A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Entenda melhor o processo de certificação de sistemas.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Entenda melhor o processo de certificação de sistemas."— Transcrição da apresentação:

1 Entenda melhor o processo de certificação de sistemas

2 A certificação de sistemas de gestão possibilita que as organizações possam demonstrar o comprometimento com o desenvolvimento organizacional e com a satisfação de seus clientes.

3 Organismo de certificação: Organização pública ou privada que possui capacidade técnica para certificar sistemas, produtos, pessoas, etc, através de mecanismos inspeção, auditorias ou outra forma aceito em comum acordo.

4 Atuação do Inmetro Através do Sistema Brasileiro de Avaliação da Conformidade (SBAC), possui acordo multilateral de reconhecimento com os membros do International Acreditation Forum (IAF). Portanto, os certificados emitidos com o selo do Inmetro possui reconhecimento internacional, podendo as empresas nacionais, exportarem seus produtos para todos os países membros do IAF.

5 O Inmetro faz auditorias nos organismos de certificação a fim de dar credibilidade nos seus processos de certificação. No mínimo, são realizadas duas auditorias anuais de avaliação da conformidade com os requisitos da ISO

6 Como se calcula o dimensionamento de auditoria? Todos os organismos certificadores com credenciamento do IAF devem seguir a norma ISO 17021: Requisitos para organismos que fornecem auditoria e certificação de sistema de gestão.

7 Tabela do IAF/INMETRO Fonte: NIT-DICOR-054 Nº Ramo de atividade 1 Agricultura, Pesca 2 Mineração e Extrativismo 3 Alimentos, Bebidas e Fumo 4 Têxteis e Produtos Têxteis 5 Couro e Produtos do Couro 6 Madeira e Produtos de Madeira (exceto móveis) 7 Polpa, Papel e Produtos de Papel 8Editoras 9 Empresas de Impressão 10 Fabricação do Coque e Produtos Refinados de Petróleo 11 Combustível Nuclear 12 Química, Produtos Químicos e Fibras 13Farmacêuticos 14 Borrachas e Produtos Plásticos 15 Produtos Minerais Não Metálicos (Vidro, cerâmica,....) 16 Concreto, Cimento, Cal, Gesso, etc.

8 Tabela do IAF/INMETRO Fonte: NIT-DICOR-054 Nº Ramo de atividade 17/1 Metais Básicos, Siderúrgica 17/2 Metálicos Fabricados (Metalúrgica) 18 Máquinas e Equipamentos 19 Equipamento Ótico e Elétrico / Indústria eletro-eletrônica 20 Construção Naval 21Aeroespacial 22 Outros Equipamentos de Transporte (Veículos, Motociclos, Bicicletas, Locomotivas e Material Rodante Ferroviário) 23 Fabricações Não Classificáveis 24Reciclagem 25 Suprimento de Energia Elétrica 26 Abastecimento de Gás 27 Abastecimento de Água 28Construção 29/1 Comércio Atacado e Varejo 29/2 Reparos de Automóveis e Motociclos e Bens Pessoais 30 Hotéis e Restaurantes

9 Tabela do IAF/INMETRO Fonte: NIT-DICOR-054 Nº Ramo de atividade 31 Transporte, Armazenagem e Comunicação 32 Intermediação Financeira, Bens Imóveis, Locação 33 Informação Tecnológica 34/1 Pesquisa e Desenvolvimento 34/2 Serviços de Engenharia 35 Outros Serviços ara Empresas 36 Administração Pública 37Educação 38/1Saúde 38/2 Serviço Social 39 Outros Serviços Sociais

10 Tabela do IAF/INMETRO Número de funcionários A/d conforme tabela IAF Certificaçãoinicial Manutenção semestral Manutenção anual Recertifica ção 1ª Fase 2ª Fase 01 – , – , – ,52,5 46 – ,53 66 – – ,5 126 – ,52, – , – ,536 Fonte: NIT-DICOR-054

11 Qual a conduta correta de um auditor de uma certificadora? Para desempenhar seu papel, um auditor necessita de algumas habilidades: Perspicácia A capacidade de conseguir compreender o problema rapidamente, mas sem tirar conclusões apresssadas. Persistência A capacidade para transpor as dificuldades e manter o curso das ações planejadas em vez de retroceder.

