A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Prosseguimos a Leitura do Sermão da Montanha, no qual Jesus proclama as atitudes básicas do discípulo para acolher o Reino de Deus. É a oportunidade.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Prosseguimos a Leitura do Sermão da Montanha, no qual Jesus proclama as atitudes básicas do discípulo para acolher o Reino de Deus. É a oportunidade."— Transcrição da apresentação:

1

2

3 Prosseguimos a Leitura do Sermão da Montanha, no qual Jesus proclama as atitudes básicas do discípulo para acolher o Reino de Deus. É a oportunidade de contemplar a verdadeira imagem de Deus: É uma MÃE carinhosa e um PAI providente.

4 Na 1ª Leitura, o povo de Deus, perseguido e longe de sua terra, sente-se "abandonado" por Deus. Isaías responde a esse "sentimento de abandono", comparando Deus a uma MÃE CARINHOSA, que não esquece seu filhinho: "Poderá uma mãe esquecer seu filhinho, e não amar o fruto do seu ventre? Mesmo se houvesse alguma mulher capaz de esquecê-lo, eu não te esqueceria jamais". (Is 49,14-15)

5 * É a expressão bíblica mais profunda e eloqüente da ternura maternal de Deus e de seu amor ao povo eleito e ao homem. A Mãe não ama seu filho porque ele é bom, mas porque é seu filho... Na 2ª Leitura, Paulo não se preocupa com o que possam dizer ou pensar dele. Ele põe toda a confiança em Deus. "Cada um receberá de Deus o devido louvor". (1Cor 4,1-5)

6 No Evangelho, Deus é comparado a um PAI PROVIDENTE que cuida dos filhos, e provê as suas necessidades. Por isso, "não vos preocupeis com o dia de amanhã". (Mt 6,24-34) + Jesus adverte a DOIS PERIGOS:

7 1) O Apego ao Dinheiro: O cristão não deve amarrar o seu coração aos bens deste mundo. O Dinheiro não pode se transformar em Senhor de sua vida. Quem adora o dinheiro tem tudo, mas torna-se um escravo. "Ninguém pode servir a dois senhores, a Deus e ao dinheiro". A preocupação excessiva com os bens materiais se opõe à confiança devida a Deus e reivindica o lugar de Deus

8 2) As vãs Preocupações : Não se afirma que não se deve trabalhar, mas não se deixar levar pela angústia. O compromisso para resolver os problemas da vida não deve nos fazer perder a alegria da vida. Por isso, propõe servir ao Senhor, abandonando-se à Providência amorosa do Pai.

9 Duas imagens da natureza ilustram essa idéia: Se os pássaros e os lírios do campo são objeto do cuidado de Deus, que provê sua subsistência espontânea, quanto mais o será o homem que vale muito mais que eles. - Jesus conclui com um duplo convite: 1. "Não vos preocupeis com a vida, com o alimento, com as vestes, o Pai do céu já sabe que temos necessidade de tudo isso".

10 2. "Buscai em primeiro lugar o Reino de Deus e a sua justiça, e tudo o mais vos será dado em acréscimo". - O Reino é a transparência de Deus em nossa vida; - A sua Justiça ordena sob seu olhar tudo o que somos e fazemos. - O Senhor não diz "unicamente", mas buscai "primeiro" o Reino de Deus. Jesus não nega a importância do trabalho para a alimentação, a saúde e o vestuário, mas quer ressaltar a atenção que devemos dar àquilo que constrói o Reino de Deus.

11 + A Proposta do Mundo leva ao Culto do Dinheiro e ao Consumismo. E as conseqüências são terríveis: - Degrada a dignidade humana, convertendo as pessoas em puras máquinas de produção e consumo de bens. - Bloqueia a solidariedade, a partilha, a fraternidade e favorece o egoísmo e a exploração. - Torna-nos escravo das coisas e dos bens.

12 + A Proposta de Jesus: pede confiança e abandono nas mãos de Deus a quem servimos com amor, e por quem nos sentimos amados. Essa confiança em Deus não é alienante, não nos exime de nossa responsabilidade nas tarefas temporais, nem nos permite fugir de nosso compromisso cristão no mundo. + A qual deus servimos? Não podemos servir a Deus e ao dinheiro. Devemos buscar primeiro o Reino de Deus e a sua justiça e tudo o mais nos será dado em acréscimo.

13 Deixemos de ser servos do dinheiro e escravos de nós mesmos, para servir ao Senhor com alegria e livres da angústia possessiva. Quem se preocupa pela comida? Quem tem pai e mãe, ou quem é órfão? Nós não somos órfãos, Deus é para nós Pai e Mãe!... Pe. Antônio Geraldo Dalla Costa CS

14 Meditada por: Pe. Antônio Geraldo Dalla Costa CS MEU DOMINGO Com a Palavra de Deus Ilustração: Nelso Geraldo Ferronatto Música: Olhem as flores CD: Louvores ao Senhor Blasio e Claudete


Carregar ppt "Prosseguimos a Leitura do Sermão da Montanha, no qual Jesus proclama as atitudes básicas do discípulo para acolher o Reino de Deus. É a oportunidade."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google