A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

CE_04_Abordagem Teórica do Panorama do COMEX CE-04-Abordagem Teórica do Panorama do COMEX DISCIPLINA: Comércio Exterior FONTES: 1) MINERVINI, Nicola.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "CE_04_Abordagem Teórica do Panorama do COMEX CE-04-Abordagem Teórica do Panorama do COMEX DISCIPLINA: Comércio Exterior FONTES: 1) MINERVINI, Nicola."— Transcrição da apresentação:

1

2 CE_04_Abordagem Teórica do Panorama do COMEX CE-04-Abordagem Teórica do Panorama do COMEX DISCIPLINA: Comércio Exterior FONTES: 1) MINERVINI, Nicola. O Exportador. Ferramentas para Atuar com Sucesso nos Mercados Internacionais. 2) VAZQUEZ, José Lopes. Comércio Exterior Brasileiro 3) Prof. Bosco Torres1

3 CE_04_Abordagem Teórica do Panorama do COMEX Cenário atual do Comércio Exterior Brasileiro O Comércio Exterior Brasileiro tem ainda política operacional e administrativa deficientes. Mesmo assim tem crescido, graças, principalmente, a fatores favoráveis da economia mundial. Prof. Bosco Torres2

4 COMEX Brasil (US$ bi). CE_04_Abordagem Teórica do Panorama do COMEX ANO-EXPORT VAR (%) Particip. Mundial (%) IMPORTVAR Part. Mun- dial (%) ,322,61,1673,617,20, ,516,21,1791,424,20, ,616,91,18120,632,00, ,923,21,26173,243,61, ,9-22,2%1,26127,726,31, ,932%1,20181,642,21,1 Prof. Bosco Torres3

5 .. CE_04_Abordagem Teórica do Panorama do COMEX4

6 ,. Prof. Bosco Torres CE_04_Abordagem Teórica do Panorama do COMEX5

7 .. Prof. Bosco Torres CE_04_Abordagem Teórica do Panorama do COMEX6

8 ,. Prof. Bosco Torres CE_04_Abordagem Teórica do Panorama do COMEX7

9 .. Prof. Bosco Torres CE_04_Abordagem Teórica do Panorama do COMEX8

10 .. Prof. Bosco Torres CE_04_Abordagem Teórica do Panorama do COMEX9

11 .. Prof. Bosco Torres CE_04_Abordagem Teórica do Panorama do COMEX10

12 CE_04_Abordagem Teórica do Panorama do COMEX.. Prof. Bosco Torres11

13 .. Prof. Bosco Torres CE_04_Abordagem Teórica do Panorama do COMEX12

14 .. Prof. Bosco Torres CE_04_Abordagem Teórica do Panorama do COMEX13

15 .. Prof. Bosco Torres CE_04_Abordagem Teórica do Panorama do COMEX14

16 .. Prof. Bosco Torres CE_04_Abordagem Teórica do Panorama do COMEX15

17 .ExportaçõesMundiaisDeMercadorias (em US$ bi) Prof. Bosco Torres CE_04_Abordagem Teórica do Panorama do COMEX16

18 .ImportaçõesMundiaisDeMercadorias (em US$ bi) Prof. Bosco Torres CE_04_Abordagem Teórica do Panorama do COMEX17

19 .. Prof. Bosco Torres CE_04_Abordagem Teórica do Panorama do COMEX18

20 .. Prof. Bosco Torres CE_04_Abordagem Teórica do Panorama do COMEX19

21 ,. Prof. Bosco Torres CE_04_Abordagem Teórica do Panorama do COMEX20

22 Exportação Brasil – distribuição por via de transporte. Prof. Bosco Torres CE_04_Abordagem Teórica do Panorama do COMEX21 Navio Avião

23 CE_04_Abordagem Teórica do Panorama do COMEX Ações do Governo que poderiam incrementar o COMEX Brasileiro Reforma tributária Reforma tributária Menor imposto possibilita menor custo e produto mais competitivo Menor imposto possibilita menor custo e produto mais competitivo Mais Acordos internacionais com países e blocos de grande potencial econômico Mais Acordos internacionais com países e blocos de grande potencial econômico Melhor suporte externo Melhor suporte externo Embaixadas, Consulados, Câmaras de Comércio Embaixadas, Consulados, Câmaras de Comércio Prof. Bosco Torres22

