A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

HTML © Ana Lucas– 2007versão 1.0 HTML – Hyper Text Markup Language.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "HTML © Ana Lucas– 2007versão 1.0 HTML – Hyper Text Markup Language."— Transcrição da apresentação:

1 HTML © Ana Lucas– 2007versão 1.0 HTML – Hyper Text Markup Language

2 HTML © Ana Lucas– 2007versão 1.0 O que instalar e como Para instalar o Apache, PHP e MySQL fazer o download a partir da distribuição: Instalar em C:\

3 HTML © Ana Lucas– 2007versão 1.0 Como correr os scripts no Internet Explorer Criar uma pasta Testes em: C:\Xampp\htdocs\ Correr no Internet Explorer com o seguinte endereço: do script ou do script

4 HTML © Ana Lucas– 2007versão 1.0 Documento básico e os seus componentes A estrutura de um documento HTML apresenta os seguintes componentes: Titulo do Documento texto, imagem, links,... As etiquetas HTML não são sensíveis a maiusculas e minusculas. Traduzindo: tanto faz escrever,,,,...

5 HTML © Ana Lucas– 2007versão 1.0 Cabeçalhos Há seis níveis de cabeçalhos em HTML, de a : Este é um cabeçalho de nível 1 Este é um cabeçalho de nível 2 Este é um cabeçalho de nível 3 Este é um cabeçalho de nível 4 Este é um cabeçalho de nível 5 Este é um cabeçalho de nível 6 Esses cabeçalhos são mostrados da seguinte forma: Este é um cabeçalho de nível 1 Este é um cabeçalho de nível 2 Este é um cabeçalho de nível 3 Este é um cabeçalho de nível 4 Este é um cabeçalho de nível 5 Este é um cabeçalho de nível 6

6 HTML © Ana Lucas– 2007versão 1.0 Quebras de Linha e Parágrafos Quebras de Linha: Quando queremos mudar de linha, usamos o elemento. Isso só é necessário quando queremos uma quebra de linha em determinado ponto, pois os browsers já quebram as linhas automaticamente para apresentar os textos. Com sucessivos, podemos inserir diversas linhas em branco nos documentos. Parágrafos Para separar blocos de texto, usamos o elemento Parágrafo 1 Parágrafo 2.

7 HTML © Ana Lucas– 2007versão 1.0 Listas não numeradas item de uma lista item de uma lista, que pode ser tão grande quanto se queira, sem que seja necessário preocupar-se com a formatação das margens de texto item item de uma lista item de uma lista, que pode ser tão grande quanto se queira, sem que seja necessário preocupar-se com a formatação das margens de texto item

8 HTML © Ana Lucas– 2007versão 1.0 Listas numeradas item de uma lista numerada item de uma lista numerada, que pode ser tão grande quanto se queira, sem que seja necessário se preocupar com a formatação das margens de texto item de lista numerada 1.item de uma lista numerada 2.item de uma lista numerada, que pode ser tão grande quanto se queira, sem que seja necessário preocupar-se com a formatação das margens de texto 3.item de lista numerada

9 HTML © Ana Lucas– 2007versão 1.0 Estilos Quando disponível no browser, é mostrado em negrito (nalguns browsers, pode aparecer sublinhado) Itálico (em alguns casos, caracteres inclinados) Tipo teletype - fonte de espaçamento fixo. Sublinhado. Deve ser usado com cuidado, pois confunde-se com a apresentação de links.

10 HTML © Ana Lucas– 2007versão 1.0 Comentários

11 HTML © Ana Lucas– 2007versão 1.0 Um formulário é um modelo para a entrada de um conjunto de dados. O primeiro passo para fazer formulários é aprender as etiquetas que desenham as janelas de entrada de dados, para depois trabalharmos com os scripts, que são os programas que tratam esses dados, oferecendo os serviços desejados (acesso a base de dados, envio de , etc.). O elemento delimita um formulário e contém uma sequência de elementos de entrada e de formatação do documento.... Forms (Formulários)

12 HTML © Ana Lucas– 2007versão Os atributos de FORM que nos interessam agora são: ACTION –Especifica o URL do script ao qual serão enviados os dados do formulário. METHOD –Seleciona um método para aceder ao URL de acção. Os métodos usados actualmente são GET e POST. Ambos os métodos transferem dados do browser para o servidor, com a seguinte diferença básica: POST –os dados entrados fazem parte do corpo da mensagem enviada para o servidor; –transfere grande quantidade de dados. GET –os dados entrados fazem parte do URL (endereço) associado à consulta enviada para o servidor; –suporta até 128 caracteres. Forms (Formulários)

13 HTML © Ana Lucas– 2007versão 1.0 Forms (Formulários) INPUT O campo tem um atributo TYPE, ao qual atribuímos seis valores diferentes (text, password, submit, checkbox, radio e reset) para gerar seis tipos diferentes de entrada de dados. Campo de dados texto: Nome: produz o resultado: Nome:

14 HTML © Ana Lucas– 2007versão 1.0 Forms (Formulários) INPUT Campo de dados password: Entrada de texto na qual os caracteres são escondidos por asteriscos. Login: Password: Login: Password:

15 HTML © Ana Lucas– 2007versão 1.0 Forms (Formulários) VALUE VALUE pode ser usado para dar um valor inicial a um campo de tipo texto ou senha. Desse modo, se o utilizador não preencher este campo, será adoptado este valor padrão. Se o utilizador quiser entrar dados, simplesmente apaga o que já estiver escrito e escreve as suas informações. Nome: Seu nome

16 HTML © Ana Lucas– 2007versão 1.0 Forms (Formulários) INPUT SUBMIT apresenta o botão que causa o envio dos dados de entrada para o servidor: Envia mensagem

17 HTML © Ana Lucas– 2007versão 1.0 Forms (Formulários) Exemplo: Enter the new author: Name:

18 HTML © Ana Lucas– 2007versão 1.0 Forms (Formulários) Exemplo: author.php

19 HTML © Ana Lucas– 2007versão 1.0 Forms (Formulários) Exemplo: código html e php no mesmo ficheiro " method= "post"> Enter the new author: Name:

20 HTML © Ana Lucas– 2007versão 1.0 Forms (Formulários) SELECT: apresenta uma lista de valores, através de campos OPTION. Apresenta uma combo box ao utilizador. Exemplo: Abacaxi Creme Morango Chocolate

21 HTML © Ana Lucas– 2007versão 1.0 Links (Ligações) Com HTML é possível fazermos ligações de uma região de texto (ou imagem) a um outro documento ou endereço.São as ligações de hipertexto - também chamadas hypertext links ou hiperlinks ou simplesmente links. Para inserir um link num documento, utilizamos a etiqueta, da seguinte forma: âncora onde: arq_destino É o URL do documento de destino; âncora É o texto ou imagem que servirá de ligação hipertexto do documento sendo apresentado para o documento de destino. Exemplo: ISEG


Carregar ppt "HTML © Ana Lucas– 2007versão 1.0 HTML – Hyper Text Markup Language."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google