A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Lia, Nadia, Clarissa. A época em que o autor machado de Assis escreveu o livro Memórias Póstumas de Brás Cubas foi no século 19 em 1881. A personagem.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Lia, Nadia, Clarissa. A época em que o autor machado de Assis escreveu o livro Memórias Póstumas de Brás Cubas foi no século 19 em 1881. A personagem."— Transcrição da apresentação:

1 Lia, Nadia, Clarissa

2 A época em que o autor machado de Assis escreveu o livro Memórias Póstumas de Brás Cubas foi no século 19 em A personagem Virgília era uma moça muito doce e educada, da classe alta. Apesar de seus bons modos, ela podia ser muito assanhada comparando-a com as mulheres da época. Ela se fazia de santa em frente de seus familiares e amigos, mas na verdade ela era bem a santinha do pau oco. Virgília tem um pouco de todas as mulheres dos outros romances, pois ela tinha suas obrigações como elas. O propósito da vida dela era se casar e ser uma figura materna e domestica como Phyllis e Rosamond. O que ela tinha em comum com a Clarice Lispector é que as duas se casaram cedo com homens ricos e importantes. Clarice se casou com um diplomata, e Virgília com Neves, um político muito requisitado. SANTINHA ATREVIDA

3 JANEL PARRISH

4 A Lady Gaga simboliza o feminismo de hoje em dia. Ela trás uma nova perspectiva para a postura da mulher. Ela pode ser comparada com a personagem Marcela da história de Brás Cubas, pois ela foi uma prostituta numa época em que todas as mulheres obedeciam seus marido e seguiam suas ordens. Outra mulher que pode ser comparada com as personagens do livro Phyllis e Rosamond é a cantora Taylor Swift, porque ambas obedecem as regras e se vestem apropriadamente sempre. Elas são por um lado feministas, mas são mais reservadas. Essa é um novo ponto de vista para se olhar no feminismo. As duas mulheres que estão causando no momento. São fministas mas de formas muito diferentes.

5 Machado de Assis escreveu entre –1908 Memórias Póstumas de Brpas Cubas Lyigia Fagundes Telles escreveu entre Apenas um saxofone Phyllis e Rosamond Virginia Woolf escreveu entre Clarice Lispector escreveu entre O búfalo

6 Biografias dos autores: Virginia Woolf era uma autora que escreveu muitas historias incluindo Phyllis e Rosamond. Ela era da Inglaterra, Londres. Ela nasceu em 25 de Janeiro de A Virginia foi uma autora importante na Inglaterra que se espalhou por todo mundo. A Virginia era filha do editor Leslie Stephen. E foi o pai que lhe deu a educação. Ele ensinou a ela tudo sobre literatura e gramática. Naquela época quase ninguem tinha muita educação, principalmente mulheres, mas Virginia era. Em 1912 ela casou-se com Leonard Woolf. Os anos se passavam e Virginia Woolf já tinha escrito muitas historias e livros. Em 1941 ela escreveu um bilhete dizendo adeus, para a irmã e seu marido, e se matou de forma triunfante. Virginia Woolf

7 Joaquim Maria Machado de Assis, mais conhecido como Machado de Assis nasceu no Rio de Janeiro, 21 de Junho de Ele era um romancista, contista, jornalista e cronista Brasileiro. Ele tinha o maior nome da Literatura Brasileira, pois foi um escritor de muito sucesso. Ele escreveu vários romances, peças de teatro, e mais de 200 contos, poemas e sonetos. Ele também escreveu muitas em sua carreira, incluindo o livroMemórias póstumas de Brás Cubas. Machado de Assis escrevia muito, então gostava muito do seu trabalho. Em 1897 ele e seu colega, Lúcio de Mendonça, fundaram a Academia Brasileira de Letras. Machado de Assis deu muita sabedoria para os contos e para a literatura Brasileira. Sua infância não foi muito boa. Em 1871 seu pai morreu, desde então virou um menino órfão. Ele foi criado pela sua madrasta, e logo depois perdeu sua irmã. Ela o mandou trabalhar numa escola como doceiro e quando não estava trabalhando, assistia ás aulas. Após o falecimento da sua esposa, Machado de Assis ficou muito solitário e doente e então morreu de depressão no dia 29 de Setembro de A época em que o autor, Machado De Assis escreveu Memórias Póstimas de Brás Cubas foi no século 19 no ano de 1881.

