A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

1 Sumário Exercícios –17 –18 –19. 2 Exerc-17 Considere um mercado concorrencial de um BS com as funções procura e oferta: P + Qd = 10 e P = Qs +2 A) Que.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "1 Sumário Exercícios –17 –18 –19. 2 Exerc-17 Considere um mercado concorrencial de um BS com as funções procura e oferta: P + Qd = 10 e P = Qs +2 A) Que."— Transcrição da apresentação:

1 1 Sumário Exercícios –17 –18 –19

2 2 Exerc-17 Considere um mercado concorrencial de um BS com as funções procura e oferta: P + Qd = 10 e P = Qs +2 A) Que variáveis temos que assumir como constantes para poder traçar as duas funções anteriores?

3 3 Exerc-17 Do lado da procura O rendimento da famílias Os preços dos outros BS Os gostos e preferências das pessoas O estado do tempo A população etc.

4 4 Exerc-17 Do lado da oferta A tecnologia Os preços das matérias primas Os salários etc.

5 5 Exerc-17 B) Determine o preço e a quantidade de equilíbrio e proceda à representação gráfica dessa situação. P + Qd = 10 e P = Qs + 2

6 6 Exerc-17 Para determinarmos o equilíbrio, temos que explicitar as funções em ordem às quantidades (ou aos preços) Qd = 10 – P e Qs = –2+ P E fazer Qd = Qs 10 – P = –2+ P P = 6 u.m. e Q = 4 u.

7 7 Exerc-17 Para representar graficamente temos que ter as funções inversas P = 10 – Qd e P = 2+ Qs E arranjar dois pontos de cada curva Qd = 0 P = 10 e Qd = 10 P = 0 Qs = 0 P = 2 e Qd = 10 P = 8

8 8 Exerc-17

9 9 C) É fixado administrativamente o preço P=4 u.m. C.1) Indique o excedente da procura sobre a procura. C.2) Trata-se de um preço máximo ou de um preço mínimo?

10 10 Exerc-17 C.1) Para o preço P = 4 u.m. Qd = 10 – 4 = 6 u. eQs = – = 2 u. Há um excedente da procura de 4u. Qs-QD = 6 – 2 = 4 u. Trata-se de um preço máximo ou de um preço mínimo?

11 11 Exerc-17 C.2) Se os agentes económicos, a.e., tivessem liberdade de fixar qualquer preço, em concorrência perfeita o de equilíbrio de mercado seria 6u.m. Sendo o preço determinado administrativo menor que este preço, Então é um preço máximo.

12 12 Exerc-17 D) O governo decide subsidiar a produção do BS em 1 u.m. por unidade de produto. Que alterações se verificam no mercado?

13 13 Exerc-17 D) O preço de mercado (que os compradores pagam) é menor que o preço que os vendedores recebem. A oferta, nos preços de mercado, passa a ser maior: Qs = –2 + Pv = –2 + (P + s) Qs = –1 + P

14 14 Exerc-17

15 15 Exerc-17 O equilíbrio passará a ser Qs = Qd –2 + (P+s) = 10 – P P = 6 – s/2 P = 5,5 u.m. (preço dos compradores) Pv = P + s = 6,5 u.m. Q = 6,5 u.

16 16 Exerc-17 A existência de um subsídio faz com que –A quantidade transaccionada no mercado aumente de 6u. para 6.5u. –O preço que os consumidores pagam diminua de 6u.m. para 5,5u.m. –O preço que os vendedores recebem aumente de 6u.m. para 6.5u.m. –O Governo terá que pagar Q.s de subsídio, i.e., 6.5. u.m.

17 17 Exerc-17 Como se distribui o benefício do subsídio? O equilíbrio sem subsídio seria P = 6 Com o subsídio os compradores pagam 5,5 u.m. %C = (6 – 5,5)/1 = 50% do subsídio

18 18 Exerc-17 O equilíbrio sem subsídio seria P = 6 Com o subsídio os compradores recebem 6,5 u.m. %V = (6,5 – 6)/1 = 50% do subsídio. Os compradores e os vendedores partilham o subsídio em partes iguais

19 19 Exerc-17 Notar que no ponto de equilíbrio as inclinações da oferta e da procura (e as elasticidades) são, em grandeza, iguais Lembrar que %C = b / (a+b) %V = a / (a+b)

20 20 Exerc-18 Determine, a partir da figura seguinte, a expressão analítica da Curva da oferta Curva da procura

21 21 Exerc-18

22 22 Exerc-18 Procura é a recta a descer. Tenho que arranjar dois pontos (Qs1,P1) = (2, 6); (Qs2,P2) = (5, 0)

23 23 Exerc-18 Oferta é a recta a subir. Tenho que arranjar dois pontos (Qd1,P1) = (2, 6); (Qd2,P2) = (0, 0)

24 24 Exerc-18 O equilíbrio de concorrência perfeita retira-se da figura: P = 6 u.m. e Q = 2 u. O Governo lançou um imposto no valor de 1 u.m. por cada u. vendida do BS. Qual o novo equilíbrio?

25 25 Exerc-18 Sem imposto Qs = 1/3 P e Qd = 5 – 1/2 P Com o imposto Qs = 1/3 (P – i) e Qd = 5 – 1/2 P –Pois o vendedor passa a receber menos que o preço de mercado (que factura)

26 26 Exerc-18 1/3 (P – i) = 5 – 1/2 P 1/3 P + 1/2 P = 5 + 1/3 5/6 P = 32/6 P = 6,4 u.m. e Q = 5 – 0,5 P = 1,8 u.

27 27 Exerc-18 Qual a distribuição do imposto?

28 28 Exerc-18 Distribuição do imposto O comprador pagaria 6um e paga 6,4um O vendedor receberia 6um e recebe 5,4um %C = (6,4 – 6)/1 = 40% %V = (6 – 5,4)/1 = 60%

29 29 Exerc-19 As funções procura e oferta de um BS são Qd = P e Qs = A) Determine, gráfica e analiticamente, o equilíbrio neste mercado.

30 30 Exerc-19 O equilíbrio é onde a oferta intersecta a procura

31 31 Exerc-19 Analiticamente, o equilíbrio neste mercado. Qd = Qs P = = 500P P = 78 u.m. Q = 1000 u.

32 32 Exerc-19 B) Se o governo decretar um imposto por unidade de produto vendido de t =2 u.m., como se alterarão o preço e a quantidade de equilíbrio?

33 33 Exerc-19 Analiticamente, não existe alteração da curva da oferta. Sem imposto, Qs = P = 1000 Com imposto, Qs = (P –i) = 1000 O equilíbrio fica igual (Pv = 78-2 = 86 u.m.) Qd = Qs P = = 500P P = 78 u.m. e Q = 1000 u.

34 34 Exerc-19 C) Se aumentar o rendimento dos consumidores deste bem, qual será a previsível alteração ocorrida no mercado?

35 35 Exerc-19 Tudo pode acontecer. Se o BS for normal quanto ao rendimento haverá um reforço da procura: e.g., Qd = P Aumenta o preço e a quantidade transacc. Se o BS for inferior haverá um enfraquecimento da procura e.g., Qd = P Diminui o preço e a quantidade transacc.

36 36 Exerc-19 D)Arbitre uma curva da procura do bem de acordo com a alínea anterior e determine o novo equilíbrio, gráfica e analiticamente


Carregar ppt "1 Sumário Exercícios –17 –18 –19. 2 Exerc-17 Considere um mercado concorrencial de um BS com as funções procura e oferta: P + Qd = 10 e P = Qs +2 A) Que."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google