINAMENTO DOS VOLUNTÁRIOS DA BRIGADA. Existe treinamento apenas para o pessoal de segurança da empresa de vigilância. 35- REDE DE CHUVEIROS AUTOMÁTICOS – SPRINKLERS. Não possui. 36- REDE DE HIDRANTES. Todos os andares possuem 02 hidrantes. A partir do 11º andar existem 04 hidrantes por andar. Toda a rede de hidrantes é pressurizada. 3º SEMINÁRIO DE AUTOVISTORIA – CREA-RJ

21 37- RELAÇÃO DE RAMAIS DE EMERGÊNCIA. Não possui. 38- RELAÇÃO DE TELEFONES ÚTEIS. Não possui. 39- ROTAS DE FUGAS INDICADAS. Todas as saídas e rotas de fuga estão identificadas. O prédio possui também uma área de escape atrás do prédio com comunicação entre os andares por uma escada marinheiro que vai do 15º ao 1º andar. 3º SEMINÁRIO DE AUTOVISTORIA – CREA-RJ

22 40- SAÍDAS DE EMERGÊNCIA. Existem diversas saídas de emergência, devidamente sinalizadas. 41- SALA DE BRIGADA DE INCÊNDIO. Existe apenas uma sala dos Bombeiros localizada no 4º Subsolo. 42- SINALIZAÇÃO DAS SAÍDAS DE EMERGÊNCIA. Todas as saídas de emergência estão sinalizadas. 3º SEMINÁRIO DE AUTOVISTORIA – CREA-RJ

23 43- SIRENE DE AVISO PARA EMERGÊNCIAS. Existe um sistema de alarme, integrado com os acionadores manuais e os detectores. 44- SISTEMA DE ALARME DE SOM. Não possui. 45- SISTEMA DE ALARME MANUAL (TIPO QUEBRE O VIDRO) Possuem em todos os andares. 3º SEMINÁRIO DE AUTOVISTORIA – CREA-RJ

24 46- SISTEMA DE CHAMADA DOS ELEVADORES AO TÉRREO. Existe um moderno sistema de controle de fluxo dos elevadores que permite a chamada dos elevadores ao térreo e a utilização do elevador de carga para casos de emergência, operado pelo gerador. 47- SISTEMA DE DILÚVIO PARA ÁREAS CONTROLADAS. Não possui 48- SISTEMA DE ILUMINAÇÃO DE EMERGÊNCIA DE ESCADAS E HALLS. Possui iluminação de emergência em todas as escadas e halls, ligadas ao gerador moto Diesel. 3º SEMINÁRIO DE AUTOVISTORIA – CREA-RJ

25 49- SISTEMA DE PRESSURIZAÇÃO DA ESCADA DE EMERGÊNCIA. Não possui. 50- SISTEMA DE RESFRIAMENTO DE EQUIPAMENTOS ELÉTRICOS. Não possui. 51- SISTEMA FIXO DE COMBATE A INCÊNDIO (GÁS CARBÔNICO – HALON – FM 200 etc...) Não possui. 3º SEMINÁRIO DE AUTOVISTORIA – CREA-RJ

26 52- TELEFONES EXCLUSIVOS PARA USO EM CASO DE EMERGÊNCIA. Não possui. 53- TREINAMENTO DE ABANDONO PERIÓDICO. Não possui. 54- VISTORIA DOS SISTEMAS DE PREVENÇÃO E COMBATE À INCÊNDIO. Existe é feita diariamente pelos. membros da segurança nos três turnos. 3º SEMINÁRIO DE AUTOVISTORIA – CREA-RJ

27 55- RESERVAÓRIO DE AGUA POTÁVEL E DE INCÊNDIO. Existe com capacidade de litros de água potável e litros de reserva técnica para uso em caso de incêndio BOMBAS DE INCÊNDIO. Existem um sistema de bombas para pressurização da rede de incêndio localizado no 17º andar CASA DE MÁQUINAS DOS ELEVADORES. Fica localizada no 17º andar. No dia da vistoria a porta da casa de máquinas estava trancada tendo sido informado que a cópia da chave fica com a segurança. As escadas e os corredores de acesso estavam obstruídos com materiais combustíveis tais como cadeiras e divisórias. 3º SEMINÁRIO DE AUTOVISTORIA – CREA-RJ

28 58 - GERADOR DE EMERGÊNCIA. Existe um gerador de emergência localizado no 2º Subsolo, com motor à Diesel e reservatório de combustível com capacidade de 500 litros. Este gerador opera todo o sistema de segurança do prédio o sistema de iluminação e o elevador de carga. 59 – HELIPONTO. Existe um heliponto na cobertura do prédio, devidamente sinalizado e com equipamentos de combate a incêndio, tais como: hidrante com mangueiras de 2 ½ polegadas de diâmetro, proporcionador de espuma, carreta de Pó Químico de 75 litros e vestimenta de bombeiro para combate à incêndio. Ocorre em média um poso de aeronave por dia. A área é de acesso restrito e no caso de violação é disparado o alarme na central de controle. 3º SEMINÁRIO DE AUTOVISTORIA – CREA-RJ

