A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Língua Portuguesa e Literatura Prof.: Clayton Soares As Funções da Literatura

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Língua Portuguesa e Literatura Prof.: Clayton Soares As Funções da Literatura"— Transcrição da apresentação:

1 Língua Portuguesa e Literatura Prof.: Clayton Soares As Funções da Literatura

2 ESCRITOR, OBRA, PÚBLICO O ESCRITOR, como qualquer outra pessoa, vive ou viveu em determinado momento histórico e tem sua maneira pessoal de analisar o mundo. A essa maneira de analisar o mundo podemos chamar de COSMOVISÃO ou VISÃO DE MUNDO. Embora cada indivíduo tenha sua própria cosmovisão, ela sofre influências do meio em que o indivíduo vive ou viveu. [...] por mais original que possa ser, nenhum escritor deixa de incorporar em suas obras certos traços de sua época, concordando com eles ou questionando-os. Embora seja extremamente personalizado, o trabalho do escritor incorpora elementos do momento histórico em que a obra foi criada. (FARACO, p. 32, 2003)

3 ESCRITOR, OBRA, PÚBLICO A OBRA, conforme vimos, utiliza a língua de maneira especial, criando a chamada linguagem literária, que a distingue de outras manifestações culturais veiculadas pela língua. Essa linguagem pode incorporar gírias, modismos, expressões-chave de uma época. (FARACO, p. 32, 2003)

4 ESCRITOR, OBRA, PÚBLICO O PÚBLICO é constituído de leitores, que podem dar sua opinião sobre uma obra. Essa opinião se baseia no gosto de cada um. Cada leitor interpreta a obra de maneira pessoal, conforme sua sensibilidade, sua maneira de analisar a realidade, sua cultura, enfim, sua visão de mundo. O gosto individual, por sua vez, recebe também influências do mundo histórico e do meio social em que está imerso cada indivíduo. (FARACO, p. 32, 2003)

5 O SISTEMA LITERÁRIO ESCRITOR OBRA PÚBLICO SISTEMA LITERÁRIO

6 PARA QUE SERVE A LITERATURA? a) Arte pela arte: é uma teoria que nega qualquer finalidade prática à arte. Assim, uma obra literária existe em si, por si, para si e foi escrita unicamente pelo prazer de escrever, não importa que uso o leitor faça dela. Quem defende esse ponto de vista não relaciona arte e vida, procurando desvincular a literatura de qualquer outro fenômeno cultural e social.

7 PARA QUE SERVE A LITERATURA? Vaso Grego Esta de áureos relevos, trabalhada De divas mãos, brilhante copa, um dia, Já de aos deuses servir como cansada, Vinda do Olimpo, a um novo deus servia. Era o poeta de Teos que a suspendia Então, e, ora repleta ora esvazada, A taça amiga aos dedos seus tinia, Toda de roxas pétalas colmada. Depois … Mais o lavor da taça admira, Toca-a, e do ouvido aproximando-a, à bordas Finas hás de lhe ouvir, canora e doce. Ignota voz, qual se da antiga lira Fosse a encantada música das cordas, Qual se essa voz de Anacreonte fosse. Alberto de Oliveira

8 PARA QUE SERVE A LITERATURA? b)Literatura como evasão: evasão equivale a fuga, escape. Segundo alguns estudiosos, a arte preencheria a necessidade de evasão do ser humano.

9 PARA QUE SERVE A LITERATURA? Escrever é esquecer. A literatura é a maneira mais agradável de ignorar a vida. A música embala, as artes visuais animam, as artes vivas (como a dança e a arte de representar) entretêm. A primeira, porém, afasta-se da vida por fazer dela um sono; as segundas, contudo, não se afastam da vida - umas porque usam de fórmulas visíveis e portanto vitais, outras porque vivem da mesma vida humana. Não é o caso da literatura. Essa simula a vida. Um romance é uma história do que nunca foi e um drama é um romance dado sem narrativa. Um poema é a expressão de ideias ou de sentimentos em linguagem que ninguém emprega, pois que ninguém fala em verso. Fernando Pessoa

10 PARA QUE SERVE A LITERATURA? c)Literatura como forma de conhecimento do mundo e do homem: pode funcionar como meio de revelação das verdades da vida. Nesse caso, ela é vista como um instrumento de análise e compreensão do homem e do mundo.

