A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Características 1.Excitabilidade: capacidade de receber e responder a estímulos; 2.Contratilidade: capacidade de encurtar-se e espessar-se; 3.Extensibilidade:

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Características 1.Excitabilidade: capacidade de receber e responder a estímulos; 2.Contratilidade: capacidade de encurtar-se e espessar-se; 3.Extensibilidade:"— Transcrição da apresentação:

1 Características 1.Excitabilidade: capacidade de receber e responder a estímulos; 2.Contratilidade: capacidade de encurtar-se e espessar-se; 3.Extensibilidade: capacidade de distender-se; 4.Elasticidade: capacidade de voltar à posição original após a contração/extensão. T e c i d o M u s c u l a r

2 Características Origem: mesodérmica; Tipos (todos com lâmina basal): -Muscular estriado esquelético: contração vigorosa, rápida e voluntária; -Muscular estriado cardíaco: contração vigorosa, rítmica e involuntária; -Muscular liso: contração lenta e involuntária. Funções: - Movimento (do corpo e de substâncias dentro do corpo); -Estabilização das posições do corpo; -Produção de calor. T e c i d o M u s c u l a r

3 Músculo Esquelético 1)Características gerais - Maior tecido do organismo (40-45% do peso corporal); - apenas 1% das fibras têm mais de um axônio; - diâmetro das fibras varia de m; - não tem capacidade mitótica. T e c i d o M u s c u l a r

4 Músculo Esquelético 2) Membranas conjuntivas - Epimísio: tecido conjuntivo fibroso que envolve vários fascículos musculares; - perimísio: tecido conjuntivo que envolve um fascículo muscular; - endomísio: tecido conjuntivo frouxo (com fibras elásticas e reticulares) que envolve cada fibra muscular. JUNÇÃO MIOTENDÍNEA: região de membranas entre o músculo e o tendão que transmite a força para os tendões. T e c i d o M u s c u l a r

5 Músculo Esquelético 3) Célula muscular (fibra) - Célula multinucleada com núcleos na periferia; - Tamanho celular: 1-40 mm de comprimento; - Sarcolema: membrana celular; - sarcoplasma: citoplasma; - organelas principais: muitas mitocôndrias e gotículas de glicogênio, REL desenvolvido, mioglobina e muitas miofibrilas. T e c i d o M u s c u l a r

6 Músculo Esquelético Músculo Esquelético 3) Célula muscular (fibra) SARCÔMERO (UNIDADE SARCÔMERO (UNIDADE MORFOFUNCIONAL INTRA-CELULAR) Limites: entre duas linhas Z BANDA A: faixa escura banda H (clara) com linha M banda H (clara) com linha M faixa escura (actina e miosina) faixa escura (actina e miosina) BANDA I: faixa clara linha Z (escura) linha Z (escura) faixas claras (actina) faixas claras (actina) T e c i d o M u s c u l a r

7 Músculo Esquelético 3) Célula muscular (fibra) - MIOFIBRILAS Actina: duas actinas F (monômeros de actina G); Tropomiosina: duas cadeias enroladas situadas nos sulcos das actinas F; Troponina: polímero de três monômeros, TNT (unido à tropomiosina), TNC (se liga ao cálcio) e TNI (cobre local da actina se unir à miosina); Miosina: bastão com cabeça. Na banda H só há bastão. T e c i d o M u s c u l a r

8 Músculo Esquelético 4) Contração muscular Deslizamentos dos filamentos grossos e finos entre si, aumentando a zona de sobreposição. REPOUSO: cabeça da miosina com ATP estocado ATIVADO: estímulo nervoso – despolarização da membrana do REL – liberação de cálcio – união do cálcio com TNC – actina se liga à miosina – ativação do ATP + energia – deformação da cabeça da miosina – movimento da actina. T e c i d o M u s c u l a r

9 Músculo Esquelético 5) Retículo sarcoplasmático (Conjunto de cisternas com cálcio) - Túbulos transversais T: invaginações da membrana que envolvem as junções A-I e levam despolarização até o RS; T e c i d o M u s c u l a r -Tríade: um túbulo T e duas cisternas de RS. de RS.

10 Músculo Esquelético 6) Placa motora -sinapse do com fibra muscular; -Perda da mielina; -Dilatação do axônio. T e c i d o M u s c u l a r 7) Unidade motora Conjunto de fibras musculares inervadas por uma fibra nervosa. Influi na força de contração. Conjunto de fibras musculares inervadas por uma fibra nervosa. Influi na força de contração.

