A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Vozes do Campo. Conflitos Fazem parte da vida São frutos do viver em sociedade São inevitáveis Ocorrem no dia-a-dia Proporcionam o desenvolvimento social.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Vozes do Campo. Conflitos Fazem parte da vida São frutos do viver em sociedade São inevitáveis Ocorrem no dia-a-dia Proporcionam o desenvolvimento social."— Transcrição da apresentação:

1 Vozes do Campo

2 Conflitos Fazem parte da vida São frutos do viver em sociedade São inevitáveis Ocorrem no dia-a-dia Proporcionam o desenvolvimento social Conflitos são uma forma de interação social Conflitos são reciprocamente construídos Quando um não quer, dois não brigam

3 PISAR E PESAR MÉTODO PARA RESOLUÇÃO DE CONFLITOS

4 UNIPAZ Brasil

5

6

7 Na medida em que deixamos a nossa própria luz brilhar, inconscientemente, damos às outras pessoas permissão para fazerem o mesmo. Nelson Mandela

8 A luz no fim do túnel pode ser você. Banda Aerosmith A luz no fim do túnel pode ser você. Banda Aerosmith Imagem: Rodrigo Moraes

9 Anexos:

10 Bibliografia Liderança Liderança Sitêmica: Um caminho para a Transliderança Leda Regis e Maria Vilma Chiorlin Helvética Shackleton: Uma lição de coragemM. Morrell e S. Capparell Sextante Gandhi: Minha Vida e Minhas Experiências com a Verdade GandhiO Cruzeiro Criando Colaboração ProdutivaDavid StrausCampus O monge e o executivo: Uma história sobre a essência da liderança James C. HunterSextante Como integrar liderança e espiritualidadeJair Moggi e Daniel Burkhard Negócio AutoliderançaRobson SantarémSenac Rio Liderança e a Nova CiênciaMargaret WheatleyCultrix Liderança para Tempos de IncertezaMargaret WheatleyCultrix

11 Bibliografia Consenso e Resolução de Conflitos Os seis chapéus do pensamentoEdward de BonoSextante Como chegar ao SimRoger Fischer e Williana UryNorma Sentados en el FuegoArnold MindellIcária Comunicação Não-ViolentaMarshall RosenbergAgora A quinta disciplina: Caderno de CampoPeter M. SengeQualitymark A arte de viver a vidaPierre WeilLetraviva O fim da guerra dos sexosPierre WeilLetraviva

12 Sites

13 Mas, veja só, se o lobo vencedor continuar a atacar o vencido, ele será rechaçado pelos demais, podendo até ser atacado pela matilha que iria liderar. Sem ter compaixão pelo vencido, ele demonstra fraqueza de caráter. Tem de mostrar respeito pelo vencido. Quando dois lobos disputam a liderança de uma matilha partem para o confronto físico até que um deles, derrotado, deita de costas no chão. É aí que reside a beleza dessa história: o outro lobo interrompe o ataque, deixando o vencido em paz, pois a intenção não é ferir ou matar o oponente, mas, apenas vencê-lo na disputa pelo poder. – APRENDA COM OS LOBOS – O que pode acontecer quando força não é acompanhada de caráter

14 O S S O N S D A F L O R E S T A No século III d.C., o rei Tsao mandou seu filho, o príncipe Tai, estudar no templo com o grande mestre Pan KU. O objetivo era preparar o príncipe que iria suceder ao pai no trono, para ser um grande administrador. Quando o príncipe chegou ao templo, o mestre logo o mandou, sozinho, à floresta de Ming-Li. Ele deveria voltar um ano depois, com a tarefa de descrever os sons da floresta.Passado o prazo, Tai retornou e o mestre lhe pediu para descrever os sons de tudo aquilo que tinha conseguido ouvir. Mestre, disse o príncipe, pude ouvir o canto dos cucos, o roçar das folhas, o alvoroço dos beija- flores, a brisa batendo suavemente na grama, o zumbido das abelhas e o barulho do vento cortando os céus. Quando Tai terminou, o mestre mandou-o de volta à floresta para ouvir tudo o mais que fosse possível....

15 Tai ficou intrigado com a ordem do mestre. Ele já não tinha distinguido cada som da floresta? Por longos dias e noites, o príncipe sentou-se sozinho na floresta, ouvindo, ouvindo. Mas não conseguiu distinguir nada de novo além daqueles sons já mencionados ao mestre. Então, certa manhã, sentado entre as árvores da floresta, começou a distinguir sons vagos, diferentes de tudo o que ouvira antes. Quanto mais atenção prestava, mais claros os sons se tornavam. Uma sensação de encantamento tomou conta do rapaz. Esses devem ser os sons que o mestre queria que eu ouvisse, pensou. Sem pressa, o príncipe passou horas ali, ouvindo e ouvindo, pacientemente. Queria ter a certeza de que estava no caminho certo. Quando Tai retornou ao templo, o mestre lhe perguntou o que mais ele tinha conseguido ouvir.

16 Mestre, respondeu reverentemente o príncipe, quando prestei mais atenção pude ouvir o inaudível – o som das flores se abrindo, do sol aquecendo a terra, e da grama bebendo o orvalho da manhã. O mestre acenou com a cabeça em sinal de aprovação. Ouvir o inaudível é ter a disciplina necessária para se tornar um grande administrador, observou Pan Ku. Apenas quando aprende a ouvir o coração das pessoas, seus sentimentos mudos, os medos não confessados e as queixas silenciosas, um administrador pode inspirar confiança a seu povo, entender o que está errado e atender às reais necessidades dos cidadãos. A morte de um país começa quando os líderes ouvem apenas as palavras pronunciadas pela boca, sem mergulhar a fundo na alma das pessoas para ouvir seus sentimentos, desejos e opiniões reais. *Chan Kin e Renée Mauborgne do European Institute Of Business Adminstration.


Carregar ppt "Vozes do Campo. Conflitos Fazem parte da vida São frutos do viver em sociedade São inevitáveis Ocorrem no dia-a-dia Proporcionam o desenvolvimento social."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google