12 Perspectiva Flexível A capacidade para ver as coisas de diferentes pontos de vista e de se adaptar a circunstâncias em alteração. Abordagem Disciplinada A capacidade de fazer uma abordagem a um problema lógico e sistemático, e de definir limites de responsabilidade para área de investigação.

13 Habilidades Sociais A capacidade de se comunicar e trabalhar com as outras pessoas em todos os níveis, desde o nível da fábrica até à direção geral, e de manter controle através das numerosas entrevistas. Competência nas Apresentações A capacidade de expressar claramente, pensamentos, idéias e propostas, tanto oralmente quanto por escrito.

14 Habilidades Técnicas A capacidade de investigar e determinar o grau de conformidade com o sistema e com a norma em todas as áreas do processo de produção.

15 Há várias características de personalidade que podem ser úteis para se estabelecer um bom relacionamento com os auditados e para coletar e analisar informações, bem como aquelas que tornariam tudo isso difícil.

16 Características Positivas de um Auditor - Educado, - Possuir capacidade de ser construtivo, - Possuir capacidade de ser instrutivo, - Ser perspicaz, - Possuir sensibilidade, - Possuir atitude positiva, - Ter cabeça aberta, - Ser diplomático, - Ser honesto, - Ter maturidade, - Ser modesto.

17 Características Negativas de um Auditor - Ser crítico,- Negligente, - Ser controverso,- Indeciso, - Sabe tudo,- Falta de prática, - Agressivo, - Ser desatencioso, - Inconsistente, - Inflexível, - Preguiçoso, - Desonesto, - Apressado para conclusões,

18 Quando o auditor tem ou não a razão? - Quando o Auditor se limita à norma em questão - Quando o Auditor se limita aos documentos do Sistema de Gestão - Quando o Auditor aplica somente o que aprendeu como auditor. Quando o Auditor esquecer tudo o que aprendeu! Tem Razão Não Tem Razão

19 O que pode ser cobrado pela certificadora? Algumas certificadoras cobram: Impostos como: PIS/PASEP ISS (Imposto Sobre Serviços) IRPJ (Imposto de Renda P.J.) Confins Diária do Auditor: Deslocamento anterior à realização da auditoria = +/- 20% do valor real de contrato = +/- ½ Homem/Dia

20 Deslocamento somente por taxi: = +/- 20% a mais se o Auditor se deslocasse com seu veículo próprio Podendo custar até R$ 1.000,00 por ano, algumas certificadoras embutem no preço do contrato de certificação Certificado adicional sem acreditação oficial:

21 Proposta não honesta: Proposta indecente: A certificadora reduz o número de H/D para ganhar o contrato e depois faz a reposição através da Auditoria de Follow- up. O organismo certificador emite uma proposta em que não aparecem vários valores, mas, que aparecem quando chega os boletos.

22 O correto é... A proposta do organismo certificador deve conter todos os valores que serão cobrados de forma clara, correta e nítida.

23 Conforme a ISO 17021:2007 as auditorias devem ser marcadas: - Da 1ª Fase para a 2ª Fase: Intervalo de pelo menos 30 dias - Não oficial - Da 2ª Fase para a 1ª Manutenção: Intervalo anterior a 12 Meses - Oficial - Da 1ª Manutenção para a 2ª: Intervalo anterior a 12 Meses - Oficial - Da 2ª Manutenção para a Recertificação: Realização da auditoria antes do vencimento do certificado - Oficial


Carregar ppt "Entenda melhor o processo de certificação de sistemas."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google