11 PARA QUE SERVE A LITERATURA? Somos um planeta vivo, Sofia! Somos um grande barco navegando ao redor de um sol incandescente no universo. Mas cada um de nós é um barco em si mesmo, um barco carregado de genes navegando pela vida. Se conseguirmos levar esta carga ao porto mais próximo, nossa vida não terá sido em vão. O mundo de Sophia

12 PARA QUE SERVE A LITERATURA? d)Literatura como catarse: catarse vem do grego kathaíro, que quer dizer queimar. Na arte, ela designa o seguinte mecanismo: ao entrar em contato com os problemas das personagens, colocando-se no lugar delas, projetando nas personagens seus próprios conflitos, o leitor consegue avaliar suas tensões, pelo menos enquanto está lendo. E, no fim da leitura, ainda que tenha sofrido junto com a personagem, resta o alívio de saber que tudo não passou de ficção.

13 PARA QUE SERVE A LITERATURA? Apenas um rapaz latino- americano Tenho ouvido muitos discos Conversado com pessoas Caminhado meu caminho Papo, som, dentro da noite E não tenho um amigo sequer Que ainda acredite nisso Não, tudo muda! E com toda razão... Eu sou apenas um rapaz Latino-Americano Sem dinheiro no banco Sem parentes importantes E vindo do interior... Mas sei Que tudo é proibido Aliás, eu queria dizer Que tudo é permitido Até beijar você No escuro do cinema Quando ninguém nos vê...(2x) Não me peça que eu lhe faça Uma canção como se deve Correta, branca, suave Muito limpa, muito leve Sons, palavras, são navalhas E eu não posso cantar como convém Sem querer ferir ninguém...

14 PARA QUE SERVE A LITERATURA? Mas não se preocupe meu amigo Com os horrores que eu lhe digo Isso é somente uma canção A vida realmente é diferente Quer dizer! Ao vivo é muito pior... E eu sou apenas um rapaz Latino-Americano Sem dinheiro no banco Por favor Não saque a arma no "saloon" Eu sou apenas o cantor... Mas se depois de cantar Você ainda quiser me atirar Mate-me logo! À tarde, às três Que à noite Tenho um compromisso E não posso faltar Por causa de vocês...(2x) Eu sou apenas um rapaz Latino-Americano Sem dinheiro no banco Sem parentes importantes E vindo do interior Mas sei que nada é divino Nada, nada é maravilhoso Nada, nada é secreto Nada, nada é misterioso, não... Na na na na na na na na...

15 PARA QUE SERVE A LITERATURA? b)Literatura como instrumento político: quando deveria ser empregada a serviço de uma causa em que acreditam. Nesse caso, só teriam valor as obras que, de alguma forma, contribuíssem para a transformação do meio social em que o escritor e leitor atuam.

16 PARA QUE SERVE A LITERATURA? A fome multiplicava os pães, enchia a pastelaria toda, deixando um canto apenas para o empregado. Após multiplicar, dividia. A fome tinha agora um manto de juiz e a mesma expressão terna de Jesus. E dava os pães todos aos ricos, que entravam em procissão com notas de cem mil-réis nos dedos com anéis e mostrava um grande pedaço de língua aos pobres, que na porta estendiam os braços secos. Mas os pobres invadiam a X do Problema, derrubavam a imagem da fome e levavam os pães. Fui entrando com eles. Mas o empregado deteve-me: O que é que quer? Passei a mão pela testa. O suor corria. Os ratos, no meu estômago, roíam, roíam... Olhei e vi que os pães e o São José continuavam no fundo da padaria. Murmurei para o empregado que se dispunha a chamar o guarda: Me desculpe. Não quero nada, não. Os criados entravam com dinheiro e saíam com pão. (Cacau, Jorge Amado, p ).


Carregar ppt "Língua Portuguesa e Literatura Prof.: Clayton Soares As Funções da Literatura"

Apresentações semelhantes


Anúncios Google