A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

1 POTENCIAL PARA O SEGURO NO ESTADO DE GOIAS : VAMOS APROVEITAR AS OPORTUNIDADES ? Claudio R. Contador Dezembro de 2005.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "1 POTENCIAL PARA O SEGURO NO ESTADO DE GOIAS : VAMOS APROVEITAR AS OPORTUNIDADES ? Claudio R. Contador Dezembro de 2005."— Transcrição da apresentação:

1 1 POTENCIAL PARA O SEGURO NO ESTADO DE GOIAS : VAMOS APROVEITAR AS OPORTUNIDADES ? Claudio R. Contador Dezembro de 2005

2 2 Roteiro : Tendências do seguro no Brasil A experiência internacional na intermediação Corretagem : como melhorar ? - Desafios da tecnologia - Atualização - Internet O potencial de Goiás : os nichos de consumo

3 3 TENDÊNCIAS POLÍTICO-SOCIAIS

4 4 PRINCIPAIS MUDANÇAS : O poder de decisão pertence cada vez mais ao consumidor e cada vez menos ao produtor (seguradora) Sem reformas e melhoria da qualificação profissional, o mercado de seguros cresce pouco no Brasil Novas oportunidades : a inclusão social, produtos populares Novos canais de distribuição (Internet, bancassurance, mala direta, postos de vendas) A globalização é inevitável

5 5 CORRETOR versus AGENTE O Corretor no Brasil : Corretor NÃO é vendedor de seguros !!!!! É o comprador de coberturas em nome do segurado O corretor é o representante do segurado Proibição de vínculo ou relacionamento de subordinação com seguradoras (Art.17, Lei 4594/64) Profissão regulamentada Exigência de certificação e licença oficial Existência de sindicatos Criação do Conselho Federal de Corretores

6 6 CORRETOR versus AGENTE O Agente : Representante de uma seguradora Pode ser independente ou associado Profissão ainda não regulamentada Não exige certificação e licença oficial Nenhuma pessoa é um agente ! A pessoa está operando como um agente (bico).

7 7 Vida e saúdeProperty & causalty * * Agentes cativos56,549,14544,040,138 Agentes independentes26,823,32135,531,930 Mala direta9,49,592,83,93 Bancos2,96,089,214,914 Internet0,98,6130,52,99 Outros3,5 47,06,36 Fonte : DataMonitor (EUA) * Previsão Canais de distribuição nos EUA, % (participação dos agentes em queda)

8 8 As forças do sucesso de um corretor: Boa formação, atualização constante Empenho e dedicação Respeito ao consumidor Integração total com tecnologia Ética como princípio

9 9 Oportunidades e desafios da tecnologia

10 10 O CUSTO DA TECNOLOGIA: AnoCusto pass./Km aéreo, US$ 90 Chamada NY- Londres, US$ 90 Preço Memória CPU, 1990= ,68 0,24 0,10 0,08 0,05 244,65 45,86 4,80 3,32 1, ,00 3,62 1,00 0,08

11 11 TECNOLOGIA VERSUS EMPREGO: DIFERENÇAS DE CUSTO NO BRASIL ~ ~

12 12 O custo médio de uma transação direta entre empresas, feita pessoalmente, era de US$ 277,00 em Pela Internet (B2B), custava em 2000 apenas US$ 0,98, em média. Em 2005, a previsão é de que o custo B2B caia para US$ 0,05, em média. OS EFEITOS DA INTERNET

13 13 E mais... Em 1986, a capacidade máxima de um HD num micro pessoal era de 2 Mb. Num mini-computador LABO era de Mb. Em 2000, a capacidade de um HD num micro pessoal variava entre 1 a 4 Gb. Em 2007, esta capacidade deve atingir 800 Gb, pelo menos. (InfoExame, março de 2004, p.28) Em 2010, a capacidade normal será acima de 30 Tb (terabites). O processamento será seis vezes mais rápido que em 2004.

14 14 AINDA NO BRASIL... Um profissional no setor de serviços financeiros em 1999 (RJ) produzia, na média, tanto quanto 8 profissionais em 1989 e quanto 13 profissionais em No mesmo período, a escolaridade média formal pouco aumentou : de 8,1 anos para 9,3 anos. A nova tecnologia foi absorvida com treinamento próprio ou interno, dentro das próprias empresas.

15 15 NO MERCADO DE SEGURO... No setor de seguros, o aumento da produtividade está sendo ainda maior ! O aumento da produtividade ao nível de corretores é maior do que nos produtores. No Seguro, Previdência Privada, e Capitalização, o presente já é tecnológico. Os novos profissionais terão que ser complementares com a tecnologia !

16 16 Os canais de distribuição : corretor especializado agente Internet tele-seguro mala direta Formas mais baratas, mas com menor vínculo com o cliente

17 17 POTENCIAL DE CONSUMO EM GOIÁS, SETORES RELACIONADOS COM SEGURO

18 18 A arrecadação dos mercados de seguro, previdência privada e capitalização de Goias (exclusive DF) deve atingir R$ 660 milhões em 2005.

19 19 Goiás e Brasil, % de mercados

20 20 Existe um enorme potencial a ser explorado ! Vamos identificar alguns nichos com muitas oportunidades !

21 21 Por exemplo: em apenas seis produtos, que podem ser acoplados com o seguro, o potencial de consumo de Goiás é de R$ 10 bilhões ! Vejamos as grandes oportunidades não exploradas pelo seguro !!!!

22 22 Potencial de consumo em Goiás Aberto por região

23 23

24 24

25 25

26 26

27 27

28 28

29 29

30 30

31 31

32 32

33 33 Aproveitem estas informações e conquistem novos clientes ! Usem a persistência, a criatividade, a ética, e muito esforço produtivo. Tenham muito sucesso em 2006 ! E muito importante : busquem maior qualificação e novos conhecimentos !

34 34 FIM DA APRESENTAÇÃO MUITO OBRIGADO PELA ATENÇÃO !

35 35

36 36

37 37


Carregar ppt "1 POTENCIAL PARA O SEGURO NO ESTADO DE GOIAS : VAMOS APROVEITAR AS OPORTUNIDADES ? Claudio R. Contador Dezembro de 2005."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google