A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Fórum Missão Exportar 11 de Dezembro de 2008

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Fórum Missão Exportar 11 de Dezembro de 2008"— Transcrição da apresentação:

1 Fórum Missão Exportar 11 de Dezembro de 2008
Venezuela Oportunidades de exportação Research Sectorial Fórum Missão Exportar 11 de Dezembro de 2008

2 Top 10 exportações de mercadorias portuguesas, 2008E (% total)
Papel e cartão e obras de pasta celulose 2.8% Obras de ferro fundido, ferro ou aço 2.9% Automóveis, tractores e outros veículos terrestres 11.7% Ferro fundido, ferro ou aço 3.0% Calçado, polainas e artefactos 3.5% Plásticos e suas obras 4.0% Máquinas, aparelhos e materiais eléctricos 10.9% Vestuário e seus acessórios de malha 4.3% 6.4% Combustíveis e óleos minerais, matérias betuminosas Reactores nucleares, máquinas e aparelhos mecânicos 7.7% Top 10 das oportunidades Não pertencem ao Top 10 importações de Portugal TCMA robusta peso das importações brasileiras capacidades exportadora de Portugal comportamento de importações de Portugal não negativas Dezembro 2008

3 Os 13 mercados alvo seleccionados
Dezembro 2008

4 Exportações portuguesas para os 13 países, 2003 e 2008
Ranking 2008E TCMA 03-08E (%) EUR milhões 2008E 5 25.7 Angola 11 487 2 034 1 403 7 -2.6 EUA 293 15 17.8 Brasil 16 16.8 Marrocos 281 23 39.0 Rússia 205 27 35.4 Argélia 191 187 29 4.6 China 87 37 10.1 Moçambique 77 38 9.9 África do Sul Emirados Árabes Unidos 73 39 23.1 47 46 21.0 Índia 52 40.9 Venezuela 35 2008E 66 47.5 Líbia 18 2003 Dezembro 2008

5 Total importações dos 13 países
Importações do mundo e de Portugal realizadas pelo conjunto dos 13 países, 2007 Total importações dos 13 países EUR mil milhões Aumentar a quota das importações com origem em Portugal Total de importações dos 13 Países de Portugal EUR 5.3 mil milhões 0.2% do total das importações dos 13 países Dezembro 2008

6 Previsões de crescimento real do PIB, 2009 e 2010
Brasil 2009: 3.0% 2010: 4.4% Angola 2009: 12.8% 2010: 11.9% EUA 2009: -0.7% 2010: 2.0% Marrocos 2009: 5.5% 2010: 5.8% África do Sul 2009: 3.3% 2010: 4.2% China 2009: 8.5% 2010: 9.8% Índia 2009: 6.3% 2010: 7.7% Rússia 2009: 3.5% 2010: 6% Moçambique 2009: 6.7% 2010: 6.6% Argélia 2009: 4.5% 2010: 5.1% Líbia 2009: 8.1% 2010: 10.5% Venezuela 2009: 2% 2010: 2% Emiratos Árabes Unidos 2009: 6.0% 2010: 5.6% PIB Mundo 2009: 2.2% Dezembro 2008

7 Venezuela: dados económicosE
2009 2010 População (Milhões) 28.6 29.2 PIB (tvr, %) 2.0 2.0 Inflação (%) 33.5 32.5 Saldo Balança Corrente (% PIB) 3.4 2.4 Taxa de Câmbio (por EUR) 3.4 3.5 Facilidade Fazer Negócios (DB 2009 rank) 174/181 -- Comércio Transfronteiriço (DB 2009 rank) 164/181 -- Dezembro 2008

8 Top 10 importações da Venezuela do mundo
2003 2007 TCMA Ranking Peso 2007 Nomenclatura Combinada 03 - 07 (EUR Milhões) (EUR Milhões) (%) 2007 (%) 8703 - Automóveis de passageiros e outros veículos 230.8 78.4 1 8.4 transporte passageiros 8525 - Aparelhos emissores para radiotelefonia; 165.4 77.3 2 5.9 câmar as de tv; câmaras de vídeo 8704 - Veículos automóveis para transporte de 77.0 937.8 86.8 3 3.4 mercadorias 3004 - Medicamentos, em doses ou acondicionados 333.6 846.0 26.2 4 3.0 para venda a retalho 8471 - Máquinas automáticas p ara processamento 96.5 830.8 71.3 5 3.0 dados/unidades; leitores magnéticos 8901 - Transatlânticos, barcos de cruzeiro, ferry - 58.4 533.1 73.8 6 1.9 boats, cargueiros, chatas e embarcações semelhantes, para o transporte de pessoas ou de mercadorias 8701 - Tractores 30.3 484.7 99.9 7 1.7 8708 - Partes e acessórios dos veículos aut omóveis 69.1 406.2 55.7 8 1.5 8528 - Aparelhos receptores de televisão; 29.4 390.7 90.9 9 1.4 monitores e projectores de vídeo 1001 - Trigo e mistura de trigo com centeio 182.1 355.2 18.2 10 1.3 Dezembro 2008

