A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

São Pedro e São Paulo Missa do Dia DIA DO PAPA OS PASTORES DA IGREJA NOS ABREM AS PORTAS DO REINO DE DEUS.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "São Pedro e São Paulo Missa do Dia DIA DO PAPA OS PASTORES DA IGREJA NOS ABREM AS PORTAS DO REINO DE DEUS."— Transcrição da apresentação:

1

2 São Pedro e São Paulo Missa do Dia

3 DIA DO PAPA

4 OS PASTORES DA IGREJA NOS ABREM AS PORTAS DO REINO DE DEUS

5 Irmãos e amigos! Nas pessoas dos Apóstolos Pedro e Paulo,

6 encontramos as duas dimensões da nossa Igreja:

7 a fidelidade e a dinâmica evangelizadora, perpetuadas

8 pelos sucessores dos Apóstolos: os Bispos.

9 Onde está o Bispo, está a Igreja, seja em Roma, seja na Diocese de

10 São José dos Campos. Unidos a Dom Moacir, unidos ao Pastor

11 Supremo da Igreja de Cristo – o Papa Bento XVI –

12 renovemos nossa fidelidade à Mãe Igreja.

13 Cantemos com fé e alegria, iniciando nossa celebração eucarística!

14

15 Canto de Abertura

16

17 Saudação

18 Em nome do Pai e do Filho e do Espírito Santo. Amém.

19 A vós, irmãos, paz e fé

20 da parte de Deus, o Pai,

21 e do Senhor Jesus Cristo.

22 Bendito seja Deus que nos reuniu no amor de Cristo.

23

24 Ato Penitencial

25 Irmãos e irmãs, reconheçamos as nossas culpas

26 para celebrarmos dignamente os santos mistérios. (Silêncio)

27 Senhor, que viestes,

28 não para condenar, mas para perdoar,

29 tende piedade de nós.

30 Senhor, tende piedade de nós.

31 Cristo, que vos alegrais pelo pecador arrependido,

32 tende piedade de nós.

33 Cristo, tende piedade de nós.

34 Senhor, que muito perdoais a quem muito ama,

35 tende piedade de nós.

36 Senhor, tende piedade de nós.

37 Deus todo- poderoso tenha compaixão de nós,

38 perdoe os nossos pecados

39 e nos conduza à vida eterna. Amém.

40

41 Hino de Louvor

42 Glória a Deus nas alturas e paz na terra aos homens por ele amados.

43 Senhor Deus, Rei dos céus, Deus Pai todo- poderoso.

44 Nós vos louvamos, nós vos bendizemos,

45 Nós vos adoramos, nós vos glorificamos,

46 Nós vos damos graças por vossa imensa glória.

47 Senhor Jesus Cristo, Filho unigênito,

48 Senhor Deus, Cordeiro de Deus, Filho de Deus Pai.

49 Vós, que tirais o pecado do mundo, tende piedade de nós.

50 Vós, que tirais o pecado do mundo, acolhei a nossa súplica.

51 Vós, que estais à direita do Pai, tende piedade de nós.

52 Só vós sois o Santo, só vós, o Senhor,

53 só vós, o Altíssimo, Jesus Cristo,

54 com o Espírito Santo, na glória de Deus Pai. Amém.

55

56 Oração da Coleta

57 OREMOS: Ó Deus, que hoje nos concedeis a alegria

58 de festejar São Pedro e São Paulo,

59 concedei à vossa Igreja

60 seguir em tudo os ensinamentos destes Apóstolos

61 que nos deram as primícias da fé.

62 Por nosso Senhor Jesus Cristo, vosso Filho,

63 na unidade do Espírito Santo.

64 Amém.

65

66 A Palavra de Deus nos exorta a sermos corajosos discípulos de Jesus Cristo e sua

67 Igreja, superando medos que nos impedem a vivência do Evangelho.

68

69 PRIMEIRA LEITURA At 12,1-11

70 Leitura dos Atos dos Apóstolos

71 Naqueles dias, 1 O rei Herodes

72 prendeu alguns membros da Igreja, para torturá-los.

73 2 Mandou matar à espada Tiago, irmão de João.

74 3 E, vendo que isso agradava aos judeus,

75 mandou também prender a Pedro.

76 Eram os dias dos Pães ázimos.

77 4 Depois de prender Pedro, Herodes colocou-o na prisão,

78 guardado por quatro grupos de soldados,

79 com quatro soldados cada um.

80 Herodes tinha a intenção de apresentá-lo ao povo,

81 depois da festa da Páscoa.

82 5 Enquanto Pedro era mantido na prisão,

83 a Igreja rezava continuamente a Deus por ele.