11 Músculo Esquelético 6) Sarcoplasma -Glicogênio;- mioglobina;- pouco REG. 7) Fontes de energia (para bombear Na e K e movimentar filamentos). - Calor gerado: 85% usado para aquecer o corpo. -Glicogênio/lipídios – glicose (via aeróbica ou via anaeróbica) – ATP/fosfocreatina – ATP; -Tipos de fibras: tipo I (contração lenta e contínua) e tipo II (contração rápida e descontínua). Determinado pelos nervos. T e c i d o M u s c u l a r

12 Músculo Esquelético Tipos de fibras: tipo I (contração lenta e contínua) e tipo II (contração rápida e descontínua) rápidalenta Maratonista18%82% Homem comum 55%45% Velocista63%37% T e c i d o M u s c u l a r

13 Músculo Esquelético 8) Regeneração -Regeneração pelas células satélites; -Células satélites podem se fundir com as fibras musculares e causar hipertrofia; -Áreas lesionadas são preenchidas por novos mioblastos e tecido conjuntivo. T e c i d o M u s c u l a r

14 1)Características gerais - Células alongadas (1 a 2 núcleos centrais) dispostas em orientações variadas; - Tamanho celular: <0,08 mm de comprimento; - contração involuntária, vigorosa e rítmica; - músculo com a menor capacidade de regeneração. T e c i d o M u s c u l a r Músculo Cardíaco

15 2) Citologia 2) Citologia -Maior quantidade de mitocôndrias, mioglobina e glicogênio do que as células esqueléticas; -Túbulos T na linha Z, pouco RS, poucas tríades e muitas díades; -Grânulos com precursor do peptídio natriurético atrial. natriurético atrial. DISCOS INTERCALARES -porção transversal: desmossomos e zonas de adesão; -Porção lateral: junções tipo Gap. T e c i d o M u s c u l a r

16 Músculo Cardíaco 3) Contração muscular -Regulação: Sistema gerador e condutor do impulso e pelo sistema nervoso autônomo (ausência de placa motora entre nervos e célula muscular); -Presença de fibras de Purkinje: células na porção final do feixe atrioventricular que contactam as células musculares cardíacas; -Passagem de cálcio para a célula é por transporte ativo; -Sistema gerador e condutor do impulso: células que geram impulso para contração. Particularidades: -RS menos desenvolvido; -Cálcio também vem do meio extracelular. extracelular. T e c i d o M u s c u l a r

17 Músculo Cardíaco 4) Regeneração -Baixa capacidade de atividade mitótica para reparar fibras perdidas; -Capacidade de sintetizar miofibrilas e sofrer hipertrofia; -Áreas lesionadas são preenchidas por tecido conjuntivo (fibroblastos). T e c i d o M u s c u l a r

18 Músculo Liso 1)Características gerais - Células alongadas (0,02-0,5 mm), fusiformes, sem estriações e com um único central; - têm funções contrátil e de síntese; - sintetizam colágeno tipo III, fibras elásticas, glicoproteínas, proteoglicanas, fatores de crescimento e hormônio (renina); - tem atividade mitótica. T e c i d o M u s c u l a r

19 2) Localização - Em volta de órgãos ocos, nas paredes de vasos sangüíneos e constituindo o músculo eretor dos pêlos; 3) Citologia - ausência de túbulos T e RS reduzido; - invaginações da membrana (cavéolas); - zônulas de oclusão e junções tipo Gap; - miofilamentos em todas as direções; - muitas vesículas de pinocitose; - revestimento de fibras reticulares. T e c i d o M u s c u l a r Músculo Liso

20 3) Citologia (filamentos) a) finos: actina e tropomiosina; b) grossos: miosina. Só forma filamento grosso durante a contração muscular; b) grossos: miosina. Só forma filamento grosso durante a contração muscular; c) intermediários: vimentina e desmina, que unem os corpos densos. CORPOS DENSOS Locais de inserção dos filamentos finos. Formandos por -actina e outras proteínas. T e c i d o M u s c u l a r Músculo Liso

21 4) Contração muscular -Cálcio extracelular penetra na fibra e se liga à calmodulina (não há troponina C); -A célula pode se contrair total ou parcialmente. Ca cálcio+calmodulina – ativação da cinase – fosforilação da miosina – deformação da miosina – união com actina (ATP/ADP) – movimento. SNA, hormônios e estados fisiológicos podem alterar a ligação cálcio-calmodulina. T e c i d o M u s c u l a r

22 Músculo Liso 5) Controle nervoso -Junções neuro-musculares: dilatações axônicas – tecido conjuntivo – célula muscular; -Relação neuro-muscular: um axônio pode inervar uma célula ou um grupo de células lisas; -Neuro-transmissores: acetilcolina e adrenalina. T e c i d o M u s c u l a r


Carregar ppt "Características 1.Excitabilidade: capacidade de receber e responder a estímulos; 2.Contratilidade: capacidade de encurtar-se e espessar-se; 3.Extensibilidade:"

Apresentações semelhantes


Anúncios Google