9 Top 10 importações da Venezuela de Portugal
2003 2007 TCMA Ranking Peso 2007 Nomenclatura Combinada 03 - 07 (EUR Milhões) (EUR Milhões) (%) 2007 (%) 1509 - Azeite oliveira e suas fracções, mesmo 2.1 5.6 27.3 1 34.5 refinado mas não quimicamente modificado 5509 - Fios de fibras sintéticas descontínuas , não 0.0 1.3 -- 2 8.0 acondicionados para venda a retalho 7323 - Artefactos uso doméstico; palha ferro/aço; 0.2 1.1 57.6 3 6.5 esponjas, esfregões, luvas 2204 - Vinhos de uvas frescas 0.5 0.8 12.2 4 4.8 8422 - Máqui nas de lavar louça; máquinas para 0.0 0.6 221.6 5 3.6 lim par, encher, capsular, garrafas 4504 - Cortiça aglomerada (com ou sem 0.1 0.5 56.9 6 2.9 aglutinantes) e suas obras 8480 - Caixas fundição; placas fundo para moldes; 0.1 0.5 52.3 7 2.8 modelos para moldes; moldes para metais 6908 - L adrilhos e placas para 0.0 0.4 176.0 8 2.3 pavimentação/revestimento, vidrados/esmaltados; cubos 8302 - Guarnições, ferragem , de metais comuns; 0.0 0.4 224.9 9 2.2 pateras; rodízios; fechos 5911 - Produtos e artefactos matérias têxteis, p ara 0.1 0.2 23.3 10 1.3 usos técnic os Dezembro 2008

10 Oportunidades de exportação para a Venezuela
Fatos saia-casaco, 8529 - Partes reconhecíveis 3926 - Outras obras de plástico vestidos, saias, calças e calções exclusiva/parcialmente para de uso feminino aparelhos emissores 4011 - Pneumáticos novos, de borracha 8415 - Máquinas / aparelhos ar condicionado com ventilador Aparelhos emissores para motorizado/dispositivos Radiotelefonia, câmaras de tv, câmaras de vídeo Bulldozers, angledozers, niveladoras, raspotransportadoras, pás mecânicas 2909 - Éteres ; peróxidos de álcoois, de éteres e de cetonas, e seus derivados halogenados Top 10 das oportunidades Não pertencem ao Top 10 importações de Portugal TCMA robusta peso das importações brasileiras capacidades exportadora de Portugal comportamento de importações de Portugal não negativas 8708 - Partes e acessórios dos veículos automóveis 8471 - Máquinas automáticas para processamento dados/unidades; leitores magnéticos Dezembro 2008

11 Oportunidades de exportação para a Venezuela
2003 2007 TCMA Ranking Peso 2007 Nomenclatura Combinada 03 - 07 (EUR Milhões) (EUR Milhões) (%) 2007 (%) 8525 - Aparelhos emissores para radiotelefonia; 165.4 77.3 2 5.9 câmaras de tv; câmaras de vídeo 8471 - Máquinas automáticas para processamento 96.5 830.8 71.3 5 3.0 dados/unidades; leitores magnéticos 8708 - Partes e acessórios dos veículos aut omóveis 69.1 406.2 55.7 8 1.5 2909 - Éteres; peróxidos de álcoois, de éteres e de 5.1 336.6 184.4 12 1.2 cetonas, e seus deriv ados halogenado s 8429 - B ulldozers, angledozers, niveladoras, raspo - 21.1 284.6 91.7 15 1.0 transportadoras, pás mecânicas 8415 - Máquin as/aparelhos ar condicionado com 31.3 265.4 70.7 18 1.0 ventilador motorizado/dispositivos 4011 - Pneumáticos novos, de borracha 55.1 247.9 45.7 20 0.9 8529 - Partes reconhecíveis como exclusiva/ 13.0 97.2 65.5 53 0.3 Top 10 das oportunidades Não pertencem ao Top 10 importações de Portugal TCMA robusta peso das importações brasileiras capacidades exportadora de Portugal comportamento de importações de Portugal não negativas parcialm ente para aparelhos emissores 3926 - Outras obras de plástico 18.7 93.5 49.5 60 0.3 6204 - Fatos saia - casaco, vestidos, saias, calças e 13.2 76.6 55.1 78 0.3 calções, de uso feminino Dezembro 2008

