A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Centro de Combate à Violência Infantil Curso de Capacitação no Enfrentamento da Violência Doméstica contra Crianças e Adolescentes.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Centro de Combate à Violência Infantil Curso de Capacitação no Enfrentamento da Violência Doméstica contra Crianças e Adolescentes."— Transcrição da apresentação:

1 Centro de Combate à Violência Infantil Curso de Capacitação no Enfrentamento da Violência Doméstica contra Crianças e Adolescentes

2 VIOLÊNCIA PSICOLÓGICA

3 Não deixa marcas físicas x Pouca visibilidade A maioria dos pais quer fazer os filhos felizes, mas não sabe como fazer isso. A criança não sabe se proteger quando exposta a sentimentos de rejeição, isolamento, medo, humilhações, etc. Na missão de criar filhos muitos são os erros. Humildade = Reconhecer e Mudar Não vamos ditar regras, nem criar um modelo de como educar filhos. Vamos abordar algumas necessidades básicas para o desenvolvimento saudável da criança. Perfil da Violência Psicológica

4 Violência Psicológica Seqüelas Falta de disposição para realizar tarefas Medo de enfrentar desafios Raiva alimentada por si próprio Tentativa de suicídio Descrença em seu desempenho pessoal Depressão permanente

5 Focalize três importantes questões Focalize três importantes questões Como foi minha infância? Como está sendo a criação dos meus filhos? Como vou repassar esses conhecimentos adiante?

6 Três necessidades básicas do ser humano Valorização Aceitação Segurança

7 Como alimentar o sentimento de valorização ?

8 Dando amor incondicional O que é amor incondicional? É gostar de alguém, não pelo que a pessoa produz ou faz, mas sim pelo que ela é. Filhos com condutas opostas. (amor igual) Amor condicional x Exigência de bons resultados O amor de Deus por nós é incondicional

9 Dando tempo e atenção O tempo não volta. Você já viu alguém olhar para trás e lamentar dizendo: - Que pena não ter tido a oportunidade de madrugar mais vezes na repartição onde eu trabalhava! - Eu bem que poderia ter feito mais horas extras e ter me dedicado exaustivamente às atividades da empresa! Caso: Secretaria de educação Amor + Importância x Tempo + Atenção Pais inatingíveis x Filhos infelizes/rejeitados (R$) Não existe falta de tempo, mas sim falta de prioridade

10 Qualidade do tempo Um advogado muito bem sucedido disse: O melhor presente que já ganhei foi num Natal, quando meu pai me deu uma caixinha. Dentro dela havia um bilhete que dizia: - Meu filho, este ano eu lhe darei 365 horas, uma hora todos os dias após o jantar. Elas são suas. Vamos conversar sobre o que você quiser, vamos onde você quiser, brincar do que você quiser brincar. Vai ser uma hora para você! O meu pai não só cumpriu a promessa disse ele, mas a renovou a cada ano, e foi o melhor presente que já ganhei na vida. Eu sou o resultado do tempo que ele dedicou a mim.

11 Respeitando seu ritmo de crescimento Os pais esperam que os filhos os superem: É falsa a crença que a criança que realiza atividades mais cedo está ganhando vantagem. Criança pressionada A criança deve vivenciar com liberdade e leveza cada etapa de sua vida Ansiedade Frustração Culpa BelezaInteligênciaAcúmulo de bens materiais

12 Deixando que faça suas próprias escolhas Processo de crescimento Caso concreto: roupas Exemplos: Pedrinho você prefere tomar leite ou laranjada no lanche ? Aninha você vai usar no passeio o vestido rosa ou azul ? Tomada de decisão Auto confiança Segurança nas decisões

13 Incentivando a execução de pequenas tarefas domésticas Criança valorizada e responsável Paciência e respeito ao ritmo da criança São comuns frases do tipo: Largue logo isso, você só serve para atrapalhar. Deixe que eu faço, você não vai conseguir mesmo. Você é lenta demais, até uma lesma faz isso mais rápido. Cuidado: Exploração do trabalho infantil doméstico

14 Dicas para melhorar o sentimento de valorização de uma criança Seja um exemplo positivo para seu filho Apóie seu filho quando ele fracassar Apresente seu filho pelo nome. Evite apelidos pejorativos Manter o equilíbrio nos papéis de pai/mãe, marido/esposa, profissional Trate seu filho com educação

15 Como comunicar aceitação?

16 Família: primeiro referencial para a criança Pais: são espelhos para os filhos Ambiente doméstico: ponte liga a criança com o mundo Causas de não aceitação 1. Críticas permanentes Crítica e o processo de amadurecimento Feita de forma construtiva/ com amor Gravamos mais (-) do que o (+) Excesso = Idéia de não aceitação

17 2. Pais que sobrecarregam seus filhos Pais que se projetam nos filhos São comuns: a) Exigência de nota máxima b) Escolha dos amigos c) Escolha do futuro profissional das crianças. Caso Dona Maria e Carlinhos /Vestibular

