A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Autor Marcos Hister. Um adolescente acabara de ficar órfão aos 16 anos, como ele era filho único e seus pais também, os poucos familiares que possuía.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Autor Marcos Hister. Um adolescente acabara de ficar órfão aos 16 anos, como ele era filho único e seus pais também, os poucos familiares que possuía."— Transcrição da apresentação:

1 Autor Marcos Hister

2 Um adolescente acabara de ficar órfão aos 16 anos, como ele era filho único e seus pais também, os poucos familiares que possuía moravam em cidades distantes..... Desesperado o adolescente ficou sem saber o que fazer de sua vida.

3 Para amenizar a imensa saudade que sentia de seus pais, passou a dormir no quarto que era deles. Certo dia uma caixinha guardada dentro de uma cômoda lhe chamou a atenção. Ao abri- la, viu um bilhete com a seguinte mensagem

4 Não se preocupe, existe um Grande Sábio que possui o segredo da felicidade, ele mora logo depois da estrada dos recantos dos pássaros, você o reconhecerá por suas longas barbas brancas. Porém, lembre-se que no caminho para chegar até lá, muitas pessoas lhe oferecerão atalhos que elas julgam serem bons, mas se você tiver olhos de ver, perceberá que são apenas armadilhas para te desviar do Sábio.

5 O adolescente seguiu em direção a estrada do recanto dos pássaros e conforme havia lido no bilhete, logo apareceu um grupo de pessoas chamando para pegar um atalho, mas ele negou, vendo que um rapaz todo sujo que saía de lá, lhe perguntou aonde aquele caminho conduzia, o rapaz lhe respondeu que aquele era o caminho do prazer por prazer, orgias, sexo a todo o momento, contudo no mesmo atalho havia um lago de areia movediça, onde ele enfrentou muitas dificuldades para conseguir sair

6 Caminhando encontrou outro grupo de pessoas lhe ofertando mais um atalho e o ele negou novamente. De lá saía uma senhora toda machucada, e o adolescente a questionou sobre aquele caminho, ela lhe respondeu que era o caminho da diversão, com diferentes tipos de bebidas e outras drogas que momentaneamente lhe fazia esquecer dos sofrimentos da vida, porém no mesmo atalho existe um bando de animais ferozes que lhe atacou e deixou sequelas irreversíveis

7 Ainda na estrada, o adolescente encontrou outras pessoas lhe indicando um atalho, ele negou. Viu que um senhor muito cansado saía do atalho e o questionou aonde aquele caminho o levaria. O senhor lhe respondeu que era um caminho muito saboroso com tortas, pizzas, sorvetes, chocolates, tudo em excesso e que lhe ajudava a fugir de suas crises de ansiedade, mas também conduzia a um pântano lamacento, onde ele sentiu o peso e a dificuldade para atravessá-lo.

8 Com muita persistência o adolescente encontrou o Grande Sábio. Este lhe parabenizou, mais lhe informou que ainda teria que percorrer outra longa caminhada até encontrar a felicidade. Mas dessa vez receberia auxílio, e quando se sentisse perdido poderia chamá-lo por pensamento que ele o auxiliaria.

9 O adolescente recebeu do Sábio um mapa, um machado e um caibro de madeira. Foi aconselhado que evitasse cortar o caibro, pois precisaria dele inteiro no momento oportuno, portanto, o autoconhecimento seria primordial para saber se deveria ou não cortar o caibro e cada vez que negasse auxílio a outrem, se sentiria tão cansado que teria que cortá-lo, pois não suportaria o peso da madeira para seguir adiante

10 Seguindo o caminho indicado no mapa, encontrou uma menina que lhe pedia um conselho, mas ele negou alegando que não teria tempo, pois estava atrasado para encontrar a felicidade

11 Mais à frente, veio em sua direção um anão franzino e fraco todo disposto para lhe ajudar a carregar o caibro de madeira, mas negou dizendo ser forte o suficiente e que não precisaria de ajuda.

12 Numa outra situação, encontrou um velhinho com muita fome lhe pedindo comida, mas o garoto negou, pois alegou que não poderia dar o único alimento que possuía para enfrentar a longa caminhada que faltava.

13 Conforme o sábio lhe havia lhe aconselhado anteriormente, o adolescente sentia um imenso cansaço quando negava ajuda e como não conseguia carregar a madeira, cortava um pedaço.

14 Ao encontrar um grande deserto, o adolescente percebeu que já havia percorrido um longo caminho e caso precisasse, não teria forças para voltar e pegar o caibro de madeira do tamanho que possuía inicialmente.

15 De repente, avistou um imenso rio e ao chegar mais perto, ficou feliz ao ver seus pais do outro lado da margem, eles sorriam e acenavam para que o adolescente atravessasse. De repente ele se deu conta que o tamanho do caibro que possuía não era o suficiente para fazer uma ponte para atravessar e se tentasse nadar nas águas turbulentas do rio certamente morreria afogado

16 Desesperado chamou o Sábio para lhe ajudar, e este ouvindo por pensamento o choro do adolescente, lhe enviou um recado por meio de um pombo correio, com a seguinte mensagem:

17 Não se preocupe esta ainda não é sua última chance para encontrar a tão almejada felicidade, porém você terá que refazer todo o caminho percorrido e recuperar todos os pedaços de madeira perdidos. Autor Marcos Hister Pereira Gomes


Carregar ppt "Autor Marcos Hister. Um adolescente acabara de ficar órfão aos 16 anos, como ele era filho único e seus pais também, os poucos familiares que possuía."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google