24 18 Acordos comerciais Mercosul - (ACE 18) Mercosul - (ACE 18) Brasil - Suriname (ACE-41) Brasil - Suriname (ACE-41) Brasil - Guiana (ACE-38) Brasil - Guiana (ACE-38) Mercosul - Colômbia, Equador e Venezuela (ACE-59) Mercosul - Colômbia, Equador e Venezuela (ACE-59) Mercosul - Peru (ACE-58) Mercosul - Peru (ACE-58) Automotivo Mercosul - México (ACE-55) Automotivo Mercosul - México (ACE-55) Mercosul - México (ACE-54) Mercosul - México (ACE-54) Brasil - México (ACE-53) Brasil - México (ACE-53) Mercosul - Bolívia (ACE-36) Mercosul - Bolívia (ACE-36) Mercosul - Cuba (ACE-62) NOVO Mercosul - Cuba (ACE-62) NOVO Mercosul - Chile (ACE-35) Mercosul - Chile (ACE-35) Brasil - Argentina (ACE-14) Brasil - Argentina (ACE-14) Acordo de Bens Culturais entre países da ALADI (AR-07) Acordo de Bens Culturais entre países da ALADI (AR-07) Acordo de Sementes entre países da ALADI (AG-02) Acordo de Sementes entre países da ALADI (AG-02) Brasil-Uruguai (ACE-02) Brasil-Uruguai (ACE-02) Preferência Tarifária Regional entre países da ALADI (PTR-04) Preferência Tarifária Regional entre países da ALADI (PTR-04) Mercosul / Índia - AINDA SEM VIGÊNCIA Mercosul / Índia - AINDA SEM VIGÊNCIA Mercosul / Israel - AINDA SEM VIGÊNCIA Mercosul / Israel - AINDA SEM VIGÊNCIA Mercosul / Israel - AINDA SEM VIGÊNCIA Mercosul / Israel - AINDA SEM VIGÊNCIA Prof. Bosco Torres CE_04_Abordagem Teórica do Panorama do COMEX23

25 .. Prof. Bosco Torres CE_04_Abordagem Teórica do Panorama do COMEX24

26 .. Prof. Bosco Torres CE_04_Abordagem Teórica do Panorama do COMEX25

27 .. Prof. Bosco Torres CE_04_Abordagem Teórica do Panorama do COMEX26

28 .. Prof. Bosco Torres CE_04_Abordagem Teórica do Panorama do COMEX27

29 .. Prof. Bosco Torres CE_04_Abordagem Teórica do Panorama do COMEX28

30 .. Prof. Bosco Torres CE_04_Abordagem Teórica do Panorama do COMEX29

31 .. Prof. Bosco Torres CE_04_Abordagem Teórica do Panorama do COMEX30

32 .. Prof. Bosco Torres CE_04_Abordagem Teórica do Panorama do COMEX31

33 Municípios PE Exportadores 1.ABREU E LIMA1.ABREU E LIMA 2.AGRESTINA 3.ARARIPINA 4.BELÉM DE SÃO FRANCISCO 1.ABREU E LIMA 2.AGRESTINA 3.ARARIPINA 4.BELÉM DE SÃO FRANCISCO AGRESTINAARARIPINABELÉM DE SÃO FRANCISCO 1.ABREU E LIMAAGRESTINAARARIPINABELÉM DE SÃO FRANCISCO 5.BELO JARDIM5.BELO JARDIM 6.BEZERROS 7.BOM JARDIM 8.BONITO 9.CABO DE SANTO BEZERROSBOM JARDIMBONITOCABO DE SANTO 5.BELO JARDIMBEZERROSBOM JARDIMBONITOCABO DE SANTO AGOSTINHOAGOSTINHO 10.CAMARAGIBE 11.CAMUTANGA 12.CARPINA 13.CARUARU CAMARAGIBECAMUTANGACARPINACARUARU AGOSTINHOCAMARAGIBECAMUTANGACARPINACARUARU 14. CORTÊS 15.ESCADA 16.FLORESTA 17.GARANHUNS 18.GOIANA CORTÊSESCADAFLORESTAGARANHUNSGOIANACORTÊSESCADAFLORESTAGARANHUNSGOIANA 19. GRAVATÁ 20.IGARASSU 21.ILHA DE ITAMARACÁ 22.INAJÁ 23.IPOJUCA GRAVATÁIGARASSUILHA DE ITAMARACÁINAJÁIPOJUCAGRAVATÁIGARASSUILHA DE ITAMARACÁINAJÁIPOJUCA 24.ITAPISSUMA 25.JABOATÃO DOS GUARARAPES 26.LAGOA DO ITAENGA ITAPISSUMAJABOATÃO DOS GUARARAPESLAGOA DO ITAENGAITAPISSUMAJABOATÃO DOS GUARARAPESLAGOA DO ITAENGA 27. LAGOA GRANDE 28.LIMOEIRO 29.MORENO 30.NAZARÉ DA MATA 27. LAGOA GRANDE 28.LIMOEIRO 29.MORENO 30.NAZARÉ DA MATA LAGOA GRANDELIMOEIROMORENONAZARÉ DA MATALAGOA GRANDELIMOEIROMORENONAZARÉ DA MATA 31.OLINDA 32.PALMARES 33.PAULISTA 34.PESQUEIRA 35.PETROLÂNDIA OLINDAPALMARESPAULISTAPESQUEIRAPETROLÂNDIAOLINDAPALMARESPAULISTAPESQUEIRAPETROLÂNDIA 36. PETROLINA 37.POMBOS 38.PRIMAVERA 39.RECIFE 40.RIO FORMOSO PETROLINAPOMBOSPRIMAVERARECIFERIO FORMOSOPETROLINAPOMBOSPRIMAVERARECIFERIO FORMOSO 41. SANTA CRUZ DO CAPIBARIBE 42.SÃO LOURENÇO DA MATA 43.SIRINHAÉM SANTA CRUZ DO CAPIBARIBESÃO LOURENÇO DA MATASIRINHAÉMSANTA CRUZ DO CAPIBARIBESÃO LOURENÇO DA MATASIRINHAÉM 44. SURUBIM 45.TABIRA 46.TAMANDARÉ 47.TIMBAÚBA 48.TRINDADE SURUBIMTABIRATAMANDARÉTIMBAÚBATRINDADESURUBIMTABIRATAMANDARÉTIMBAÚBATRINDADE 49. VICÊNCIA 50.VITÓRIA DE SANTO ANTÃO VICÊNCIAVITÓRIA DE SANTO ANTÃOVICÊNCIAVITÓRIA DE SANTO ANTÃO TOTAL DE MUNICÍPIOS PERNAMBUCANOS : 184 TOTAL DE MUNICÍPIOS PE EXPORTADORES: Percentual: 26% CE_04_Abordagem Teórica do Panorama do COMEX Prof. Bosco Torres32

