A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Processos Prof. André Luis Meneses Silva

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Processos Prof. André Luis Meneses Silva"— Transcrição da apresentação:

1 Processos Prof. André Luis Meneses Silva

2 Processo Um dos conceitos mais importantes em sistemas operacionais. Um processo é um programa em execução.

3 Processo

4 Características: Cada processo possui um identificador único, conhecido como pid (process id). As informações sobre um processo estão armazenadas na tabela de processos, acessada pelo pid. Durante a execução, o processo compartilha o processador com outros processos em execução (escalonamento de processador). Um processo interage com outros processos através de mecanismos de comunicação.

5 Modelos de Processos Classificação dos modelos de processos quanto ao custo de troca de contexto e manutenção. Heavyweight (processos tradicionais) Lightweight (threads)

6 Modelos de Processos Heavyweight Processo é composto pelo ambiente e execução. Cada processo possui um único fluxo de controle. Independente dos demais.

7 Modelos de Processos Em um dado instante, pode haver vários processos ativos. O processador é chaveado entre os diversos processos. Por esta razão, fica praticamente impossível prever o tempo de execução de um processo, pois este dependerá da carga do sistema. Ruim para RTOS. Essa característica, de permitir vários processos ativos, é conhecida como multiprogramação.

8 Modelos de Processos

9

10 Como acontece a multiprogramação? O Sistema Operacional é responsável por escalonar cada tarefa para execução. Cada tarefa possui uma fatia de tempo, de acordo com sua importância (prioridade) para o sistema. Cada troca de processo é acompanhado pela troca de contexto. troca de contexto.swf

11 Multiprogramação Esqueleto do que o nível mais baixo do SO faz quando ocorre uma interrupção 11

12 Criação de Processos Principais eventos que levam à criação de processos 1. Início do sistema 2. Execução de chamada ao sistema de criação de processos 3. Solicitação do usuário para criar um novo processo 4. Início de um job em lote 12

13 Término de Processos Condições que levam ao término de processos 1. Saída normal (voluntária) 2. Saída por erro (voluntária) 3. Erro fatal (involuntário) 4. Cancelamento por um outro processo (involuntário) 13

14 Processos na prática 1. Iniciar em modo linux 2. Iniciar o terminal 3. executar top.

15 Hierarquias de Processos Todo S.O. possuemecanismosquepermitem a criação de processos (fork() no linux) Geralmente um processo é criadoporoutro. 15

16 Paicria um processofilho, processofilhopodecriarseupróprioprocesso Formamumahierarquia Linux chamaisso de grupo de processos Filho é clone do processopai. Windows nãopossui o conceito de hierarquia de processos Todososprocessossãocriadosiguais e apóscriaçãosãopersonalizados (create_process()). Hierarquias de Processos

17 Estados de Processos (1) 17

18 Tabelas de Processos Mantém todas as informações de um processo. Campos úteis para gerência do processo, memória e arquivos. Varia de Sistema Operacional para Sistema Operacional.

19 Implementação de Processos (1) Campos da entrada de uma tabela de processos 19

20 Atividades Elaborar um Live CD/DVD Linux, o mesmo será utilizado para as disciplinas S.O. e Linguagens Formais e Tradutores. Ferramentas G++. Eclipse IDE ou Netbeans IDE para C++ e Java. CUP. JFLEX. JDK 6. make autoconfig Xfce (para quem quiser). Para 01/09


Carregar ppt "Processos Prof. André Luis Meneses Silva"

Apresentações semelhantes


Anúncios Google