8 A Clarice Lispector foi uma autoria Brasileira, só que a família dela era da Ucrânia. Ela nasceu em 1920 e morreu em 1977 no Rio de Janeiro. Ela era autora, jornalista e romancista. Naquela época ela escrevia para jornais. Ela nasceu na Ucrânia, mas na época estava tendo problemas com a guerra civil, e então a mãe e o pai de Clarice a levaram junto com a irmã para o Brasil, quando ela só tinha dois messes de vida. Muitos anos se passaram desde que a família de Clarisse chegou aqui. Ela se casou com um homem Brasileiro e desde então queria se tornar uma cidadã brasileiro oficialmente. Anos se passavam e Clarice começou a ler e escrever logo que aprendeu a ler. Ela também falava Inglês e Francês. Ela escreveu muitos contos em sua carreira, incluindo a historia O Búfalo. Clarice escreveu esse livro na época que Virgínia Woolf começou a escrever também. Clarice Lispector tinha câncer e morreu 9 de dezembro de Clarice Lispector

9 Ligia Fagundes Telles é uma escritora brasileira que escreveuo conto Apenas um Saxofone. O nome dela solteira é Lygia de Azevedo Fagundes, e então ela é conhecida por dois nomes. Ligia nasceu em São Paulo, 19 de Abril de 1923 e ainda esta viva, e escreve até hoje. Ela ganhou vários prêmios pelo seu trabalho, incluindo o Premio Camões em Em 1938, Ligia escreveu seu primeiro livro junto com seu pai, que também era bom em leitura e literatura. Ela é casada com Godfredo da Silva Telles. Ela escreveu 22 contos e historias em sua carreira. Ligia Fagundes Telles

10 Machado de Assis morreu Machado de Assis começou a escrever Virginia Woolf começou a escerver 1941 Viginia Woolf parou de escrever Clarice Lispector Começou a escerver Lygia Fagundes Telles começou a escrever. Ligia ainda escerve atualmente Clarice Lispector parou de escrever

11 A minha personagem preferida entre as quatro historias e a Luisiana a qual se mostrou muito mais autentica, vivida e consciente em comparação com as outras personagens. Ela mostra o sua opinião não por palavras mas por ações, em vários casos ela primeiramente fala o que seria aos olhos da sociedade o certo para depois contrariar e fazer o visto como errado. O que se viria errado nos olhos da sociedade e certo para ela, e o que ela acha certo não e causado por ignorancia ou ingenuidade mas sim por consciência e sabedoria. E por isso ela não e desempregada ou dependente, ela esta consciente do que acontece ao seu redor e e sucedida no que faz. A personagem também nunca iria cometer um erro incorrigível se não por ela mesma, no conto O Búfalo a personagem acaba se matando, porem ela faz isso para se conhecer melhor, para ela adquirir um sentimento no beneficio dela. Já no conto Apenas um Saxofone o saxofonista põem Luciana em primeiro lugar, dando lhe a vida se preciso, um coisa que eu pessoalmente acho que a personagem não faria. Alem dela dar credibilidade para ela mesma a personagem e feminista, mesmo ela tendo nascido em uma época mais rígida em relação a relação entre a mulher e o homem a personagem tem coragem e personalidade suficiente para dizer o que ela pensa apesar da sociedade. Outro ponto positivo para a Luciana e que ela tem um caráter definido. A personagem pode estar tentando balancear sua vida e pode estar falhando mas ela sabe quem ela e. No conto O Búfalo a personagem tenta compreender quem ela e para resolver uma situação pendente, no conto Apenas um Saxofone a personagem tem que passar por inúmeras coisas para descobrir o que ela realmente quer e como ela vai resolver, porem ela sabe quem ela. Em comparação com as irmãs Phyllis e Rosamond do conto Phyllis e Rosamond Luisiana e muito mais viva & corajosa. Apesar das épocas serem diferentes as historias são parecidas em um aspecto, as duas revolve a um mulher e um marido (a procura ou ha um abandonamento), a sociedade critica e e criticada e as duas envolvem bastante feminismo e machismo. Em conclusão, a minha personagem preferida e Luciana pois sua historia revolucionou a literatura brasileira e mexeu com o realismo e a fantasia de um modo que nenhum livro jamais mexeu. Nossa personagem preferida

12 Memórias Póstumas de Brás Cubas foi publicado como um livro em 1881 depois de ser publicado como capítulos em uma revista brasileira. O livro e narrado pelo personagem principal qual já como defunto que conta sua vida amorosa dos 17 anos ate sua morte. Póstumas quer dizer o que acontece depois da morte ou o que sai depois da morte de alguém. O livro usa um humor negro e muita ironia, porem não e nem ao mínimo feminista. O personagem principal e digressivo & agressivo e começa o livro já sendo anti-herói; Ao verme que primeiro roeu as frias carnes do meu cadáver dedico com saudosa lembrança esta memórias póstumas. O livro não e ao mínimo direto e reflete valores universais sem parar de ser realista. A publicação de outra obra literária famosa no mesmo ano foi O mulato escrito por Aluisio Azevedo que usa o realismo naturalismo, enquanto Memórias Póstumas de Brás Cubas usa o realismo psicológico. Apenas um Saxofone foi escrito por Lygia Fagundes Telles em 1969 e e bem mais feminista do que Memória Póstumas de Brás Cubas. A historia conta sobre uma mulher em seus quarenta que balança o álcool com a solidão e se alimenta da memória de um romance com um saxofonista. Esse e` o meu conto favorito por causa da personagem principal que emite uma forte emoção e critica varias vezes as regras da sociedade. Nesse conto a mulher e a dominante do relacionamento e chega a ate querer mais brigas e agressividade no relacionamento com o seu marido saxofonista. A personagem e sucedida no seu trabalho e critica a sociedade e suas regras varias vezes. A mulher não era vista usando uma linguagem inferior então a personagem xinga em línguas estrangeiras, merde. As mulheres também eram criadas para servir os homens e serem fieis. Porem Luisiana domina o seu marido e o trai varias vezes com o decorador, Rene. Ela também não e sustentada pelo o seu marido, e e totalmente independente, a personagem feminista também não temi maus olhares. Luisiana se sente culpada varias vezes durante o conto porem ela trai e omite o marida a humilhações varias vezes. A personagem usa o sentimento que o homem sente por ela contra ele e o faz ate cometer um erro incorrigível. Ao longo da historia o leitor sente as emoções fortes que a personagem produz e tenta a compreender,(apesar que a personagem ainda tem que se compreender). O texto e realista em relação a sociedade e o que o sentimento pode levar um ser humano a fazer, ele envolve a sociedade junto com Resumo & o a nossa Opiniao