84 6 Herodes estava para apresentá-lo.

85 Naquela mesma noite, Pedro dormia entre dois soldados,

86 preso com duas correntes;

87 e os guardas vigiavam a porta da prisão.

88 7 Eis que apareceu o anjo do Senhor

89 e uma luz iluminou a cela.

90 O anjo tocou o ombro de Pedro, acordou- o e disse:

91 Levanta-te depressa!

92 As correntes caíram-lhe das mãos.

93 8 O anjo continuou:

94 Coloca o cinto e calça tuas sandálias!

95 Pedro obedeceu e o anjo lhe disse:

96 Põe tua capa e vem comigo!

97 9 Pedro acompanhou-o, e não sabia que era realidade

98 o que estava acontecendo por meio do anjo,

99 pois pensava que aquilo era uma visão.

100 10 Depois de passarem pela primeira e segunda guarda,

101 chegaram ao portão de ferro que dava para a cidade.

102 O portão abriu- se sozinho.

103 Eles saíram, caminharam por uma rua

104 e logo depois o anjo o deixou.

105 11 Então Pedro caiu em si e disse:

106 Agora sei, de fato, que o Senhor enviou o seu anjo

107 para me libertar do poder de Herodes

108 e de tudo o que o povo judeu esperava!

109 Palavra do Senhor. Graças a Deus!

110

111 SALMO RESPONSORIAL Sl 33

112 De todos os temores me livrou o Senhor Deus.

113

114 1. Bendirei o Senhor Deus em todo o tempo,

115 seu louvor estará sempre em minha boca.

116 Minha alma se gloria no Senhor;

117 que ouçam os humildes e se alegrem!

118 De todos os temores me livrou o Senhor Deus.

119 2. Comigo engrandecei ao Senhor Deus,

120 exaltemos todos juntos o seu nome!

121 Todas as vezes que o busquei, ele me ouviu,

122 e de todos os temores me livrou.

123 De todos os temores me livrou o Senhor Deus.

124 3. Contemplai a sua face e alegrai-vos,

125 e vosso rosto não se cubra de vergonha!

126 Este infeliz gritou a Deus, e foi ouvido,

127 e o Senhor o libertou de toda angústia.

128 De todos os temores me livrou o Senhor Deus.

129 4. O anjo do Senhor vem acampar

130 ao redor dos que o temem, e os salva.

131 Provai e vede quão suave é o Senhor!

132 Feliz o homem que tem nele o seu refúgio!

133 De todos os temores me livrou o Senhor Deus.

134

135 SEGUNDA LEITURA 2Tm 4,

136 Leitura da Segunda Carta de São Paulo a Timóteo

137 Caríssimo: 6 Quanto a mim,

138 eu já estou para ser derramado em sacrifício;

139 aproxima-se o momento de minha partida.

140 7 Combati o bom combate,

141 completei a corrida, guardei a fé.

142 8 Agora está reservada para mim a coroa da justiça,

143 que o Senhor, justo juiz, me dará naquele dia;

144 e não somente a mim,

145 mas também a todos os que esperam com amor

146 a sua manifestação gloriosa.

147 17 Mas o Senhor esteve a meu lado e me deu forças,

148 ele fez com que a mensagem

149 fosse anunciada por mim integralmente,

150 e ouvida por todas as nações;

151 e eu fui libertado da boca do leão.

152 18 O Senhor me libertará de todo mal

153 e me salvará para o seu Reino celeste.

154 A ele a glória, pelos séculos dos séculos. Amém.

155 Palavra do Senhor. Graças a Deus!

156

157 Aclamação ao Evangelho

158

159 EVANGELHO Mt 16,13-19

160 O Senhor esteja convosco.

161 Ele está no meio de nós.

162 PROCLAMAÇÃO do Evangelho de Jesus Cristo segundo Mateus

163 Glória a vós, Senhor.

164 Naquele tempo, 13 Jesus foi à região de Cesareia de Filipe

165 e ali perguntou aos seus discípulos:

166 Quem dizem os homens ser o Filho do Homem?

167 14 Eles responderam:

168 Alguns dizem que é João Batista; outros que é Elias;

169 Outros ainda, que é Jeremias ou algum dos profetas.

170 15 Então Jesus lhes perguntou:

171 E vós, quem dizeis que eu sou?

172 16 Simão Pedro respondeu:

173 Tu és o Messias, o Filho do Deus vivo.

174 17 Respondendo, Jesus lhe disse:

175 Feliz és tu, Simão, filho de Jonas,

176 porque não foi um ser humano que te revelou isso,

177 mas o meu Pai que está no céu.