34 CE_04_Abordagem Teórica do Panorama do COMEX Sistema Brasileiro de Comex Lei 2.145, de Criou a Carteira de Comércio Exterior (CACEX) do Banco do Brasil, com competência de baixar normas baixar normas emitir licenças de exportação e importação emitir licenças de exportação e importação fiscalizar preços, pesos e medidas, classificações, etc. fiscalizar preços, pesos e medidas, classificações, etc. Prof. Bosco Torres33

35 CE_04_Abordagem Teórica do Panorama do COMEX Sistema Brasileiro de Comex Lei 8.028, de 12/4/1990, criou o Ministério da Economia, Fazenda e Planejamento (http://www.planejamento.gov.br), sendo agregada a esse ministério o Ministério da Economia, Fazenda e Planejamento (http://www.planejamento.gov.br), sendo agregada a esse ministério a Secretaria Nacional da Economia, órgão que passou a baixar as normas na área de comércio exterior. a Secretaria Nacional da Economia, órgão que passou a baixar as normas na área de comércio exterior. Prof. Bosco Torres34

36 CE_04_Abordagem Teórica do Panorama do COMEX Sistema Brasileiro de Comex Lei 8.490, de 19/11/1992, revogou a Lei 8.028, e criou o Ministério da Fazenda (http://www.fazenda.gov.br) e o Ministério da Fazenda (http://www.fazenda.gov.br) e ohttp://www.fazenda.gov.br Ministério da Indústria, do Comércio e do Turismo ( ). Ministério da Indústria, do Comércio e do Turismo ( ). Prof. Bosco Torres35

37 Composição da Economia Internacional Importação e exportação Importação e exportação Serviços (transportes, viagens, seguros e outros serviços) Serviços (transportes, viagens, seguros e outros serviços) Transferências de rendas (rendas de investimentos, juros, lucros) Transferências de rendas (rendas de investimentos, juros, lucros) Transferências unilaterais (donativos, remessas de imigrantes e emigrantes) Transferências unilaterais (donativos, remessas de imigrantes e emigrantes) Movimentos de capitais Movimentos de capitais CE_04_Abordagem Teórica do Panorama do COMEX Prof. Bosco Torres36

38 Influência da Internet para o Comércio Internacional A distância foi eliminada. Hoje há apenas uma economia e um mercado; não há fronteiras. A distância foi eliminada. Hoje há apenas uma economia e um mercado; não há fronteiras. Economia de tempo, estoques, custos. Economia de tempo, estoques, custos. É o grande instrumento da globalização: o produtor entra em contato direto com o consumidor e fornecedores, eliminando os intermediários. É o grande instrumento da globalização: o produtor entra em contato direto com o consumidor e fornecedores, eliminando os intermediários. CE_04_Abordagem Teórica do Panorama do COMEX Prof. Bosco Torres37

39 A rapidez na comunicação aumentando o COMEX Para alcançar 700 milhões de assinantes: A telefonia FIXA levou 117 anos A telefonia FIXA levou 117 anos A telefonia CELULAR, 17 anos A telefonia CELULAR, 17 anos A INTERNET, apenas 9 anos. A INTERNET, apenas 9 anos. A comercialização de produtos entre empresas, pela Internet, é chamada de B2B (Business to Business) CE_04_Abordagem Teórica do Panorama do COMEX Prof. Bosco Torres38 Internet


Carregar ppt "CE_04_Abordagem Teórica do Panorama do COMEX CE-04-Abordagem Teórica do Panorama do COMEX DISCIPLINA: Comércio Exterior FONTES: 1) MINERVINI, Nicola."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google