29 60 - SISTEMA DE CIRCUITO FECHADO DE TELEVISÃO. Existe um sistema de CFTV, localizado no pavimento térreo inferior com 7 monitores multiplexados SISTEMA DE RÁDIO PARA COMUNICAÇÕES DE EMERGÊNCIA. Existe um sistema de rádio operado em VHF para uso do pessoal da segurança. 62 – ÁREA DE REFÚGIO / CONCENTRAÇÃO PARA CASOS DE EMERGÊNCIAS. Existe em cada pavimento uma área apropriada para refúgio ou concentração de pessoal, localizada na fachada da Av. Paulista, entre a saída de emergência e a escada de escape. 3º SEMINÁRIO DE AUTOVISTORIA – CREA-RJ

30 63 – MANTAS DE ISOLAMENTO TÉRMICO E ACÚSTICO. Todas as salas estão equipadas com manta de isolamento térmica / acústica de “fibra de vidro” localizada acima do forro SISTEMA ELÉTRICO. O sistema de iluminação dos interiores sofreu em Janeiro de xxxx uma revisão geral, com a troca de todos os reatores, lâmpadas, fios e calhas, totalizando 15 mil, tendo sido substituídos todos os fios soltos dentro do forro por calhas blindadas. 3º SEMINÁRIO DE AUTOVISTORIA – CREA-RJ

31 65 – DIVISÓRIAS INCOMBUSTÍVEIS. As divisórias de todos os andares são constituídas de alma de gesso recobertas por uma folha de aproximadamente 3mm de madeira dos dois lados. 66 – ISOLAMENTOS ACÚSTICOS COM RETARDANTE DE CHAMAS. Não possui. 67 – ESCADAS ROLANTES Existem 02 escadas rolantes para o acesso a sobreloja evidamente sinalizadas e com os dispositivos de emergência atuante. 3º SEMINÁRIO DE AUTOVISTORIA – CREA-RJ

32 67 – REALIZAÇÃO DE TERMOGRAFIA NOS PAINEIS ELÉTRICOS. Não possui. 68 – INSTALAÇÃO DE GÁS. Não possui OBSERVAÇÕES IMPORTANTES. Todos os andares tem uma copa com fogão a gás, aquecedor elétrico, pia e seus respectivos equipamentos. O 13º andar só possui uma saída de emergência O 16º andar (Restaurante) possui apenas uma saída de emergência localizada na direção da Av. xxxxxx que se encontrava sem indicação. Todos os cabos elétricos dos elevadores estão sendo substituídos. 3º SEMINÁRIO DE AUTOVISTORIA – CREA-RJ

33 70 - Prevenção de acidentes em piscinas Projeto executivo - NBR Segundo a Norma , da ABNT, a sucção da água de piscinas precisa ser feita por, no mínimo, dois dispositivos, podendo ser eles o dreno de fundo, skimmer ou dispositivo de aspiração, para evitar que todo o poder de sucção seja apenas em um local; e a velocidade da água que passa pelas grades dos ralos de fundo (dreno) deve ser no máximo de 0,6 m/s. 3º SEMINÁRIO DE AUTOVISTORIA – CREA-RJ

34 Recomendações de segurança da Associação Nacional dos Fabricantes de Piscinas e Produtos Afins (Anapp)

35 3º SEMINÁRIO DE AUTOVISTORIA – CREA-RJ Portaria n.º 3.214/78 do M.T.E - NR-23: Proteção contra Incêndio Código de Segurança Contra Incêndio e Pânico (COSCIP), Decreto nº 897/76. NBR / Requisitos de Plano de Emergência Contra Incêndio. NBR – Execução de Sistema de Detecção e Alarme de Incêndio; NBR – Sistema de Iluminação de Emergência; NBR-9077 – Saída de emergência em edifícios; NBR – Porta corta-fogo para saída de emergência. NBR Sistema de Proteção por Extintores de Incêndio NBR Sinalização de segurança contra incêndio e pânico NBR Mangueira de incêndio – Requisitos e métodos de ensaio NBR Instalações e equipamentos para treinamento e combate a incêndio – Requisitos NBR Saídas de emergência em edifícios LEGISLAÇÃO APLICÁVEL

36 MUITO OBRIGADO FIM


Carregar ppt "COMO REALIZAR A AUTOVISTORIA PREDIAL NA ÁREA DE SEGURANÇA Jaques Sherique Eng. Mecânico e de Segurança do Trabalho 5º SEMINÁRIO DE."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google