A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Verbos – Prova Bimestral Conjugação Vozes Tempo e Modos.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Verbos – Prova Bimestral Conjugação Vozes Tempo e Modos."— Transcrição da apresentação:

1 Verbos – Prova Bimestral Conjugação Vozes Tempo e Modos

2 Verbo Elemento principal da oração, o verbo exprime processos, ações, estados ou fenômenos e, por meio da ampla variedade de formas em que se apresenta. Indica em português a pessoa, o tempo, o modo e a voz do discurso.

3 Classificação dos verbos quanto à flexão

4 Conjugações Primeira Conjugação: verbos cujo infinitivo termina em ar. – Vogal temática a.a – Ex: cantar, falar, pensar, brincar, parolar etc.cantarfalarpensarbrincarparolar Segunda Conjugação: verbos cujo infinitivo termina em er. – Vogal temática e.e – Ex: vender, ler, saber, correr etc.venderlersabercorrer Terceira Conjugação: os verbos cujo infinitivo termina em ir. – Vogal temática i.i – Ex: partir, dormir, pedir etc.partirdormirpedir

5 Modos Modo = varia a forma verbal para indicar o modo em que ocorre o fato. Indicativo - indica uma certeza, uma realidade. Por exemplo, eu sempre estudo. Subjuntivo - indica uma dúvida, uma possibilidade. Por exemplo, talvez eu estude amanhã. Imperativo - indica uma ordem, um pedido. Por exemplo, estuda agora, menino.

6 Tempos primitivos e derivados

7 Conjugações Desinências nas conjugações verbais.

8

9

10

11 As desinência na conjugação dos verbos

12 Vozes Verbais Quanto às vozes: - ativa: sujeito é agente da ação verbal; - passiva: sujeito é paciente da ação verbal; A voz passiva pode ser analítica ou sintética: - analítica: - verbo auxiliar + particípio do verbo principal; - sintética: na 3ª pessoa do singular ou plural + SE (partícula apassivadora); - reflexiva: sujeito é agente e paciente da ação verbal.

13 Tempos compostos Os tempos verbais compostos são formados por locuções verbais que têm como auxiliares os verbos ter e haver e como principal, qualquer verbo no particípio. São eles:

14 01) Pretérito Perfeito Composto do Indicativo: É a formação de locução verbal com o auxiliar ter ou haver no Presente do Indicativo e o principal no particípio, indicando fato que tem ocorrido com freqüência ultimamente. Ex. Eu tenho estudado demais ultimamente. Todos nós nos temos esforçado, para a empresa crescer. Será que tu tens tentado melhorar? Tempos compostos

15 02) Pretérito Perfeito Composto do Subjuntivo: É a formação de locução verbal com o auxiliar ter ou haver no Presente do Subjuntivo e o principal no particípio, indicando desejo de que algo já tenha ocorrido. Ex. Espero que você tenha estudado o suficiente, para conseguir a aprovação. O meu desejo é que todos nós nos tenhamos esforçado, para a empresa crescer. Duvido de que tu tenhas tentado melhorar. Tempos compostos

16 03) Pretérito Mais-que-perfeito Composto do Indicativo: É a formação de locução verbal com o auxiliar ter ou haver no Pretérito Imperfeito do Indicativo e o principal no particípio, tendo o mesmo valor que o Pretérito Mais-que-perfeito do Indicativo simples. Ex. Ontem, quando você foi ao Zerão, eu já tinha caminhado 6 Km. Eu já tinha estudado no Maxi, quando conheci Magali. Eu tinha confiado naquele amigo que mentiu a mim. Tempos compostos

17 05) Futuro do Presente Composto do Indicativo: É a formação de locução verbal com o auxiliar ter ou haver no Futuro do Presente simples do Indicativo e o principal no particípio, tendo o mesmo valor que o Futuro do Presente simples do Indicativo. Ex. Quando você chegar ao Zerão, eu já terei caminhado 6 Km. Amanhã, quando o dia amanhecer, eu já terei partido. Tempos compostos

18 06) Futuro do Pretérito Composto do Indicativo: É a formação de locução verbal com o auxiliar ter ou haver no Futuro do Pretérito simples do Indicativo e o principal no particípio, tendo o mesmo valor que o Futuro do Pretérito simples do Indicativo. Ex. Eu teria caminhado todos os dias desse ano, se não estivesse trabalhando tanto. Eu teria estudado no Maxi, se não me tivesse mudado de cidade. Eu teria confiado mais uma vez naquele amigo, se ele me tivesse prometido não mais me trair. Tempos compostos

19 07) Futuro Composto do Subjuntivo: É a formação de locução verbal com o auxiliar ter ou haver no Futuro do Subjuntivo simples e o principal no particípio, tendo o mesmo valor que o Futuro do Subjuntivo simples. Ex. Quando você tiver terminado sua série de exercícios, eu caminharei 6 Km. Observe algumas frases: Quando você chegar à minha casa, telefonarei a Osbirvânio. Quando você chegar à minha casa, já terei telefonado a Osbirvânio. Tempos compostos

20 08) Infinitivo Pessoal Composto: É a formação de locução verbal com o auxiliar ter ou haver no Infinitivo Pessoal simples e o principal no particípio, indicando ação passada em relação ao momento da fala. Ex. Para você ter comprado esse carro, necessitou de muito dinheiro. Tempos compostos

21 04) Pretérito Mais-que-perfeito Composto do Subjuntivo: É a formação de locução verbal com o auxiliar ter ou haver no Pretérito Imperfeito do Subjuntivo e o principal no particípio, tendo o mesmo valor que o Pretérito Imperfeito do Subjuntivo simples. Ex. Eu teria caminhado todos os dias desse ano, se não tivesse trabalhado tanto. Eu teria confiado mais uma vez naquele amigo, se ele me tivesse prometido não mais me trair. Obs.: Perceba que todas as frases remetem a ação obrigatoriamente para o passado. A frase Se eu estudasse, aprenderia é completamente diferente de Se eu tivesse estudado, teria aprendido. Tempos compostos

22 Quem é "você": segunda ou terceira pessoa? Veja o exemplo neste trecho da canção "Ana Júlia", de Marcelo Camelo e gravada por Los Hermanos: Quem te vê passar assim por mim não sabe o que é sofrer ter que ver você assim sempre tão linda contemplar o sol do teu olhar perder você no ar na certeza de um amor me achar um nada É bom lembrar a origem da palavra "você": Vossa Mercê > Vossemecê > Vosmecê > você

23 De início o pronome de respeito "Vossa Mercê" era um pronome de formalidade, mas acabou se tornando, no Brasil, pronome de intimidade."Você" conjuga verbo na terceira pessoa: Você é você pode você diz Em se tratando de língua padrão, os pronomes associados devem ser da terceira pessoa: "seu", "o", "a", "lhe" etc. Ocorre que, na estrutura do discurso, "você" é a pessoa a quem se fala e, portanto, da segunda pessoa. Quem é "você": segunda ou terceira pessoa?

24 Para que não fique nenhuma dúvida: na estrutura do discurso, "você" é da segunda pessoa, é o interlocutor; por outro lado, "você", como os demais pronomes de tratamento (senhor, vossa senhoria etc.), pede o verbo conjugado na terceira pessoa, e não na segunda pessoa. Quem é "você": segunda ou terceira pessoa?


Carregar ppt "Verbos – Prova Bimestral Conjugação Vozes Tempo e Modos."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google