178 18 Por isso eu te digo que tu és Pedro,

179 e sobre esta pedra construirei a minha Igreja,

180 e o poder do inferno nunca poderá vencê- la.

181 19 Eu te darei as chaves do Reino dos Céus:

182 tudo o que tu ligares na terra será ligado nos céus;

183 tudo o que tu desligares na terra

184 será desligado nos céus.

185 Palavra da Salvação.

186 Glória a vós, Senhor!

187 PEDRO E PAULO, PEDRAS VIVAS DA IGREJA!

188

189 Profissão de Fé (Símbolo Niceno- constantinopolitano)

190 Creio em um só Deus, Pai todo- poderoso,

191 criador do céu e da terra,

192 de todas as coisas visíveis e invisíveis.

193 Creio em um só Senhor, Jesus Cristo,

194 Filho Unigênito de Deus,

195 nascido do Pai antes de todos os séculos:

196 Deus de Deus, luz da luz,

197 Deus verdadeiro de Deus verdadeiro,

198 gerado, não criado,

199 consubstancial ao Pai.

200 Por ele todas as coisas foram feitas.

201 E por nós, homens, e para nossa salvação,

202 desceu dos céus:

203 (inclinar-se) e se encarnou pelo Espírito Santo,

204 no seio da virgem Maria, e se fez homem.

205 Também por nós foi crucificado

206 sob Pôncio Pilatos;

207 padeceu e foi sepultado.

208 Ressuscitou ao terceiro dia,

209 conforme as Escrituras,

210 e subiu aos céus,

211 onde está sentado à direita do Pai.

212 E de novo há de vir, em sua glória,

213 para julgar os vivos e os mortos;

214 e o seu reino não terá fim.

215 Creio no Espírito Santo,

216 Senhor que dá a vida,

217 e procede do Pai e do Filho;

218 e com o Pai e o Filho é adorado e glorificado:

219 ele que falou pelos profetas.

220 Creio na Igreja, una, santa, católica e apostólica.

221 Professo um só batismo

222 para remissão dos pecados.

223 E espero a ressurreição dos mortos

224 e a vida do mundo que há de vir. Amém.

225

226 Oração da Comunidade

227 1. Tu és Pedro e sobre esta pedra construirei a minha Igreja.

228 Por toda a Igreja Católica, Apostólica, Romana, para

229 que seja sempre no mundo sinal de unidade e paz

230 entre os povos, raças e línguas, rezemos.

231 São Pedro e São Paulo, rogai por nós!

232 2. Eu te darei as chaves do Reino dos Céus.

233 Para que o Papa Bento XVI, sempre fiel ao ensinamento de Jesus Cristo,

234 conduza a Igreja com sabedoria e destemor, rezemos.

235 São Pedro e São Paulo, rogai por nós!

236 3. De todos os temores me livrou o Senhor Deus.

237 Para que todos nós – clero e leigos – impulsionados pelo Espírito

238 Santo e no testemunho dos Apóstolos Pedro e Paulo,

239 sejamos verdadeiros evangelizadores, rezemos.

240 São Pedro e São Paulo, rogai por nós!

241 4. O Senhor esteve ao meu lado e me deu forças.

242 Por todos os missionários em terras distantes para

243 que, animados pela graça de Deus, jamais desanimem no

244 anúncio de Jesus Cristo, rezemos.

245 São Pedro e São Paulo, rogai por nós!

246

247 Apresentação das Oferendas

248

249 Orai, irmãos e irmãs

250 para que o nosso sacrifício

251 seja aceito por Deus Pai todo- poderoso.

252 Receba o Senhor por tuas mãos este sacrifício,

253 para glória do seu nome,

254 para nosso bem e de toda a santa Igreja.

255

256 Oração sobre as Oferendas

257 Ó Deus, que a oração de vossos Apóstolos

258 acompanhe as oferendas que vos apresentamos

259 para serem consagradas,

260 e nos alcance celebrarmos este sacrifício

261 com o coração voltado para vós.

262 Por Cristo, nosso Senhor.

263 Amém.

264

265 Prefácio: A dupla missão de Pedro e Paulo na Igreja.

266 O Senhor esteja convosco.

267 Ele está no meio de nós.

268 Corações ao alto.

269 O nosso coração está em Deus.

270 Demos graças ao Senhor, nosso Deus.

271 É nosso dever e nossa salvação.

272 Na verdade, é justo e necessário,

273 é nosso dever e salvação

274 dar-vos graças, sempre e em todo o lugar,

275 Senhor, Pai Santo,

276 Deus eterno e todo-poderoso,

277 por Cristo, Senhor nosso.