12 Exportações de serviços portugueses, 2008E (% total)
Direitos de utilização 0.3% Seguros 0.6% Operações governamentais 0.9% Viagens e turismo 43.6% Serviços de natureza pessoal, cultural e recreativa 1.2% Serviços financeiros 1.3% Serviços de informação e de informática 1.3% Transportes 26.0% Serviços de comunicação 3.5% Outros serviços fornecidos por empresas 17.9% Serviços de construção 3.5% Dezembro 2008

13 Papel dinamizador do BES (I) 12 Escritórios de Representação
Expansão internacional complementa o crescimento doméstico. Enfoque estratégico no eixo atlântico: Espanha, Magreb, Angola e Brasil. A actividade bancária internacional cobre os “mercados naturais” mais importantes para Portugal, nomeadamente os países de destino da emigração portuguesa, mercados com afinidades culturais com Portugal, como Espanha, Magreb, Angola, Brasil, ou áreas de know-how específico, alavancando a experiência em Portugal e em outros países. O BES é o único banco português com presença física Ibérica na Banca de Empresas, Banca de Investimentos, Afluentes, Private Banking e Gestão de Activos. No Brasil, o BES tem como objectivo reforçar a posição do banco de investimento, apoiando as empresas portuguesas com relações comerciais com o Brasil. Em Angola, o grupo BES está presente a nível do Private Banking, Banca de Empresas e Banca de Investimento. Através de Acordos de Parceria e Cooperação com diversos bancos em vários países, o BES garante um apoio directo a diferentes mercados com equipas especializadas no apoio à internacionalização. 6 Sucursais internacionais 12 Escritórios de Representação Filiais & Associados BES Vénétie (França) BMCE (Marrocos) BES Angola BESI Brasil Bradesco (Brasil) BES Oriente (Macau) ES Bank (Florida, EUA) ES plc (Irlanda) Novos Projectos Dubai – Banca de Investimento EUA – Banca de Investimento Hong Kong – Banca de Investimento Argélia – Unidade Local de Apoio Dezembro 2008

14 Papel dinamizador do BES (II) Gestores de Negócio Internacional
Para abordar de forma integrada e servir os Clientes empresariais no seu crescimento internacional existem a Unidade de Mercados Emergentes e a recentemente criada Unidade Internacional Premium. Estas áreas dispõem de equipas de Gestores dedicados, visando estimular e facilitar o desenvolvimento de negócio nas geografias prioritárias para os Clientes. Gestores de Negócio Internacional Américas EMEAA1 Pedro Silva Bruno Pereira 1 Europe, Middle-East, Asia and Africa Dezembro 2008

15 Fontes e informação Banco Espírito Santo (www.bes.pt)
United Nations Commodity Trade Statistics Database (http://comtrade.un.org/db/); (www.ine.pt) (http://fd.comext.eurostat.cec.eu.int/xtweb/) Top 10 das oportunidades Não pertencem ao Top 10 importações de Portugal TCMA robusta peso das importações brasileiras capacidades exportadora de Portugal comportamento de importações de Portugal não negativas (www.bportugal.pt) World Economic Outlook (www.imf.org) (World Bank Group) Dezembro 2008

16 Director Coordenador Direcção Research Sectorial
Miguel Frasquilho Direcção Research Sectorial Miguel Malaquias Pereira Artur Alves Pereira Francisco Mendes Palma Susana Barros Paulo Talhão Paulino Luís Ribeiro Rosa Conceição Leitão Cristina Marques Dezembro 2008


Carregar ppt "Fórum Missão Exportar 11 de Dezembro de 2008"

Apresentações semelhantes


Anúncios Google