13 o machismo e feminismo e mistura tudo com o poder que as mulheres tem sobre os homens. Phyllis e Rosamond foi publicado em 1906 e foi escrito por Virginia Wolf. A historia relata a vida sobra cinco irmãs no século XVIII e se foca nas duas irmãs Phyllis e Rosamond que ainda não se casaram. Esse texto também e feminista pois relata diversas vezes como a sociedade via as mulheres naquela época. Mulheres eram educadas para acharem um marido e serem totalmente dependentes, uma das irmãs comprava isso citando Nos somos filhas ate o dia que nos casamos. Essa frase mostra como as mulheres precisavam ser casadas para serem bem vistas pelo sociedade e como só casadas era consideradas responsáveis. Pelo jeito que o conto e escrito percebesse que as mulheres nunca saíram de casa, e que elas eram como objetos sendo vendidos para homens responsáveis. A historia envolve o machismo (& o feminismo) de 1996 e mostra como um mulher poderia ser mal vista pela sociedade só por não se casando em uma certa idade. O conto foi escrito em uma época difícil e foi influenciado pela drástica mudança da vida da escritora que precisou virar independente quando os seus pais e irmãos morreram de repente em um acidente. Tudo se juntou para formar uma ótima historia revolucionando a literatura brasileira. O Búfalo foi escrito por Clarice Lispector e foi publicado em A historia segui a vida de um mulher que acabou de ser rejeitada amorosamente e procura se encontrar encontrando um sentimento de ódio. Porem mesmo quando a personagem quase se mata de fome e sente dores corporais ela não consegui se fazer sentir ódio pelo o amado. Ódio e um sentimento forte e quando relacionado com a mulher, considerada delicada, ninfa e pura naquele época causou uma reação surpreendente no publico... A personagem em busca desse sentimento vai ao zoológico para ver animais enjaulados emitindo ódio para os seus visitantes. Porem ela não consegui achar esse sentimento ate no animal no topo da cadeia alimentar, Ate o leão lambia a testa da leoa., Mas isso e o amor. A girafa delicada, o avestruz fino, o elefante maternal... Ate a personagem principal chegar na ultima estação, E os olhos do búfalo, os olhos olharam seus olhos. E uma palidez tão feral foi tocada que a mulher se entorpeceu dormente.... O texto e feminista no prospecto que relaciona um sentimento que era relacionado a homem a um mulher.

14 A Marcela foi uma personagem revolucionaria da epoca. Ela foi a primeira mulher da vida de Brás. Ela era uma prostituta, coisa que no seculo 19 era muito constrangedor. As mulheres da época eram muito descriminadas, a as vezes eram vistas como seres inferiores aos homens. Na crônica, Marcela apenas usou Brás para ganhar dinheiro, joias, vestidos e presentes. Mas Brás realmente a amava, e a considerava muito, pois ela foi a primeira mulher com que ele teve relações sexuais. Marcela não tem muito em comum com nenhuma outra personagem dos romances de Machado de Assis. Ela é única, ousada, corajosa e inteligente. As outras personagems como as de Clarice tipo Phylis e Rosamond eram mais certinhas e obedientes que sempre andavam na linha. Todas eram ricas, de classe alta. Elas foram muito obedientes e sempre respeitavam seus maridos. Marcela era pobre, não era casada e não obedecia as regras explicidas daquela época. Ela foi muito descriminada mas sempre andava de cabeça erguida. Ela foi uma mulher muito independente, forte e cheia de personalidade. Cena do filme: Memórias Póstumas de Brás Cubas


Carregar ppt "Lia, Nadia, Clarissa. A época em que o autor machado de Assis escreveu o livro Memórias Póstumas de Brás Cubas foi no século 19 em 1881. A personagem."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google