278 Hoje, vós nos concedeis a alegria

279 de festejar os Apóstolos

280 São Pedro e São Paulo.

281 Pedro, o primeiro a proclamar a fé,

282 fundou a Igreja primitiva

283 sobre a herança de Israel.

284 Paulo, mestre e doutor das nações,

285 anunciou-lhes o Evangelho da Salvação.

286 Por diferentes meios,

287 os dois congregaram a única família de Cristo

288 e, unidos pela coroa do martírio,

289 recebem hoje, por toda a terra,

290 igual veneração.

291 Por essa razão, os anjos celebram vossa grandeza,

292 os santos proclamam vossa glória.

293 Concedei-nos também a nós

294 associar-nos aos seus louvores,

295 cantando (dizendo) a uma só voz:

296 Santo, Santo, Santo...

297

298 Oração Eucarística III

299 Na verdade, vós sois santo, ó Deus do universo,

300 e tudo o que criastes proclama o vosso louvor,

301 porque, por Jesus Cristo,

302 vosso Filho e Senhor nosso,

303 e pela força do Espírito Santo,

304 dais vida e santidade a todas as coisas

305 e não cessais de reunir o vosso povo,

306 para que vos ofereça em toda parte,

307 do nascer ao pôr-do-sol,

308 um sacrifício perfeito.

309 Santificai e reuni o vosso povo!

310 Por isso, nós vos suplicamos:

311 santificai pelo Espírito Santo

312 as oferendas que vos apresentamos

313 para serem consagradas,

314 a fim de que se tornem

315 o Corpo e o Sangue de Jesus Cristo,

316 vosso Filho e Senhor nosso,

317 que nos mandou celebrar este mistério.

318 Santificai nossa oferenda, ó Senhor!

319 Na noite em que ia ser entregue,

320 ele tomou o pão,

321 deu graças, e o partiu

322 e deu a seus discípulos, dizendo:

323 TOMAI, TODOS, E COMEI:

324 ISTO É O MEU CORPO,

325 QUE SERÁ ENTREGUE POR VÓS.

326

327 Do mesmo modo,

328 ao fim da ceia, ele tomou o cálice em suas mãos,

329 deu graças novamente,

330 e o deu a seus discípulos, dizendo:

331 TOMAI, TODOS, E BEBEI:

332 ESTE É O CÁLICE DO MEU SANGUE,

333 O SANGUE DA NOVA E ETERNA ALIANÇA,

334 QUE SERÁ DERRAMADO POR VÓS E POR TODOS

335 PARA REMISSÃO DOS PECADOS.

336 FAZEI ISTO EM MEMÓRIA DE MIM.

337

338 Eis o mistério da fé!

339 Todas as vezes que comemos deste pão e bebemos deste cálice,

340 anunciamos, Senhor, a vossa morte,

341 enquanto esperamos a vossa vinda!

342 Celebrando agora, ó Pai,

343 a memória do vosso Filho,

344 da sua paixão que nos salva,

345 da sua gloriosa ressurreição

346 e da sua ascensão ao céu,

347 e enquanto esperamos a sua nova vinda,

348 nós vos oferecemos em ação de graças

349 este sacrifício de vida e santidade.

350 Recebei, ó Senhor, a nossa oferta!

351 Olhai com bondade a oferenda da vossa Igreja,

352 reconhecei o sacrifício

353 que nos reconcilia convosco

354 e concedei que, alimentando- nos

355 com o Corpo e o Sangue do vosso Filho,

356 sejamos repletos do Espírito Santo

357 e nos tornemos em Cristo

358 um só corpo e um só espírito.

359 Fazei de nós um só corpo e um só espírito!

360 Que ele faça de nós uma oferenda perfeita

361 para alcançarmos a vida eterna

362 com os vossos santos:

363 a Virgem Maria, Mãe de Deus,

364 os vossos Apóstolos e Mártires, N. (o santo do dia ou o padroeiro)

365 e todos os santos,

366 que não cessam de interceder por nós

367 na vossa presença.

368 Fazei de nós uma perfeita oferenda!

369 E agora, nós vos suplicamos, ó Pai,

370 que este sacrifício da nossa reconciliação

371 estenda a paz e a salvação ao mundo inteiro.

372 Confirmai na fé e na caridade a vossa Igreja,

373 enquanto caminha neste mundo:

374 o vosso servo o papa N.,

375 o nosso bispo N.,

376 com os bispos do mundo inteiro,

377 o clero e todo o povo que conquistastes.

378 Lembrai-vos, ó Pai, da vossa Igreja!

379 Atendei às preces da vossa família,

380 que está aqui, na vossa presença.

