A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Desenvolvimento do agronegócio brasileiro e perspectivas para Rondônia José Eustáquio Ribeiro Vieira Filho Ipea - Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Desenvolvimento do agronegócio brasileiro e perspectivas para Rondônia José Eustáquio Ribeiro Vieira Filho Ipea - Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada."— Transcrição da apresentação:

1 Desenvolvimento do agronegócio brasileiro e perspectivas para Rondônia José Eustáquio Ribeiro Vieira Filho Ipea - Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada BRASIL Bonito, 8 de setembro de 2011

2 Planejamento Estratégico O planejamento econômico do Brasil deve necessariamente incorporar a dinâmica do moderno setor de produção agropecuária. Este planejamento tangencia 3 pontos estratégicos em qualquer visão de desenvolvimento: 1. Segurança Alimentar; 2.Meio Ambiente; e 3.Matriz Energética.

3 Trajetória Tecnológica Ampliada (TTA) da cadeia produtiva do setor agropecuário Fonte: Vieira Filho (2009)

4 Produtividade total dos fatores Fonte: Gasques et al. In: Agricultura brasileira: desempenho, desafios e perspectivas. Brasília: Ipea, 2010.

5 Hipótese As inovações tecnológicas guiadas por mudanças institucionais e as especificidades regionais e produtivas contribuem para uma maior heterogeneidade na produção e no crescimento agropecuário, favorecendo os agricultores inovadores com o aumento da produção e da renda.

6 Estratificação de renda dos estabelecimentos por produção em 2006 Salário mínimo mensalEstabelecimentos% VBP anual (bilhões) % Não declarados534 mil10,3-- (0,2]3,1 milhões60,45,73,4 (2,10]1,0 milhão19,616,910,2 (10,200]476 mil9,259,035,4 >20027 mil0,585,051,0 Total Brasil5,2 milhões100,0166,7100,0 Fonte: Elaboração própria, conforme Censo Agropecuário – IBGE (2006)

7 Taxonomia por grupos tecnológicos Critério Econômico PTF > 1PTF < 1 Critério Qualitativo (conteúdo) ATBTATBT Grupos Tecnológicos 1° grupo2° grupo3° grupo4° grupo Taxonomia (intensidade) AltaMédiaBaixa

8 Produtividade Total dos Fatores Fonte: Elaboração própria, conforme Censo Agropecuário – IBGE (2006)

9 Alto e baixo conteúdo tecnológico Fonte: Elaboração própria, conforme Censo Agropecuário – IBGE (2006)

10 Indicadores selecionados Fonte: Elaboração própria, conforme Censo Agropecuário – IBGE (2006)

11 Comparação da agricultura por grupos de intensidade tecnológica no Brasil Fonte: Elaboração própria, conforme Censo Agropecuário – IBGE (2006) Critérios Econômicos e Qualitativos Comercial Total Comercial Familiar Total Familiar Brasil PTF > 1PTF < 1PTF > 1PTF < 1 ATBTATBTATBTATBT Taxonomia – Intensidade Tecnológica AltaMédiaBaixaAltaMédia Baixa Indicadores por Estabelecimentos R$ mil Renda Bruta (RB)481,3100,688,421,2136,639,713,66,61,712,832,2 Custo Total (CT)182,935,8298,186,9162,911,82,514,95,78,332,5 Gasto com Capital (GC)10,51,312,22,96,91,00,11,20,20,61,6 Gasto com Trabalho (GTrab)28,23,756,79,026,60,60,10,90,30,54,5 Gasto com Tecnologia Poupa Terra62,34,6108,812,050,23,80,34,30,52,09,5 Gasto com Tecnologia Poupa Trabalho8,40,79,41,65,20,60,00,80,10,41,1 Valor do Patrimônio (VP)1186,5352,51523,71015,01110,499,024,0132,965,878,3239,7 Renda Líquida (RL)298,464,8-209,8-65,6-26,227,911,1-8,3-4,04,5-0,3 n° População Ocupada (PO)7,83,66,63,55,23,22,9 2,52,83,2 ha Área (ha)252,4185,3284,9417,9313,315,512,619,123,118,364,5 Variáveis Derivadas PTF2,62,80,30,20,83,45,50,40,31,51 Produtividade da Terra (RB/ha) [R$]1907,4542,7310,350,8436,12571, ,173,4699,8499,4 Produtividade do Capital (RB/GC)45,779,77,27,419,739,5130,25,46,921,920,4 Produtividade do Trabalho (RB/Gtrab)1727,31,62,45,163,9107,47,65,628,17,1 Participação (%) das Tecnologias Poupa Terra e Poupa Trabalho no Custo Total 39%15%40%16%34%37%14%34%11%28%33% Relação Capital Trabalho0,40,30,20,3 1,60,81,40,81,30,3 Taxa de Retorno do Patrimônio (RL/VP)0,30,2-0,1 00,30,5-0,1 0,10 Produtividade do Trabalho (VA/PO) [R$ mil]42,218,9-19,3-12,92,68,93,9-2,3-1,02,02,1 Estabelecimentos [mil] Participação (%) dos Estabelecimentos3%2%5%6%16% 19%20%29%84%100%

12 Produtividade do Trabalho Fonte: Elaboração própria, conforme Censo Agropecuário – IBGE (2006)

13 Considerações Finais É indesejável a classificação entre agricultura comercial e familiar, pois o estudo apresenta que existem agricultores ineficientes nos dois lados, os quais requerem políticas mais específicas de promoção produtiva e de realocação dos recursos. Alguns cultivos se viabilizam em larga escala e outros em pequena produção. Ademais, as especificidades regionais são enormes, o que requer uma atenção maior no planejamento e desenvolvimento regional; No grupo de média intensidade tecnológica e PTF negativa, é preciso adotar políticas de curto prazo para reverter a situação, no intuito de aumentar a eficiência produtiva. Parte deste resultado é explicado por flutuações sazonais ou por ineficiência tecnológica; No grupo de baixa intensidade tecnológica, existem dois grupos: um improdutivo e outro especulativo. Nos estabelecimentos improdutivos, é necessário políticas de aumento da capacidade de absorção tecnológica, extensão rural e educação. Nos estabelecimentos especulativos, o governo deve redistribuir terras aos produtores com competência de inserção produtiva de mercado; No grupo de alta intensidade tecnológica, embora com a maior produtividade da terra, em parte explicada pelos vultuosos gastos em tecnologias poupa-terra, deve-se realizar um estudo mais acurado, pois a PTF não alcançou o seu maior valor, ou seja, estes estabelecimentos podem melhorar a eficiência no uso de seus recursos. Deve-se realizar um estudo mais abrangente que contemple análises regionais e por cultivos. A definição de políticas públicas deve levar em conta as especificidades regionais e produtivas. O país deve ter uma política clara de aumento da capacidade de absorção tecnológica.

14 Contato Permanente José Eustáquio Ribeiro Vieira Filho IPEA – Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada


Carregar ppt "Desenvolvimento do agronegócio brasileiro e perspectivas para Rondônia José Eustáquio Ribeiro Vieira Filho Ipea - Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google