A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Para tudo há um tempo, para cada coisa há um momento debaixo dos céus:tempo para nascer, e tempo para morrer; tempo para plantar, e tempo para arrancar.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Para tudo há um tempo, para cada coisa há um momento debaixo dos céus:tempo para nascer, e tempo para morrer; tempo para plantar, e tempo para arrancar."— Transcrição da apresentação:

1 Para tudo há um tempo, para cada coisa há um momento debaixo dos céus:tempo para nascer, e tempo para morrer; tempo para plantar, e tempo para arrancar o que foi plantado. - Eclesiastes 3.

2 AGORA É TEMPO DE QUE? Para você como adulto – filho; marido/esposa; profissional, pai...? – (o despertador toca...) Quais são seus maiores desafios hoje? Quem preparou você para essa etapa da vida? Que escolhas você fez quando era adolescente e as consequências para você hoje? O que você mudaria se pudesse voltar no tempo? O que teria feito diferente?

3 Seu filho hoje anos – encerrar um ciclo - mudanças e preparação para a vida adulta – equilibrar suporte X desafios graduais – desenvolver capacidades e resiliência. Invertendo os ponteiros do relógio (ou os perigos da antecipação das coisas) - Seu filho já está preparado? Ele quer mesmo? Se quer, pode?– liberdade x autonomia x responsabilidade. Terminar bem a infância é um passo para começar bem a adolescência. Viver cada fase da vida com equilíbrio: para aprender isso, as crianças dependem dos pais. (Rosely Sayão) Estímulos da mídia - Felicidade? Prazer X gratificação – construção de uma vida plena. Impulsividade x previsão de consequências e planejamento = quais as consequências das escolhas de hoje na vida futura?

4 Pais vão precisar a partir de agora mais do que nunca... Assumir sua autoridade e servir de balizas – limites e regras claras e ser consequentes e consistentes– educar cansa - uso da internet e redes sociais – horários de sono – festas e namoros precoces... Acompanhar por um bom tempo – monitoria positiva x supervisão estressante. (Atitude X discurso). Servir de lobo frontal para os filhos - prevendo consequências e evitando problemas X resolução de problemas. Saber que devem frustrar e não ter medo de traumas psicológicos – cara feia e o bater de portas vai ser normal, mas o futuro de seu filho agradece. Fazer parcerias – famílias que educam como você e escola.

5 Como você quer que seu filho esteja em cada área da vida? Como ele estará preparado para enfrentar dificuldades e desafios da vida adulta? (Resiliência). Como você quer que esteja a sua relação com ele? Como você quer que esteja a sua vida? Quem vai cuidar de você depois? O que você pode fazer agora?

6 "Filho é um ser que nos emprestaram para um curso intensivo de como amar alguém além de nós mesmos, de como mudar nossos piores defeitos para darmos os melhores exemplos e de aprendermos a ter coragem. Isto mesmo ! Ser pai ou mãe é o maior ato de coragem que alguém pode ter, porque é se expor a todo tipo de dor, principalmente da incerteza de estar agindo corretamente e do medo de perder algo tão amado. Perder? Como? Não é nosso, recordam-se? Foi apenas um empréstimo". José Saramago Obrigada! Silvia – SOE – 12 de setembro de 2012

7 O Cérebro em Transformação – Suzana Herculano- Houzel – Objetiva. Pais Presentes, Pais Ausentes – Regras e Limites – Paula Inez Cunha Gomide – Vozes. Adolescentes – Quem ama, educa! – Içami Tiba - Integrare /pais - orientação para internet segura. /pais

8 Um dia, uma pequena abertura apareceu em um casulo. Um homem sentou e observou a borboleta por várias horas, conforme ela se esforçava para fazer com que seu corpo passasse através daquele pequeno buraco. Então pareceu que ela havia parado de fazer qualquer progresso. Parecia que ela tinha ido o mais longe que podia, e não conseguia ir mais. O homem decidiu ajudar a borboleta: ele pegou uma tesoura e cortou o restante do casulo. A borboleta então saiu facilmente. Mas seu corpo estava murcho e era pequeno e tinha as asas amassadas. O homem continuou a observar a borboleta porque ele esperava que, a qualquer momento, as asas dela se abrissem e esticassem para serem capazes de suportar o corpo que iria se afirmar com o tempo. Nada aconteceu!

9 Na verdade, a borboleta passou o resto da sua vida rastejando com um corpo murcho e asas encolhidas. Ela nunca foi capaz de voar. O que o homem, em sua gentileza e vontade de ajudar não compreendia era que o casulo apertado e o esforço necessário à borboleta para passar através da pequena abertura era o modo com que Deus fazia com que o fluido do corpo da borboleta fosse para as suas asas, de modo que ela estaria pronta para voar uma vez que estivesse livre do casulo. Algumas vezes, o esforço é justamente o que precisamos em nossa vidas. Se Deus nos permitisse passar através de nossas vidas sem quaisquer obstáculos, ele nos deixaria aleijados. Nós não iríamos ser tão fortes como poderíamos ter sido. Nós nunca poderíamos voar...


Carregar ppt "Para tudo há um tempo, para cada coisa há um momento debaixo dos céus:tempo para nascer, e tempo para morrer; tempo para plantar, e tempo para arrancar."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google