A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

MINISTÉRIO da DEFESA EXÉRCITO BRASILEIRO D E C Ex - DEPA COLÉGIO MILITAR de FORTALEZA.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "MINISTÉRIO da DEFESA EXÉRCITO BRASILEIRO D E C Ex - DEPA COLÉGIO MILITAR de FORTALEZA."— Transcrição da apresentação:

1 MINISTÉRIO da DEFESA EXÉRCITO BRASILEIRO D E C Ex - DEPA COLÉGIO MILITAR de FORTALEZA

2 Objetivos: Conceituar magnetismo.

3 A MAGNETITA

4 Depósitos de minério ferro magnético foram descobertos pelos gregos, numa região da Turquia, há muitos séculos. A região era então conhecida como Magnésia e, assim, o minério foi chamado magnetita. Outros depósitos de magnetita são encontrados em outras regiões do mundo, e os pedaços de magnetita são conhecidos como ímãs naturais. Um desses pedaços, pendurado em um fio, se alinha com o campo magnético da Terra. Por volta do século XII, os homens começaram a usar esses ímãs naturais a que davam o nome de pedra-ímã, como as primeiras bússolas magnéticas.

5 A MAGNETITA

6 A força entre pólos magnéticos O fato de que as limalhas de ferro se prendem principalmente nas extremidades de um ímã de barra indica que a força magnética atua sobre as limalhas basicamente nessas regiões ou pólos; isso não significa que a região intermediária do ímã seja desmagnetizada. O pólo que aponta para o Norte, quando o ímã está livre para girar sobre um eixo vertical, é comumente chamado pólo norte ou simplesmente pólo N. O pólo oposto, que aponta para o Sul, é chamado pólo sul ou pólo S.

7

8

9 Campo Magnético da Terra

10

11 Campo Magnético - região do espaço que envolve um ímã

12 Linhas de Campo ou de Indução

13 Polos de mesmo nome se repelem e de nomes contrários se atraem.

14 ÍMÃ ELEMENTAR

15 Indução Magnética Denomina-se indução magnética o fenômeno da imantação de um corpo por meio de um ímã.

16 O que provoca o Magnétismo Substâncias com pelo menos um eletron desemparelhado são atraidas pelos ímãs. A maioria é fracamente atraída e são chamadas paramagnéticas.

17 Alguns materiais, notadamente o ferro e o aço, são fortemente atraídos pelos ímãs; o cobalto e o níquel são atraídos em grau menor. Diz-se que essas substâncias têm propriedades ferromagnéticas.

18 As substâncias com todos os seus elétrons emparelhados não são atraidas pelo ímã, sendo chamadas de diamagnéticas.

19 Átomos com pelo menos um elétron desemparelhado - são atraídos por um ímã - Paramagnéticas ou Ferromagnéticas. Átomos com todos elétrons emparelhados - não são atraídos por um ímã - Diamagnéticas.

20 Atualmente, são fabricados ímãs artificiais muito fortes e versáteis, com substâncias ferromagnéticas. Os ímãs de alnico (Alumínio, Níquel e Cobalto) atuais suportam um peso de mais de vezes o dos próprios ímãs. As substâncias ferromagnéticas são comumente chamadas substâncias magnéticas.

21 Experiência de Oersted

22

23 O Eletromagnetismo A experiência de Oersted marcou o início de estudos mais profundos que visaram à determinação das características desse campo magnético e consequentemente uniu a eletricidade ao magnetismo.

24 O uso prático dos ímãs. O primeiro uso dos ímãs foi a bússola para orientação em viagens. Hoje a utilização mais simples dos ímas é a dos objetos decorativos como "enfeites" de geladeira. Existem fechos magnéticos de armários ou bolsas.

25 O uso prático dos ímãs. Mas existêm empregos mais importantes como em alto- falantes, detectores de metal, disco rígido de computador, cartões magnéticos, dentre outros.

26

27

28 O Eletroímã. É um dispositivo no qual a eletricidade percorre um fio enrolado em um pedaço de ferro e que se comporta como um ímã. Eles são usados, por exemplo, nos guindastes para levantar sucata e mas principalmente todos os motores elétricos.

29

30

31

32

33


Carregar ppt "MINISTÉRIO da DEFESA EXÉRCITO BRASILEIRO D E C Ex - DEPA COLÉGIO MILITAR de FORTALEZA."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google