18 3.Comparação de desempenho O ser humano e a diversidade de dons Música, Cálculo, Esporte, Culinária É injusto comparar uma criança com outra Busca da superioridade x Inferioridade Todos nós somos inferiores/ superiores em algumas áreas em relação a outras pessoas

19 Expressões verbais abusivas: Você só serve para atrapalhar Maldita a hora que engravidei de você Você é uma vagabunda igual a sua mãe Você não vai dar pra nada Gera complexo de inferioridade 4. Agressões verbais

20 Atitudes que produzem sentimentos de aceitação Expresse seu amor: palavras/ ações (H + L) Busque elogiar sempre Palavras são sementes... Aquilo que o homem semear, isso também ceifará Gl 6: 7, 2ª parte Eu te amo

21 Observe quando elogiar Elogio de acordo com a idade Eu reparei que você escova os dentes todos os dias Elogie com honestidade Não faça elogios que lembrem defeitos/ falhas Eu nunca imaginei que você conseguisse passar no vestibular, mas você passou. Não exagere na demonstração de entusiasmo Você passará tranqüilamente no vestibular de medicina. Nós confiamos em você!

22 Trate bem os amigos de seu filho Filhos se sentem aceitos e respeitados quando os pais tratam bem seus amigos Fale sempre a verdade a) Reconheça suas fraquezas/ imperfeições b) Não tema em perder a autoridade com isso

23 Escute seu filho com atenção As pessoas só se abrem quando percebem que serão aceitas e amadas Uma criança pode aprender desde muito cedo que não deve confiar nos adultos Isso geralmente ocorre quando: a) É ridicularizada b) Sente indiferença e pouca atenção c) Percebe que será julgada com severidade.

24 Como dar segurança ?

25 Causas de insegurança Conflito entre os pais Os pais não devem esconder dos filhos seus desentendimentos Resolver os conflitos com amor e perdão Filhos adquirem maior estrutura emocional Ciclo vicioso de brigas entre o casal Gritos / Espancamentos

26 Ausência de limites Crianças inseguras x Famílias permissivas Perda da noção: certo e errado Quem ama cuida: É muito sofrido para uma criança sentir a indiferença por parte daqueles que ela mais ama

27 Uma mocinha de 17 anos achava difícil acreditar que Deus a amava, porque não podia mais confiar no amor humano. Certo dia na casa de uma amiga, ela viu a mãe beijar a filha e dizer: Olhe, querida, espero que esteja de volta às 11 horas. Não se atrase. Vou ficar esperando você. Como se recebesse uma facada no coração, ela ficou imaginando por que sua mãe nunca parecia se importar onde ela estava ou quando iria voltar para casa. Para descobrir se a família realmente se interessava por ela, resolveu ficar fora até tão tarde que eles se preocupassem com seu bem-estar ou talvez chamassem a polícia. A jovem foi a um espetáculo noturno. Depois foi para uma estação de ônibus e encolheu-se num banco, cansada e desejando ansiosamente estar na cama. Quase de manhã finalmente chegou em casa, fazendo bastante barulho na esperança de que alguém ouvisse. Ninguém perguntou quem era. Ninguém deu atenção. Na hora do café ninguém perguntou onde estivera a noite inteira. Ela tinha a sua resposta ! Com essa mágoa profunda no coração estava se arrastando pela vida.

28 Algumas atitudes que produzem segurança Bom relacionamento conjugal dos pais Rotina regular Mesmo os animais em laboratório, quando acostumados a determinada disciplina nos hábitos, se introduzirmos estímulos inconsistentes, acabarão ficando neuróticos. GRUNSPUN (1968) Valorizar a importância do toque Mostrar para a criança que ela é um importante membro da família Estabelecer Limites claros e justos

29 Conclusão Muitas vezes as pessoas são egocêntricas, ilógicas e insensatas. Perdoe-as assim mesmo ! Se você é gentil, as pessoas podem acusá-lo de egoísta, interesseiro. Seja gentil assim mesmo ! Se você é um vencedor. Terá alguns falsos amigos e alguns inimigos verdadeiros. Vença assim mesmo ! Se você é honesto e franco, as pessoas podem enganá-lo. Seja honesto e franco assim mesmo !

30 O que você levou anos para construir, alguém pode destruir de uma hora para outra. Construa assim mesmo ! Se você tem paz e é feliz, as pessoas podem sentir inveja. Seja feliz assim mesmo ! O bem que você faz hoje, pode ser esquecido amanhã. Faça o bem assim mesmo ! Dê ao mundo o melhor de você, mas isso pode nunca ser o bastante. Dê o melhor de você assim mesmo ! Veja você que, no final das contas, é entre você e Deus. Nunca foi entre você e as outras pessoas ! Madre Teresa de Calcutá


Carregar ppt "Centro de Combate à Violência Infantil Curso de Capacitação no Enfrentamento da Violência Doméstica contra Crianças e Adolescentes."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google