381 Reuni em vós, Pai de misericórdia,

382 todos os vossos filhos e filhas

383 dispersos pelo mundo inteiro.

384 Lembrai-vos, ó Pai, dos vossos filhos!

385 Acolhei com bondade no vosso reino

386 os nossos irmãos e irmãs que partiram desta vida

387 e todos os que morreram na vossa amizade.

388 Unidos a eles, esperamos também nós

389 saciar-nos eternamente da vossa glória,

390 por Cristo, Senhor nosso.

391 A todos saciai com vossa glória!

392 Por ele dais ao mundo

393 todo bem e toda graça.

394 Por Cristo, com Cristo, em Cristo,

395 a vós, Deus Pai todo-poderoso,

396 na unidade do Espírito Santo,

397 toda a honra e toda a glória,

398 agora e para sempre. Amém.

399

400 Rito da Comunhão

401 Guiados pelo Espírito de Jesus

402 e iluminados pela sabedoria do Evangelho, ousamos dizer:

403 Pai nosso que estais nos céus,

404 santificado seja o vosso nome;

405 venha a nós o vosso reino,

406 seja feita a vossa vontade,

407 assim na terra como no céu;

408 o pão nosso de cada dia nos dai hoje;

409 perdoai-nos as nossas ofensas,

410 assim como nós perdoamos

411 a quem nos tem ofendido;

412 e não nos deixeis cair em tentação,

413 mas livrai-nos do mal.

414 Livrai-nos de todos os males, ó Pai,

415 e dai-nos hoje a vossa paz.

416 Ajudados pela vossa misericórdia,

417 sejamos sempre livres do pecado

418 e protegidos de todos os perigos,

419 enquanto, vivendo a esperança,

420 aguardamos a vinda do Cristo Salvador.

421 Vosso é o reino, o poder e a glória para sempre!

422 Senhor Jesus Cristo,

423 dissestes aos vossos Apóstolos:

424 Eu vos deixo a paz, eu vos dou a minha paz.

425 Não olheis os nossos pecados,

426 mas a fé que anima vossa Igreja;

427 dai-lhe, segundo o vosso desejo,

428 a paz e a unidade.

429 Vós, que sois Deus, com o Pai e o Espírito Santo.

430 Amém.

431 A paz do Senhor esteja sempre convosco.

432 O amor de Cristo nos uniu.

433 Como filhos e filhas do Deus da paz,

434 saudai-vos com um gesto de comunhão fraterna.

435

436 Cordeiro de Deus,

437 que tirais o pecado do mundo,

438 tende piedade de nós.

439 Cordeiro de Deus,

440 que tirais o pecado do mundo,

441 tende piedade de nós.

442 Cordeiro de Deus,

443 que tirais o pecado do mundo, dai-nos a paz.

444 Provai e vede como o Senhor é bom;

445 feliz de quem nele encontra seu refúgio.

446 Eis o Cordeiro de Deus,

447 que tira o pecado do mundo.

448 Senhor, eu não sou digno(a)

449 de que entreis em minha morada,

450 mas dizei uma palavra e serei salvo(a).

451

452 Canto da comunhão

453

454 Oração depois da Comunhão

455 Concedei-nos, ó Deus, por esta Eucaristia,

456 viver de tal modo na vossa Igreja

457 que, perseverando na fração do pão

458 e na doutrina dos Apóstolos,

459 e enraizados no vosso amor,

460 sejamos um só coração e uma só alma.

461 Por Cristo, nosso Senhor.

462 Amém.

463

464 Bênção e Despedida

465 O Senhor esteja convosco!

466 Ele está no meio nós.

467 Abençoe-vos o Deus todo- poderoso,

468 que vos deu por fundamento aquela fé

469 proclamada pelo Apóstolo Pedro

470 e sobre a qual se edifica toda a Igreja.

471 Amém.

472 Ele, que vos instruiu pela incansável pregação de São Paulo,

473 vos ensine a conquistar também

474 novos irmãos para o Cristo.

475 Amém.

476 Que a autoridade de Pedro e a pregação de Paulo

477 vos levem à pátria celeste,

478 onde chegaram gloriosamente

479 um pela cruz e outro pela espada.

480 Amém.

481 Abençoe-vos Deus todo- poderoso,

482 Pai e Filho e Espírito Santo.

483 Amém.

484 A alegria do Senhor seja a vossa força;

485 ide em paz e o Senhor vos acompanhe.

486 Graças a Deus.

487

488 Canto Final

489


Carregar ppt "São Pedro e São Paulo Missa do Dia DIA DO PAPA OS PASTORES DA IGREJA NOS ABREM AS PORTAS DO REINO DE DEUS."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google