A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Desvios do programa principal para um endereço definido com o objetivo de atender a um evento; As interrupções podem ser de hardware ou de software; Interrupções.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Desvios do programa principal para um endereço definido com o objetivo de atender a um evento; As interrupções podem ser de hardware ou de software; Interrupções."— Transcrição da apresentação:

1 Desvios do programa principal para um endereço definido com o objetivo de atender a um evento; As interrupções podem ser de hardware ou de software; Interrupções do DSP

2 Interrupções de Hardware Podem ser solicitadas por: –Pinos externos: XINT1 – external interruption1 XINT2 – external interruption 2 PDPINTA – Power drive protection interrupt pin A PDPINTB – Power drive protection interrupt pin B –Periféricos internos: EVA e EVB – Event Manager A and B SPI – Serial Peripherial Interface (serial síncrona) SCI – Serial Communication Interface (serial assíncrona) CAN – Controller Area Network ADC – Analog/Digital Converter (conversor analógico-digital)

3 Interrupções de Hardware

4

5 Interrupções de Software São geradas por instruções: –INTR endereço O programa é desviado para o endereço indicado pela instrução; Desabilita as interrupções mascaráveis; –NMI O programa é desviado para o endereço 0024H; Desabilita as interrupções mascaráveis; –TRAP O programa é desviado para o endereço 0022H; Não desabilita as interrupções mascaráveis.

6 Interrupções

7

8 Flags de Interrupções

9 Habilitação de Interrupções – Máscara

10 Habilitação Global de Interrupções - INTM

11 Interrupções - Exemplo Interrupção externa 1 – (evento no pino XINT1): –Se o evento (borda de subida ou descida) ocorre no pino: O flag individual é setado – XINT1 flag = 1; XINT1 flag é o bit 15 do Registrador de Controle da Interrupção Externa 1 – XINT1CR; –Se o bit de habilitação da interrupção externa 1 estiver setado: Uma requisição de interrupção é enviada para o arbitrator; XINT1 enable é o bit 0 do XINT1CR; Arbitrator irá comparar a prioridade da interrupção com as outras interrupções pendentes, se houver;

12 Interrupções - Exemplo –O arbitrator gerará um pedido de interrupção para a CPU (este pedido se chama INT1): INT1 flag = 1; INT1 flag é o bit 0 do IFR (Registrador de Flags de Interrupções); –Se o bit de máscara de interrupção do INT1 estiver habilitado: INT1 mask = 1; INT1 mask é o bit 0 do IMR (Registrador de Máscaras de Interrupções);

13 Interrupções - Exemplo –E se, finalmente, o bit de habilitação global de interrupções estiver zerado – ativo em zero: INTM = 0; INTM é o bit 9 do ST0 (Registrador de Status 0); –Uma interrupção é gerada e o programa se desviará para o endereço 0002H da memória de programa, onde a rotina do usuário será executada.

14 Interrupções - Exemplo

15 Endereços dos Vetores de Interrupção

16 Fontes de Interrupções

17

18 Prioridade de Interrupções –Quando dois ou mais pedidos de interrupções ocorrerem ao mesmo tempo: A interrupção de maior prioridade será executada;

19 Prioridade de Interrupções

20 Interrupção para Proteção do Drive de Potência - PWM –Pinos PDPINTA e PDPINTB; –Quando a interrupção PDPINT ocorre: O DSP desliga automaticamente as saídas PWM colocando-as em alta impedância (45 a 55 ns); Uma rotina de interrupção pode ser executada.

21 Interrupção para Proteção do Drive de Potência - PWM


Carregar ppt "Desvios do programa principal para um endereço definido com o objetivo de atender a um evento; As interrupções podem ser de hardware ou de software; Interrupções."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google